Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

Questão da Enquete : 3.4 Especializações
Escolha Votos Estatísticas
Aprovado 4 100 %
Reprovado (precisa de melhorias) 0 0 %

4 Páginas 123>»
3.4 Especializações Opções
#1 Samyaza Enviado : 09/05/16 15:53
Esta discussão foi criada para discutir o seguinte verbete da TagmarPedia:

Especializações

Acessem o verbete pelo link acima. Critiquem, dêem sugestões.

OBS: Façam apenas sugestões e críticas que conduzam a uma melhoria do texto.
#2 Samyaza Enviado : 09/05/16 18:17
Essa tarefa está disponível, caso deseje assumi-la, entre em contato com o coordenador de regras para receber as orientações iniciais antes de começar a desenvolver seu trabalho.
#3 Alisson Enviado : 20/05/16 21:20
Houve 14 questionamentos sobre as Especializações e pretendo responder todos. Mas vou responder um de cada vez para ficar de maneira mais organizada. Deixei de propósito as indagações obre Especializações novas para o final, pois a prioridade é consertar o que temos para depois criarmos mais material que certamente precisará de consertos também.
Vamos então ao primeiro questionamento:
Citação:
1- P22 Sobre especializações: “No 5º estágio todo personagem adquire automaticamente o direito de adentrar para uma especialização, porém os personagens podem conseguir entrar antes, mas isso vai depender apenas do empenho do jogador em cumprir os pré-requisitos (estabelecidos pelo MJ) para entrar em determinada especialização. O jogador deve consultar o MJ como fazer para ser aceito antes do 5º Nível. ”
Não há justificativa de por que o direito é adquirido apenas no estágio 5, em seguida o texto diz que cabe ao narrador, essa informação gera problemas ao narrador pois dá direito ao jogador de inquirir sobre tal possibilidade e quando o narrador der uma resposta negativa não há no manual de regras argumento para o narrador além do famoso “não pode”.
Resposta: O personagem adquire o direto quando cumpre os pré-requisitos estabelecidos pelo MJ. Caso não consiga antes, adquirirá o direito compulsoriamente no estágio 5. Portanto, há uma contradição quando se diz que o só adquire direito APENAS no estágio 5, pois o texto fala claramente que o mestre pode estabelecer os pré-requisitos para ser aceito antes. Mas se o problema for o fato de o direito ser adquirido compulsoriamente apenas no estágio 5, isso pode ser discutido. Certamente, isso foi uma escolha de regra apenas. Podemos analisar caso alguém tenha sugestões melhores.


Alguém tem alguma opinião diferente de que no Estágio 5 a Especialização deve ser obrigatória?
Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#4 Térom Lanister Enviado : 21/05/16 19:28
Na primeira versão havia uma tabela de sorteio do d10 para definir se o personagem entrava ou não no colégio ou ordem (apenas magos e sacerdotes se especializavam) ao passar de estágio.

Talvez ela pudesse voltar, acrescentando nela mecânica parecida com a que existe na tabela de energia heroica, para exclusão de linhas, caso o personagem faça algum feito heroico.

Pode ser que caso o personagem tenha feito algo que o aproxime de sua especialização, uma linha seja excluída e fique mais fácil ser contatado pela organização em questão.

Mas uma coisa que me incomoda é o fato do personagem não ter feito nada para entrar na organização e, de repende, ser chamado.

Tipo: o Mestre dos Magos do nada sai de trás de uma pedra e passa a ser mentor do personagem, que vira seu pupilo kkk

Muito estranho....
#5 Alisson Enviado : 21/05/16 20:03
O ruim de uma tabela é contar com a sorte. Acredito que todos concordam da maneira que está. Vou dar mais um dia para questionamentos antes de trazer a segunda dúvida.
Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#6 Samyaza Enviado : 21/05/16 22:19
Sou a favor de algo mais exato, do tipo:

1 - determinar um estágio mínimo (manter o 5 ou alterar)

2 - ou permitir que já se comece com especialização

3 - ou definir um nível mínimo de habilidades e/ou técnicas de combate e/ou magias para se entrar na especialização.

4 - ou definir qual é o tipo de feito específico que faz a "especialização" prestar atenção no personagem.

No frigir dos ovos as opções 1, 3 e 4 são quase a mesma coisa apenas vista por uma perspectiva diferente, mas é necessário determinar qual delas será a realmente válida para evitar dúvidas como está atualmente no texto.
#7 Alisson Enviado : 21/05/16 22:55
Samyaza escreveu:
Sou a favor de algo mais exato, do tipo:

1 - determinar um estágio mínimo (manter o 5 ou alterar)
Estou esperando sugestões quanto a isso para debater. Parece que a maioria concorda que estágio 5 está de bom tamanho.
2 - ou permitir que já se comece com especialização
Há mestres que fazem isso. Vejo que não há necessidade de estar explícito porque o mestre pode criar os pré-requisitos, e isso dá mais liberdade.
3 - ou definir um nível mínimo de habilidades e/ou técnicas de combate e/ou magias para se entrar na especialização.
4 - ou definir qual é o tipo de feito específico que faz a "especialização" prestar atenção no personagem.
3 e 4 não me parecem interessantes. A primeira porque depende de algo não específico da narrativa; e a segunda porque acaba obrigando o narrador a seguir um certo padrão, o que desvaloriza um pouco a criatividade do narrador, além de dificultar, em alguns casos, a própria aceitação na especialização. Acredito que a melhor maneira é deixar o mestre negociar com o jogador a maneira que ele fará para ser aceito.

Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#8 Ares Enviado : 22/05/16 01:10
Gostaria de pedir que a adição de novas especializações, aquelas presentes na tagmarpedia, fosse avaliada.
darkred]teste
#9 Alisson Enviado : 22/05/16 10:21
Ares escreveu:
Gostaria de pedir que a adição de novas especializações, aquelas presentes na tagmarpedia, fosse avaliada.

Isso acontecerá. Mas primeiro optamos por consertar os textos já existentes. Os questionamentos sobre as novas especializações ficará para o final, pois as mesmas ainda precisarão de revisão, então damos prioridade ao material já existente.

Abraços.
Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#10 Alisson Enviado : 25/05/16 15:15
Questionamento número 2:
Citação:
2- p.24 Sobre ladrões: “Ladrões sempre usam armaduras leves como as de couro, pois armaduras de metal fazem muito barulho e atrapalham seus movimentos. ” Não está claro se usar armaduras leves é uma obrigação ou não.
Resposta: O problema está na palavra “sempre”. O texto deveria dizer que os ladrões optam por armaduras leves como as de couro, pois elas facilitam movimentos furtivos além de fugas, escaladas, etc. É claro que não é uma obrigação, é apenas uma predileção. O texto deve ser trabalhado nesse sentido: predileção ao invés de obrigação.

Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#11 saulocr Enviado : 25/05/16 16:48
Samyaza escreveu:
Sou a favor de algo mais exato, do tipo:
1 - determinar um estágio mínimo (manter o 5 ou alterar)
2 - ou permitir que já se comece com especialização
3 - ou definir um nível mínimo de habilidades e/ou técnicas de combate e/ou magias para se entrar na especialização.
4 - ou definir qual é o tipo de feito específico que faz a "especialização" prestar atenção no personagem.
No frigir dos ovos as opções 1, 3 e 4 são quase a mesma coisa apenas vista por uma perspectiva diferente, mas é necessário determinar qual delas será a realmente válida para evitar dúvidas como está atualmente no texto.


Já penso de outra forma. O cara quer se especializar em Infantaria, porque eu como estado, iria recrutá-lo, treiná-lo, dar comida, bebida e teto, em troca de que?

Na minha opinião para poder entrar em uma guilda, colégio, ordem etc, tem que fazer por merecer realizando grandes missões, salvando vilarejos ou então pagar! Um valor pelo professor, pela estadia, etc.

Pra mim não daria de lambuja não. Dependendo da história e do estágio inicial, o mestre poderia abrir exceções.
#12 Alisson Enviado : 26/05/16 11:05
Como disse anteriormente, acho mais prudente deixar o mestre "negociar" com o jogador a entrada numa especialização; pois, se deixarmos algo fixo, pode ser que estejamos dificultando em alguns casos e facilitando demais em outros. E isso tira a autonomia do Mestre na hora de criar eventos.
Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#13 Alisson Enviado : 26/05/16 11:06
Alterado o trecho do texto sobre as armaduras dos ladrões, tendo em vista o questionamento número 2.

Citação:
Ladrões preferem usar armaduras leves como as de couro, pois armaduras de metal fazem barulho e atrapalham seus movimentos. Suas armas preferidas são punhais, adagas e espadas pela facilidade de esconder e de usar.

Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#14 Alisson Enviado : 28/05/16 10:23
Questionamento 3:
Citação:
3- Sobre ordens: Não há descrição das ordens mesmo que resumida.
Resposta: Sim, há descrição resumida sobre as Ordens. Vide Manual de Regras página 25 no tópico Ordens. A descrição detalhada encontra-se no Livro das Ordens Sacerdotais.
Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#15 Fábio_CM Enviado : 28/05/16 13:29
Alisson escreveu:
Ladrões preferem usar armaduras leves como as de couro, pois armaduras de metal fazem barulho e atrapalham seus movimentos. Suas armas preferidas são punhais, adagas e espadas pela facilidade de esconder e de usar.

Espadas ou gládios? Espadas não são tao fáceis de se esconder.
Ajude no desenvolvimento do Livro de Criaturas. Assuma uma tarefa e participe!
#16 Alisson Enviado : 28/05/16 13:37
Questão complicada essa. Think
Não acredito que todas as espadas devem ser iguais ao desenho do manual de regras. Podem existir espadas mais finas outras mais grossas ou até mesmo mais curtas, acho que isso é algo mais interpretativo que objetivo.
Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#17 Térom Lanister Enviado : 28/05/16 15:52
Mas faltam SABRE e FLORETE no sistema. O florete poderia ser uma espada que só perfura com sua ponta e não pode ser utilizado para APARAR. O SABRE seria uma variação de alfange.
#18 Alisson Enviado : 28/05/16 17:34
Térom Lanister escreveu:
Mas faltam SABRE e FLORETE no sistema. O florete poderia ser uma espada que só perfura com sua ponta e não pode ser utilizado para APARAR. O SABRE seria uma variação de alfange.

Talvez o que deixe complicado seja o nome espada, pois ele é muito genérico e abrange muitas armas.
Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#19 Térom Lanister Enviado : 28/05/16 18:06
Informei sobre as espadas ao responsável pela inclusão e alteração em ARMAS.
#20 Alisson Enviado : 29/05/16 17:50
Citação:
4- p.25 e 26 Sobre colégios: “As regras para a entrada em um colégio são semelhantes a entra numa Ordem, pois todos os Colégios são sociedades secretas e é muito mais comum o Mago ser contactado por um membro de um colégio que o contrário. ” Os requisitos são diferentes além disso as congregações são públicas e os colégios são secretos.
Resposta: Há que se diferenciar as Ordens das Congregações. As Ordens são secretas; as congregações, não. Mas não é necessário ir até a sede de uma Ordem para ser aceito, pois as congregações respondem pela Ordem em vários casos, dentre eles, o acolhimento de novos membros. As congregações não são públicas, mas os templos sim, estes podem ser frequentados por quaisquer pessoas. As congregações estão para o seminário assim como os templos estão para as igrejas. Nem todos os colégios são secretos, o do Conhecimento por exemplo não é.
Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#21 Samyaza Enviado : 29/05/16 18:11
Alisson, orientações:

1 -
Citação:
Não acredito que todas as espadas devem ser iguais ao desenho do manual de regras. Podem existir espadas mais finas outras mais grossas ou até mesmo mais curtas, acho que isso é algo mais interpretativo que objetivo.


A dúvida do Fábio_CM é válida, é necessário definir o equipamento específico que se inclui, utilize as armas inclusas pelo Ryvw na tarefa Inclusão, exclusão e alteração de armas para melhorar essa parte do texto e deixá-lo mais claro.

2 - O livro que estamos revisando é o manual de regras, no que tange à regras não podemos ser subjetivos. O objetivo do primeiro questionamento é justamente definir com exatidão o momento em que se consegue o direito de entrar para a especialização. Quando um personagem recebe pontos de experiência fez isso pq o narrador considerou que seus atos foram relevantes, o acúmulo de pontos de experiência faz com que ele avance de estágio e torne-se memorável, como o Saulo explicou num texto sobre a quantidade de personagens de estágio 1 até 10 no mundo de Tagmar, alguém de estágio 5 já é relevante o suficiente para alguma especialização o desejar como parte do seu grupo, então ou coloque um estágio mínimo ou coloque que o narrador deve determinar a missão específica, um ou outro vai gerar subjetividade.

#22 Alisson Enviado : 29/05/16 21:09
1- então devo tirar a palavra espadas (que é genérico, embora haja uma arma específica no manual de regras), mas colocaria o quê no lugar?
Think

2- o estágio mínimo é o 5 (ninguém se opôs a isso), você gostaria que removesse a parte dos pré-requisitos? . E sobre a missão específica, como poderia ser? Um tipo de missão que chame a atenção de todas as especializações ao mesmo tempo? Estou aberto a sugestões nisso.

Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#23 Alisson Enviado : 29/05/16 21:16
Fábio_CM escreveu:
Alisson escreveu:
Ladrões preferem usar armaduras leves como as de couro, pois armaduras de metal fazem barulho e atrapalham seus movimentos. Suas armas preferidas são punhais, adagas e espadas pela facilidade de esconder e de usar.

Espadas ou gládios? Espadas não são tao fáceis de se esconder.

A facilidade é de esconder e usar. Não é somente de esconder. Veja que, por paralelismo, o texto fala que punhais e adagas são fáceis de esconder; e as espadas são fáceis de usar.
Mas agora percebi que não existe arma com nome de adaga. No aguardo de sugestões.
Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#24 Samyaza Enviado : 02/06/16 09:31
Alisson, mantenha o estágio 5 como único requisito e remova a possibilidade do narrador dar uma missão, assim, nos livramos da subjetividade.
#25 Alisson Enviado : 02/06/16 11:30
Irei atualizar o texto. Em breve trago novidades.
Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#26 Alisson Enviado : 02/06/16 15:00
Estava fazendo as alterações pedidas e aproveitei para dar uma revisada no texto, p
daí vi algumas coisas "bizarras".
Citação:
Existem, atualmente, 4 academias de Guerreiros e após entrar em uma academia não será permitido que se entre em outra; por isso, a escolha de uma academia é muito importante e não recomendada aos jogadores iniciantes.

Quer dizer que os jogadores novatos não têm capacidade de escolher a sua especialização quando chegam ao Estágio 5? Acho que essa parte destacada deveria ser retirada do texto.
Citação:
A Academia de Infantaria treina o Guerreiro para o combate pessoal, ensinando-lhe técnicas de combate corpo-a-corpo. Estas Academias são normalmente instituições militares da divisão de infantaria.

Shame on you Não. As academias de Infantaria são divisões militares de vigília kkk. É claro que são de infantaria (como assim normalmente a infantaria é divisão de infantaria?) Acho que deveria ser removido também.

Citação:
A Academia dos Arqueiros treina o Guerreiro para o combate a distância, ensinando-lhe técnicas de combate com arco.Estas Academias são normalmente instituições militares da divisão dos arqueiros.

É mesmo, é? Shhh

Citação:
Esta Academia treina o Guerreiro para combates com montarias ensinando-lhe técnicas de combate montado. Estas Academias são quase sempre instituições militares da divisão de cavalaria.

Quase sempre né, às vezes as academias dos cavaleiros são divisões de magos elementais. Anxious

O texto diz que os cavaleiros são líderes de pelotões de infantaria, mas diz o mesmo de quem é guerreiro de infantaria.
Citação:
Existem 3 Guildas para qual um Ladino pode entrar, mas após entrar em uma não será permitido que se entre em outra, por isso, a escolha de uma Guilda é muito importante e não recomendada aos jogadores iniciantes. São elas:

Iniciantes não sabem escolher nem uma guilda. Triste

Quero saber de vocês se essas partes em negrito devem ser retiradas do texto (eu acho que sim).
Ich möchte Zeuge deiner Liebe sein
#27 nametuzain Enviado : 04/06/16 03:28
Na minha opinião, também concordo contigo Alisson, não tem sentido em manter o que escreveu em negrito.
#28 nametuzain Enviado : 04/06/16 03:30
Samyaza escreveu:
Alisson, mantenha o estágio 5 como único requisito e remova a possibilidade do narrador dar uma missão, assim, nos livramos da subjetividade.

Eu sempre fiz assim, essa subjetividade é um saco pois aquele jogador "advogado de regras" sempre questiona o que ele tem que fazer pra entrar pra uma especialização antes do lv 5.
Requisito mínimo Estagio 5 e papo final.
#29 Hazafer Enviado : 04/06/16 20:51
nametuzain escreveu:
Samyaza escreveu:
Alisson, mantenha o estágio 5 como único requisito e remova a possibilidade do narrador dar uma missão, assim, nos livramos da subjetividade.

Eu sempre fiz assim, essa subjetividade é um saco pois aquele jogador "advogado de regras" sempre questiona o que ele tem que fazer pra entrar pra uma especialização antes do lv 5.
Requisito mínimo Estagio 5 e papo final.


Pessoal, tudo bem? Eu estava lendo esse tópico e vi a dificuldade de se determinar quando o personagem adquire sua especialização.
Me perdoem, mas o que vocês estão propondo é uma situação chata demais para quem está jogando e muito prejudicial para as campanhas. Vou dar um exemplo mais recente: Na mesa do Fábio CM, na qual participo, eu juro que me esforcei para entra no colégio antes do estágio 5, ele não determinou nem me prometeu nada, apenas fiz as plays. Ele optou por vetar todas as minhas tentativas e só daria a especialização no estágio 5. Em nenhum momento eu questionei pois ele estava no direito dele como MJ.
O problema é que agora eu consegui meu estágio 5 e dentro da narrativa e interpretação ele não tem condições de me liberar a especialização.
Resumindo, terei de esperar novamente a boa vontade do MJ ou o pressiono e por direitos (legais, kkk) adquiro meu colégio sem nenhuma coerência em termos interpretação.

Minha sugestão: Quando o jogador cria seu personagem, um mago por exemplo, ele já determina qual colégio seguirá.
O personagem desde que se formou como mago básico, ele também estudou o básico de sua especialização e no decorrer de suas aventuras, ele continuará seus estudos por conta própria em momentos de calmaria, a cada estágio conquistado ele avança em seus conhecimentos ou treinamentos e quando alcançar o estágio 5, ele finalmente conseguiu completar sua doutrina e se especializou.

É uma saída simples, coerente e não precisa ter a campanha congelada, para que os jogadores se especializem. Muito menos fiquem frustrados por receber algo de forma subjetiva do MJ.

Eu já utilizei em minhas mesas e não tive problemas. Abraços e fui.
Democracia: Sistema político q a soberania é exercida pelo povo

Monarquia: Sistema político q tem um monarca como líder do Estado

Anarquia:Sistema político desprovida de direção e/ou normas, baseado na negação do princípio de qualquer tipo de autoridade
#30 Azurius Enviado : 06/06/16 12:23
Acordo de conchinha com Hazafer. É uma sugestão simples que desconplica para todos os dois lados o momento correto da especialização.
Poderia adicionar também que: A critério do mestre de jogo o personagem poderia usar a sua especialização antes do 5.
Mas só o fato de já começar especializado já resolve o problema.
Bjus arco-íris.
Usuários visualizando este tópico
Guest
4 Páginas 123>»
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET