Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

Responder...
Ato Falho (revisão) Opções
#1 Marcelo_Rodrigues Enviado : 20/04/20 11:12
Esta tarefa se destina a revisar a magia Ato Falho. Na pesquisa foi apontada como uma magia muito fraca e quase sem utilidade prática em jogo. Esta magia recebeu os seguintes comentários:

... A ideia é boa mas tem pouca utilidade, pouco poder...
... Efeito minúsculo, e se o alvo não estiver pensando nada de constrangedor, não funciona...
#2 Sistema Automático Enviado : 27/04/20 20:16
A Terefa foi solicitada pelo usuário Maellartach
#3 Marcelo_Rodrigues Enviado : 30/04/20 09:46
Maellartach,

A magia agoara está na sua mão, basta usar o link a acessar o verbete.
#4 Maellartach Enviado : 06/05/20 22:08
Marcelo,
Acabei de terminar a magia.
Aí estão minhas ideias iniciais da forma que pude sintetizar.
Pensei bastante em como essa magia afeta a mecânica do jogo e resolvi alterar um pouco os efeitos para que se torne um pouco mais útil aos aventureiros.
A magia tem muito potencial pois torna o sacerdote de Plandis uma peça fundamental nos julgamentos e aplicações de penas em Tagmar, o que me trouxe algumas ótimas ideias de campanha. Agradeço a tarefa.
Por favor comentem suas opiniões.
#5 Edilton Oliveira Enviado : 07/05/20 15:52
Nobre Maellartach,

Já melhorou sensivelmente a magia. Gostei da possibilidade de perceber uma evocação discreta através de misticismo. Não lembro se já vi isso em alguma outra magia, mas tem tudo a ver.

Efeitos do tipo: "O alvo falha automaticamente num teste de dificuldade Absurdo." , eu acho muito difícil ser aplicado na prática. Você raramente terá oportunidade de usar.

Apesar de curtir muito o efeito de ser obrigado a responder com uma verdade, não creio que se enquadre em um "ato falho", como sugere a magia, e acaba descaracterizando-a. A ideia de falhar os ataques ou testes de habilidade tá bem caracterizado com a redução das colunas

Isso agora é algo muito pessoal: acho que a duração com 1 rodada só acho pouco. Por ex, no nível 9 tá uma redução de -11 colunas; apesar de ser um valor alto, tá equilibrado por ser apenas em 1 rodada. Mas gastar 9 pontos de karma, para ver se o adversário não passa na RM, para durar apenas uma rodada, mal dar pra sentir o gosto.

#6 Marcelo_Rodrigues Enviado : 09/05/20 10:40
Maellartach,

Concordo com o Edilton e gostaria de recomendar:

1) coloca a duração de uma rodada para o efeito 1, duas rodadas para o efeito o efeito 3, e assim por diante.
2) diminua um pouco o numero de palavras, pois 10 dá para fazer uma frese muito longa. Exemplo: "foi vc que roubou o anel?" (são só 6 palavras)
3) no efeito 3 ponha "O alvo falha automaticamente num teste de dificuldade muito difícil ou absurdo.
4) no efeito 7 ponha "O alvo falha automaticamente num teste de dificuldade difícil, muito difícil ou absurdo.

Pergunta: A falha do efeito 3 e 7 são falhas comuns né? Pois não ficou claro se são falhas críticas.
#7 Maellartach Enviado : 13/05/20 17:15
Boa tarde pessoal,
Fiz mais algumas alterações no texto e nos efeitos, mudando alguns termos para evitar a confusão acerca das capacidades do milagre.
Até o momento é isto, por favor revisitem o tópico e deem suas opiniões.
#8 Edilton Oliveira Enviado : 19/05/20 15:53
Nobre Maellartach,

Eu não vejo como será relevante esse efeito em jogo: "...caso este não pergunte nada a vítima falará algo do qual se arrepende, de acordo com sua consciência." Não necessariamente estará ligado a aventura a resposta. Eu penso que o jogador irá gastar ponto para comprar essa magia, gastará karma para utilizar, e o efeito pode não ajudar ele em nada. Irá depender muito do bom senso do mestre. Minha sugestão: amarre esse efeito, direcionando para algo mais prático, do tipo o jogador diz um nome e o alvo responde algo que se arrepende ligado a esse nome; ou algo do tipo, entende?

Agora, se você encara de forma diferente, por favor, me conte a sua visão.



#9 Maellartach Enviado : 20/05/20 17:22
E aê Edilton.
Essa opção de "caso este não pergunte nada" foi posicionada com este intuito.
Numa situação comum o jogador conjuraria este milagre, perguntaria algo e o Mestre de Jogo interpretaria e responderia de acordo.
Contudo, justamente por esse efeito ser em um nível dispendioso, caso o sacerdote (por algum motivo) decida não perguntar nada a magia se resolveria "aleatoriamente" com o alvo falando algum arrependimento profundo.
Prefiriria manter desta forma pois ela dá uma opção da magia manter seu efeito mesmo se o sacerdote não quiser falar(numa situação de perigo, por exemplo) ou estiver temporariamente incapacitado (amordaçado ou coisa do tipo).
Usuários visualizando este tópico
Guest (2)
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET