Discutir Histórico Ver Ultima Mudança Editar Pesquisar
Enganação .  

Esta página contém material oriundo dos livros oficiais e não pode ser editada

Grupo: Subterfúgio

Atributo base: percepção

Teste sem nível: não

Restrita: não

Penalidades: nenhuma

Enganação é o conjunto de técnicas utilizadas para ludibriar a inteligência de outros indivíduos. Ela engloba as seguintes competências, mas não está limitada a elas: disfarce, mentir, fazer imitações e falsificar objetos ou textos. Para falsificar um objeto o personagem deve ser capaz de construí-lo com a habilidade de arte ou profissional adequada; para falsificar um texto o personagem deve ser capaz de ler no idioma daquela escritura ou sofrer dois níveis de penalidade.

Enganação assume o disfarce de uma habilidade artística na mão de muitos usuários, embora ela seja, na verdade, uma das mais eficientes técnicas de subterfúgio. Ela é conhecida por espiões, assassinos, artistas, falsificadores, traficantes, trambiqueiros em geral e pode ser usada como sustento em muitas situações. Ela guarda algumas semelhanças com a habilidade de persuasão quanto às artes dramáticas. No entanto, a enganação deve ser utilizada para fazer imitações convincentes, enquanto a persuasão deve ser empregada para representar um personagem fictício.

O mestre deverá julgar se a tentativa do personagem é possível de ser realizada antes de estabelecer a dificuldade do teste. Alguns disfarces podem ser impossíveis, outros dependerão da capacidade dos alvos de serem ludibriados. Por exemplo, um pequenino pode tentar disfarçar-se de um ogro em meio a outros ogros, mas qualquer criatura mais inteligente não seria enganado por tal tentativa. Da mesma forma, uma tentativa de imitação será muito mais difícil ou até impossível se realizada contra alguém que conhece o imitado, dependendo do grau de intimidade - Nem o mais burro dos ogros acreditaria em um pequenino passando-se por seu irmão.

O tempo de preparação antes do personagem executar o teste de enganação varia de acordo com o uso. Uma falsificação competente, mas simples como uma assinatura, necessita de pelo menos 30 minutos, enquanto uma complexa, como um selo real, pode levar meses. Um disfarce elaborado necessita de pelo menos 10 minutos de preparo. Além disso, para ser capaz de imitar a voz ou os trejeitos de uma pessoa ou animal o personagem deve observá-lo atentamente em ação por pelo menos 5 minutos.

Rotineiro: o personagem está tentando se passar por mais velho/novo ou com uma doença; falsificar um objeto comum e de pouco interesse; imitar o som de animais comuns, como gatos, cães, cavalos e corujas;

Fácil: o personagem está tentando se disfarçar, incluindo sua voz, de modo a não ser reconhecido; imitar animais incomuns, como pássaros ou serpentes; falsificar assinaturas de pessoas de pouco interesse que não passarão por um exame detalhado;

Médio: o personagem está tentando se disfarçar em um indivíduo qualquer de outra raça ou de outro sexo e imitar sua voz; imitar o som de um animal específico, como o cão da duquesa; falsificar um escrito personalizado (cartas ou um diário) ou um item bem elaborado (uma pintura comum);

Difícil: o personagem está tentando se disfarçar em um indivíduo específico da mesma raça e do mesmo sexo. Se disfarçar de um indivíduo qualquer de uma raça selvagem ou mística (Ex: imitar um orco); imitar os trejeitos de um indivíduo em meio a pessoas que o conhecem; falsificar um escrito com marcas de segurança (carta com assinatura); falsificar um item complexo (uma excelente pintura ou a joia de uma duquesa);

Muito difícil: o personagem está tentando se disfarçar em um indivíduo específico de outra raça ou de outro sexo; falsificar uma escritura com um número infinito de detalhes (escrituras arcanas) ou falsificar o selo pessoal de um membro da baixa nobreza (um cavaleiro ou barão); produzir uma cópia barata da coroa ou da espada mágica do rei; reproduzir o selo pessoal de um membro da alta nobreza (rei, duque, conde ou visconde);

Absurdo: o personagem está tentando se disfarçar em um indivíduo específico totalmente fora de seu convívio em meio a conhecidos dele (um general orco ou um sátiro conhecido), mas tem sucesso graças a um detalhe específico, a critério do mestre; falsificar um selo de família e fazê-lo igual ao de um nobre aleatório famoso;

Impossível: Tentar enganar criaturas inteligentes com um disfarce improvável (um pequenino disfarçado de ogro tentando enganar orcos). reproduzir um item pessoal para substituir aquela relíquia de família.

Tarefas aperfeiçoadas: maquiagem; máscaras; falsificar documentos; reconhecer falsificação; mentira deslavada; falsificar objetos; arremedo; imitar animais.


Verbetes que fazem referência

Habilidades

Verbetes relacionados

Ações Furtivas | Acrobacias | Agricultura | Aplicar Esforço | Arte | Carpintaria | Códigos | Corrida | Destravar Fechaduras | Empatia | Enganação | Engenharia | Escalar Superfícies | Escapar | Escrita | Etiqueta | Extrair informação | Furtar Objetos | Jogatina | Lidar com Animais | Liderança | Línguas | Malabarismo | Manusear Armadilhas | Medicina | Misticismo | Montar Animais | Natação | Náutica | Navegação | Negociação | Operação de Cerco | Persuasão | Religião | Sabedoria | Seguir Trilhas | Sensitividade | Sobrevivência | Trabalho em Metal | Trabalhos Manuais | Usar os Sentidos | Venefício