História Geral das Ilhas Independentes
Ver Discussão (34) Histórico Ver Ultima Mudança Editar Pesquisar
História Geral das Ilhas Independentes

Primeiro Ciclo ou Antes dos Homens

No princípio, antes da separação de céus e terra, havia apenas o oceano de caos. Ondulando infinitamente num tempo sem tempo, onde as luas não podiam ser contadas. Mas houve então a perturbação e com ela a separação do caos. Das ondas primais surgiram os treze Primeiros; e do abismo sem fim, onde a luz nunca há de tocar, os Senhores da Destruição.
Abraçados os Primeiros criavam e como formas na areia destruíam. Incontáveis eras sem tempo se passaram e do abraço primordial surgiram os deuses. Temendo serem esmagados pelo abraço, os deuses fugiram para o Abismo e da sua união com a destruição surgiram os Segundos, então houve a segunda perturbação. Unidos, deuses e Segundos, separaram os Primeiros de seu abraço e deste espaço criaram o Mundo. Quatro dos Primeiros criaram os Elementos que os compõem -- água, terra, fogo e ar -- e em seus reinos habitam, outros cinco em sua tentativa de partir para além do oceano de caos se tornaram parte Mundo -- tempo, frio, vida, magia, e fim --, subjugados outros dois deram origem as luzes e as sombras e do último apenas seu nome é conhecido e é chamado de Origem.
Vitoriosos os deuses passaram a reinar sobre o Mundo e nele dar forma. Os Segundos, alheios aos desejos de seus pais, passaram a vagar pelos infinito oceano sem rumo ou motivos revelados. Porém, num tempo em as luas já podiam ser contadas, desejaram os filhos e filhas dos deuses e dessa união nasceram os Heróis e deles flui o poder dos Segundos.

Fragmento do Pergaminho XXXXXXX
.
O primeiro ciclo é concedido apenas como o tempo antes dos homens. Neste período os deuses eram adorados em toda a sua plenitude e a terra era rica e próspera. Nada se sabe ao certo deste período, porém quando os deuses se foram e os humanos chegaram deu-se início a Era Titã.

Segundo Ciclo ou Era Titã

Principais acontecimentos:
  • Chegada dos humanos;
  • Nascimento das Ellanas;
  • Esquecimento dos deuses;
  • Influência dos Titãs-segundos;
  • Surgimento dos semititãs;
  • Criação dos Burons;
  • Guerra entre mortais e Dragões Imperiais;
  • Nascimento dos Draconianos;
  • Surgimento dos Dragões Imperiais de Gelo;
  • Banimento dos Dragões Imperiais de Gelo;
  • Criação das Pedras Elementais;
  • Guerras entre Arzuns e Burons;
  • Dilúvio.

O Segundo Ciclo, também conhecido com a Era Titã, pois foi marcado pelo culto aberto aos Titãs, influência dos dos Segundos e os emblemáticos Cavaleiros Titãs. Este foi o período de maior desenvolvimento mágico da região, característizada por suas grandes guerras e terminado com a fúria do deuses na Calamidade.
A história das atuais Ilhas Independentes começa a muito tempo, permeando o final do Primeiro Ciclo. Naquela época a presença humana não era conhecida no continente de Arcumes e as únicas raças já estabelecidas eram os pantos, os magornos, os aquarianos e os ornes. Os pantos eram a raça mais poderosa nestas época e seu império estava por diversas terras, ornes também eram extremamente poderosos e nestas época eram vistos com muito mais frequência.
Não se sabe muito da chegada dos humanos em Arcumes, o consenso é que os primeiros vieram do continente ao sul conhecido como XXXXXX, mas o grande desenvolvimento das demais raças impediu o seu completo estabelecimento por muito tempo, sendo vistos somente em pequenas vilas isoladas.
No entanto, neste grande período de grande magia, alguns fatos foram imprescindíveis para definir a história da região. O afastamento dos deuses do Plano Material foi recebido de diversas formas pelas diversas raças da região.
De vida e memória curta as raças humanoides abandonaram o culto aos deuses e passaram a idolatrar as próprias forças elementais que controlavam dando forma ao culto Titânico. Esta adoração as forças primordiais acabou por atrair a atenção de alguns Titãs-segundos que passaram a agir ativamente na região. A eles são atribuídos como um dos fatores do desenvolvimento mágico, acima da média, da região. Um das consequências dessa interferência foi o surgimento dos semititãs, seres lendários que ganharam status quase divino, os Heróis que passaram a proteger a região.
Aliado ao grande desenvolvimento das raças humanoides houve o Grande Descontentamento, a guerra entre os Dragões Imperiais e mortais que culminou com o surgimento dos Dragões Imperiais de Gelo e seu banimento para as Terras Glaciais. Porém, isto foi apenas a premissa para o que viria no final.
Munidos de um repentino poder mágico, nunca antes vistos os Arzuns, uma ordem de magos composta por humanos que se diziam portadores da vontade do Titãs declarou guerra a todas as outras raças na tentativa de alcançar a hegemonia no continente. Sua maior arma eram os Cavaleiros Titãs, guerreiros portadores das Pedras Elementais. Os Arzuns só não conseguiram devido a imposição dos Burons, a grande escola de guerreiros míticos formada pelas demais raças. Este guerra chamada de O Cisma quase destruiu o continente. Aço e magia cortavam e esmagavam as montanhas desafiando até mesmo o poder dos semititãs. A guerra só teve fim com o advento do Grande Dilúvio, a ira dos deuses causada pela heresia e a presunção dos mortais. Arcumes foi inundada, as magias foram perdidas e as raças não humanas perderam todo seu poder.

Verbetes que fazem referência

Livro Ilhas Independentes
LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.