Discutir Histórico Ver Ultima Mudança Editar Pesquisar
Anel de Raízes Douradas  

Anel de Raízes Douradas

Origem: Divina
Raridade: Única
Objeto: Anel.
Descrição: Anel dourado com o aro modelado como raízes entrelaçadas. No centro há uma gema lapidada de quartzo marrom com o símbolo de Sevides gravado no meio. Em volta do símbolo há as runas das magias Raízes Místicas, Fitogênese e Graça Divina, além de duas runas unidas que significam Aumentar e Planta - esta última não é nenhuma magia conhecida.
História:
Este anel divino foi criado por Sevides para abençoar um rei da antiga Moldânia, chamado Semer, cuja devoção ao deus fez seu culto ser ampliado por todo o império Molda. Os séculos passaram, e ouvindo falar da história de Semer, Selimar, sacerdote de Sevides, procurou pela tumba do rei em busca de resgatar a relíquia.

Um ano depois, a guerra contra os demonistas estourou. E no auge da guerra, uma vila de agricultores devotos a Sevides fornecia alimentos para uma tropa da resistência. Os membros da seita Bankdi descobriram sobre estes fornecedores, e se infiltraram na vila, perceberam que o líder espiritual da vila havia se tornado um homem avarento. Então ofereceram a Selimar um tesouro em troca dele acabar com a plantação, traindo assim a vila e a resistência, mas garantindo a sua própria sobrevivência em conforto. Infelizmente ele sucumbiu a tentação, e quando comprometeu a plantação introduzindo uma praga, foi banido por Sevides diretamente para o inferno dos avarentos, governado por Antredom.

Um século se passou, e Cameron, o elementarista, recuperou o anel quando foi jogado no inferno por demonistas que ele combatia com seus companheiros.


Efeito:
Permite usar uma vez por dia a magia Raízes Místicas 6. Também permite usar uma vez por semana a magia similar a Fitogênese 6, com a diferença de que as plantas que surgem não desaparecem depois do tempo de evocação (efeito permanente), e estão sujeitas aos efeitos que as plantas que cresceram normalmente também sofrem (precisam de água, luz, podem ser comidas, cortadas, etc). Além disso, pode usar a magia Graça Divina 1, uma vez a cada três meses. E por fim, tem o poder de uma vez por dia aumentar uma planta tocada até o tamanho máximo que ela pode atingir na natureza.

Verbetes que fazem referência

Novos Objetos Mágicos

Verbetes relacionados

A Flauta de Hamelim | Anel da Consciência | Anel de Raízes Douradas | Asa Negra | Aurora da Geleira | Botas de Uilmatem | Broche de Maira | Caixa de Fusão | Capa da Evanescência | Cetro Prateado | Chapéu do Vazio | Chicote Sangue Ardente | Chocalho de Uragal | Clamor dos Sinos | Corneta de Karfogul | Cubo do Medo | Dádiva do Urso Branco | Elmo Vesem | Escama de Hazufel | Espada Branca | Espada Caçadora | Espada Titânica | Espada da Luz Guia | Anel de Raízes Douradas | Espelho de Prata | Esperança Ambar | Fingolfin, a Fúria do Sul | Anel de Raízes Douradas | Forquilha de Plantor | Garra do Grifo | Gigacida, A Couraça do Matador de Gigantes | Harpa do Cavalo Marinho | Anel de Raízes Douradas | Lâmina da Lei | Lenço da Rosa | Machado das Três Luas Crescentes | Medalhão do Caçador | O Cetro Elemental | Anel de Raízes Douradas | O Poço das Almas | Orbe Místico | Promessa de Randor | Rosa Dourada | Signo de Luz | Anel de Raízes Douradas | Tridente Azul | Unabedantem, A Túnica do Rei Caçador | Anel de Raízes Douradas | Varinha de Marfim | Anel de Raízes Douradas | Vingança de Garet