Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

4 Páginas <1234>
Capítulo 03d - Em Batel'mor Opções
#31 Borr Mythigar Enviado : 23/12/16 22:07
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Lançamento 1d20=3
Bárbaro comum:Vamos, quanto antes acharmos mais rápido trataremos dele, e de nós pelo jeito...

Não sei a habilidade, então vai uma lista Feliz
Sobrevivência 10
Herbalismo 3
Observar 7
[1d20]
#32 Soturno Abascal Enviado : 23/12/16 23:01
Jogador: Térom Lanister
EF: 34
EH: 61
Karma: 27
Falo em Zumi para Borr e Welborn:

- Voltei a me sentir mal. Preciso do chá da Vitália. Algum de vocês consegue preparar?
#33 samuel.azevedo Enviado : 24/12/16 11:32
Abascal e Borr:
Citação:
Borr e Abascal procuram pela flor-cadáver nas redondezas, mas não encontram, então voltam para o local onde Welborn preparava o acampamento para Borr preparar um chá de vitália para Abascal que já estava febril. Anoitece, e Welborn pergunta:

- Vocês preferem descansar e procurar pela manhã, ou querem continuar procurando a noite? Acho que será difícil achar uma flor de cores escuras neste horário.


Gáldor:
Citação:
O rei dá uma gargalhada sinistra que ecoa pro todo o castelo. E depois diz:

- É isto que deseja? No lugar de se retratar quer mesmo lutar?


#34 Borr Mythigar Enviado : 24/12/16 12:11
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Bárbaro comum: Amanhã, melhor. Eu pego a primeira vigia. Mas diga.. No combate na gruta, você tinha uma aura em forma de pata de urso. É coisa da sua pele ou é magia?
#35 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 24/12/16 14:16
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Lançamento 2d20=12,18
Passo uns segundos meditando tempo o suficiente para concentrar força interior, então respondo: "Eu disse alguma mentira? De que forma um homenzinho como você sobrepujaria uma nação de orcos e homens, se não através de magia? Vai pedir a todas as nações das terras selvagens que façam uma retratação também, pois é assim que eles pensam? Isso também se inclui o Reino Elfíco de Lar. E digo mais... Não vai querer assassinar um nobre elfíco no seu castelo... Não enquanto ele está em uma missão real... Se isso ocorrer dentro de poucos meses sua cabeça estará empalada em uma lança ou pior... comida pelos orcos que um dia pisou... Já pensou em quantos inimigos tem nas terras selvagens? Quantos deles esperam a chance de ter a sua cabeça, de assumir o seu lugar? Sua nação estaria em cinzas e seu sonho de brincar de rei acabará com sua próxima ação! Então porque não voltamos aos negócios?"

Força Interior + Persuasão ou Carisma, quero convencer ele que não será uma boa ideia me ter como inimigo.

#36 samuel.azevedo Enviado : 24/12/16 18:37
Gáldor:
Citação:
Persuasão 4, rolamento 18, azul, muito difícil.

Suas palavras são convincentes, Valgule se acalma, e diz:

- Mentira ou verdade, boatos por aqui são uma ofensa. Mas irei relevar desta vez em nome de nossa nova aliança, porém fique ciente de que não quero conversa sobre feitiçaria em meu reino. Deixe sua armadura sobre a mesa. Mandarei Craine usar um pergaminho mágico do tesouro real para restaurá-la e depois consagrá-la a Maira, não creio que uma benção definitiva esteja ao alcance dele, mas durará por um período do tempo. Pela manhã, ele deixará também uma poção de cura para você e cada um de seus amigos. A cura do mal do orco, de acordo com os relatórios do clérigo, já foi ensinada a eles. Sobre este feiticeiro, não tenho informações para lhe dar. Exceto que talvez, se ele é um feiticeiro, e busca ajuda nesta região, talvez tenha procurado pelo poderoso feiticeiro Uilmatem na capital iilim de Iurna, a duas semanas a norte daqui; ou talvez tenha ido para Kathalor, a capital do povo Nasinqui; que fica no extremo oeste das terras bárbaras. Lá acontecem as coisas mais monstruosas de toda a região, incluindo canibalismo e feitiçaria. Os ootor são uma alternativa bem pensada, talvez ele tenha se aliado a algum xamã ootor como meu reino se aliou aos orcos desta região. Os sombrios ficam depois das geleiras, bem mais ao sul. Agora pode ir, ou tem uma última pergunta?


Abascal e Borr:
Citação:
Welborn responde:

- As garras espirituais em forma de pata de urso são a manifestação de um poder de meu manto sagrado. O espírito do urso branco vem e me ajuda a lutar.

Vocês se revezam em 3 turnos, e pela manhã Borr amanhece febril, e acredita que o efeito do chá para Abascal já pode estar acabando.
#37 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 24/12/16 20:44
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Dou um sorriso de vitória por trás do elmo fechado, então digo: "É claro!" Então coloco a cota de malha sobre a mesa e fico ouvindo o resto da sua conversa, no meio interrompo para dizer: "Uiltimatem? Não me é estranho esse nome... Já andei matando alguns feiticeiros por essas terras... Incluindo algumas aberrações invocadas do próprio inferno". Penso um pouco para lhe fazer uma ultima pergunta: "São muitos talvez para um homem como você! Imaginei que você teria olhos por toda parte, afinal tem os melhores rastreadores humanos das terras selvagens, então na teoria deveria saber quem entra e quem sai das suas terras, ainda mais alguém tão relevante e com tantos aliados poderosos quanto Tersep. Então há três opções. A primeira: Você está escondendo algo! Mas acho pouco provável já que isso seria uma falta de confiança na nossa breve aliança... A segunda: Tersep realmente não andou por essas terras... Entretanto me pergunto porque tantos talvez, pois bastava dizer que ele não andou a leste das terras selvagens, seria sua palavra real e isto bastaria para mim..! A terceira opção: Eu particularmente acho que é a mais provável... Seus homens são incompetentes o bastante para deixar homem com tal poder passar debaixo do seu nariz!" Olho para Valgule e digo: "Então eu pergunto..." Faço uma pausa dramática, enquanto saco o punhal e ergo sua empunhadura até a frente dos meus olhos e sussurro para que ele não escute: "Espada Caçadora me releve onde está Valgule, o Sinistro". Uso a magia caçada 1, logo que a magia estiver em efeito falo para o rei: "Então diga-me, ainda tem algo a dizer que possa ajudar a nossa aliança?"

#38 Soturno Abascal Enviado : 26/12/16 09:12
Jogador: Térom Lanister
EF: 34
EH: 61
Karma: 27
Falo para os demais;

- Preciso de uma dose de chá antes do continuarmos.

Depois pergunto:

- Vocês tem a certeza de que é esta a região da flor cadáver?

- Se for estou pensando em usar a magia de minha espada para encantar Olek por uma hora e sobrevoar a região. Ficaria até mais fácil de enfrentar as abelhas sobre o lombo de um cavalo alado, caso as encontremos.
#39 samuel.azevedo Enviado : 26/12/16 15:17
Abascal e Borr:
Citação:
Borr prepara duas doses do chá, e ele e Soturno bebem. Welborn observa que vocês haviam coletado o suficiente para 6 doses, e já gastaram 3. Ele diz:

- De acordo com as instruções, deve ser por aqui.

//off: Soturno, faça um teste de navegação.
//off2: façam teste de herbalismo para procurar.


Gáldor:
Citação:
Os ânimos haviam se acalmado até que você começa a fazer sua última pergunta. Então ele responde, enquanto você faz sua pausa dramática:

- Meus homens estão sob minhas ordens. Se os acusa de incompetência me acusa também. Esta seria a terceira afronta da noite. É isto mesmo, Tinúviel?

Então você usa a Espada Caçadora e através dos arcos da empunhadura evoca seu poder com sussuros, tudo o que você percebe é o próprio Valgule diante de você. Sua intuição é que é ele mesmo.

- Este gesto com o punhal, é algum costume de sua terra ou seria a quarta afronta? O que poderia dizer para ajudar a nossa aliança, já disse. Não sei desse Terseph e lhe disse informações úteis sobre onde seria provável um feiticeiro ter passado nas terras selvagens, se você não sabe o que fazer com esta informação não é incompetência minha. Mas parece que você não tem limites com afrontas contra uma figura real. Exijo que retrate-se agora mesmo ou não teremos acordo.

Ele faz um gesto, e um dos guardas sai por uma porta atrás do trono. Logo, o local está cercado de guardas.


#40 Soturno Abascal Enviado : 26/12/16 16:21
Jogador: Térom Lanister
EF: 34
EH: 61
Karma: 27
Lançamento 2d20=3,2
#41 Borr Mythigar Enviado : 26/12/16 17:31
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Lançamento 1d20=19
Herbalismo (3)
[1d20]
#42 samuel.azevedo Enviado : 26/12/16 21:39
Abascal e Borr:

Soturno, você acha que Welborn está errado, e saca a espada para usar o poder dela em Olek. De repente Borr volta gritando:

- Achei!

Então vocês seguem até uma clareira e veem a cena abaixo.
samuel.azevedo anexadas as seguintes imagens:
abelhas 01.jpg
#43 Borr Mythigar Enviado : 26/12/16 22:11
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Bárbaro comum: Tem uma colmeia gigante ali e abelha que não acaba mais. Como vãos passar por elas sem que nos ataquem?
#44 Soturno Abascal Enviado : 26/12/16 23:40
Jogador: Térom Lanister
EF: 34
EH: 61
Karma: 27
Lançamento 1d20=6
Respondo em Zumi:

- Elas são gigantes, mas não deixam de ser abelhas.

- Vocês lidam bem com animais. Como se evita ser atacado por um enxame?

Medito uma possível solução, olhando o comportamento das abelhas.

Lidar com Animais [1d20]
#45 samuel.azevedo Enviado : 27/12/16 10:17
Abascal e Borr:
Citação:
Soturno Abascal, lidar com animais -4, rolamento 6, branco, rotineiro.

Abascal analisa o comportamento das abelhas, e acha que se não se aproximar delas ou da colmeia elas seguirão cuidando da própria vida. Welborn olha para Borr, e diz:

- Essa é sua prova de fogo. Use um dos encantos que lhe ensinei. Quero ver como vai se sair.
#46 Soturno Abascal Enviado : 27/12/16 14:33
Jogador: Térom Lanister
EF: 34
EH: 61
Karma: 27
Quando Welborn fala eu saco minha espada e monto em Olek, mas não evoco o feitiço da espada. Falo para eles:

- Vocês são peritos com animais, confio em suas habilidades. Olek e eu estamos prontos para atrair o enxame, enquanto vocês extraem as flores, caso algo dê errado.
#47 samuel.azevedo Enviado : 27/12/16 16:19
//off: movi as ações de Gáldor para outro tópico. Borr e Abascal continuam neste.
#48 Borr Mythigar Enviado : 28/12/16 00:59
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Desculpe o atraso, saí de manhã cedo e só parei agora.
Bárbaro comum:
Não consigo me lembrar de nenhuma magia para esta situação que você tenha me ensinado (faço um sorriso meio sem graça para ele). Talvez o melhor seja seguirmos cuidadosa mente, se alguma vir para cima, tento fazer um elo temporário com ela. Não sei se vai funcionar, nunca fiz com um inseto, mas como ela não é um inseto normal quem sabe. Ou convocar animais que sejam predadores naturais, mas não creio ter a força necessária para isso além de que resultaria em uma matança desnecessária.

Fico olhando para ele tentando descobrir o que está pensando agora.
#49 samuel.azevedo Enviado : 28/12/16 01:30
Welborn responde:

- Deixe eu lhe contar um segredo: insetos são animais. Convocação Animal ou Elo Animal por exemplo seriam úteis, ou alguma que o deixe se aproximar mais furtivamente...
#50 Borr Mythigar Enviado : 28/12/16 08:30
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Bárbaro comum: Hum... Vou tentar convocar então, espero que seja o suficiente e que o motivo não seja banal para a natureza, ou para Maira... Ainda não entendi bem.

Convocação Animal (4) O jogador pode ainda selecionar os animais que ele deseja convocar (desde que respeite os limites do efeito)
Convocação Animal 4: Convoca até 18 estágios de animais, cujo estágio máximo seja 6.
#51 samuel.azevedo Enviado : 28/12/16 12:00
Borr, Convocação Animal 4.

Borr pega uma flor pequena e agita seu pólen. O vento o leva em direção as abelhas e depois na direção das duas flores a oeste, abrindo o caminho da flor a leste. Enquanto vocês andavam, outras abelhas começavam a sair da colméia. Welborn diz:

- Vão coletar a flor. Eu ficarei aqui detendo as abelhas. Lembrem-se do que Craine disse para pegá-las.

Então ele fica repetindo o ritual de convocação animal.
samuel.azevedo anexadas as seguintes imagens:
abelhas 02.jpg
#52 Soturno Abascal Enviado : 28/12/16 12:35
Jogador: Térom Lanister
EF: 34
EH: 61
Karma: 27
Lançamento 1d20=19
Já que Welborn cuida das abelhas eu desço de Olek e me aproximo furtivamente da flor-cadáver, usando o poder do manto Pray

[1d20]
#53 samuel.azevedo Enviado : 28/12/16 13:09
Soturno Abascal, Ações Furtivas 6, rolamento 19, azul, muito difícil + bônus do Manto da Evanescência = invisibilidade.

Agilmente Soturno desce do cavalo, coloca o capuz e se esconde entre as árvores em direção a flor-cadáver. De repente ele desaparece diante dos olhos de todos indo em direção a planta.

Soturno, você chegou ao lado da flor-cadáver, está invisível e com Asa Negra em punho.
#54 Soturno Abascal Enviado : 28/12/16 13:42
Jogador: Térom Lanister
EF: 34
EH: 61
Karma: 27
Prendo o ar, por causa do mal cheiro, e analiso quantos tentáculos ela possui e a grossura de seu caule. Quero tentar descobrir se vale mais a pena golpear o caule e arrancar a flor de uma vez, somente furar seu bulbo, para vazar o ácido, ou cortar os cipós, para não se pêgo por eles. Penso e ajo rápido.
#55 samuel.azevedo Enviado : 28/12/16 17:00
Rapidamente, Soturno corta o caule da flor com um golpe só da espada. Os cipós estremecem e param de se mover. A flor vira para o outro lado e derrama um pouco do ácido no solo.

Borr e Welborn de repente conseguem ver Soturno próximo a flor caída. É preciso coletar os ingredientes de alguma forma. Welborn diz:


- Andem depressa! Há mais abelhas saindo da colmeia. Meu poder está se esgotando.
#56 Soturno Abascal Enviado : 28/12/16 17:39
Jogador: Térom Lanister
EF: 34
EH: 61
Karma: 27
Ao ouvir o que Welborn fala eu aproveito que minha espada é mágica e espeto ela na flor, pouco me importando com os efeitos do ácido.

Então saio correndo todo desajeitado, no melhor estilo Jack Sparrow, com a flor espetada na espada com uma mão e tampado o nariz com os dedos na outra.

Tudo isso espirando ácido para tudo quanto é lado, ocasionalmente me queimando. Corro o mais rápido que eu puder para sair da área de domínio da colmeia.
#57 Borr Mythigar Enviado : 28/12/16 23:17
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Mais uma vez, desculpe a demora. Trabalho.

Vou até a outra flor mais próxima e faço o procedimento que me ensinaram para coleta-la.
#58 samuel.azevedo Enviado : 29/12/16 11:26
Abascal vem correndo arrastando a flor e espirrando ácido no caminho, ele está com as mãos feridas com pequenas bolhas. Borr perdia tempo cortando uma flor que não era parecida com a explicada. Welborn manda ele parar e o grupo sai, ajudando Abascal a levar a flor para longe. Bem a tempo, que o enxame dobrara de tamanho e Welborn não conseguiria mais contê-lo.
#59 Borr Mythigar Enviado : 29/12/16 14:01
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Afastado do enxame, comento.
Bárbaro comum:
Magia poderosa esta, mas pode ser traiçoeira. Imagina convocar alguns lobos e virem várias matilhas juntas...
#60 Soturno Abascal Enviado : 29/12/16 19:53
Jogador: Térom Lanister
EF: 34
EH: 61
Karma: 27
Quando chego na área de segurança eu atiro a espada com a flor espetada longe, para poder respirar normalmente.

Então eu vejo se o ácido fez muito estrago (não tenho medicina). Mas caso minhas mãos estejam doendo e me atrapalhando muito, eu evoco Curas Físicas 1 para me recuperar.

Depois volto minha atenção para a flor e arranco a espada dela, deixando o ácido escorrer. Entrego a flor para os rastreadores.
Usuários visualizando este tópico
Guest
4 Páginas <1234>
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET