Discutir Histórico Ver Ultima Mudança Editar Pesquisar
Regras de Combate sem a Tabela de Resolução 2  

[Obs.: To ligado que eu vou ter que dividir isso em mais verbetes, só to colocando tudo junto pra ter uma visão melhor por enquanto]

[Obs².: Até agora não testei, só to imaginando]

Imagine as seguintes situações de combate:

1 - Um guerreiro extremamente grande e forte, ágil pelo seu peso, mas nada comparado a outro guerreiro muito mais esguio e com uma flexibilidade e agilidade realmente altas (Vide Game of Thrones Montanha: A Montanha vs A Víbora Vermelha). Agora imagine a ficha desses personagens em Tagmar e sua batalha(rolagem de dados) seguindo as regras de Tagmar. Montanha venceria com poucas rodadas. Ainda mais por que Montanha está usando uma armadura completa e a Víbora apenas uma armadura de couro rígido, pode dar alguns pontos extras de defesa à sua armadura que não fará diferença.

2- Durante essa mesma batalha A Víbora começa tirar vários dados bons e o Montanha não, a batalha está no começo e os danos são só na EH, então o mestre tem que dizer que mesmo com os ataques perfeitos e rápidos da Víbora Montanha consegue se esquivar ou aparar... É... Isso não faz sentido pra mim, ou no mínimo broxante se eu sou A Víbora.

3- Uma disputa qualquer entre dois personagens, força, agilidade, combate, persuasão... Digamos que um tem apenas 1 ponto
nesta habilidade/atributo e o outro tem 2, diferença pequena, concordo, mas um tem o dobro de eficiência do que o outro e isso não é representado na tabela de resolução.

Falando em regras...

1- Nas regras oficiais para um golpe dar errado o atacante tem que tirar um número baixo no dado, resolvendo na coluna correspondente à sua eficiência na arma, até ai OK, contra a Defesa do oponente, ai já não fez sentido. Um soldado não erra um golpe de espada por que o adversário usa uma armadura completa, mas por que o adversário é rápido, logo para mim faria mais sentido levar em consideração a agilidade de quem recebe o golpe.

2-

Nessas situações:
Jogador: "Vou andar sem parar."
Mestre: "Você anda por 6 horas e a fome começa a bater."
Jogador: "Como as frutas que trouxe e continuo andando."
Mestre: "Você já está andando à 10 horas e as suas pernas doem."
Jogador: "Resisto a dor e continuo andando."
Mestre: "Você já está andando à 14 horas e o coração fica acelerado, pra não deixar o sono te tomar."
Jogador: "Resisto e continuo andando..."
A EH é perfeita para resolver o problema, mas em combate eu não concordo.

Também sei que não é só por ter mais pontos na ficha que um personagem irá sempre vencer.

Dito isso, quero propor um novo meio de resolver rolagens. O valor do dado vezes a eficiência naquela habilidade/atributo/grupo de combate. Se o valor for 0 o valor do dado é dividido por 2. Se for uma disputa como em um combate aquele que tiver o maior valor vence.

[Continua...]

Verbetes que fazem referência

Regras Extraoficiais