Editar Histórico Ver Discussão(2) Voltar para Lista

Criado por samuel.azevedo

Estes licantropos isolaram-se dos demais tessaldarianos. Mas especula-se que surgiram do cruzamento de Lobisomens com licantropos felinos (tigre, leão, lince ou gato), pois possuem características de caninos e felinos. As histórias mais tenebrosas, dizem que os primeiros licantropos raposas surgiram quando Treldorcais (de totem lobo) capturaram e estupraram fêmeas Silzastrels. As crias, consideradas abominações, foram abandonadas à própria sorte mas conseguiram sobreviver com a ajuda de raposas selvagens. Talvez por causa dessa história, hoje os homens raposa odeiam tanto homens lobo quanto homens tigre, leão, lince ou gato.

Seu porte é um pouco mais baixo que o dos humanos, mas podem assumir uma forma humanoide com traços de raposa (focinho comprido, pelos vermelhos, brancos e pretos, olhos amarelados parecidos com os de felinos, garras e cauda), e a forma de raposa. Sua inteligência é a mais alta entre todos os tessaldarianos, e além de astutos, ágeis e traiçoeiros, possuem uma afinidade natural lidando com ervas e um dom natural com a magia. Mas sua maior afinidade é com criação e uso de armadilhas e arcos poderosos, o que para alguns é um sinal de que este poderia ser um totem de Parom.

Sua astúcia os faz usar de estratégias para evitar o confronto direto. Além de furtivos, são exímios em lidar com armadilhas que costumam espalhar em seus territórios. Às vezes tentam se passar por outras pessoas ou outros tessaldarianos, e fazem uso até mesmo de sedução para conseguir seus objetivos. Quando não conseguem evitar o confronto direto, preferem combater à distância usando arcos, mas podem usar suas garras ou morder caso a situação chegue ao corpo-a-corpo.

As lendas dos tessaldarianos raposa também conta que os filhotes abandonados, acolhidos por raposas, ainda jovens encontraram uma mulher de cabelos vermelhos que os tocou e transformou para que sua forma animal equivalesse ao animal que os acolheu. Acredita-se que esta mulher seja um avatar da deusa Tânis, e por isso, o totem da raposa é o totem de Tânis.

Outra lenda muito comum entre estes licantropos é a da Raposa de Fogo. A lenda diz que em um momento de grande perigo e aflição, uma família de homens-raposa pode clamar ajuda à Tânis, e o líder da família se transformará em uma raposa de 2 m com a cauda e pelos flamejantes. A Raposa de Fogo possuiria poderes de manipular o fogo que usaria para atacar a ameaça.

Tipo de Criatura

Animais

Ambientação

O Império

Organização e Habitat

/ Qualquer um.

Magias e Poderes Especiais

Além dos poderes comuns de regeneração dos tessaldarianos, e a vulnerabilidade a prata: Pode se comunicar com raposas livremente. Podem ver no escuro natural a uma distância de até 30 m. São imunes ao frio (até -5 graus) e ao calor (até 55 graus). E uma vez por dia podem assumir a aparência de outra pessoa ou outro tessaldariano (de qualquer totem) por até 1 hora (neste último caso, assumem apenas a aparência, sem os poderes da outra raça). Raposas: EF 7, EH 0, defesa L5, velocidade base 20, RF 1, RM 1, Moral 1, ataque Mordida - L/M/P (5/4/3), dano 100%/75%/50%/25% (8/6/4/2). Forma de Raposa: EF 10, EH (não muda), (o restante dos dados iguais aos das raposas anteriormente descritas).

Peso

60 Kg

Atributos

INT(3), AUR(3), CAR(1), FOR(0), FIS(2), AGI(3), PER(2)


NomeEstEFEHDefesaAtaqueLMP100%75%50%25%RFRMMoralVB
Licantropo Raposa 5170L3Arco composto1164201510578522
Garras107412963
Mordida7658642