Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

Questão da Enquete : 1.2 Elfos sombrios (Enquete fechada)
Escolha Votos Estatísticas
Aprovado 4 100 %
Reprovado (precisa de melhorias) 0 0 %

2 Páginas 12>
1.2 Elfos sombrios Opções
#1 Fábio_CM Enviado : 09/01/18 10:57
Esta tarefa tem os seguintes objetivos:
1. Criar um texto introdutório resumido para os Elfos Sombrios que vivem em Caridrândia. O texto não deve ser uma cópia do que está no Livro das Terras Selvagens, mas trazer de forma resumida informações quanto a características físicas e sociais, bem como suas preferências de profissões e armas (inclusive exóticas, se existirem).
2. Criar no mínimo 3 caracterizações de origem para os nativos de Caridrândia. Criar caracterizações de outros tipos que achar conveniente.
3. Explicar as razões dos atributos e demais itens para os elfos sombrios, contidos na tabela exibida na tarefa 1.0 Atributos das raças das terras selvagens.
4. Sugerir dons especiais (que serão discutidos neste tópico).
#2 Sistema Automático Enviado : 15/01/18 22:17
A Terefa foi solicitada pelo usuário azurius
#3 Fábio_CM Enviado : 15/01/18 23:21
Ok Azurius, você é responsável por esta tarefa.

Os atributos e características principais dos elfos sombrios já estão descritos no verbete 1.0 Atributos das raças das terras selvagens. Siga aquele parâmetros. Opções podem ser sugeridas, mas vamos utilizar os número que ficarem decididos para aquela tarefa.

Os dons especiais dos elfos sombrios serão discutidos aqui.
#4 Azurius Enviado : 20/02/18 11:28
Opa, boa tarde. Alguma sugestão de caracterização pessoal?
#5 samuel.azevedo Enviado : 20/02/18 11:34
Talvez uma caracterização negativa referente a ser pessimista/melancólico.
#6 Fábio_CM Enviado : 20/02/18 12:18
Algumas observações:

1. O texto não está no padrão das outras raças.
2. O texto de fotofobia deve deixar mais claro que a luz do dia já é suficiente para deixá-los com a penalidade.
3. Pele negra não tem porque valer tantos pontos. Acho que 1 ponto já estaria de bom tamanho, a menos que nem a magia pudesse ser utilizada como disfarce.
4. Marcas escuras não merece valer pontos. Não tem porque ser uma caracterização.
5. A morte sem descanso é uma característica de todos os elfos sombrios que utilizam o karma infernal. Portanto, acho que essa não deva ser uma caracterização, mas apenas um problema dos magos sombrios. Ou esta caracterização só pode ser comprada por não magos sombrios, uma vez que os magos sombrios a possuem sem ganhar nada por ela. 3 pontos também é muito para algo que só lhe prejudica se morrer.
6. Xenofobia deveria penalizar em pelo menos 2 colunas os testes sociais.
7. 3 pontos negativos é muita coisa pra Acromatopsia. É uma deficiência como caolho ou maneta, e -2 estão de bom tamanho.
8. Assombrado também está concedendo muitos pontos ─ ou o fantasma está muito bonzinho.
9. Domínio maldito poderia conceder +2 colunas de bônus, a exemplo do que concedem as caracterizações que beneficiam habilidades.
10. Não tenho certeza quanto a especialista... ela concede uma habilidade especializada.
11. Proteção mística não foi uma caracterização removida do manual de regras?
12. Poliglota deve conceder apenas 1 idioma adicional para a caracterização de 1 ponto.
13. Plurilíngue deve permitir escrever apenas em idiomas conhecidos.
#7 samuel.azevedo Enviado : 20/02/18 12:50
Outra sugestão: parente desmorto(-5): você teve um parente que morreu e agora é um morto-vivo consciente e poderoso, ele acredita que tudo o que você herdou deveria continuar pertencendo a ele e vai lhe fazer pagar, ou simplesmente quer que você morra para se juntar a família no outro lado.

#8 Fábio_CM Enviado : 20/02/18 13:20
samuel.azevedo escreveu:
Outra sugestão: parente desmorto(-5): você teve um parente que morreu e agora é um morto-vivo consciente e poderoso, ele acredita que tudo o que você herdou deveria continuar pertencendo a ele e vai lhe fazer pagar, ou simplesmente quer que você morra para se juntar a família no outro lado.

Samuel, isso seria um inimigo, cujo valor máximo é -4.
#9 Azurius Enviado : 20/02/18 13:47
Tranquilo, vou ajustar umas coisas que você sugeriu, obg.
#10 Azurius Enviado : 20/02/18 14:21
1. O texto não está no padrão das outras raças.
R: Desculpa, me explica melhor esse lance do padrão.

2. O texto de fotofobia deve deixar mais claro que a luz do dia já é suficiente para deixá-los com a penalidade.
R: Estava com luz solar troquei pra luz do dia. (Se quiser que insira algo mais específico me avisa por gentileza.

3. Pele negra não tem porque valer tantos pontos. Acho que 1 ponto já estaria de bom tamanho, a menos que nem a magia pudesse ser utilizada como disfarce.
R: A pele é o maior indicador que ele é um elfo sombrio, ele provavelmente vai ser hostilizado por onde passar e é bem possível que queiram matar ele só por conta disso. Outro ponto é que, se nem magia camuflar isso, ele simplesmente nunca servirá como uma raça jogável.

4. Marcas escuras não merece valer pontos. Não tem porque ser uma caracterização.
R: Se o fato dele ter marcas escuras não indica que ele é um sombrio, eu tiro. Quando pensei nisso, liguei uma coisa a outra.

5. A morte sem descanso é uma característica de todos os elfos sombrios que utilizam o karma infernal. Portanto, acho que essa não deva ser uma caracterização, mas apenas um problema dos magos sombrios. Ou esta caracterização só pode ser comprada por não magos sombrios, uma vez que os magos sombrios a possuem sem ganhar nada por ela. 3 pontos também é muito para algo que só lhe prejudica se morrer.
R: Só o fato de você morrer e não poder ser ressuscitado já vale uma caracterização. Todas as outras raças teriam acesso a magias de sacerdote, elixires da vida e afins. Esse cara joga no Hard, sem continue.

6. Xenofobia deveria penalizar em pelo menos 2 colunas os testes sociais.
R: Aumentei.

7. 3 pontos negativos é muita coisa pra Acromatopsia. É uma deficiência como caolho ou maneta, e -2 estão de bom tamanho.
R: Reduzi.

8. Assombrado também está concedendo muitos pontos ─ ou o fantasma está muito bonzinho.
R: Vou pensar bem no que vou fazer com ele.

9. Domínio maldito poderia conceder +2 colunas de bônus, a exemplo do que concedem as caracterizações que beneficiam habilidades.
R: Ajustado

10. Não tenho certeza quanto a especialista... ela concede uma habilidade especializada.
R: Sim, a ideia é ser assim.

11. Proteção mística não foi uma caracterização removida do manual de regras?
R: Foi. Essa é similar a proteção dos Deuses só que custa a mais. Até pq acho que essa raça não vai poder ter proteção dos deuses.

12. Poliglota deve conceder apenas 1 idioma adicional para a caracterização de 1 ponto.
R: Só estou copiando uma caracterização já aprovada no Humano.

13. Plurilíngue deve permitir escrever apenas em idiomas conhecidos.
R: Ué, mudo e surdo podem escrever sem nem mesmo saber o som das palavras ou saber proferi-las. Não entendi.
#11 Fábio_CM Enviado : 20/02/18 15:14
1. Veja Gouras e Humanos.

2. Acho que é suficiente.

3. Os Elfos sombrios tem boas relações com os Sekbetes. Além disso, eles hostilizam mais do que são hostilizados (exceto, talvez, pelos elfos de Lar). Então a caracterização está sim concedendo muitos pontos. Se a intenção é que ele seja hostilizado por onde passar, também coloque penalidades nos testes de impressão contra não elfos sombrios.
Importante: Os elfos sombrio são facilmente identificáveis como tal. Ele não pode se fazer passar por um elfo dourado ou florestal, com ou sem essa caracterização a menos, é claro, que se disfarce bem.

4. Então pode tirar.

5. Nem tanto. Mas, independente disso, como falei, ela não é uma caracterização, porque faz parte dos magos sombrios, enquanto todas as caracterizações são opcionais. Ela pode ser uma caracterização para os não magos, mas para os magos sombrios ela faz parte da profissão, sem benefícios.

11. Ok.

12. O texto não está bom, de qualquer forma. Pelo texto, 1 ponto permite ao personagem saber três idiomas, 2 pontos permite saber quatro idiomas e 3 pontos permite saber seis idiomas. Bem, sem comprar a caracterização um personagem sabe dois idiomas. Vai precisar de revisão.

13. A habilidade Língua não é apenas para falar, mas principalmente para entender. Um mudo, se for apenas mudo, pode muito bem ter muitos idiomas, mesmo que não fale.
#12 Azurius Enviado : 20/02/18 15:25
Vamos por partes.

Citação:
Caridrândia, o Reino dos Elfos Sombrios
Se em muitos lugares os humanos e estrangeiros
não são bem-vindos, em outros locais, como
Caridrândia, o reino dos elfos sombrios, a morte ou
a escravidão é o destino certo para aqueles que lá
ingressam.
Em um vale sombrio, uma grande cidade foi erguida
e seus moradores, afogados em sua própria
soberba, buscam o controle do mundo e um retorno
ao passado glorioso de sua raça.
#13 Marcelo_Rodrigues Enviado : 20/02/18 16:05
O texto esta otimo. Applause A única coisa que notei é sobre as caracterizações da raça. Li o texto de caridrandia e estes são as caracteristicas deste povo. Faz sentido o cara escolher Think ? E se i jogador não escolher algum ele não vai ficar sem o que caracteriza a sua raça?
#14 Azurius Enviado : 22/02/18 18:57
Show, vou reajustar em breve.
#15 Fábio_CM Enviado : 27/02/18 15:04
Azurius, como vão os ajustes?
#16 samuel.azevedo Enviado : 27/02/18 16:13
Boa tarde, há parte no texto dos sombrios que poderiam sugerir caracterizações. Por exemplo, os sombrios tem escravos, entre eles seres transformados e distorcidos, em suas categorias:

Sérvulous (Criaturas Artificiais e Escravos): pequeninos, crianças humanas ou anãs, goblins, e até golens de pedra e ferro.

Sérvulous Aanurim (Servos Sombrios) : homúnculos, diabretes, esqueletos, reanimados e outros mortos vivos.

Hanum (Servos Bestas de Carga): seres humanos ou de outras raças capturados e transformados em criaturas horrendas pela magia arcana sombria.

Imagina caracterizações para "possuir" um servo de uma dessas categorias acima...

Também há outros trechos do texto de caridrândia que poderiam estimular caracterizações, como a parte das Castas.

Uma dúvida, o texto militar trata de duas armas especiais, as espadas Iantus; e uma exótica faca de pedra feita com a rocha negra do solo de Caridrândia que potencializa efeitos de venenos. A pergunta é para Fabio: Estas armas serão tratadas em alguma parte do material?

Abraços
#17 samuel.azevedo Enviado : 28/02/18 22:09
Com uma fauna tão modificada pelo poder do karma infernal, talvez eles tenham montarias exóticas. Que tal uma caracterização para usar um tipo de montaria exótica com a mesma dificuldade de montar cavalos?
#18 Fábio_CM Enviado : 01/03/18 09:32
samuel.azevedo escreveu:
Uma dúvida, o texto militar trata de duas armas especiais, as espadas Iantus; e uma exótica faca de pedra feita com a rocha negra do solo de Caridrândia que potencializa efeitos de venenos. A pergunta é para Fabio: Estas armas serão tratadas em alguma parte do material?

Teremos tarefas para criação das armas exóticas específicas das terras selvagens, mas o desenvolvimento das raças e profissões é prioridade.
#19 Azurius Enviado : 02/03/18 18:05
Pessoal, to aqui só pra esclarecer que meu tempo está muito corrido, mas nas horas vagas tenho pesquisado um pouco e desenvolvido umas ideias, volto em breve com as atualizações.
#20 Azurius Enviado : 05/03/18 17:50
Pessoal da uma verificada ai. baixei bastante os pontos dados pelas caracterizações da raça. Inclusive tem uns que estão valendo 0.
#21 Fábio_CM Enviado : 07/03/18 08:47
Azurius, algumas das características que estão como caracterizações não devem ser opcionais, porque todos os elfos sombrios as possuem. Você pode criar caracterizações positivas para removê-las, mas não deve deixar de incluir as penalidades só porque elas são ruins.
#22 Marcelo_Rodrigues Enviado : 07/03/18 10:19
Minha recomendação é..

Caracteristicas positivas paras que removem coisas ruins como a fotofobia.

Caracteristicas negativas para as que pioram.

E o mais importante. Nao deve existir caracterizações para coisas que não são ruis ou boas ou que dependem da situação. Exemplo disto é a pele escura. Em Lar ele é um problema, mas em caridrandia é sinal de status social.
#23 Azurius Enviado : 08/03/18 10:45
Pode deixar, vou ajudar aqui marcelo.
#24 Azurius Enviado : 13/03/18 00:20
Pessoal, alguém tem mais alguma ideia? Possivelmente eu adicione mais algumas coisas futuramente.
Fico no aguardo das sugestões dos senhores.
#25 Fábio_CM Enviado : 02/04/18 15:43
Algumas considerações sobre o texto até aqui:

a espada de mão e meia Iantus é uma arma mágica! Ela pode concorrer para entrar no livro de objetos mágicos, mas não como arma exótica para os elfos.
○ O bônus de +5 em força de ataque é muito alto para as armas de pedra negra, especialmente considerando a penalidade extremamente pequena aplicada.
Conhecimento incalculável está interessante, mas o acesso a magias ancestrais é exagerado. E o mestre deve aprovar o acesso a magias perdidas (embora qualquer uma possa estar disponível, não significa que seja facilmente encontrada nos 250 mil volumes). Talvez valha uma referência explicando que nem tudo está catalogado, justificando assim uma dificuldade em encontrar o que se deseja, a qualquer momento. Além disso, os textos podem estar em idiomas desconhecidos, perdidos, rasurados, escritos com garranchos, etc.
○ O incômodo a luz deve ter alguma penalidade prática. Sugiro que o elfo sombrio sob luz direta sofra -1 de penalidade em todos os testes que dependem de visão. Além disso, eles ficam nitidamente desconfortáveis.
Frieza lógica gratuitamente não é muito? Coração de pedra não seria mais justo?
Manipulador não está legal. Ela é só uma fuga para driblar a penalidade da raça. Acho que pode ser removida.
○ Qual a vantagem de Parte de Etherium? Esse metal já está apresentado no material oficial? Se não, poderia ser colocado em um campo abaixo de armas, para ser discutido posteriormente.
#26 samuel.azevedo Enviado : 02/04/18 16:18
Os elfos sombrios não são desprovidos de sentimentos, apenas seus sentimentos são distorcidos. Não concordo com firmeza lógica nem coração de pedra.
#27 Azurius Enviado : 02/04/18 18:35
Frieza Lógica: Como vocês podem ver a frieza não remove os sentimentos, e sim deixa o personagem agir de forma racional. Mas se rolar um consenso aqui eu posso remover logo a a questão do intelecto distorcido e resolvemos o problema.

Leia o resto do texto...
Frieza lógica escreveu:
A Frieza lógica {3} é uma característica rara de conseguir separar as informações dos fatores emocionais que as acompanham. Assim, o personagem é capaz de tomar atitudes baseadas apenas na razão sem a necessidade de testes. Diferente de coração de pedra, o personagem com frieza lógica é capaz de demonstrar sentimentos. A diferença é que ele tem total controle sobre eles.


Iantus: Sobre esse item, ele não é um objeto mágico, e sim uma espada feita por minério infernal. O fato de ser "conjurado" está ali pra dizer que ele é trazido por um encanto e isso não o torna mágico. O item pode ter um nerf no seu bônus sim, o que ele não pode não ter é bônus saca?

Leia o resto do texto...
Iantus escreveu:
Esta arma é um exemplar de rara beleza, delicada, mas resistente, comumente usadas pelo Guerreiros Riiogan. Sua forma e contorno valoriza a velocidade e a precisão dos golpes, por conta disto utilizam agilidade em suas colunas de ataques ao invés de força. Algumas Iantus, muito raras, são forjadas, com minérios conjurados do próprio inferno. Os ferimentos provocados por essas armas, causam grande dor em criaturas celestiais e sacerdotes. A lâmina dessas Iantus Infernais brilha com um tom rubro intenso quando criaturas ou servos divinos estão a até 50 metros.


Conhecimento incalculável: Uma raça que preza tanto por conhecimento não iria guardar de qualquer forma depois de conquistado.
"Scientia potentia est" Esta citação em latim pra mim diz exatamente tudo que precisa ser dito, "conhecimento é poder", ema raça que preza tanto por conhecimento não iria guardar de qualquer forma depois de conquistado, e digo mais, é estupidez não usá-lo! Quando digo não usá-lo vou mais além do que este debate, mais precisamente para a discussão das profissões das raças selvagens, onde os elfos sombrios são limitados a serem apenas magos sombrios, se o conhecimento é poder, por qual motivo eu não o usaria? E antes que alguém me responda "por orgulho", eu logo respondo, uma raça tão inteligente não pode simplesmente fechar-se para novas formas de subjugar as outras.

Leia o resto do texto...
Conhecimento incalculável escreveu:
Conhecimento incalculável está interessante, mas o acesso a magias ancestrais é exagerado. E o mestre deve aprovar o acesso a magias perdidas (embora qualquer uma possa estar disponível, não significa que seja facilmente encontrada nos 250 mil volumes). Talvez valha uma referência explicando que nem tudo está catalogado, justificando assim uma dificuldade em encontrar o que se deseja, a qualquer momento. Além disso, os textos podem estar em idiomas desconhecidos, perdidos, rasurados, escritos com garranchos, etc.


Manipulador: Lógico que é uma forma de burlar uma penalidade, você paga pra ter esse drible. É meio inocente pensar que uma raça que tem tanto potencial cultural não saberia reconhecer e driblar alguns problemas afim de se beneficiar. Vejo isso como um teatro.
Leia o resto do texto...
Manipulador não está legal. Ela é só uma fuga para driblar a penalidade da raça. Acho que pode ser removida.


Parte de Etherium: No livro tem citação de um cara com uma mão artificial eu só vim aqui e expliquei como era feita. Restabelecer um membro perdido pra uma raça que não pode ter sacerdotes e por conseguinte não pode ter acesso a regeneração é um bônus considerável.

Leia o resto do texto...
Citação:

Qual a vantagem de Parte de Etherium? Esse metal já está apresentado no material oficial? Se não, poderia ser colocado em um campo abaixo de armas, para ser discutido posteriormente.
#28 Fábio_CM Enviado : 03/04/18 01:22
Citação:
Iantus: Sobre esse item, ele não é um objeto mágico, e sim uma espada feita por minério infernal. O fato de ser "conjurado" está ali pra dizer que ele é trazido por um encanto e isso não o torna mágico. O item pode ter um nerf no seu bônus sim, o que ele não pode não ter é bônus saca?

A parte de brilhar na presença de criaturas celestiais e sacerdotes é muito mágica para ser um item comum. O resto é até aceitável.

Citação:
Conhecimento incalculável: Uma raça que preza tanto por conhecimento não iria guardar de qualquer forma depois de conquistado.

Não é uma questão de guardar de qualquer forma, mas sim de guardar. Nem tudo que os elfos juntaram pode estar prontamente disponível. Por mais cultos que sejam, traduzir para idiomas conhecidos, interpretar ideogramas, identificar diferentes caligrafias, juntar peças de volumes divididos e ainda compreender os intrincados mecanismos das magias ancestrais, além de tudo o mais que vem a ser necessário para catalogar os volumes, são coisas que nem mesmo os elfos sombrios seriam capazes de realizar ao mesmo tempo em que seguem com suas pesquisas paralelas e novos desenvolvimentos. Além disso, esse quantidade de volumes é grande, mas não está nem perto das grandes bibliotecas atuais.

Portanto, não há razão para permitir acesso a magias ancestrais através de uma caracterização. Isso deve continuar como responsabilidade do mestre, como está determinado no livro de magias perdidas.

Citação:
Manipulador: Lógico que é uma forma de burlar uma penalidade, você paga pra ter esse drible. É meio inocente pensar que uma raça que tem tanto potencial cultural não saberia reconhecer e driblar alguns problemas afim de se beneficiar. Vejo isso como um teatro.

Reconhecer sim, mas o drible não acontece pelo uso de caracterizações. Se eles sabem que tem problemas para se relacionar, eles agem como todas as outras raças: eles estudam, treinam, aumentam seus níveis de habilidade e compram tarefas aperfeiçoadas. Nunca serão tão bons como napóis? É, realmente. Os napóis também nunca serão tão inteligentes como eles.

Conceder caracterizações específicas para raça para remover as penalidades que elas possuem quebra o sistema sem necessidade.

Citação:
Parte de Etherium: No livro tem citação de um cara com uma mão artificial eu só vim aqui e expliquei como era feita. Restabelecer um membro perdido pra uma raça que não pode ter sacerdotes e por conseguinte não pode ter acesso a regeneração é um bônus considerável.

Ok. Mas como ele é misturado ao corpo? Você fala apenas em entrar em contato, mas achei estranho. Talvez algum ritual ou algum gatilho deva ser apresentado para mostrar o que é preciso para receber o etherium como próteses. Uma magia de recuperação do colégio, talvez?
#29 Azurius Enviado : 03/04/18 18:49
Citação:
A parte de brilhar na presença de criaturas celestiais e sacerdotes é muito mágica para ser um item comum. O resto é até aceitável.

Desbrilhou agora kkkkk (removido) gnomos não fumam cigarros.

Citação:
Não é uma questão de guardar de qualquer forma, mas sim de guardar. Nem tudo que os elfos juntaram pode estar prontamente disponível. Por mais cultos que sejam, traduzir para idiomas conhecidos, interpretar ideogramas, identificar diferentes caligrafias, juntar peças de volumes divididos e ainda compreender os intrincados mecanismos das magias ancestrais, além de tudo o mais que vem a ser necessário para catalogar os volumes, são coisas que nem mesmo os elfos sombrios seriam capazes de realizar ao mesmo tempo em que seguem com suas pesquisas paralelas e novos desenvolvimentos. Além disso, esse quantidade de volumes é grande, mas não está nem perto das grandes bibliotecas atuais.

Portanto, não há razão para permitir acesso a magias ancestrais através de uma caracterização. Isso deve continuar como responsabilidade do mestre, como está determinado no livro de magias perdidas.


Coloquei que conhecimento arcano e perdido da profissão tem que ter aprovação do mestre.

Citação:
Reconhecer sim, mas o drible não acontece pelo uso de caracterizações. Se eles sabem que tem problemas para se relacionar, eles agem como todas as outras raças: eles estudam, treinam, aumentam seus níveis de habilidade e compram tarefas aperfeiçoadas. Nunca serão tão bons como napóis? É, realmente. Os napóis também nunca serão tão inteligentes como eles.

Conceder caracterizações específicas para raça para remover as penalidades que elas possuem quebra o sistema sem necessidade.


Reduzi o custo pra 1, reduzi o poder de 1 nível para +3 colunas.

Citação:
Ok. Mas como ele é misturado ao corpo? Você fala apenas em entrar em contato, mas achei estranho. Talvez algum ritual ou algum gatilho deva ser apresentado para mostrar o que é preciso para receber o etherium como próteses. Uma magia de recuperação do colégio, talvez?


A ideia é que ele ao entrar em contato reconheça as conexões neurais faltantes e reaja com o corpo recriando o membro faltante.

Extra:
Citação:
Os Assadi, Assassinos das Sombras, usam roupas negras, leves e justas. São seres furtivos e velozes,
especializados em invasões, espionagem e assassinatos dentro de fortalezas inimigas. Esses assassinos são muito respeitados em Caridrândia, suas habilidades são temidas e inquestionáveis. Como arma favorita usam uma exótica faca de pedra feita com a rocha negra do solo de Caridrândia. '""Essa arma, apesar de pouco eficaz contra armaduras, tem a propriedade peculiar de ampliar grandemente o poder de destruição de qualquer veneno que seja aplicado à lâmina.""" Pontas de flecha e adagas de arremesso feitas com esse material também são muito apreciadas pelos assassinos sombrios.


Ampliou até meu texto, viu como é poderoso esse lance? rs
#30 Azurius Enviado : 07/04/18 12:30
Por mim a tarefa já fechou, alguém mais deseja tecer algum comentário a respeito ou podemos agendar a votação?
Usuários visualizando este tópico
Guest
2 Páginas 12>
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET