Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

2 Páginas 12>
3.1 Caracterizações para as Terras Selvagens Opções
#1 Fábio_CM Enviado : 16/07/18 19:00
Criar caracterizações originais de acordo com a ambientação das Terras Selvagens.

As caracterizações podem ser gerais ou ter pré-requisitos para serem adquiridas, tais como raça, local de nascimento/criação (caracterizações de origem), capacidade de fazer magias, etc.

Os custos e benefícios devem ser compatíveis com as caracterizações já existentes.
#2 Sistema Automático Enviado : 17/07/18 01:10
A Terefa foi solicitada pelo usuário Azurius
#3 Azurius Enviado : 22/07/18 09:51
Fábio, me corrige se eu estiver errado.

Aqui eu vou criar novas caracterizações e mover as que eram comuns a todos?
#4 Fábio_CM Enviado : 22/07/18 10:57
Exato
#5 Azurius Enviado : 22/07/18 12:18
#6 Azurius Enviado : 21/08/18 07:13
Estarei retornando aos trabalhos.
Desculpe a minha ausência.
#7 Rywv Enviado : 22/08/18 18:55
A caracterização Escalador é especifica do Sekbete, tanto que ela fala de garras e se não me engano ele é a unica raça que teria garras que possam ser úteis em escalada.

Gostaria de sugerir uma caracterização do tipo Mente Zen, que daria bonus para qualquer teste que estivesse relacionado a emoções(medo, raiva, nervosismo etc).

https://www.youtube.com/watch?v=bMhAw6WkVbI
Esse video tem uma doença interessante, é a de numero 4 a do garotinho maromba.
Acho que daria uma caracterização legal.
Algo que concedesse bonus em qualquer teste que esteja relacionado com força e agilidade(rolagens de atributos,habilidades e talvez ate tecnicas), mas o personagem teria de consumir o dobro de comida.
A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#8 Azurius Enviado : 23/08/18 06:59
Eu acho que ser um bom escalador é uma coisa possível pras outras raças.
Por enquanto eu vou deixar aí.

Quanto a caracterização da doença, fale mais da proposta, achei interessante.
#9 Rywv Enviado : 24/08/18 15:35
Azurius escreveu:
Eu acho que ser um bom escalador é uma coisa possível pras outras raças.
Por enquanto eu vou deixar aí.

A questão é que como a caracterização ta ela é inacessível para qualquer um que não tenha garras. Até o momento acho que só o sekbete tem garras, então a caracterização não deixa de ser praticamente exclusiva dele.
Citação:
Escalador {1}: Suas garras são extremamente úteis para escalar sem equipamento, você recebe a tarefa aperfeiçoada de Escalar Sem Equipamentos em Escalar Superfície.


Azurius escreveu:
Quanto a caracterização da doença, fale mais da proposta, achei interessante.

Não pensei mto a fundo, assisti o video e achei interessante a ideia de ter uma "doença positiva" nas caracterizações de tagmar.
A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#10 Azurius Enviado : 24/08/18 19:04
Verdade, você tá certo.
Removido.
#11 Marcelo_Rodrigues Enviado : 06/10/18 10:01
Duas coisas...

Dom Exacerbado: tá meio confuso. Não seria "um nivel a menos". Parece que está ao contrário.

E them uma caracterização com TH... neste caso basta tira o TH.
#12 Azurius Enviado : 15/10/18 09:41
Vou te dar um exemplo vulgar pra você fazer um comparativo com dom.
Ela funciona como Código de Conduta , onde ela pode ser negativa, neutra ou positiva, vai depender só das escolhas.
#13 Marcelo_Rodrigues Enviado : 15/10/18 14:25
Como assim??? Não entendi. Anxious

Tem como dar uns exemplos?

#14 Fábio_CM Enviado : 05/12/18 09:45
Acromatopsia está com desvantagens muito difusas para valer -2. Seria melhor reduzir seu benefício ou acrescentar alguma penalidade mecânica explícita.

Dom exacerbado não deve poder tornar o Absurdo em Impossível! Impossível é impossível. Ao ler uma coisa dessas, já imagino um ladino escalando uma cachoeira com escalar superfícies...

Encantador pode ser melhor apresentada se disser que o personagem escolhe uma magia básica (ou outra que se tenha acesso no primeiro estágio) para tê-la em nível igual ao seu estágio, até o estágio 10, sem custo.

Engenheiro está dando muitos benefícios. Além disso, tem o esquema de fazer o impossível...

Excepcional não tem razão de existir. Ela está repetindo a caracterização de potencial.

Experto poderia funcionar com uma arma em específico. Um grupo de armas é muita coisa para um custo de 1 ponto.

Incompetente. Por que você acha que o custo de Técnicas de combate deva ser maior do que os outros? Não vejo necessidade disso. Além disso, o benefício ganho por incompetente em habilidade poderia ser de -1, já que também é um recurso que algumas profissões não sentem tanta falta.

Maestria com minerais está fazendo o impossível...

Manipulador. O padrão de bônus para custo 1 quando se trata de um grupo de habilidades é de +2.

Qual a vantagem de ter Parte de Eterium (tem que remover o th)? Resistência? Se não há benefícios claros, vejo como uma desvantagem o personagem ser caçado para ter o "mineral raríssimo" extraído.

Estou achando o custo de Perito um pouco pequeno. Ela torna possível magos excepcionais no uso de espadas ou arcos, por exemplo, e vai gerar um desequilíbrio. Os custos talvez possam ser 2, 4 e 6 (o dobro do custo do grupo de armas). Mesmo assim, fico com minhas dúvidas... Think

Poliglota já não está contemplada em outra caracterização? Plurilíngue não está vinculada a ela de alguma forma? O texto padrão dos idioma diz que só é possível escrever em idiomas que se conheça.

Positivista é um nome ruim...

Prodígio Grau² ficará mais clara se estiver escrito "(...)magias indiretas recebem um bônus de +2 no dano final.". Além disso, o Grau³ está muito poderoso. Se entendi bem, o bônus em coluna se refere à Força de Ataque, correto? É muito, já que +3 podem significar até +15% de chance de atingir o alvo. Como os benefícios são cumulativos, esse final poderia ser reduzido para +2 facilmente, e ainda seria muito poderoso.

Para adquirir profissional inábil é preciso ser combatente? Ela poderia se aplicar a qualquer teste de criação, inclusive carpintaria e artes.

Tutor Místico é mesmo uma desvantagem? O texto não é claro em dizer que o personagem é obrigado a fazer as missões para ele, nem em qual a penalidade se ele desobedecer.
#15 Azurius Enviado : 10/12/18 12:10
Citação:
Acromatopsia está com desvantagens muito difusas para valer -2. Seria melhor reduzir seu benefício ou acrescentar alguma penalidade mecânica explícita.


R: Acredito que a grande desvantagem dessa caracterização seja exatamente a amplidão de situações que o mestre de jogo pode criar para dificultar a vida do jogador. Um exemplo disso seria: Puxe a alavanca laranja para salvar seus amigos; Ou vá até aquele local e fale com o informante, ele estará vestindo uma roupa de uma cor "X".


Citação:
Dom exacerbado não deve poder tornar o Absurdo em Impossível! Impossível é impossível. Ao ler uma coisa dessas, já imagino um ladino escalando uma cachoeira com escalar superfícies...


R: O que você sugere por no lugar do benefício do crítico? Afinal um crítico é algo raro.
Citação:

Encantador pode ser melhor apresentada se disser que o personagem escolhe uma magia básica (ou outra que se tenha acesso no primeiro estágio) para tê-la em nível igual ao seu estágio, até o estágio 10, sem custo.


R: Acredito que esta esteja ok dentro de suas escritas e funcionalidades não vejo motivo pra criar mais limitações que: Os pontos gastos e a escolha do mestre em deixar ou não você usar a caracterização pra um encanto em específico.

Citação:
Engenheiro está dando muitos benefícios. Além disso, tem o esquema de fazer o impossível...


R: É uma habilidade que será usada em situações muito peculiares e muitas vezes restritas pro sistema. Não vejo problema no seu custo benefício. Quanto ao impossível temos que explorar isso de alguma forma, está inserido no sistema e magias já exploravam essa vertente. Não digo que temos que explorar da mesma forma que as magias exploram, contudo é possível sim bonificar algo tão raro. O que você sugere?

Citação:
Excepcional não tem razão de existir. Ela está repetindo a caracterização de potencial.


R: São diferentes, a caracterização de potencial só age em cima do sistema de distribuição de pontos, já esta funciona em cima do sistema de rolagens. Apesar de terem funcionarem em prool de um objetivo em comum, ambas fazem isso de forma mecanica diferente. Um exemplNo sistema todo temos esse tipo de situação de complementação, sejam em magias, técnicas, etc. Acredito que isso seja uma forma de dividir tarefas que poderiam estar juntas pra diminuir o power level das coisas.

Citação:
Incompetente. Por que você acha que o custo de Técnicas de combate deva ser maior do que os outros? Não vejo necessidade disso. Além disso, o benefício ganho por incompetente em habilidade poderia ser de -1, já que também é um recurso que algumas profissões não sentem tanta falta.


R:As técnicas de combate na minha opinião hoje são um recurso tão valioso quanto magias por exemplo. Quem despreza este recurso é porque não comprrende perfeitamente seu potencial. E quanto as habilidades não é -1 só pelo motivo que é o único recurso que se perde dois pontos, mas se vc quiser eu posso reduzir de 1 para 1 neste caso.

Citação:
Maestria com minerais está fazendo o impossível...


R: Vide respostas anteriores.

Citação:
Manipulador. O padrão de bônus para custo 1 quando se trata de um grupo de habilidades é de +2.


R: Reduzirei.

Citação:
Qual a vantagem de ter Parte de Eterium (tem que remover o th)? Resistência? Se não há benefícios claros, vejo como uma desvantagem o personagem ser caçado para ter o "mineral raríssimo" extraído.


R: Posso deixar como negativo mesmo. Não tinha pensado como você neste caso.

Citação:
Estou achando o custo de Perito um pouco pequeno. Ela torna possível magos excepcionais no uso de espadas ou arcos, por exemplo, e vai gerar um desequilíbrio. Os custos talvez possam ser 2, 4 e 6 (o dobro do custo do grupo de armas). Mesmo assim, fico com minhas dúvidas... Think


R: Só os usuários de técnicas restritas e avançadas são excepcionais no uso de armas. Os demais sendo somente normais. Você costumam focar muito em magos. Os bardos e feiticeiros são tão bons místicos quanto. Não vejo um mago saindo pra porrada só pq adquiriu mais um ponto de combate. Por mais que você queira fazer isso com um mago ele nunca será um combatente razoável usando armas a profissão não foi projetada disso e não tira o seu melhor daí.

Citação:
Poliglota já não está contemplada em outra caracterização? Plurilíngue não está vinculada a ela de alguma forma? O texto padrão dos idioma diz que só é possível escrever em idiomas que se conheça.


R: Línguas mortas não são mais faladas mas podem ser escritas. Uma coisa não necessáriamente depende da outra. Isso aí é um bom motivo pra se revisar o texto.

Citação:
Positivista é um nome ruim...


R: Você é chato asuisahuiashasui.

Citação:
Prodígio Grau² ficará mais clara se estiver escrito "(...)magias indiretas recebem um bônus de +2 no dano final.". Além disso, o Grau³ está muito poderoso. Se entendi bem, o bônus em coluna se refere à Força de Ataque, correto? É muito, já que +3 podem significar até +15% de chance de atingir o alvo. Como os benefícios são cumulativos, esse final poderia ser reduzido para +2 facilmente, e ainda seria muito poderoso.


R: Vou melhorar o texto.

Citação:
Para adquirir profissional inábil é preciso ser combatente? Ela poderia se aplicar a qualquer teste de criação, inclusive carpintaria e artes.


R: Não entendi a correlação que você fez com combatente. Combatente é todo aquele que combate. Pode ser mais claro?

Citação:
Tutor Místico é mesmo uma desvantagem? O texto não é claro em dizer que o personagem é obrigado a fazer as missões para ele, nem em qual a penalidade se ele desobedecer.


R: Algumas coisas não precisam estar detalhadas. Seu chefe vai falar com você pra você fazer um serviço, se você não fizer o que acontece? Se o cara é o seu tutor é sinal de que ele sabe mais que você, logo ele provavelmente é mais forte. O mestre deve usar disso ao seu favor pra punir o personagem. Nem tudo necessita de um detalhamento mostruoso. Quanto mais livre você deixa pro mestre, mais ele pode se favorecer daquilo.
#16 Fábio_CM Enviado : 10/12/18 13:26
Azurius escreveu:
R: Acredito que a grande desvantagem dessa caracterização seja exatamente a amplidão de situações que o mestre de jogo pode criar para dificultar a vida do jogador. Um exemplo disso seria: Puxe a alavanca laranja para salvar seus amigos; Ou vá até aquele local e fale com o informante, ele estará vestindo uma roupa de uma cor "X".

Então o custo não está bom. Uma penalidade de -2 por uma desvantagem que dependa tanto da situação torna ela desequilibrada.

Azurius escreveu:
R: O que você sugere por no lugar do benefício do crítico? Afinal um crítico é algo raro.

Primeiro: o crítico não é algo raro. É um resultado que o personagem pode até tentar esperando obter. Se fosse raro, ocorreria apenas no acaso. 1 em 20 é difícil, não raro.
Por último, acho que esse tipo de caracterização poderia permitir algo extraordinário, mas específico. Dizer "faz do impossível possível" gera muitos problemas de interpretação (especialmente porque o listado em impossível nas habilidades é só uma sugestão).

Azurius escreveu:
R: São diferentes, a caracterização de potencial só age em cima do sistema de distribuição de pontos, já esta funciona em cima do sistema de rolagens. Apesar de terem funcionarem em prool de um objetivo em comum, ambas fazem isso de forma mecanica diferente. Um exemplNo sistema todo temos esse tipo de situação de complementação, sejam em magias, técnicas, etc. Acredito que isso seja uma forma de dividir tarefas que poderiam estar juntas pra diminuir o power level das coisas.

Não entendi bem sua resposta, mas ela não justifica o fato de existirem duas caracterizações se sobrepondo. Continuo pensando em que essa caracterização é desnecessária.

Azurius escreveu:
R:As técnicas de combate na minha opinião hoje são um recurso tão valioso quanto magias por exemplo. Quem despreza este recurso é porque não comprrende perfeitamente seu potencial. E quanto as habilidades não é -1 só pelo motivo que é o único recurso que se perde dois pontos, mas se vc quiser eu posso reduzir de 1 para 1 neste caso.

Se é tão valioso quanto magia, por que concede mais pontos?
Quanto as habilidades, elas já são ganhas em muitos pontos. Ela poderia dar -1 e remover 2 pontos de habilidades.

Azurius escreveu:
R: Só os usuários de técnicas restritas e avançadas são excepcionais no uso de armas. Os demais sendo somente normais. Você costumam focar muito em magos. Os bardos e feiticeiros são tão bons místicos quanto. Não vejo um mago saindo pra porrada só pq adquiriu mais um ponto de combate. Por mais que você queira fazer isso com um mago ele nunca será um combatente razoável usando armas a profissão não foi projetada disso e não tira o seu melhor daí.

Discordo em parte. Um mago pode fazer um estrago tremendo sem usar armas. Ele é o único que pode terminar um combate na primeira ação sem depender de um crítico. Contudo, sem karma ele estará certamente em desvantagem. Se você dá a capacidade de um personagem desses utilizar as armas que mais provocam dano no sistema (e não custam karma para manejar) por um custo pequeno, é claro que você cria um desequilíbrio. Isso se aplica a bardos e sacerdotes também, mas é ainda pior. Como esses dois tem alguns pontos de combate, eles podem, além de comprar uma arma pesada (um arco élfico, por exemplo), ainda terem condições de comprar armas mais simples.

Azurius escreveu:
R: Línguas mortas não são mais faladas mas podem ser escritas. Uma coisa não necessáriamente depende da outra. Isso aí é um bom motivo pra se revisar o texto.

Não é tão simples quando não se tem livros pra vender ou internet pra pesquisar. Por isso é preciso falar antes. Uma caracterização dessas, especialmente nas Terras Selvagens, sugere que por lá os livros para estudo são comuns.

Azurius escreveu:
R: Não entendi a correlação que você fez com combatente. Combatente é todo aquele que combate. Pode ser mais claro?

O texto diz: "Profissional Inábil {-2}: Você é um combatente e acha perda de tempo fabricar ou consertar seus próprios equipamentos e armas"
Combatente sugere uma profissão não mística.

Azurius escreveu:
R: Algumas coisas não precisam estar detalhadas. Seu chefe vai falar com você pra você fazer um serviço, se você não fizer o que acontece? Se o cara é o seu tutor é sinal de que ele sabe mais que você, logo ele provavelmente é mais forte. O mestre deve usar disso ao seu favor pra punir o personagem. Nem tudo necessita de um detalhamento mostruoso. Quanto mais livre você deixa pro mestre, mais ele pode se favorecer daquilo.

Pra esse tipo de coisa, não precisamos de caracterizações. A interpretação resolve.
O tutor ser mais forte não quer dizer que ele vá punir você com qualquer coisa além de abandoná-lo. É nisso que a caracterização peca. Como está, ela pode ser até uma vantagem, porque o jogador pode explorar o tutor para conseguir orientações, conhecimento e até magias que não conhece e, quando não precisar mais, o abandona. Não há vínculo nenhum entre personagem e tutor que impeça ele de fazer isso.


Quando se atribui pontos negativos em uma caracterização, é importante lembrar que o personagem que vai adquiri-la é aquele que menos irá se prejudicar com ela.
#17 Rywv Enviado : 11/12/18 00:08
Citação:
Acromatopsia está com desvantagens muito difusas para valer -2. Seria melhor reduzir seu benefício ou acrescentar alguma penalidade mecânica explícita.

Acho que o custo -2 razoavel, essa é um caracterização que pode ate causar morte se bem aplicada. Tdo realmente depende de como o mestre vai usar essa desvantagem para aplicar penalidade ao jogador.

Dom exacerbado, Engenheiro, Maestria com minerais
Fazer impossivel realmente não é viavel, pelo propria descrição de alguns Impossiveis fica visivel que aquilo só pode ser acessivel com magia.

Citação:
Encantador pode ser melhor apresentada se disser que o personagem escolhe uma magia básica (ou outra que se tenha acesso no primeiro estágio) para tê-la em nível igual ao seu estágio, até o estágio 10, sem custo.

Eu discordo aqui, temos mtas magias que precisam ser nutridas continuamente para ter um bom efeito, restringindo ao nivel 10 tornar inviavel uso dessas magias. Acho que a caracterização deve abranger todas as possibilidades, 5 não é um quantidade pequena de pontos.

Citação:
Excepcional não tem razão de existir. Ela está repetindo a caracterização de potencial.

Na verdade potencial não abrange os 2 sistemas usados para escolher os atributos, essa caracterização é perfeita para o sistema de rolagem e não deveria funcionar na distribuição de pontos, é só deixar claro isso.

Citação:
Experto poderia funcionar com uma arma em específico. Um grupo de armas é muita coisa para um custo de 1 ponto.

Ou talvez subir o custo para 2.

Citação:
Incompetente. Por que você acha que o custo de Técnicas de combate deva ser maior do que os outros? Não vejo necessidade disso. Além disso, o benefício ganho por incompetente em habilidade poderia ser de -1, já que também é um recurso que algumas profissões não sentem tanta falta.

o Custo para tecnicas de combate poderia realmente baixar e no lugar dela subir o pontos para grupo de armas... Pontos para grupo de armas é bem mais escasso e importante para combate. Eu não concordo com a redução dos pontos de habilidades, ja esta convertendo 2 pontos de habilidade por 1 de caracterização enquanto os demais convertem 2 por 2.

Citação:
Qual a vantagem de ter Parte de Eterium (tem que remover o th)? Resistência? Se não há benefícios claros, vejo como uma desvantagem o personagem ser caçado para ter o "mineral raríssimo" extraído.

Acho que a vantagem é "regenerar" um membro sem a necessidade de magia, a caracterização não é inicial então pode ser adquirida durando o jogo.

Citação:
Estou achando o custo de Perito um pouco pequeno. Ela torna possível magos excepcionais no uso de espadas ou arcos, por exemplo, e vai gerar um desequilíbrio. Os custos talvez possam ser 2, 4 e 6 (o dobro do custo do grupo de armas). Mesmo assim, fico com minhas dúvidas...

Discordo, acho o custo razoavel ate mesmo pq vc não recebe ponto para distribuir e sim um grupo de armas especifico.

Citação:
Poliglota já não está contemplada em outra caracterização? Plurilíngue não está vinculada a ela de alguma forma? O texto padrão dos idioma diz que só é possível escrever em idiomas que se conheça.

São coisas diferentes, nem sempre quem sabe ler e escrever consegue falar.

Citação:
Prodígio Grau² ficará mais clara se estiver escrito "(...)magias indiretas recebem um bônus de +2 no dano final.". Além disso, o Grau³ está muito poderoso. Se entendi bem, o bônus em coluna se refere à Força de Ataque, correto? É muito, já que +3 podem significar até +15% de chance de atingir o alvo. Como os benefícios são cumulativos, esse final poderia ser reduzido para +2 facilmente, e ainda seria muito poderoso.

Concordo com o Fabio, +3 em magia de resistencia é mto poderia reduzir para 2.

Citação:
Para adquirir profissional inábil é preciso ser combatente? Ela poderia se aplicar a qualquer teste de criação, inclusive carpintaria e artes.

Essa caracterização foi sugerida por mim, acho que ate o texto é o mesmo. Era pra funcionar em qualquer profissão, talvez fosse melhor mudar o termo para evitar confusão.

Citação:
Tutor Místico é mesmo uma desvantagem? O texto não é claro em dizer que o personagem é obrigado a fazer as missões para ele, nem em qual a penalidade se ele desobedecer.

Acho que poderia ser um caracterização de custo 0, pq no final vantagem e desvantagem vai depender de como o mestre usa a caracterização.
A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#18 Fábio_CM Enviado : 11/12/18 09:09
Rywv escreveu:
Acho que o custo -2 razoavel, essa é um caracterização que pode ate causar morte se bem aplicada. Tdo realmente depende de como o mestre vai usar essa desvantagem para aplicar penalidade ao jogador.

Se depende do mestre, -2 é muita coisa. Sua frase tem muitas condicionantes para dar 2 pontos de caracterização para o jogador. Todas as deficiências que valem -2 apresentam as penalidades claramente.

Citação:
Eu discordo aqui, temos mtas magias que precisam ser nutridas continuamente para ter um bom efeito, restringindo ao nivel 10 tornar inviavel uso dessas magias. Acho que a caracterização deve abranger todas as possibilidades, 5 não é um quantidade pequena de pontos.

Os efeitos nunca vão além do 10. Mas, se é pela força de ataque, o nível pode sempre ser igual ao estágio do personagem.

Citação:
Na verdade potencial não abrange os 2 sistemas usados para escolher os atributos, essa caracterização é perfeita para o sistema de rolagem e não deveria funcionar na distribuição de pontos, é só deixar claro isso.

Realmente, ela pode ser utilizada se ficar claro que só é aplicável na distribuição por rolagem.

Citação:
Ou talvez subir o custo para 2.

Daí fica meio caro Think

Citação:
Eu não concordo com a redução dos pontos de habilidades, ja esta convertendo 2 pontos de habilidade por 1 de caracterização enquanto os demais convertem 2 por 2.

A falta de uma habilidade pode ser suprida por outro personagem do grupo, diferente de todas as outras características.

Citação:
Acho que a vantagem é "regenerar" um membro sem a necessidade de magia, a caracterização não é inicial então pode ser adquirida durando o jogo.

Nesse caso, o personagem seria uma mina de Etherium regenerável.

Citação:
Discordo, acho o custo razoavel ate mesmo pq vc não recebe ponto para distribuir e sim um grupo de armas especifico.

Talento fornece 1 ponto de grupo de armas por 5 pontos. Perito concede até 3 pontos por apenas 4. A caracterização está completamente desequilibrada.

Citação:
São coisas diferentes, nem sempre quem sabe ler e escrever consegue falar.

Falei sobre isso na postagem acima. Como uma pessoa em um mundo quase sem livros treina um idioma escrito? Saber ler e escrever, mas não falar, é um problema moderno.

Citação:
Acho que poderia ser um caracterização de custo 0, pq no final vantagem e desvantagem vai depender de como o mestre usa a caracterização.

Uma caracterização isolada de custo 0 não tem razão de existir...
#19 Azurius Enviado : 11/12/18 11:39
Vou fazer umas considerações sobre os fatos relevantes levantados.

Impossível - Vocês estão certos. Vou remover a citação de impossível e não vou adicionar mais nada.

Extraordinário - Vou ajustar o texto para que ele não sobreponha o sistema de distribuição, assim sendo, só será usado no sistema de rolagens. Já que a caracterização Primazia funciona só no sistema de distribuição. Assim ambas vão se complementar.

Profissional Inábil - Vou trocar a termologia pois ela não se adequa perfeitamente e está causando conflitos interpretativos.

Prodígio³ - Tem um custo de caracterização bem alto. Posso reduzir, contudo a caracterização poderia ter seu custo final reduzido em 1 pt tbm.

Talentoso - Realmente esta é uma péssima caracterização, custa muito e benefícia pouco. Não é a minha que está forte e sim o talentoso que é fraco.

Quanto a caracterização que remove ponto de técnica, vou pô-la custando 2 ao invés de 3.
#20 Azurius Enviado : 11/12/18 19:31
Acredito que tenha aplicado as mudanças que propus. Pra mim, se ninguém tiver mais sugestões de adições de novas caracterizações como básicas, eu considerarei o o trabalho como finalizado.
#21 Fábio_CM Enviado : 12/12/18 09:13
Azurius escreveu:
Acredito que tenha aplicado as mudanças que propus. Pra mim, se ninguém tiver mais sugestões de adições de novas caracterizações como básicas, eu considerarei o o trabalho como finalizado.

Acromatopsia ainda está com custo -2 sem conceder uma penalidade prática.

Experto ainda está concedendo bônus a um grupo de armas inteiro (e por apenas 1 ponto)

Perito ainda está com o custo muito reduzido.

Tutor Místico não apresenta desvantagens práticas. Como está, ela pode ser removida.

Azurius escreveu:
Talentoso - Realmente esta é uma péssima caracterização, custa muito e benefícia pouco. Não é a minha que está forte e sim o talentoso que é fraco.

Não, sua caracterização é que está muito forte. Talentoso pode melhorar um pouco também.

Azurius escreveu:
Acredito que tenha aplicado as mudanças que propus. Pra mim, se ninguém tiver mais sugestões de adições de novas caracterizações como básicas, eu considerarei o o trabalho como finalizado.

Ainda há pendências a serem resolvidas. Aguardaremos soluções.
#22 Azurius Enviado : 12/12/18 10:35
Pra mim estes pontos estão ótimos.
#23 Rywv Enviado : 12/12/18 20:15
Citação:
Se depende do mestre, -2 é muita coisa. Sua frase tem muitas condicionantes para dar 2 pontos de caracterização para o jogador. Todas as deficiências que valem -2 apresentam as penalidades claramente.

Tudo depende do mestre, ele que cria situações onde a caracterização vai surtir efeito ou não.

Citação:
A falta de uma habilidade pode ser suprida por outro personagem do grupo, diferente de todas as outras características.

Não fabio, existe situações em que o jogador é obrigado a rolar habilidades.

Citação:
Nesse caso, o personagem seria uma mina de Etherium regenerável.

Acho que vc não entendeu. O etherium não regenera, perdeu um pedaço ja era.

Citação:
Talento fornece 1 ponto de grupo de armas por 5 pontos. Perito concede até 3 pontos por apenas 4. A caracterização está completamente desequilibrada.

Talento é ruim fabio, vc proprio ja disse uma vez que o custo ta alto. O perito de custo 4 poderia ate aumentar para 5, mas os outros 2 deveria manter o custo.

Citação:
Falei sobre isso na postagem acima. Como uma pessoa em um mundo quase sem livros treina um idioma escrito? Saber ler e escrever, mas não falar, é um problema moderno.

Em terra selvagens existe mtas ruinas com idioma antigo ou idomas antigos(não lembro direito), acho que a lingua do sekbete e do napol vem de la.

Citação:
Uma caracterização isolada de custo 0 não tem razão de existir...

Nao entendi.
A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#24 Fábio_CM Enviado : 12/12/18 22:59
Rywv escreveu:
Tudo depende do mestre, ele que cria situações onde a caracterização vai surtir efeito ou não.

Então, foi como eu disse, se tudo depende do mestre, não há porque conceder 2 pontos. As outras deficiências que tem penalidades claras custam -2.

Rywv escreveu:
Não fabio, existe situações em que o jogador é obrigado a rolar habilidades.

Você está usando a exceção como regra. Claro que o jogador vai precisar testar acrobacias pra não cair, natação pra não se afogar ou montar animais pra não cair do cavalo, mas na esmagadora maioria das vezes, um personagem do grupo pode suprir a falta de uma habilidade em outro.

Rywv escreveu:
Talento é ruim fabio, vc proprio ja disse uma vez que o custo ta alto. O perito de custo 4 poderia ate aumentar para 5, mas os outros 2 deveria manter o custo.

Mesmo que talento melhore, essa habilidade continua completamente desequilibrada e não é viável que vá para votação, uma vez que já está aprovada outra caracterização com um benefício equivalente com um custo muito maior.

Rywv escreveu:
Em terra selvagens existe mtas ruinas com idioma antigo ou idomas antigos(não lembro direito), acho que a lingua do sekbete e do napol vem de la.

As terras selvagens são enormes. Além disso, ruínas nos reinos são ainda mais comuns, e mesmo assim a leitura não é disseminada (tanto que muitos personagens dos jogadores começam analfabetos).

Rywv escreveu:
Nao entendi.

Uma caracterização que não traz benefícios ou problemas, ou que eles se equivalem, não precisa constar na lista. Basta o jogador descrever como parte de sua história.
#25 Azurius Enviado : 13/12/18 09:09
Fábio, bom dia. Vou continuar dando ouvidos aos usuários, o que a maioria decidir eu acato.
Abraço
#26 Azurius Enviado : 13/12/18 10:41
PS: mudei o experto de custo 1 para dois.
#27 samuel.azevedo Enviado : 13/12/18 18:31
Boa tarde,

A caracterização Extasiado, pela primeira frase, parece ser negativa e positiva, mas só há regra para o que acontece positivamente.

"Extasiado {1}: Sempre que você vê algo muito bonito ou bem feito você perde uma parte do seu tempo para apreciar aquilo, deixando de fazer coisas que tenham certa relevância. Você recebe +2 para qualquer teste que envolva percepção da qualidade de objetos."

[]s
#28 samuel.azevedo Enviado : 13/12/18 18:44
Dedicado - é possível adquirir múltiplas vezes?

Excepcional - compare com a caracterização Potencial (manual de regras), ela também dá bônus ou ônus nos atributos mas no sistema de pontos. O custo para +1 de atributo na caracterização citada é de apenas 3.

Parte de Etherium - uau! Dúvida, se a parte substituta do corpo é metálica, a defesa, absorção ou EF base muda? Qual a origem deste metal? Existe alguma penalidade (social, ou de movimentação, ou sentir desconforto em temperaturas extremas) por ter um membro metálico?


É isso. Bom trabalho!


#29 Azurius Enviado : 13/12/18 21:21
Citação:
Extasiado {1}: Sempre que você vê algo muito bonito ou bem feito você perde uma parte do seu tempo para apreciar aquilo, deixando de fazer coisas que tenham certa relevância. Você recebe +2 para qualquer teste que envolva percepção da qualidade de objetos.


Eu a fiz só pra ser positiva, mas lembrei dessa caracterização aqui:
Leia o resto do texto...

Carrancudo {-1}: Você é como a maioria de seu povo: muito trabalhador e desconfiado com estranhos. É difícil um acordiano que consiga permanecer poucas horas sem inventar um serviço para fazer. Você recebe +1 coluna em todos os testes do grupo profissional. Por outro lado, sua desconfiança lhe confere -2 coluna na habilidades de empatia e etiqueta.


O que você acha que poderíamos por de negativo pra por ela como -1?

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Citação:
Dedicado - é possível adquirir múltiplas vezes?


As caracterizações só podem ser compradas uma vez. As que podem ser adquiridas de forma múltipla tem em seu texto essa informação.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Citação:
Excepcional - compare com a caracterização Potencial (manual de regras), ela também dá bônus ou ônus nos atributos mas no sistema de pontos. O custo para +1 de atributo na caracterização citada é de apenas 3.


Aquele ponto lá é adicionado nos 15 pontos iniciais, essa caracterização aqui funciona com rolagem, ela adiciona no resultado da rolagem dos dados. São pro mesmo propósito mas pra métodos diferentes.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Citação:

Parte de Etherium - uau! Dúvida, se a parte substituta do corpo é metálica, a defesa, absorção ou EF base muda? Qual a origem deste metal? Existe alguma penalidade (social, ou de movimentação, ou sentir desconforto em temperaturas extremas) por ter um membro metálico?


Não. Quando algo é alterado nessa proporção, por regra nós detalhamos no texto. No caso dessa caracterização em específico é como se fosse uma prótese completamente ligada no ser que imita a parte perdida com mesma eficiência. A origem do metal não está descrita no livro de ambientação. Essa caracterização surgiu de uma citação dos elfos sombrios de um homem que teve a sua mão substituída por uma mão metálica. Na época da criação as citações estavam no texto das caracterizações, eu tinha me dado ao trabalho de mostrar de onde eu tirei cada uma. Agora teria que olhar no livro.
#30 Rywv Enviado : 13/12/18 22:20
Citação:
Então, foi como eu disse, se tudo depende do mestre, não há porque conceder 2 pontos. As outras deficiências que tem penalidades claras custam -2.

Bom, ainda acho 1 pouco mas ok.

Citação:
Você está usando a exceção como regra. Claro que o jogador vai precisar testar acrobacias pra não cair, natação pra não se afogar ou montar animais pra não cair do cavalo, mas na esmagadora maioria das vezes, um personagem do grupo pode suprir a falta de uma habilidade em outro.

Na verdade vc ta usando a exceção como regra, o importante é que o jogador esta perdendo pontos. Diz que alguem pode rolar por ele não é motivo pra caracterização custar menos, vc esta esquecendo que o cara ta deixando sua ficha menos versatil sacrificando de 1 a 2 habilidades.

Citação:
Mesmo que talento melhore, essa habilidade continua completamente desequilibrada e não é viável que vá para votação, uma vez que já está aprovada outra caracterização com um benefício equivalente com um custo muito maior.

O custo de Talentoso esta exagerado pelo beneficio que ele presta, o que torna totalmente inviavel o uso da caracterização. Outra coisa é que talentoso só pode ser adquirido uma vez, o que impede de adquirir os grupos de armas medios e grandes só com a compra da caracterização. E como ja comentei(acho), talentoso te permite flexibilidade no uso do ponto e Perito restringi o ponto ao grupo, pode parece besteira mas é uma penalidade consideravel.

Se levarmos em conta que o custo razoavel para talentoso seja 3, ter Perito custando 2 para 1 ponto, 3 para 2 e 5 para 3 esta bem razoavel. Não esquecendo que Incompetente em tecnicas vale 2 pontos.

Citação:
As terras selvagens são enormes. Além disso, ruínas nos reinos são ainda mais comuns, e mesmo assim a leitura não é disseminada (tanto que muitos personagens dos jogadores começam analfabetos).

Ainda sim é possivel, mas se vc acha mto ruim poderia exigir que se sabia falar nas mesmas linguas que Plurilíngue permite ler e escrever.

Citação:
Uma caracterização que não traz benefícios ou problemas, ou que eles se equivalem, não precisa constar na lista. Basta o jogador descrever como parte de sua história.

Humm. Que tal isso?

Você tem um tutor que está interessado em seus trabalhos. Ao mesmo tempo em que ele lhe ensina novos conhecimentos você faz tarefas e/ou missões para ele. Ele é capaz de lhe ensinar habilidades restritas, magias perdidas e ancestrais e/ou lhe fornecer informações de difícil acesso com aprovação do mestre, em troca ele irá lhe perdi que realize um tarefa/missõe com dificuldade semelhante ao conhecimento fornecido.
A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
Usuários visualizando este tópico
Guest (2)
2 Páginas 12>
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET