Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

3 Páginas <123>
Religiões das Ilhas Independentes Opções
#31 zetagmar Enviado : 05/08/18 23:56
Elton,

Já escrevi duas vezes e acabo me desviando do assunto. Então vou tentar ser bem sucinto. Gostei da ideia do Panteão Herói, usa-se os titãs na explicação, e dando algo novo.
Não sei se vai ser usado o material que fez de genealogia dos deuses, mas achei bom demais, porque amarra o assunto. Sem ficar flutuando em especulações, algo que durante muito tempo, em outras ambientações foi duro de resolver.

A ideia de uma religião com deus único usado nos Pantos é muito boa. Resume a coisa de forma elegante e rápida.

A crença Aquariana é que deve ter uma lapidada, entrar mais e com elementos desde universo. Uma visão mais focada lá, no mundo aquático, já que este povo veio de lá. Vou tentar pensar em algo e te escrevo.

A Filosofia Silar é boa, mas assim como a Crença Aquariana é bastante vaga.

O Conclave Draconiano ao meu ver é algo completamente desnecessário. Isso porque acredito que os dragões são tão poderosos que só adorariam a eles próprios. São como deuses em poder, e com um ego tão grande quanto o poder que possuem.
Difícil acreditar neles adorando algo que não eles próprios.



#32 elton10pkn Enviado : 06/08/18 16:45
Salve zetagmar,
Fico feliz que tenha gostado do texto de maneira geral. A genealogia é apenas dar uma ideia de como estas entidades estam relacionadas. De qualquer forma criei o um verbete no tagmarpedia: Genealogia dos Deuses e Titãs-segundos.
Citação:
A crença Aquariana é que deve ter uma lapidada, entrar mais e com elementos desde universo. Uma visão mais focada lá, no mundo aquático, já que este povo veio de lá. Vou tentar pensar em algo e te escrevo.

A Filosofia Silar é boa, mas assim como a Crença Aquariana é bastante vaga.

Você diz vago em que sentido? Se for nas práticas religiosas posso tentar aprofundar isso. Suas ideias seram bem vindas.
Citação:
O Conclave Draconiano ao meu ver é algo completamente desnecessário. Isso porque acredito que os dragões são tão poderosos que só adorariam a eles próprios. São como deuses em poder, e com um ego tão grande quanto o poder que possuem.
Difícil acreditar neles adorando algo que não eles próprios.

A ideia do conclave não seria uma religião para os dragões e sim para o Draconianos e Coralianos. Essas duas raças são "netas" de um dragão Imperial. Eu já abandonei a ideia do Conclave por não se encaixar na origem das raças dracônicas. O problema é que há duas religiões que adoram dragões: a dos Vancos (povo humano que adora dragões Imperiais de gelo) e dos Draconianos. Eu queria de alguma forma unir as duas, mas acho que vou mantê-las separadas mesmo.
#33 zetagmar Enviado : 08/08/18 23:57
Elton, se não se importar, gostaria de ler mais coisa sobre as religiões que escreveu.
#34 elton10pkn Enviado : 13/08/18 15:27
Texto alterado.
Acrescentei três religiões novas. O Culto do Pai Dragão, o Conclave de Gelo, e o Morgum.

O culto do pai dragão é a religião dos draconianos, o texto está inicial e vou tentar fazer melhorias.

O Conclave de gelo é a minha tentativa de incorporar os dragões imperiais de gelo. O texto também é inicial e precisa de melhorias.

O Morgum é a religião dos magornas. Ela é sincretismo entre o culto dos deuses e titãs. A ideia está bem desenvolvida, mas estou aceitando ajuda.

Acrescentei um parágrafo ao texto do Filosofia Silar na tentativa de explicar melhor como funciona. Não sei se alguém percebeu, mas eu aproveitei está religião para sugerir a profissão monge. Sei que tem gente que é a favor e outros que são contra, porém no contexto dessa religião acho muito coerente. Algo que não seria nas outras ambientações.

Algumas religiões precisam de um ajuste para entrar em sintonia com a tarefa das raças. Por isso estou farei algumas revisões nos textos e também acrescentar a última religião que falta que a das ellanas.
#35 samuel.azevedo Enviado : 23/08/18 14:12
Olá,

Excelente trabalho, Elton!

Fiquei pensando. Com tantas religiões, talvez, no passado possa ter havido um conflito entre algumas delas. Quem sabe uma guerra santa, marcada pela luta de sacerdotes, guerreiros templários, monges, mártires, inquisidores, hierofantes, etc. Isto daria margem para novas especializações ligadas a religiosidade.

Por falar nisso, como cada uma dessas religiões lida com a existência da outra? Talvez a resposta a esta pergunta possa enriquecer ainda mais a tarefa.

Sobre o culto do Pai Dragão, no tópico das raças teve uma sugestão recente de algum dragão imperial ter dado outra esposa para seu filho, e assim ter gerado uma tribo de dragonianos com ataque de gelo... Eu expandiria esta ideia para outras variações de dragões, mas é minha opinião e sugestão.

Abraços
#36 zetagmar Enviado : 14/09/18 18:11
Material para ver.
Mitologia Maori
#37 zetagmar Enviado : 13/10/18 23:50
Elton enviei para o seu e-mail algumas coisas que podem ajudar na contribuição desta tarefa. A ideia foi acrescentar mais alguma coisa a religião Aquariana.
#38 samuel.azevedo Enviado : 22/10/18 18:19
Boa noite, algo mais?

Elton, como está a tarefa?

Abraços
#39 elton10pkn Enviado : 31/10/18 21:10
Vamos lá,
Eu andei sumido por causas de alguns projetos e sempre acabava esquecendo da tarefa, enfim, o zetagmar me enviou um texto bem interessante para a religião dos aquarianos, que foi uma das religiões que estavam mais incompletas. Ainda não atualizei o verbete porque quero fazer uma revisão completa do texto antes de postar.
Como eu tenho duas tarefas em aberto vou focar primeiro nessa, já que ela está mais completa, e se tudo der certo este final de semana sai a versão atualizada.
#40 Marcelo_Rodrigues Enviado : 05/11/18 16:34
Li o texto e fiquei com um a dúvida: Nem todas as "religiões" terão sacerdotes reais, né? Think

Pensei nisso porque se não é uma "divindade" não tem como tem um Sacerdote (personagem que faz milagres). Se o meu raciocínio estiver correto, então era bom em cada religião deixar claro se possuem ou não Sacerdotes. Feliz
#41 samuel.azevedo Enviado : 05/11/18 19:58
Marcelo_Rodrigues escreveu:
Li o texto e fiquei com um a dúvida: Nem todas as "religiões" terão sacerdotes reais, né? Think

Pensei nisso porque se não é uma "divindade" não tem como tem um Sacerdote (personagem que faz milagres). Se o meu raciocínio estiver correto, então era bom em cada religião deixar claro se possuem ou não Sacerdotes. Feliz



Isso mesmo!
#42 samuel.azevedo Enviado : 05/11/18 19:59
elton10pkn escreveu:
Vamos lá,
Eu andei sumido por causas de alguns projetos e sempre acabava esquecendo da tarefa, enfim, o zetagmar me enviou um texto bem interessante para a religião dos aquarianos, que foi uma das religiões que estavam mais incompletas. Ainda não atualizei o verbete porque quero fazer uma revisão completa do texto antes de postar.
Como eu tenho duas tarefas em aberto vou focar primeiro nessa, já que ela está mais completa, e se tudo der certo este final de semana sai a versão atualizada.


Empatamos! Eu também andei de férias... Vamos retomando as tarefas juntos. Ansioso pela próxima versão.

Abraços
#43 elton10pkn Enviado : 18/11/18 10:54
Texto alterado!
As alterações desta versão focaram basicamente na revisão da crença Aquariana com base na sugestão do zetagmar. Eu acabei alterando bastante coisa, mas aproveitei alguns conceitos. Outras alterações foram pequenas revisões no texto das outras religiões.
Na próxima versão pretendo acrescentar a última religião, as das elanas e melhorar as religiões draconicas que ao meu ver é o maior problema no momento.

Marcelo_Rodrigues escreveu:
Li o texto e fiquei com um a dúvida: Nem todas as "religiões" terão sacerdotes reais, né?

Pensei nisso porque se não é uma "divindade" não tem como tem um Sacerdote (personagem que faz milagres). Se o meu raciocínio estiver correto, então era bom em cada religião deixar claro se possuem ou não Sacerdotes.

Como o Samuel já respondeu nem todas as religiões teram sacerdotes, basicamente só o Panteão Heróico (isso ainda está em aberto), a crença Aquariana (culto a Ganis, e versões de Quiris e Liris) e o Panterismo (Cambu) teram sacerdotes reais. As demais seram Feiticeiros ou Magos modificados para tais funções. A exceção é a filosofia silar que seria composta por Monges, uma futura profissão talvez.
#44 samuel.azevedo Enviado : 26/11/18 12:28
Bom trabalho!

A questão da religião dracônica ainda precisa ser um pouco lapidada. Talvez os filhos de Nidogue pudessem fazer parte do "panteão héróico" desta religião?

O trecho abaixo precisa de um retoque "Todavia, os chamados Clérigos-dragão são feiticeiros muito hábeis suprindo a necessidade de sacerdotes dos deuses, embora eles estejam presentes, principalmente Blator, seus filhos e Ganis nos Coralianos."

Sugestão:

Todavia, os chamados Clérigos-dragão são feiticeiros muito hábeis suprindo a necessidade de sacerdotes dos deuses, embora eles estejam presentes entre os draconianos, principalmente os sacerdotes de Blator, e de seus filhos, e os de Ganis entre os Coralianos.

Quanto aos monges serem uma profissão ou especialização, ficará em aberto para quando se discutir as regras destas ambientação. Não precisamos decidir isso.


Sobre a religião das elanas, no texto da raça delas há uma história sobre seu surgimento e a menção de deusas. Mas poderei alterar o texto para ficar coeso com este.

Abraços
#45 elton10pkn Enviado : 04/12/18 23:03
Citação:
A questão da religião dracônica ainda precisa ser um pouco lapidada. Talvez os filhos de Nidogue pudessem fazer parte do "panteão héróico" desta religião?

Isso não não faz muito sentido. A ideia do panteão heróico é eles terem poderes de verdade. Pelo que consta no texto Nidogue não é assim. O culto a ele é apenas simbólico por assim dizer, mas há um detalhe. Na história dos Dragonianos menciona que o seu criador queria obter poder da adoração, mas eles não conseguiam adora-lo de verdade. Os Draconiano são diferentes eles efetivamente adoram Nidogue. Talvez ele possa ter conseguido esse poder da adoração e foi isso que o criador dos Dragonianos tentou imitar. Think

Citação:
Quanto aos monges serem uma profissão ou especialização, ficará em aberto para quando se discutir as regras destas ambientação. Não precisamos decidir isso

Sim, sim. Isso foi uma verde que joguei. Não é meu intuito discutir isso.

Citação:
Sobre a religião das elanas, no texto da raça delas há uma história sobre seu surgimento e a menção de deusas. Mas poderei alterar o texto para ficar coeso com este.

Isso me mostrou um "problema" a história criação das raças está no texto das religiões e as elanas são a única raça diferente. Eu acho melhor padronizar os textos. A criação fica no texto das religiões.

Estou sem tempo pra fazer um trabalho descente então por enquanto vou só discutir o texto atual e anotar os resultados. Quando meu semestre acabar aí sim vou voltar de vez.
#46 samuel.azevedo Enviado : 13/12/18 18:46
Ok, pode deixar o texto da criação das elanas aqui (como já está) que eu padronizo no outro tópico! Boas provas!
#47 samuel.azevedo Enviado : 08/01/19 20:57
Olá, Elton. Depois dê uma olhada no novo texto dos Pantos. Como tive que colocar uma história inicial da raça aproveitei mais um pouco o material do tagmarpedia e entrou nas veredas da religião deles...

Abraços
#48 samuel.azevedo Enviado : 18/03/19 23:32
Olá, acabei de notar que há uma ilha chamada Santuário importante para os Pantos, e outra com mesmo nome para as Elanas, também importante em sua religião. Deixamos os 2 nomes iguais, ou trocamos uma delas?

Abraços
#49 Arion Enviado : 19/03/19 10:59
Acho que deve ser trocado o nome de uma delas. Ou até mesmo das duas ilhas, colocando nomes mais sugestivos.
#50 samuel.azevedo Enviado : 27/03/19 19:50
Boa noite,

Citação:
Muitos nomes foram dados a eles, porém os mais populares foram os que eles mesmo se denominam, e estes nomes eram: Tulã, Metalicana, Raiz, Cristália, Nébula e Vouxis.


Não sei se o trecho acima pretendia listar todos os titãs-segundos. Mas no material oficial temos os seguintes:

Citação:
Tanis, a rocha que ferve.

Tulã, o fogo elétrico.

Metalicana, que ensinou o uso das espadas aos humanos.

Raiz, que se apaixonou pelas criações de Palier.

Cristália, a mais bela e transparente.

Astro, o que permeia os céus.

Nébula, a incorpórea.
Fonte: Livro de Ambientação - Cosmologia

Citação:
Branaxis, o pesadelo medonho.
Morrigaltrina.
Vouxiz, a névoa gananciosa.
Fonte: Livro dos Demônios

Enfim, percebi que a lista dos titãs-segundos deste material não inclui Astro, do Livro da Ambientação e do material dos demônios foi incluída apenas Vouxiz. A minha pergunta é: Astro, Branaxis, e Morigaltrina ficaram de fora da lista de titãs-segundos deste material por algum motivo?

Abraços
#51 elton10pkn Enviado : 30/03/19 20:32
Salve,
Eu estou revisando o texto de todas as religiões. O texto dos Pantos foi o primeiro a sofrer alterações, algumas semanas atrás, e ele vai servir como base para os próximos. O texto vai tentar seguir a seguinte sequência: apresentação geral da religião, explanação das características da(s) divindade (s), descrição do culto e dos templos, possíveis antagonistas do credo. Aceito sugestões.
Citação:
Olá, acabei de notar que há uma ilha chamada Santuário importante para os Pantos, e outra com mesmo nome para as Elanas, também importante em sua religião. Deixamos os 2 nomes iguais, ou trocamos uma delas?

Realmente, vou alterar o nome.
Citação:
Enfim, percebi que a lista dos titãs-segundos deste material não inclui Astro, do Livro da Ambientação e do material dos demônios foi incluída apenas Vouxiz. A minha pergunta é: Astro, Branaxis, e Morigaltrina ficaram de fora da lista de titãs-segundos deste material por algum motivo?

Astro não tem filhos, pelo menos não ainda, por isso não foi mencionado. Eu peguei uma tarefa para escrever um conto e o texto é justamente sobre isso. Ele narra o "relacionamento" de Astro e uma mortal. Bem, não sei se o texto vai ser aprovado, mas eu já enviei há muito tempo.
Sobre os outras não sei bem como encaixa-los. Talvez eu faça menção que há outra titãs-segundos que não tiveram filhos mortais.
#52 samuel.azevedo Enviado : 03/04/19 12:16
Olá,

Ansioso para ver como vai ficar a próxima versão. Sobre Astro, mencionei no sentido de que pensei que os titãs segundos também fossem adorados... Se ele não teve filhos, não precisa mencionar na religião heroica.

Abraços
#53 samuel.azevedo Enviado : 05/04/19 19:49
Oi Elton, por enquanto deixei na tarefa das raças o nome da ilha sagrada das elanas: Elana (não me matem pela falta de criatividade Pray ). Também podia ser outra das ilhas delas, como Elisia (eu achei um nome de sonoridade forte, a lá Campos Elísios, Coliseu) ou algum nome que arremetesse sua essência como Amazonas...
#54 zetagmar Enviado : 03/01/20 08:22
Andei relendo o material. É verdade que a tarefa cresceu bastante desde que foi inicialmente discutido sobre o assunto.
Algumas coisas devem ser esclarecidas na introdução do material.

- O Titanismo é uma religião, contudo os "sacerdotes" são magos do colégio elemental.Os poderes dados aos sacerdotes é o mesmo de um mago comum desta escola ou é oferecido pelos próprios titãs? Pergunto isso porque para mim, se for a segunda opção, não seria mais lógico que estes poderes fiquem mais "turbinados".

- O Panteão Heroico o sacerdote mistura titãs-segundos e heróis do passado. Estes sacerdotes tem algum poder?
Assim como outras religiões que foram criadas, estes sacerdotes tem algum poder?

-O Panterismo, A crença Aquariana, O culto ao pai-dragão, o clã das deusas criaram novos deuses. Os sacerdotes destes cultos tem poderes?

O Morgum tem o sincretismo religioso entre deuses e titãs. Os deuses ou os titãs permitiriam isso? Os sacerdotes teriam algum poder?

A filosofia Silar é um culto religioso tão particular que é não somente uma nova ordem religiosa como um novo acesso a poderes já que é feito a menção de que seriam usados poderes psíquicos.

Quanto ao Conclave de Gelo, a coisa fica um pouco mais simples. Se nós pensarmos que os sacerdotes deste culto teriam poderes mágicos fornecidos pelos dragões imperiais de gelo. Uma ideia que ainda merece ser trabalhada.

Acho legal já fecharmos uma ideia sobre isso e de forma que possamos não gerar confusão mais tarde seja na criação deste personagem sacerdote das Ilhas Independentes, seja na criação de novas regras ou poderes.
#55 zetagmar Enviado : 04/01/20 08:55
Ideias para o material.

Panteão Crença Aquariana

Por se tratar de uma religião. Pensei também em esboçar o que seria uma hierarquia para está ordem sacerdotal.
Titanismo
Conclave de gelo
Crença Aquariana
#56 Marcelo_Rodrigues Enviado : 09/01/20 09:23
José,

vamos as minhas considerações:

1) Para o Titanismo, este se encaixa direitinho dentro da nossa ambientação, mas temos alguns pontos que devem ser discutidos:
- Na época tinha falado que poucos Titãs sobreviveram, então ficou que só teríamos o culto aos existente atuais, mas no texto só há 4. Falam Étere e Gênese.
- No texto diz que os Titãs não ajudam, isto quer dizer que não há "sacerdotes" deles? Esta questão precisa ser discutida. Será que não poderia ter misticos que dominem os elementos e que com isso se tornem "sacerdotes" deste Titãs? Note que não vamos discutir regras, mas podemos citar um tipo novo de profissão, não acha?

2) Quanto a Crença Aquariana, aí eu acho que me pareceu totalmente desconectada do nossa ambientação. Temos entender que as Ilhas Independentes fazem parte da ambientação, logo todos os deuses existem e não podem ser ignorados. No "O Império" tem uma mitologia diferente, mas são os mesmos deuses com nomes diferentes. Neste texto dos Aquarianos falta esta conexão.

3) Devemos entender que com tanta magia divina presente não há espaço para religiões onde os "sacerdotes" não fazem magia. Pode até ter falsos sacerdotes tais como os cultistas dos demônios, magos que se passem por sacerdotes, até estes sacerdotes titanicos seriam aceitos, mas deste que eles fizessem "milagres" (magias). Assim sendo como não há como mexer na teologia de Tagmar alem do que já foi descrito ou deixado em aberto.

OBS: da mesma forma que o O Império inclui um Titan segundo como divindade, poderia ter isto nas ilhas independentes, mas por enquanto isso não foi explorado.
#57 zetagmar Enviado : 10/01/20 13:49
Marcelo,

Acredito que algumas coisas ainda tem que ser esclarecidas na introdução do tópico de Religiões.

O primeira coisa seria a denominação de sacerdotes.
Até onde eu entendo, claro que podemos alterar, um sacerdote ou sacerdotisa são aqueles profissionais que exercem uma atividade em um templo ou na religião e que teriam a responsabilidade de divulgar e exercer os dogmas para os fieis.
Bem, partindo desta ideia, todas as religiões apresentadas tem seus respectivos sacerdotes.

Claro que algumas religiões aqui apresentadas tem aspectos bem particulares.

Nesta ambientação o culto aos Titãs é forte, como jamais foi na ambientação dos reinos. Algumas características mudariam drasticamente.
- Livro de Magia 2.3 página 14.
" Esta ligação com forças titânicas, no entanto, causa uma grande apreensão e terror por parte dos povos menos tolerantes à magia. O resultado disso é uma grande repressão e ódio pelos elementalistas em boa parte do mundo."
Aqui o culto ao Titanismo ganhou forma e poder. Estariam estabelecidos.
- Livro do Colégio Elemental 2.1.0 - Não seria um colégio de magia e sim um culto. Ao contrário dos magos dos reinos ou do Império ou das Terras Selvagens, estes sacerdotes, tem um contato muito mais intimo com o poder elemental que seus colegas distantes, o que tornaria mais fácil as magias e mais poderosas. Ao meu ver.

Resumindo:
São magos elementais que assumiram o manto do sacerdócio por cultuar os titãs. Seria o que teria acontecido caso o culto titânico tivesse vencido na guerra dentro do colégio elemental. Informação tirada do livro - Guia do Colégio Elemental, item"História", página 06.
“Quando os deuses se revelaram a nós, e conhecemos nossa verdadeira origem, houve uma grande guerra entre aqueles
que abraçaram a fé divina e os que, teimosamente, se apegavam ao culto titânico. Foi a primeira e única guerra dentro do Colégio, ..."
#58 Azurius Enviado : 10/01/20 18:36
Applause
Mesmo que sem a presença de alguns a energia deles está aí pra ser usada.
#59 Marcelo_Rodrigues Enviado : 15/01/20 21:49
Ze, vc é um gênio! Não me lembrava mesmo desta história!!

Então até ficou mais fácil. Os cultista dos titãs são os elementalista que fugiram quando eles perderam a guerra. O que acha?

Quanto os observações do Azurios também são válidas. Podemos pensar, mas será que faz sentido alguém cultuar um Titã que não existe mais? Think
#60 elton10pkn Enviado : 16/01/20 01:14
Salve,
Vamos ao trabalho. Depois de um tempo voltei, o Zé já me tornou a par do que está acontecendo na tarefa e estou aqui para bota-la adiante.
Concordo com o Zé que algumas tem que ser estabelecidas. Realmente a definição do que vai ser um sacerdote ou não ficou um tanto confusa.

Quanto criei este esboço do que são as religiões hoje minha ideia era que o culto aos titãs fosse quase extinto existindo apenas em comunidades humanas isoladas. Seria uma uma religião animista, mas infelizmente acabei não deixando isso claro. Meu argumento a isso é que um culto titã seria altamente perseguido. Se houve este culto abertamente isso com certeza seria motivo para conflitos nas Ilhas com os seguidores dos deuses. Como alternativa eu sugeri a historia dos heróis que seriam "semideuses" descendentes dos titãs-segundos incorporados no panteão.

No entanto, isso acabou levando a outros problemas que seriam se eles seriam capazes de conceder poderes aos seus seguidores; e o problema do Morgum que é um sincretismo entre deuses e titãs que com essa visão não poderia existir. Levando em conta isso quero ressaltar que exceto os Heróis nenhuma outra divindade foi criada. Os pantos adoram uma face de Cambu, aquarianos tem uma mitologia envolvendo Ganis, Quiris, Liris, Sevides e Vouxis com novos nomes, as Elanas adoram somente as deusas, os Draconianos seguem seu criador que embora seja muito poderoso não chega a ser uma divindade e o Silar não é uma religião propriamente dita, é uma filosofia rígida de vida que busca a iluminação, mas não nega os deuses. O Conclave de gelo acho que ficou claro.

Como foi bem lembrado pelo Zé existem os Prometeicos presentes no Livro do Colégio Elemental, eu já havia sugerido a utilização desse conceito no inicio da tarefa, mas acabei não usando, porém agora me veio a ideia de trazer uma espécie de Neotitatismo. Bem, a minha ideia seria tentar trazer essa ideia de titatismo como sendo algo mais recente. De fato, o culto aos titãs como ocorria nas Ilhas teria acabado com o Cataclisma, mas um culto relativamente recente aos Titãs poderiam está surgindo na região. O livro do colegio elemental não sugere da onde Prometeu teve a suas ideias:
Citação:
O Colégio viveu em harmonia até o final do último século, quando surgiu Prometeu, um mago que sustentava a idéia de que todos os feiticeiros que possuíssem aptidão para fazer parte do Colégio Elemental seriam na verdade avatares dos Titãs-Elementos, surgidos no Plano Material para a redenção de seus criadores. Tal idéia se tornou muito popular entre jovens elementalistas, e alguns não tão jovens, que aderiram a ela aberta ou silenciosamente. Contudo, os Prometéicos — como foram chamados em virtude do nome do criador da tese — logo atraíram a hostilidade de sacerdotes e cidadãos ilustrados e tementes aos deuses. E hoje o Concílio, a liderança do Colégio Elemental, se vê às voltas com um espinhoso dilema diplomático: como lidar com a liberdade de pensamento dentro da instituição quando ela pode representar heresia e atrair a desaprovação popular?

Citação:
Prometéicos, por sua vez, não se veem como hereges: a presença dos elementos no Plano Material mostra que os deuses não detestam
absolutamente os Titãs-Elementais, em sua opinião, e a teoria de Prometeu abre as portas para um conceito nobre e elevado — a redenção. Através dos filhos dos deuses, os Titãs se regenerariam frente aos seus rebentos, que os baniram para que o universo conhecesse Lei e Ordem. Pela redenção através do trabalho em prol das espécies inteligentes, os Prometéicos tentam atrair a simpatia dos que os cercam e mostrar que não são uma ameaça, mas sim uma ferramenta de purificação e progresso. Contudo, para a massa de
sacerdotes e fiéis (e muitos elementalistas), o Prometeísmo é uma heresia baseada na adoração dos Titãs exilados, e ponto.

Dessa forma pode-se tentar criar um gancho indireto entre as ambientações só que nas Ilhas tais cultos seriam mais abertos e organizados motivando um crescente conflito na região.

Bem, isso me levou a questão se a ideia dos Heróis deve ou não ser abandonada. Ela até poderia ser um motivo para o Neotitanismo está ganhando força, já que seus seguidores poderiam usar isso como motivo para tentar causar a aceitação dos Titãs.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Usuários visualizando este tópico
Guest (14)
3 Páginas <123>
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET