Ver Discussão (30) Histórico Ver Ultima Mudança Editar Pesquisar
Sacrifício (revisão)  

Evocação: instantânea

Alcance: 5m

Duração: uma hora

Conhecidos por sua extrema bondade e desejo de paz, os sacerdotes de Selimom são capazes de passar por grandes sofrimentos em prol dos seus semelhantes. Muitas vezes para evitar um conflito eles utilizam poderes cedidos por seu Deus. Os Sacerdotes de Selimom são capazes de realizar um milagre sem seu Karma, para isto encontram na flagelação do próprio corpo uma fonte de Karma. Sim, mesmo com seu Karma esgotado o sacerdote poderá convocar o milagre Sacrifício, que lhe dará pontos de Karma para serem gastos em até uma hora em milagres que existam na sua lista de magias. Note que não é necessário que todo seu Karma tenha se esgotado para que esta magia seja evocada, já que ela pode ser usada para completar um Karma que falta para uma determinada magia. Outra capacidade deste milagre e de transferir a energia vital (EF) do sacerdote para outra pessoa, mas neste caso o Karma deve ser gasto normalmente. Na doação de EF quem recebe ganha o muito mais que a EF sacrificada, podendo ir além do máximo, mas após o término da duração a EF que estiver além do máximo é perdida.

Uma possibilidade permitida é que o milagre Sacrifício pode ser ser convocado conjuntamente com outro milagre, mas o Karma não utilizado deve ser gasto em até uma hora. Deve-se observar que o sacerdote perde EF oferecendo sua vitalidade ao seu deus como uma oferenda, por essa razão o sacerdote que evocar este milagre não poderá recuperar os pontos perdidos usando qualquer tipo de magia, devendo se recuperar de forma normal. Mas nada impede o uso de poções magicas e ou qualquer outro objeto mágico. A habilidade de Medicina pode ser usada.

Caso sua EF fique em zero o Sacerdote ainda fica de pé e consegue atuar (usar habilidades, magias, etc). Alguns estudiosos acreditam que isto acontece por sua força de vontade ou por uma benção de Selimom. Mas se a redução da EF leve ela a um valor negativo (mas com um valor de até -15), o Sacerdote entrará em um estado de coma (estável e sem perigo de vida) permanecendo neste estado até que sua EF volte ao normal (maior que zero). Todo Karma não usado é perdido ao término da magia, mas a EF perdida deve ser recuperada como explicado acima. Note que se ele perder exatamente a quantidade de sua EF e ficar com zero, ele não cairá em coma. Caso sua EF vá abaixo de -15 com o uso desta magia ele morrerá, e seu corpo evaporará sendo levado literalmente de corpo e alma para Selimon. Caso o percentual de perda resulte um numero quebrado o valor da perda deve ser arredondado para cima.

Um ponto importante da magia é que deve ser considerada apenas a EF que não inclui o equipamento de defesa, logo só deve ser considerado a EF Básica + bônus do atributo Físico. Assim, em cada efeito há um percentual perdido que deve ser calculado em cima desta EF Basica + Bônus de Físico para se determinar se o sacerdote caiu em coma. Esta perda deve ser anotada na ficha, pois nada impede do sacerdote usar esta magia mais de uma vez. Caso ele evoque novamente o percentual de perda deve sempre usar a EF Basica + Bônus de Físico original do personagem (quando ele não tem dano nenhum). Nos casos que ele já tiver sofrido dano na EF deve-se sempre verificar se já tomou dano no físico real (EF Básica + Bônus de Físico), pois é dele que é desconto a perda.

Exemplo: Um sacerdote de Selimon que possui 17 de EF Básica, Força 1 e Físico 1 e usa um Elmo aberto. Ele tem então EF igual a 21 (17+1+1+2). Em uma situação crítica ele evoca Sacrifício 6 o que lhe causa a perda de 60% que corresponde a 60% de 19 (já que não conta o elmo) o que resulta uma perda de 11,4 que arredondado para cima dá 12, ficando com 7 na EF (sem considerar o elmo) e 9 de EF considerando o elmo. A situação no combate piora e mesmo estando muito mal ele evoca de novo a efeito 6 de sacrifício, que faz perder de novo 12 de EF. Note que deve ser usado sempre o valor original no cálculo! Como já estava com 7 de EF ele vai para -5 de EF entrando em coma, como descrito acima.

OBS: quando usada para ajudar outra pessoa, esta magia não pode ser usada uma segunda vez na pessoa no período de duração, mesmo que seja feito por outro Sacerdote.
  • Sacrifício 1: O sacerdote sacrifica 10% pontos de sua EF para ganhar 2 pontos de Karma.
  • Sacrifício 2: O sacerdote sacrifica 20% dos pontos de sua EF para ganhar 4 pontos de Karma.
  • Sacrifício 4: O sacerdote sacrifica 40% dos pontos de sua EF para ganhar 8 pontos de Karma (que pode ser doado todo ou em parte a outro místico) ou aumentar em 16 pontos de EF de outra pessoa.
  • Sacrifício 6: O sacerdote sacrifica 60% dos pontos de sua EF para ganhar 12 pontos de Karma (que pode ser doado todo ou em parte a outro místico) ou aumentar em 24 pontos de EF de outra pessoa.
  • Sacrifício 8: O sacerdote sacrifica 80% dos pontos de sua EF para ganhar 18 pontos de Karma (que pode ser doado todo ou em parte a outro místico) ou aumentar em 36 pontos de EF de outra pessoa.
  • Sacrifício 10: O sacerdote sacrifica 100% dos pontos de sua EF para ganhar 24 pontos de Karma (que pode ser doado todo ou em parte a outro místico) ou aumentar em 48 pontos de EF de outra pessoa.