Histórico Voltar para Lista
.

As lepidópteras gigantes são seres noturnos parecidos com enormes mariposas e que vivem em bosques e florestas, mas também podem ser encontradas em algumas árvores dos mangues.

Quando um desses insetos monstruosos parasita uma árvore, um de seus galhos se resseca e murcha. Mas quando mais de um deles está na mesma árvore, a mesma acaba adoecendo em uma semana e morrendo (secando) em duas semanas.

Mas o estrago que estes seres causam não se restringe às árvores. Estes seres também atacam animais e até mesmo pessoas para se alimentar de seu sangue.

Suas asas podem soltar um pó que quando respirado pode adormecer a vítima ou apresentar efeitos diversos de acordo com a variação de lepidóptera. Uma vez por dia a criatura consegue soltar este pó fazendo um movimento especial nas suas asas. Seu tubo, usado para penetrar os troncos ou o corpo das vítimas em busca de alimento, é forte o suficiente para penetrar nas árvores mais antigas e nas couraças mais grossas.

Entre seus alimentos mais comuns estão a seiva das árvores e o sangue dos animais. Neste último caso, elas também podem absorver junto ao sangue o karma de seres com poderes místicos, profanos ou mesmo sagrados.

A variação mais comum é a que cresceu se alimentando de seiva, suas asas possuem diferentes tons de marrom e preto, que durante sua metamorfose de larva para mariposa produz uma seda branca ou em tons de bege.

Mas quando uma fêmea (de qualquer dos tipos) drena parte de um cérebro de um ser, deposita alguns ovos no restante da massa encefálica por meio de um tubo que sai do término de seu abdômen. Em poucos dias os ovos eclodem e as larvas começam a se alimentar dos restos do animal, a começar pelo cérebro. Durante sua metamorfose estas larvas produzem fios de seda coloridos, de acordo com as características do animal. Mas após passar por esta fase, a lepidóptera gigante que surge é mais poderosa que as comuns – surge então uma criatura de uma das outras variações.

As larvas que cresceram no corpo de qualquer criatura sem Karma normalmente originam Lepidópteras Gigantes Escarlates, cujas asas possuem desenhos ricos em diversos tons de vermelho. Mas quando a criatura parasitada apresentava Karma em vida, resquícios desta energia são absorvidos pelas larvas. De acordo com o tipo do Karma, a lepidóptera que surgirá poderá ser uma Lepidóptera Gigante Azul (que absorveu Karma de origem mística e cujas asas normalmente apresentam tons verdes e azuis brilhantes), Lepidóptera Gigante Dourada (que absorveu Karma sagrado e apresenta abdômen dourado e asas brancas com detalhes dourados brilhantes) ou ainda Lepidóptera Gigante Sombria (que absorveu Karma profano ou infernal, que apresenta desenhos que parecem arabescos de cores vibrantes em laranja e negro). Mesmo larvas crescidas em plantas também podem se desenvolver numa dessas outras mariposas se a planta apresentar algum tipo de energia, como é o caso de algumas plantas da floresta sombria, por exemplo.

Um fato curioso é que as lepidópteras que apresentam cores vibrantes ou brilhantes, apenas têm essa característica quando estão despertas e bem alimentadas. Quando estão famintas, ou ainda dormindo, as cores de suas asas ficam em tons foscos.

Alguns marinheiros afirmam que essas criaturas foram importadas das ilhas independentes. Trazidas por ambiciosos comerciantes de seda que almejavam produzir no continente seu próprio tecido. Mas a criação fugiu de controle e elas se espalharam por todo o mundo conhecido. As variedades conhecidas são apenas as cinco descritas aqui, porém suspeita-se que possam existir de outros tipos e tamanhos ainda não identificados pelos estudiosos.

Ouve-se dizer que rastreadores e sacerdotes de Maira tentam cuidar das áreas em que essas criaturas são encontradas, para que elas tenham alimentação vegetal abundante e controlado (para não matar as árvores) e não mudem de dieta. Também há boatos espalhados sobre prêmios que criadores oferecem em troca de alguns exemplares vivos, ou sobre o preço especulado pela seda de cada casulo. Pois encontrá-las e capturá-las não é fácil e o bando costuma defender as larvas e os casulos até que atinjam a forma adulta. Há rumores de que algumas organizações ou pessoas gananciosas têm tentado domesticar estas criaturas para extrair diariamente seu pó para aproveitar seu efeito.

Tipo de Criatura

Animais Gigantes

Organização e Habitat

Grupo Pequeno / Ilhas Independentes, bosques, florestas e mangues.

Habilidades / Técnicas de Combate

  • Comum: Ações Furtivas(10), Usar os Sentidos(4) / Carga Aérea(4), Esquiva(4)
  • Escarlate: Ações Furtivas(11), Usar os Sentidos(5) / Carga Aérea(5), Esquiva(5)
  • Azul: Ações Furtivas(12), Usar os Sentidos(6) / Carga Aérea(6), Esquiva(6)
  • Dourada: Ações Furtivas(12), Usar os Sentidos(6) / Carga Aérea(6), Esquiva(6)
  • Sombria: Ações Furtivas(12), Usar os Sentidos(6) / Carga Aérea(6), Esquiva(6)

Magias e Poderes Especiais

  • Comum: Pó Sonífero – similar ao efeito da magia Sono 7, 1 vez por dia em todas as criaturas em uma área de raio de 5 m. Ver no escuro e usar o efeito da magia Camuflagem 1, 3 vezes por dia.
  • Escarlate: Pó Venenoso – similar ao efeito da magia Peçonha 5, 1 vez por dia em todas as criaturas em uma área de raio de 5 m. Ver no escuro e usar o efeito da magia Camuflagem 1, 3 vezes por dia.
  • Azul: Pó Alucinante – similar ao efeito da magia Alucinação 7, 1 vez por dia em todas as criaturas em uma área de raio de 5 m. Ver no escuro e usar o efeito da magia Camuflagem 1, 3 vezes por dia.
  • Dourada: Pó Paralisante – similar ao efeito da magia Paralisia 10, 1 vez por dia em todas as criaturas em uma área de raio de 5 m. Ver no escuro e usar o efeito da magia Camuflagem 1, 3 vezes por dia.
  • Sombria: Pó Putrefante – similar ao efeito da magia Putrefação 3, 1 vez por dia em todas as criaturas em uma área de raio de 5 m. Ver no escuro e usar o efeito da magia Camuflagem 1, 3 vezes por dia.

Peso/Altura/Envergadura

  • Comum: 6 Kg / 0,57 a 1 m / 2 a 3 m
  • Escarlate: 7 Kg
  • Azul: 8 Kg
  • Dourada: 8 Kg
  • Sombria: 8 Kg
Atributos

  • Comum: INT(i), AUR(0), CAR(2), FOR(1), FIS(0), AGI(3), PER(1)
  • Escarlate: INT(i), AUR(0), CAR(4), FOR(1), FIS(0), AGI(3), PER(1)
  • Azul: INT(i), AUR(2), CAR(5), FOR(2), FIS(0), AGI(3), PER(1)
  • Dourada: INT(i), AUR(2), CAR(5), FOR(2), FIS(0), AGI(3), PER(1)
  • Sombria: INT(i), AUR(2), CAR(5), FOR(2), FIS(0), AGI(3), PER(1)


NomeEstEFEHDefesaAtaqueLMP100%75%50%25%RFRMMoralVB
Lepidóptera Gigante Comum 145L3Picada53-1543211120 (voando)
Lepidóptera Gigante Escarlate 2510L3Picada640543222220 (voando)
Lepidóptera Gigante Azul 3515L3Picada751654335320 (voando)
Lepidóptera Gigante Dourada 3515L3Picada751654335320 (voando)
Lepidóptera Gigante Sombria 3515L3Picada751654335620 (voando)