Bônus de coluna
Discutir Histórico Ver Ultima Mudança Editar Pesquisar
Bônus de coluna

Para cada exército somam-se ao número de Coluna Básica os bônus referentes aos itens abaixo. Estes Bônus refletem aspectos variados da luta entre exército em um mundo de fantasia e podem ser decisivos em uma batalha. O MJ pode (e deve) criar aventuras onde os PJ busquem para o seu lado no combate uma ou várias destas vantagens. Desta maneira influenciando diretamente o resultado da batalha.

Ajuda Divina


Em Tagmar os Deuses costumam ter uma participação por vezes decisiva em uma guerra. Não se sabe se é por ajuda deles propriamente ou se por os guerreiros acreditarem nisto e se sentirem mais motivadas, mas as tropas com maiores sacerdotes dos Deuses Blator, Crezir e Crizagom possuem vantagem.

O MJ deve aumentar em +1 a coluna do exército que tiver uma considerável vantagem na quantidade de sacerdotes destes deuses nas suas tropas. Caso a superioridade de sacerdotes destes deuses for maior que 2 para 1 o bônus deve ser de +2, se 3 para 1, +3 e assim por diante, com limite máximo de +5 ou maior se a tropa for excepcionalmente maior (a critério do MJ).

Um sacerdote de conhecida fama e poder pode dar bônus também, a critério do MJ.

No nosso exemplo, Goguistá, o maior líder de todos os tempos da nação bárbara volim, mesmo sabendo que os bárbaros não são fervorosos fiéis, tratou de conseguir o apoio dos sacerdotes de Crezir. Suas tropas possuem um considerável número destes sacerdotes o que lhe dá vantagem no campo de batalha [+1]. Sua Coluna Básica sobe de 2 para 3.



Magia


A magia também pode decidir uma guerra. Os efeitos do uso de magia na combatividade do inimigo são arrasadores. O exército com maior quantidade de Magos deve ganhar um bônus de +1. Caso a superioridade de magos seja maior que 2 para 1 o bônus deve ser de +2, se 3 para 1, +3 e assim por diante, com limite máximo de +5 ou maior se a tropa for excepcionalmente maior (a critério do MJ).

No exemplo, nenhum dos dois exércitos possui magos. Uma falha que não permite que as nações bárbaras consigam muitos sucessos contra exércitos das nações civilizadas.



Posições


Estes bônus refletem uma posição melhor em relação ao adversário.
  • Posição mais elevada [+2]
  • Posição fortificada [+5]
  • Defesa da travessia de um rio [+7]
  • Defesa de um castelo [+10 à 20 (dependendo do castelo)]
  • Luta em uma Floresta Fechada: Some todos os elfos de cada exército e divida o maior pelo menor. Arredonde o valor para cima encontrando o Bônus ao exército com mais elfos. [Bônus máximo = +10].
  • Luta nas Montanhas: Some todos os anões e orcos de cada exército e divida o maior pelo menor. Arredonde o valor para cima encontrando o Bônus ao exército com mais anões e orcos. [Bônus máximo = +10].

    Os dois exércitos do nosso exemplo combaterão em campo aberto. Mas Goguistá provocou o seu irmão para que ele atacasse, pois suas tropas estão na parte superior de uma colina. Desta maneira ele consegue o bônus de +2. Sua Coluna Básica sobe de 3 para 5.


    Comandante


    O gênio militar, o carisma e a motivação de um líder podem fazer a diferença em uma batalha. Para levar tudo isto em conta soma-se:
    Intelecto, Liderança e Carisma do Comandante de cada exército. Ninguém pode “emprestar os valores” para somar a Coluna Básica. Os valores têm que ser necessariamente do líder do exército (ou unidades). Compara-se com o do adversário, dividindo-se a maior pela menor e arredondando para cima. O resultado é somado a coluna do que tem a soma maior. Bônus máximo de +10.

    Goguistá possui Intelecto +3, Liderança +4 e Carisma +4. Hiurnis possui intelecto +2, Liderança +2 e Carisma +2. Dividindo-se 11 por 6 temos 1,83. Assim a Coluna Básica do exército de Goguistá sobe 2 níveis de 5 para 7.


    Bônus Devidos a Tropas


    Algumas tropas são de importância tática ou mesmo psicológica fundamental. São elas:
  • Arqueiros: permitem atingir o adversário antes do contato direto entre as tropas;
  • Cavalaria: a carga de uma cavalaria pode decidir um combate;
  • Lanceiros: estas tropas podem anular a carga de uma cavalaria ou mesmo de uma infantaria.

    Para cada uma das tropas acima se divide a maior pela menor, arredondando-se para cima e soma-se o resultado na Coluna Básica do que possui a maior quantidade de tropas daquele tipo.

    Hiurnis possui 1800 Cavaleiros contra 1700 de Goguistá. Ele aumenta sua Coluna Básica de 0 para 1. Também possui mais arqueiros que ele o que aumenta de 1 para 2. Nenhum dos dois possui magos no exército e só Goguistá possui Lanceiros, o que será uma surpresa para o exército adversário [+10]. Sua Coluna Básica sobe de 7 para 17.



    Outros Bônus


    O MJ poderá dar bônus positivos ou negativos para tudo aquilo que ele achar importante. Máquinas de guerra em um cerco a um castelo podem valer +5 no total. Terrenos podem dificultar ou facilitar um ataque ou uma defesa, uma moral elevada pode valer de 1 a 5, bem como a moral baixa pode rter um bônus negativo de -1 a -5. E assim por diante.

    Por exemplo, se a luta for em um pântano, poderíamos imaginar que a cavalaria perderia o seu poder de carga. O MJ poderia penalizar um dos exércitos por ter muita cavalaria dando um bônus de –2.

    Apesar de esta batalha ter ocorrido no outono de 1.451 D.C. podemos imaginar que as tropas Eredris de Hiurnis foram um estorvo em seu exército, diminuindo a combatividade de toda a tropa. Assim vamos dar uma penalidade de –1 para o seu exército. Sua coluna básica volta para um (1).


    Disputa - O Rolamento dos Dados


    Fatores imponderáveis ainda podem decidir o combate. Este é o papel dos dados. Eles nos dirão se estes fatores se farão presentes.

    Some os Bônus de cada exército com sua Coluna Base. O resultado será a coluna que cada um fará o rolamento de dados. Se a Coluna maior ficar acima de 20 reduza ambas o número necessário para que a maior fique igual a 20.

    O exército de Goguistá usará a Coluna 17, enquanto que o exército de Hiurnis usará a Coluna 1 (zero). Lançando-se os dados (1d20) verificamos que Goguistá consegue um 12 (=Vermelho) e Hiurnis consegue 14 (=Laranja). Vejamos o resultado desta batalha no capítulo seguinte.

    Verbetes que fazem referência

    Combate em grande escala

    Verbetes relacionados

    Estatísticas dos exércitos | Bônus de coluna | Resultado da batalha | Os PJ, antes, durante e depois | Exemplos de Batalhas | Companhias mercenárias dos reinos
  • LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.