Editar Histórico Discutir Voltar para Lista

Criado por

Foram às primeiras criaturas criadas pelo Rei-feiticeiro Marn ao chegar à ilha, escravizando o povo humano que se encontrava no local.

Tais seres foram criados a partir da união profana entre os macacos da ilha e os humanos, gerando assim através da magia transmutadora seres horripilantes.

A aparência das criaturas é de um gorila com leves feições humanas e um pêlo ralo e crespo.

São imensamente fortes, sendo estes usados na construção da Torre Rubra ou em atividades pesadas das pedreiras.

Não são dotados de intelecto desenvolvido sendo pouco mais que animais sem mente. São agressivos e territorialistas atacando qualquer macho ou outra espécie que invada sua região.

A demarcação de território é feita através da urina, onde limitam a região pertencente, além dos gritos e saltos dados nos limite territoriais.

Não possuem língua ou escrita conhecida.

Alguns pequenos machos são encontrados na floresta da Ilha Marn, mas a grande maioria desta população fica confinada nas jaulas sob a Torre Rubra.

Durante as festas de coragem feita pelos Senitos, alguns dos mais agressivos são usados para as batalha de vida e morte.

Nesta espécie as fêmeas são agrupadas e servem somente aos machos mais poderosos. Durante a “troca” de líderes, os filhotes dos antigos líderes são mortos permitindo assim a fêmea gerar novos descendentes deste novo líder.

Sua principal forma de ataque é lançando-se contra o adversário, onde o impacto causado pelo peso do corpo muitas das vezes acaba por matar automaticamente o adversário.

Lutando frente a frente faz uso de golpes com os punhos fechados deferidos sempre de cima para baixo. Quando lutam em grupo, os primeiros atacam saltando contra o adversário e aplicando logo em seguida uma mordida, para só então passar a lutar com os punhos.

As mordidas são sempre doloridas e se não tratadas levam a chamada “febre do gorila”, uma doença que provoca espasmos musculares fortes, dores de cabeça e por fim a alucinações. Se curada naturalmente a pessoa que foi ferida se torna um portados assintomático onde pode transmitir a doença a qualquer outro de sua espécie.

A doença passa a ser transmitida pelo sangue e pelo ato sexual.

As fêmeas somente atacam se provocadas, investindo da mesma forma como os machos assim o fazem.

As garras do Homem-macaco são muito apreciadas entre os humanos da região do império como um suvenir caro. Muitos consideram como sendo um amuleto contra maus olhados e pregado sempre atrás das portas

Tipo de Criatura

Raças Gigantes

Organização e Habitat

/ Ilha Marn

Peso/Altura

  • Filhote: 100 Kg
  • Filhote2: 100 Kg / 1 m
  • Fêmea: 900 Kg / 3 m
  • Comum: 1000 Kg / 4 m
  • Alfa: 1000 Kg / 4 m
Atributos

  • Filhote: INT(i), AUR(0), CAR(0), FOR(1), FIS(0), AGI(3), PER(0)
  • Filhote2: INT(i), AUR(0), CAR(-4), FOR(1), FIS(1), AGI(3), PER(0)
  • Fêmea: INT(i), AUR(0), CAR(-4), FOR(5), FIS(2), AGI(3), PER(1)
  • Comum: INT(i), AUR(0), CAR(-4), FOR(6), FIS(4), AGI(3), PER(1)
  • Alfa: INT(i), AUR(0), CAR(-4), FOR(7), FIS(4), AGI(3), PER(1)


NomeEstEFEHDefesaAtaqueLMP100%75%50%25%RFRMMoralVB
Homem-macaco Filhote 1200L3Mordida876543211110
Homem-macaco Fêmea 8620M3Mordida121110252015101081020
Punhos1012132117139
Homem-macaco Comum 9670M3Mordida121110302418121391420
Punhos10121326211611
Homem-macaco Alfa 10670M3Mordida1615143528211414101520
Punhos14161731251913