Discutir Histórico Ver Ultima Mudança Editar Pesquisar
Elfo Sombrio  

Autores Originais: José Rotondaro e Felipe Galdino

Modificações: Elton Torres

Nome da Raça: Elfo Sombrio
Autodenominação: caridranense
Ambientação: Terras Selvagens
Lenda: “Que o vosso temor em ajudar-me neste momento seja para sempre marcado em vós e vossos filhos. Vosso novo meio de vida será o de camuflar-se nas sombras. A marca da vossa covardia será vista em pele e vossos olhos temerão a luz.” - maldição proferida por Seret Analiom [Adaptado].

Os elfos sombrios têm aparência humanoide com altura média de 1,60m e peso médio de 55 quilos e orelhas pontiagudas. Seus traços são mais aquilianos e retos, tendo rostos sóbrios.
A ausência de barba entre os elfos e o fato de costumeiramente manterem cabelos compridos, poderia dificultar a diferenciação entre homens e mulheres, porém isso não ocorre, pois as mulheres têm tipo físico mais franzino e traços mais delicados, e são conhecidas por sua beleza etérea e arrebatadora, enquanto os elfos possuem traços mais agressivos e ferozes. Outras características únicas:
Pele cinzenta – Causada pela maldição de Seret Analiom. Sua derme se tornou cinzenta, num tom que lembra o chumbo ou, às vezes, o céu nublado;
Marcas escuras - Marcas vão espalhando-se sobre seus corpos conforme envelhecem ou manipulam mais karma infernal. Estas marcas, que por vezes lembram inscrições rúnicas ou sinais tribais, vão tomando todo o corpo do elfo até que o tom de sua pele fique como o piche. Mas isso leva centenas de anos, a não ser que o elfo seja um arcano extremamente poderoso. Acreditasse que seja uma consequência secundária da maldição de Seret Analiom.
Fotofobia – Também fruto da maldição de Seret Analiom, a exposição à luz solar causa incômodo agudo aos olhos dos sombrios místicos, não sendo tão acentuada nos demais membros da raça;
Morte sem descanso – O uso de poderosos feitiços e rituais arcanos permite prolongar sua vida, mas a maldição dos deuses durante o Cataclismo impede aqueles que usam desses artifícios de encontrar o descanso eterno – após sua morte, retornam ao mundo material como alguma forma de morto-vivo.

Malignos, sádicos, góticos e orgulhosos são definições de outros povos para os Sombrios. Mas os Elfos Sombrios não se veem como malignos, mas como superiores.
Os Elfos Sombrios são governados por uma rígida Magocracia, o que os tornam habituados a ordem e a imposição de leis, mesmo que pela força.

Sendo socialmente fechados, possuem dificuldade em aceitar outros, mesmo de sua raça, como iguais ou mesmo merecedores de respeito. Apesar de tudo entendem que alguns indivíduos, mesmo que não Sombrios devem ser temidos e respeitados. Em geral, não possuem laços afetivos, mas quando alguém se torna bem quisto para os sombrios, são capazes de confrontar até mesmo os deuses por ela.

Não é preciso dizer que os Elfos Sombrio são egocêntricos e acreditam serem donos do mundo e portanto devem zelar pelo o que é deles. São facilmente encontrados em qualquer região rica em magia e tesouros, buscando aumentar seu poder e meios de subjugar os demais povos.
Pequenos batalhões sempre saem em missões de ataque a povos distantes trazendo das cidades saqueadas novos escravos e mais tesouro.
Além disso, existem os párias que foram expulsos da Caridrândia por alguma razão e são obrigados a viver com as demais raças.

Os elfos sombrios apresentam +2 de intelecto, causado pela imersão cultural na razão, no misticismo e no elfocentrismo. A aura possui +2 por conta da utilização do Karma Infernal e eventual dependência. O ateísmo e a arrogância excessiva, os tornam pouco flexíveis em suas opiniões, concedendo uma penalidade de -2 no Carisma.

Recebem -1 de Força e Físico devido à constituição da raça e por causa do karma infernal que consome seus corpos. A Agilidade recebe um bônus de +1 pela característica natural da raça élfica. Além disso, os Elfos Sombrios possuem visão no escuro não-mágico.

As únicas profissões disponíveis são: Guerreiro, Mago Sombrio e Ladino. Sendo as Especializações mais comuns as de Arqueiro e Assassino.

Apesar de não existirem bardos, os menestréis, artistas e alguns elfos mais viajados suprem a necessidade da sociedade por histórias, cultura e educação.

Devido ao seu afastamento dos deuses, os elfos sombrios não são aceitos em quaisquer Ordens, sendo completamente ateus. Além disso, não reconhecem em Maira uma força a ser adorada, e entendem que a natureza existe para servir a um propósito e não algo a ser protegida, o que impede que se tornem rastreadores.

Para os que não se tornaram magos a expectativa de vida é idêntica à dos elfos dourados e florestais e morrem com cerca de 800 anos.
Os Magos Sombrios, contudo, alcançam facilmente 1.200 anos de vida e são amaldiçoados com a Morte sem descanso.

Verbetes que fazem referência

Regras Extraoficiais

Verbetes relacionados

Atributo Vontade | Combate em grande escala | Capacidade de Carga | Dano a Objetos | Falhas Opcionais | Penalidades e Modificadores | Tabela de força | Revisão da regra de Queda | Ritual de Conformidade do Karma | Sistema de Moral para grupo de jogadores | Defesa e Absorção de Armaduras | Concentração, mais modificações em Esquiva e Aparar | Pontos de Trama, regras para tornar seu jogo mais narrativo | Renome, regras para tornar seu jogo mais narrativo | EH como ferramenta para aventuras | Esforço físico | RM e RF sem a tabela de confronto de forças | Usando seu heroísmo para melhorar sua RF ou sua RM | Revisão da Lista de Magias Básica de Bardos | Nova Fórmula para EF de Mortos-vivos | Ataques oportunos e surpresa feito por ladinos | Regras de Combate sem a Tabela de Resolução | Regras de Combate sem a Tabela de Resolução 2 | Ferimento em Batalha | Aprendizado de manobras fora de sua especialização | Elfo Sombrio | Ataques a múltiplos alvos | Manobra de Carga | Manobra tiro em movimento | Arremesso de Armas | Ataque Localizado | Combate não Letal | Conduzir Oponente | Desviar Ataques | Defesa mental | Especializar em Arma | Estratégia | Formação de Combate | Golpe Sujo | Elfo Sombrio | Técnicas de Combate | Combate no Império | Elfo Sombrio | Elfo Sombrio | Elfo Sombrio | Elfo Sombrio | Licantropo | Elfo Sombrio | Elfo Sombrio | Profissão Não-Jogadora | Colapso Mental | Burons | Mecanicistas | Vitalicistas | Elfo Sombrio | Colégio de Luz e Trevas | Colégio dos Evocadores | Trilha dos Predadores | Habilidades Avançadas | Habilidades Heróicas | Habilidade Farejar | Habilidade Memorização Fotografica | Memória Dinâmica | Regeneração de karma | Aprendizado de magias fora da especialização escolhida | Magias da LB com custo menor na ESP | Magias Extraoficiais para Magos | Revisão | Magias dos Magos de Nível 1 a 10 | Elfo Sombrio | Magias Extraoficiais para Rastreadores | Magias dos Rastreadores de Nível 1 a 10 | Magia Dos Bardos | Magias Extraoficiais para bardos | Vantagens e Desvantagens | Conceitos ou Arquétipos de Personagens | Caracterizações para Criaturas | Lista de Equipamentos Adicionais | Equipamentos de Defesa | Armas de Fogo | Itens de Herbalista | Bebidas e Fumos | Itens Sagrados e Itens Profanos | Itens Alquimicos | Mercado Negro | Armadilhas | Ferramentas de trabalho como armas | Novos Objetos Mágicos | Matérias Primas Especiais | Estatística da definição dos atributos por sorteio | Estudo da tabela de resoluções original | Avaliação e proposta de alteração da tabela de resolução | Guia de Criação de Personagens para Iniciantes sem o Manual de Regras | Guia de criação de raças | Guia de criação de Profissões | Guia de criação de Magias | Elfo Sombrio | Elfo Sombrio | Guia de criação de Especializações | Elfo Sombrio | Elfo Sombrio | Controle de Lealdade | Tabela de Resolução | Raças-Regras especiais | Meio Orco | Multiclasse | Mudança de deus, sacerdotes | Nova especialização, Academia dos arcanos de aço | Magia Dos Rastreadores | História do personagem | Guia de criação de Tecnicas de Combate