Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

6 Páginas «<23456>
Capítulo 06a - Em Busca das Pedras Negras: da Geleira a Caridrândia Opções
#91 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 26/09/17 14:23
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Quando o enviado de Heldrom toca minha testa vejo a história dos sombrios se passando a minha frente como em um piscar de olhos, quando volto a realidade Lumiel já havia desaparecido, entretanto minha mente estava marcada, eu tinha na ponta da língua, o que eu precisava dizer e onde deveria atacar. Então sinto-me feliz, vou até a porta e chamo por Hermione...

Off: Vou escolher o efeito 9 da magia língua de serpente, acredito que ela vá condizer com a atual situação do meu personagem.
#92 samuel.azevedo Enviado : 27/09/17 10:49
//off: Ok, mantenha o novo poder anotado na ficha.

Depois de um minuto, Hermione chega trazendo uma bandeja com frutas locais, um prato de peixe frito envolto em uma massa branca, ovos cozidos e vinho branco. As frutas são em geral de sabor amargo, mas algumas são doces.

- Me chamou? Trouxe algo para você comer.
#93 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 27/09/17 13:41
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Lançamento 1d20=15
Fecho a porta logo atrás dela, então pego a bandeja de suas mãos e coloco sobre a mesa, puxo ela para sentar na cama e digo: "Neste tempo meditei e estive em contato com nosso senhor Heldrom, ele tem planos grandiosos para seu irmão, ele o quer a seu lado. Diga-me seu irmão é um conselheiro sombrio ou um arquimago? Diga-me sua idade, feitiços de quais natureza ele controla, seus aliados e inimigos. Preciso que me conte cada detalhe da vida de seu querido irmão, será imprescindível conhecê-lo para saber se esta apto para servir nosso senhor." Usarei a magia língua de serpente para aumentar minha persuasão e convencê-la a falar tudo.

[1d20]
#94 samuel.azevedo Enviado : 28/09/17 10:23
Gáldor, língua de serpente 9: Concede um ajuste de +10 em testes de Persuasão ao mago evocador com
duração de 1 hora.

Gáldor, persuasão 11+10 = 21 = coluna 1 + 2 níveis de resultado, rolamento 15, laranja, médio + 2 níveis = difícil.

As palavras de Gáldor se tornaram muito mais persuasivas graças ao novo dom de Heldrom. Hermione, já propensa a fazer tudo o que Gáldor lhe pedia, não exita em revelar seus segredos de família mais íntimos. Então ela revela:

- Meu irmão tem 420 anos e é um arquimago, pois é o chefe de nossa família desde que nosso pai foi para o reino dos mortos; Hermínio é um dos mais poderosos arquimagos. Ele já podia ser um feiticeiro sombrio há muito tempo, mas o conselho desconfia de suas ambições e tenta impedir que ele tenha mais poder com este título, mas na prática ele é igual a um feiticeiro sombrio pois ele é o líder do distrito dos magistrados, ao contrário do sobrinho de Semíramis Ancalagon, Servolo Ancalar que é o feiticeiro sombrio oficial só de nome,mas não exerce nenhum poder no distrito. Eu não sei se a desconfiança do conselho foi fundamentada, ou se isso aconteceu por que eles não lhe deixavam subir, mas ao longo dos anos, ele montou dossiês secretos sobre cada um dos líderes do conselho, com o objetivo de derrubá-los do poder. Ele e seu grupo de aliados já domina os distritos: dos magistrados, dos alcormis (Conifel), Roinar (distrito dos tratadores de animais, alquimistas e dos aaroim que criam feras místicas), dos infimus, dos pescadores (Ilinguê), e Melinae. O grupo do conselho domina além dos três conselhos o distrito Novo Lar, o militar, o distrito dos artesãos, dos naarai (os magos de guerra) e mais cinco distritos menores. Em Solomontis o conselho é mais forte, dominando três dos cinco distritos dos mineiros, o distrito da Biblioteca Central, e três distritos menores, mas meu irmão tem controle de dois distritos mineiros, do distrito naval e do Farol Estrela Eterna, e mais dois distritos menores. Quanto aos feitiços que meu irmão conhece, ele é um aaroim, ou seja, ele pode invocar ou criar seres para o servir; entre eles os poderosos eetans (nossos golens de ferro) e os hanuns criados com partes de homens e animais e até mortos-vivos.

#95 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 28/09/17 13:16
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Depois de ouvi-la passo a mão em seus cabelos e digo-lhe ao pé do ouvido: "O seu irmão não precisa saber de nossa conversa querida, agora leve-me até onde ele está".
#96 samuel.azevedo Enviado : 28/09/17 15:18
Ela encosta o rosto em sua mão, como um cachorro buscando por mais carinho. Já era perto das 5 da tarde, e ela diz:

- Ele ainda está no escritório onde o conheceu. Mas deve chegar em uma hora.

...

A pouca luz do dia que passava pelas copas das árvores e se via na janela de vitrais belíssimos e melancólicos já estava se extinguindo quando se ouve o barulho de passos.

- É ele! - Hermione se levanta, em um salto.

Uma serva de pele cinza clara aparece, e diz, timidamente:

- O senhor Hermínio já chegou, e deseja vê-los no escritório.

Hermione e Gáldor seguem para o lugar do encontro, e encontram o arquimago da família Aneliom com um aspecto cansado. Ele endireita a postura e responde:

- O conselho está muito ocupado, como sempre, e só queriam marcar sua audiência para daqui a um mês. Quando disse que se tratava deste deus que acolhe elfos sombrios e sua verdade sobre os deuses, eles demonstraram o desdém e desinteresse que sempre demonstraram para estes assuntos religiosos, e quiseram cancelar a reunião. Mas acabaram aceitando o pedido de audiência apenas porque ficaram curiosos quando eu disse que se tratava de um recém chegado que é um sombrio, e descendente de um dos fundadores dos Filhos de Palier. A audiência está marcada para daqui a trinta dias, mas se você quiser um encontro informal, haverá um baile de máscaras no Palácio depois de amanhã, eu e minha irmã podemos levar você como nosso acompanhante. - ele se entreolha com a irmã. - Eu não acredito que eles estejam tão ocupados que não possam ver o descendente dos fundadores, acredito que seja uma estratégia para investigarem tudo o possível sobre você e verificar a procedência de quem você diz ser, ou para estudar de que formas podem usar a audiência para a vantagem deles.
#97 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 28/09/17 16:12
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Lançamento 1d20=19
Uso novamente língua de serpente. Cumprimento Hermínio logo que eu vejo ele e então peço para que Hermione nos deixe a sós, quando perceber que estou sozinho com o mago, espero que ele sente-se ou peço para que ele o faça enquanto lhe digo: "Nunca fui afeito a livros, matemática, história, ocultismo, isto nunca me motivou, apesar de meus pais me obrigarem a aprender. Mas havia um tomo em especial que eu decorei de tantas vezes que eu li." Digo isto enquanto caminho de um lado a outro do aposento, mas sempre olhando para o mago." Em certa altura do texto ele disse - Das sombras senti o poder oculto nas trevas. Poder para exterminar aqueles que vieram para matar, roubar e destruir. Não poderia haver misericórdia para os destruidores da vida. Olho por olho, dente por dente. Eu vi as trevas, senti o seu calor, a chama vermelha do seu ódio era semelhante à minha." Paro de caminhar e vou na direção de Herminio paro na sua frente e digo: "Por décadas eu me perguntei, a quem Seret Analiom estava falando em seu discurso? Entretanto não teria como saber, os deuses apagaram o verdadeiro herdeiro da criação da mente de seus filhos. Mas agora tudo está claro... Tanto Seret Analiom, quando Heldrom foram movidos pela ambição, ambos tinham pensamento semelhante, tanto um como o outro acreditavam que eram os verdadeiros senhores da criação. Ambos foram traídos pelos irmãos. Ambos receberam a mancha negra da corrupção e foram presos na escuridão. Ambos odiavam os demônios e os usavam como meio justificável para o verdadeiro fim... Heldrom foi o único deus que abraçou os sombrios e vem protegendo-os mesmo no anonimato. Não faz sentido para você? O Karma Infernal, o controle demoníaco... Nenhum príncipe demônio ensinaria os segredos para que os filhos da criação pudessem prendê-los e controlá-los. Somente Heldrom que é retratado como um demônio pelos deuses, mas na verdade é o Senhor de todos os Deuses." Giro ao redor da cadeira dele e fico imediatamente atrás: "Esta tarde estive meditando, pedindo conselhos a nosso senhor Heldrom e ele me concedeu o poder da verdade. Ele entende que passou da hora dos sombrios saírem da escuridão, uma nova era de crença e elevação para os elfos puros, e para isso ele precisa de alguém com suas características nobre Hermínio." Pouso as mãos em seu ombro: "Heldrom acredita em unidade, um único deus, um único rei. Você poderia herdar o trono de Caridrândia! Seria conhecido como o Rei do Escuro. A você seria dado o conhecimento da vida eterna! Não como um morto vivo deplorável. Mas como um Deus vivo em Tagmar. A imagem e semelhança de Heldrom... Você pode ser o responsável por vencer a maldição, dando aos seus súditos o descanso na pós-vida. No fim você seria o Rei de Tagmar, muito maior que Seret Analiom ou Semíramis Ancalagon... A única coisa que precisa fazer é ouvir meus conselhos... Eu falo com a sabedoria de Heldrom... Só precisa me perguntar o que deve fazer!"

[1d20] Pray
#98 samuel.azevedo Enviado : 28/09/17 16:27
Ele fica impressionado com tudo isso, e apenas murmura:

- Diga-me. O que preciso fazer para ter tudo isso?
#99 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 28/09/17 16:42
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Meu interior se enche de um sentimento de triunfo: "O tempo que o conselho sombrio pede, também irá nos preparar pelo que estar por vir. Use seus contatos para descobrir o paradeiro de um homem chamado Uilmatem. Em breve entrarei em contato." Descrevo Uilmatem. Me despeço e deixo ele sozinho. Volto para meu quarto. Se encontrar Hermione lhe digo: "Preciso saber se estou sendo vigiado? Eu preciso de papiros, pena e tinta." Peço pra ficar sozinho no quarto e uso apelo, quando o enviado aparecer lhe digo: "O plano de Heldrom já está em ação. Entretanto preciso de um esconderijo, ninguém pode saber meus planos."
#100 samuel.azevedo Enviado : 28/09/17 17:00
Ele fica meio sem entender e ainda pergunta:

- Gostaria de saber como o paradeiro deste Uilmatem vai me ajudar. Mas vou lhe dar um voto de confiança e farei como pede. Mais alguma coisa? Até perdi a fome, vou visitar alguns contatos agora mesmo.

Ele se levanta, o cumprimenta e se despede.

Hermione cruza com Gáldor no corredor, e ao ouvir a pergunta lhe retruca:

- Vigiado? Por quem? Aqui você está seguro. Vou pegar alguns papiros, pena e tinta no escritório, e deixo em seu quarto.

O Tinuviel se recolhe para seu quarto, e logo depois Hermione entrega o que foi pedido. Então ele se tranca sozinho e faz uma oração para Heldrom. O anjo Lumiel reaparece para ele, com cara de sono:

- Já precisa de ajuda novamente?! Entendo. Estas são boas notícias. Que tipo de esconderijo? Para você ou seus planos?

#101 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 29/09/17 08:17
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Quando o enviado aparece e me questiona, lhe respondo:"Não é um mensageiro? Quem iria convocar se não você?!" Retiro a mochila que estava embaixo da cama, com as joias e tomos de magia: "Desde que eu entrei em Caridrândia, sinto que comecei a ser vigiado. Preciso esconder meus pensamentos e ter esses livros e as pedras negras em um local seguro. Este anel..." Mostro o anel com um diamante negro preso por três cabeças de dragão moldadas no metal prateado: "O que ele faz?"
#102 samuel.azevedo Enviado : 29/09/17 19:51
O enviado responde:

- Eu posso analisar este anel e lhe trazer da próxima vez que me chamar. O mesmo com as coisas que você quer esconder.
#103 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 29/09/17 20:21
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Deixo o anel, junto com os livros com o demônio, retiro somente as páginas do Tempore Mágicis, referente a magia Transporte Temporal. Irei passar os dias copiando a magia, entretanto vou retirar qualquer menção da magia que diga que ela pode ser feita para viajar ao futuro. Pelo contrário irei criar uma teoria que o futuro não existe, e o fato da magia ser feita dessa forma, a pessoa simplesmente desaparece e fica perdida no espaço tempo. Ficarei recluso, somente atenderei Hermínio ou Hermione, caso me tragam notícias sobre Uilmatem. Caso contrário procurarei por Herminío quando transcrever as primeiras partes do tomo.
#104 samuel.azevedo Enviado : 29/09/17 20:54
Em dois dias recluso, Gáldor termina de copiar meticulosamente as páginas da magia perdida de Transporte Temporal. Ele convoca o enviado, e ele retorna trazendo notícias:

- Analisei o anel. Este diamante negro contém uma energia mística residual dentro dele, que indica que ele era usado como um focus mágico, mas ele também tem a capacidade de aumentar a capacidade mágica de seu portador, que poderá usar feitiços como um mago mais experiente ou mais poderoso.

//off: focus mágico +6, e uma habilidade única que permite uma vez por dia lançar um feitiço sem o estágio de pré-requisito (desde que se gaste [nível do feitiço - estágio do conjurador] adicional de karma além do necessário para o feitiço).
#105 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 29/09/17 22:34
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Lançamento 1d20=15
Nos dias que estive recluso, chamo por Hermione uma única vez, entrego uma lista de itens para fazer um ritual no valor de 10 moedas de ouro, aproveito esse tempo recluso para recuperar o Karma. Recebo o anel de volta, peço então o livro Tempore Mágicis, devolvo as páginas faltantes e retiro agora as páginas referentes a Viagem Temporal. Então antes de convocar o enviado, com minha adaga faço um corte na minha mão, uso então o sangue para desenhar um circulo, enquanto rezo para Heldrom: "Oh, Heldrom, deus único e todo poderoso, aquele que de cima veio. Atenda meu chamado!" Então acendo as velas negras ao redor do circulo e invoco Apelo para que o enviado apareça no circulo e continuo: "Digo estas palavras para tua glória... Este é o teu escudo... que protegerá seu circulo de intrigas." Finalizo o circulo e então faço um traço cortando o círculo de cima para baixo, terminando em uma seta dizendo: "Esta é tua lança... a lança que derramará o sangue dos descrentes para a glória de vossa onipresença. Atenda meu chamado...".

Então quando o enviado aparece, digo-lhe enquanto espalho enxofre em pó dentro do simbolo demoníaco: "Querido Lumiel, acredito que precisarei de um servo permanente! Não para mim, mas para Hermínio, quero que acompanhe seu aprendizado, que sirva como um espião quero alguém para sussurrar em seus ouvidos todos os benefícios da adoração a Heldrom." Me aproximo do enviado e cerro a mão para que meu sangue maculado espirre sobre o anjo caído enquanto clamo na língua demoníaca: "Este é o meu sangue, o sangue da nova aliança que será bebido por vós para obedecer os meus mandados". Quero fazer valer a caracterização deus patrono, para aumentar meu apelo para 4.


[1d20] Religião?
#106 samuel.azevedo Enviado : 29/09/17 23:10
O ritual acontece da forma que Gáldor planejou, porém ele não esperava ouvir barulhos de trovões e causar relâmpagos dentro da casa. Mas no final o anjo aspergido em sangue e enxofre sorri enquanto se limpa, e diz:

- Finalmente! Agora posso ficar aqui, é melhor do que precisar voltar ao inferno! Sim, farei como me pede. Instruirei Hermínio nos caminhos de nosso Senhor!

Logo depois, há uma batida na porta. Hermione fala timidamente:

- Querido, o que está acontecendo aí? Eu ouvi trovões?
#107 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 30/09/17 00:49
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Quando escuto a voz de Hermione peço para que ele se esconda, uso um pedaço de tecido qualquer para amarrar o corte na minha mão e estancar o sangramento. Abro uma brecha da porta, impedindo que ela veja através de meu corpo e saio para o corredor fechando a porta logo em seguida. Então comento com ela, algo que poderia ser um sorriso de satisfação estava presente em meu rosto: "Eu pedi que nosso senhor me desse um sinal que comprovasse a participação de seu irmão no seu plano divino e ele assim o fez... Diga-me, seu irmão gosta de algum animal ou criatura em especial?" Depois que ela responder peço para ela avisá-lo que eu preciso vê-lo com urgência. Deixo ela ir e então entro no quarto e fecho a porta: "Diga-me, sua origem é divina ou demoníaca? Enquanto estive em Ribalicor, ouvi sobre enviados caídos... Se for um desses casos, você seria considerado um demônio ou um anjo?" Após sua resposta pego as folhas que eu escrevi guardo dentro do manto e digo para ele: "Limpe o meu quarto e me encontre no escritório de Hermínio".
#108 samuel.azevedo Enviado : 30/09/17 08:57
Hermione responde:

- Meu irmão gosta de corvos. Além de fazerem parte de nossa bandeira, ele gosta de experimentar com eles. O corvo gigante no qual viemos é uma de suas criações.

Já era começo de noite. Ela sai da porta do visitante para chamar o irmão, enquanto Gáldor combina algumas coisas com o enviado. Lumiel diz:

- Sou um anjo, criado pelo poder divino de Heldrom e nutrido na energia demoníaca do inferno. Tenho as duas naturezas em mim.

Então, o Tinuviel se dirige ao escritório de Hermínio, onde este o aguardava.

#109 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 30/09/17 10:22
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Bato a porta logo atrás de mim: "Que bom vê-lo novamente, alguma noticia de Uilmatem?" Espero ele me dizer algo sobre o assunto e então lhe digo: "Já parou para pensar como um arquimago consegue ser tão influente? Como consegue ter mais aceitação de que um feiticeiro sombrio apontado pelo conselho das sombras?" Aguardo ele me dar sua resposta, então emendo: "Você foi o escolhido por Heldrom!" Retiro os papiros com a magia Transporte Temporal e estendo pra ele: "Esta é a chave para o seu sucesso! Você deverá controlar o tempo... Viajar para o passado e levar a mensagem de Heldrom para as pessoas sob sua influência e em seu circulo de influência. Estes deverão agir como multiplicadores da causa de Heldrom que deverá atingir a população mais pobre. É essencial que as palavras de Heldrom sejam passadas individualmente, ao pé do ouvido, sussurrante entre as paredes de Caridrândia. Ninguém deverá falar abertamente sobre Heldrom, não até chegar a hora certa. Quando o escolhido voltar a seu tempo, tocado pelas mãos de Heldrom, de forma que ele possa purificar a alma dos puros e castigar os bastardos. Você irá passar seus dias e noites estudando a magia, sobre a orientação de um enviado divino..." Aponto para um canto escuro onde eu espero que o enviado surja."Este é Lumiel, seu anjo da guarda!"
#110 samuel.azevedo Enviado : 01/10/17 11:28
Ao perguntar por Uilmatem, ele lhe diz:

- Não costumamos ter forasteiros por aqui, até porque sua entrada é proibida. Por isso não foi difícil ter notícias. Você não teve problemas para entrar porque tem aparência próxima a nossa e veio acompanhado da minha irmã, então muitos devem ter pensado que se tratava de alguém de Solumontis ou um de nossos espiões sombrios retornando dos reinos externos. Quanto a pessoa que você procura, ele não teve a mesma sorte. Um homem com estas descrições quase foi morto por um dos eetans ao sul daqui, há cinco dias. Mas por algum motivo na última hora foi salvo por elfos rotos que o levaram para Rotum. Então, tive que falar com meu pai... Hernani Anelion era um poderoso Feiticeiro Sombrio, e continua uma figura poderosa quando foi para o outro lado; mas nossa relação ficou complicada depois que ele se juntou ao reino dos mortos. Então, não foi fácil e fiquei devendo um favor a ele. Mas ele me disse que descobriu que este feiticeiro Uilmatem está nos túneis subterrâneos mais antigos e abandonados da necrópole procurando alguma relíquia que um espião retornou trazendo consigo há uma centena de anos, antes de encontrar a derradeira morte.

Ele fica com uma expressão orgulhosa ao ser mencionado seu sucesso, que logo muda para algo como uma expressão intrigada ou curiosa ao ouvir que é o escolhido de Heldrom. Ao ver o pergaminho ele o desenrola e fica bastante impressionado:

- Magia do tempo! Ninguém domina tal magia neste reino, ou sequer ouviu falar dela. Se eu dominar isto, terei meu lugar no conselho garantido! Hahahaha! Se eu conseguir, em troca farei como me pede e voltarei para falar secretamente do poder de Heldrom.

Ao apontar para o canto escuro, alguns segundos se passam e a tenção da expectativa aumenta, quando Lumiel finalmente aparece iluminando o local, agora aparentando ser um pouco menos criança do que antes.



- Eis-me aqui! Para proteger o Escolhido em nome de Heldrom!

Hermínio deixa cair os pergaminhos, boquiaberto.

- E-eu posso criar ou modificar criaturas, mas nunca vi nada assim!
#111 samuel.azevedo Enviado : 01/10/17 11:53
//off: Saulo, pode fazer a ficha de Lumiel e anexar o link dentro da de Galdor como um aliado. Combine as fichas de um enviado menor e a de um demônio menor, e deixe no estágio 2. Se quiser, pode escolher outra imagem para ele.
#112 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 01/10/17 13:33
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Pego o tomo que ele deixou cair e devolvo a mão dele: "Não. Se você dominar esta magia será o próprio Rei da Noite, o Senhor de Caridrândia! É o seu destino. Você deve ouvir minhas considerações, se voltar no tempo e mudar qualquer coisa que seja nunca alcançará o trono sombrio. Eu li o livro das eras e sei como deve ser feito, eu lhe darei as instruções quando a hora certa chegar. Agora estude dia e noite e aprenda o mais rápido possível, em breve lhe trarei novidades... sua irmã cuidará de suas obrigações na sua ausência... e mantenha segredo!" Dou as costas para Hermínio e termino: "Terei um minuto com seu ajudante, ele logo voltará para acompanhar seus estudos". Sinalizo para que Lumiel me acompanhe até meus aposentos. Quando lá estiver digo-lhe: "Preciso que vá a Rotum! Procure Sedreque e marque um encontro em campo neutro. Diga-lhe que alguém próximo a Seret Analion lhe oferece redenção. Ou seja, a destruição de todo o conselho das sombras. E como prova de boa vontade, já lhe adiante que somente Anátemas Judicael ainda vive, os outros dois são membros substituíveis... Marque este encontro para daqui a dez dias. Depois disso, preciso que fique de olho em Hermínio me avise caso algo aconteça." Dispenso o enviado e volto aos meus afazeres como copista, já mais tarde da noite procurarei por Hermione, quero que ela me diga o que sabe sobre os membros do conselho das sombras, sua história, personalidade e gostos. E nos dias seguintes irei ao prédio do conselho das sombras.
#113 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 01/10/17 13:48
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
samuel.azevedo escreveu:
//off: Saulo, pode fazer a ficha de Lumiel e anexar o link dentro da de Galdor como um aliado. Combine as fichas de um enviado menor e a de um demônio menor, e deixe no estágio 2. Se quiser, pode escolher outra imagem para ele.


Como é um anjo caído, eu somei as habilidade das duas criaturas, dê uma olhada.

Lumiel
#114 samuel.azevedo Enviado : 01/10/17 14:20
//off: Ok, agora quanto as magias, padronize todas com o nível (não por usos por dia). Ele gastará karma em qualquer uma. Notei que o enviado menor está padronizado para o uso do karma, e o demônio menor não possuia karma mas havia número de usos por dia das magias.
#115 samuel.azevedo Enviado : 02/10/17 11:57
Na noite do dia 7 do 7o mês, Hermione atende ao pedido de Gáldor e lhe diz tudo o que ela sabe sobre os três membros do Conselho das Sombras.

- A nossa principal líder e articuladora política é Semíramis Ancalagon. Ela usa de sua beleza e astúcia infernalmente sobrenaturais, de uma forma sedutora, selvagem e agressiva para lidar com os problemas políticos que enfrenta. Dizem que quando ela ainda era uma elfa florestal, o próprio Seret Analiom foi seu tutor nos ensinamentos da política expansionista e das artes infernais. Por isso ela é tida como a maior autoridade expansionista ainda viva e uma das maiores feiticeiras sombrias. Sua pele é cor de chumbo e apresenta várias marcas negras que formam desenhos em todo o seu corpo, lembrando tatuagens como as minhas, seus lábios grossos são sempre carmim e seus olhos são púrpuras. Ela prende a atenção de qualquer elfo com seu olhar e palavras sedutoras difíceis de se discordar. Ah, e dizem que ela tem a mesma aparência jovem há mais de mil anos, e deve ter em torno de mil e oitocentos anos.

- Mas o membro mais antigo do conselho é Anátemas Judicael. A história diz que ele era um elfo dourado membro do
Conselho dos Arquimagos Élficos de Lar, e posteriormente também fundou este mesmo órgão em Caridrândia. Seduzido pelo novo poder descoberto pelo meu ancestral, Seret Analiom, Judicael logo se tornou um de seus discípulos. Mas como poderoso mago que já era naquela época, alegadamente desenvolveu encantos e feitiços ainda mais poderosos do que os desenvolvidos por Analiom, e isto abriu caminho para seu convite em participar do Conselho das Sombras como um de seus primeiros membros. Dizem que sua personalidade é fria e analítica e isso ajuda a impor sua autoridade entre os arquimagos e senhores sombrios, que temem ser seus pensamentos mais secretos auspiciados por este poderoso mago. E como os demais magocratas sombrios, seu corpo é negro como o ébano e mais alongado, sendo ele o elfo sombrio mais alto de todos, atingindo a notável altura de 1,82m. Seus caninos avantajados, seus profundos olhos cinzentos e seu gosto por se metamorfosear em um morcego gigante, associados à fotofobia que todos os sombrios possuem, geram muitos boatos de que ele tenha se tornado algum tipo de vampiro. Porém ele pode ser visto frequentemente nas festas da nobreza comendo e bebendo do bom e do melhor. Mas o que intriga as pessoas é que ele deve ter pelo menos dois mil e duzentos anos de idade, e apenas aparenta ser um elfo maduro, e nem mesmo os mais poderosos feitiços de prolongamento de vida conhecidos por nosso povo parecem durar por tanto tempo.

- O último, e talvez mais intrigante membro do conselho, é Semaías Issacar. Ele faz parte de nossa história, que relata que no passado ele havia sido um temeroso sacerdote de Palier, e possuía duas espadas gêmeas consagradas ao deus antes de se converter aos ideais sombrios e conhecer a energia infernal. Sua subida ao conselho sombrio foi conseqüência do seu abandono aos velhos hábitos sacerdotais, sua iniciação na magia sombria e sua investida em
treinamento militar. Após perder a mão direita e uma das espadas sagradas na batalha contra Miniel, Judicael construiu uma mão negra para substituir a mão perdida, e o próprio Issacar forjou uma nova espada com energia infernal como pareia da espada sagrada restante. Sua figura enigmática revela não só marcas negras sobre a pele cinzenta do lado direito de seu corpo, mas também marcas douradas se espalham simetricamente em seu lado esquerdo. - Isso é um pouco parecido com suas marcas! - Dizem em bocas pequenas que ele sofre de um transtorno de dupla personalidade, em algumas ocasiões ele age bondosamente como o antigo sacerdote que foi, em outros é agressivo e voraz como o senhor sombrio que é. Verdade ou não, talvez ele esteja tentando se redimir perante Palier. Sua armadura arcana, herança de sua nobre família em Lar, o concede a habilidade de voar com grandes asas que agora também refletem sua dubiedade: uma das asas é rubra e a outra é branca. Essa inconstância preocupa muitos senhores sombrios. Como consegue estar vivo até hoje também é um mistério, pois sua idade pode ser de dois mil anos, mas ele ainda é tão ágil e vigoroso quanto seus guerreiros o são, e conserva o cargo de Supremo Conselheiro de Guerra.


Durante os dias seguintes, Gáldor visita o Palácio Central e observando os transeuntes consegue identificar quem são os três membros em ocasiões diferentes.


Icumus, dia 13 do 7o mês de 1500 DC.


Já fazem cinco dias que Lumiel, depois de muita dificuldade para driblar a sua segurança, entrou em contato com Sedreque, o Rei Roto. O Rei de Rotum recebeu a informação enviada por Gáldor e marcou o encontro para o 17o dia do mês na orla da floresta sombria, em um local próxima a uma das entradas para o do reino dos mortos viventes ao sul de Icumus.

Gáldor passou os dias copiando a magia ancestral de viagem temporal, e finalmente terminou o texto. Lumiel aparece em seu quarto na forma de um gato roxo, e diz as novidades:

- Hermínio se encontrou com alguns de seus aliados, os líderes dos distritos que seu grupo controla. Mas ele não contou a ninguém sobre seus planos, apenas trataram questões administrativas e conflitos menores de interesses. Ele tem dedicado a maior parte do tempo estudando a magia do tempo, e às vezes me faz algumas perguntas sobre símbolos específicos da escola do tempo para que ele compreenda melhor a magia. Então, nas horas de descanso dele eu fui para meu esconderijo extraplanar para ler o livro Temporis Mágicis para poder explicar algumas coisas no dia seguinte. Finalmente, ele dominou o feitiço que você o entregou. Ele testou a magia hoje. Durante uma reunião, ele pediu para se ausentar para ir ao banheiro. No banheiro ele fez o ritual e voltou no tempo 10 minutos a tempo de ir a sua sala antes da reunião e colocar uma pasta com informações adicionais na mesa de reuniões. Depois ele se escondeu perto do banheiro, e entrou um minuto depois de si mesmo, tempo o suficiente para ele não se encontrar diretamente consigo mesmo. Ao sair do banheiro, ele voltou a mesa de reuniões e usou a pasta, conseguindo uma boa vantagem na reunião, que acabou colocando o feiticeiro sombrio responsável pelo distrito menor de Meeribá no seu lado. Ah, eu também tenho ensinado algumas doutrinas do nosso Senhor a ele, e muitas vezes a jovem Hermione se junta a ele na hora destes ensinamentos. Ela tem aprendido bem mais que ele, e me pede para ensinar-lhe algumas orações ao nosso Senhor. Devo atender ao pedido dela?



#116 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 02/10/17 13:17
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Confirmo o pedido do enviado para ensinar Hermione mais e mais sobre Heldrom. Peço o livro do tempo e guardo as páginas da magia ancestral viagem temporal. Então digo-lhe: "É hora de conhecer o conselho das sombras!" Peço para que Hermione me acompanhe até o prédio do conselho, irei me apresentar a eles, faço questão de conhecê-los separadamente.
#117 samuel.azevedo Enviado : 03/10/17 00:07
Nos dias seguintes, Gáldor e Hermione visitam o Palácio Central e ficam na espera dos membros do conselho passarem por eles.

O primeiro por quem ele passa é Semaías Issacar.



Gáldor o cumprimenta, mas ele não o toca e responde o cumprimento de forma sisuda:

- Sei quem você é. Nossa reunião está marcada para o dia cinco do mês oito.

É possível ver que ele portava suas espadas gêmeas, mas suas runas estavam parcialmente escondidas pelas roupas e armadura de forma que era difícil ver o que Hermione havia comentado, mas há um vislumbre de runas douradas e negras quando seu cabelo se move na hora em que ele dá as costas.

No resto do dia, apesar da campana os dois não viram os demais membros do conselho até que desistiram e voltaram para casa. No dia seguinte, conseguiram ver os dois membros restantes do conselho, pela manhã, Semíramis Ancalagon.



Ela se vestia como uma rainha, e esbanjava sensualidade quando olha nos olhos de Gáldor. Mas quando ele abre os lábios ela vira para falar com outra pessoa e segue pelo corredor sem falar com ele. No fim da tarde, encontram com Anátemas Judicael. Ele retribui o cumprimento de Gáldor com um "boa noite", mas não estende sua mão. Brevemente, enquanto ele falou, foi possível observar grandes caninos superiores como mencionado pela anfitriã.



Durante o resto dos dias, Hermínio procura Gáldor para comunicar seus avanços com a primeira magia, e faz algumas perguntas sobre onde como Heldrom o entregou os pergaminhos.

Por fim, se aproxima o dia do encontro esperado com Sedreque e Gáldor precisa definir como irá viajar e o que dirá a seus anfitriões.
#118 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 03/10/17 08:31
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
A cada vez que encontro um dos membros do conselho, uso língua de serpente. Quando Semaías fala comigo, uso minha capacidade de saber quando uma pessoa é justa ou corrupta, então aproveito para falar-lhe: "Não é uma reunião de negócios! Queria ver de perto a grandiosidade dos conselheiros das sombras. É de fato impressionante as espadas gêmeas e sua forma dúbia..."

Quando vejo Anátemas Judicael e antes que ele saia, eu lhe digo: "As pessoas não mentem quanto a sua aparência, meu senhor! Creio que és o maior elfo que já vi e veja que sou de uma família de altos guerreiros dourados! Sou Galdor Tinúviel, mas talvez vossa onipresença já saiba quem sou, afinal foi companheiro de meu antepassado..." Fico atento a sua reação para saber se ele sabe de quem estou falando.

Quando recebo a negativa de Semíramis, busco entre as pedras preciosas que Tersep carregava a mais valiosa, então no dia seguinte volto sozinho ao centro administrativo e peço para que algum servo entregue a Semíramis, em nome de um admirador sombrio. Fico aguardando por ela no corredor, tento mais uma investida. Repito o gesto pelos dias seguintes antecessores a reunião com Sedreque, entretanto após seis dias, no sétimo dia peço que o servo entregue o anel com um diamante negro preso por três cabeças de dragão moldadas no metal prateado, junto dele uma carta: "Senhora Ancalagon, vos rogo que leia esta carta, já que não retribui meus olhares e apelos para falar-lhe. Confesso que jamais desejei tanto algo como vê-la. Meu sombrio coração regozija só de pensar que me rejeita, sem nem ao menos saber de minha admiração. E é por isso que vos escrevo, para ter vossa companhia em um jantar a luz das luas esta noite... (Aqui anuncio um local escolhido previamente). Venha quando as luas alcançarem o alto do firmamento (meia noite), pois assim será mais resplandecente sua beleza. Vos agradeço desde já e independente de sua presença, não atreverei-me a enviar nenhum outro recado ou ousarei buscar as suas palavras novamente. E com este mimo me despeço, esperando vê-la em pouco tempo." Termino a carta com a data e as iniciais do meu nome G.T. Em seguida peço para que o enviado prepare o jantar para o encontro com Semíramis.

Quando Hermínio me procura, lhe digo: "Ele não me entregou os pergaminhos, ele sussurrou enquanto eu dormia e eu mesmo escrevi, não reparou na tinta fresca? Tome."Retiro do manto as anotações da magia viagem temporal e lhe entrego: "Esta é a evolução mais poderosa da magia de volta ao passado".

Convidarei Hermione para conhecer o reino em uma das aves gigantes de Caridrândia, em meio a viagem convencerei ela a ir até a borda da floresta.

#119 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 03/10/17 08:46
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Lançamento 1d20=11
[1d20] Carisma ou Persuasão.
#120 samuel.azevedo Enviado : 04/10/17 10:27
//obs: organizando acronologia: dia 13, já faziam 5 dias do contato com o rei dos mortos, e faltavam 5 dias para o encontro com ele. Dia 14 Gáldor conhece Semaías Issacar. Dia 15, ele conhece Semíramis e Anátemas em horários diferentes. No dia 18 é a reunião com o rei Sedreque. No dia 22 é sétimo dia da investida em Semíramis e o dia do envio do anel do focus para ela. A noite haveria o encontro com ela.

No dia 14 do sétimo mês, Gáldor sente uma dubiedade também em sua capacidade de sentir corrupção. Semaías Issacar tanto era corrupto quanto puro. Usando a língua de serpente ele consegue falar um pouco mais com o conselheiro, que o responde:

- Em outra ocasião eu lhe diria para não desejar as ver mais de perto. Porque você não gostaria de vê-las em ação. Mas desta vez, lhe mostrarei as lâminas. Ele desembainha as espadas gêmeas, e é visível que uma é dotada de runas sagradas, e a outra, de runas profanas. Enquanto conversava, Gáldor nota de perto as runas no pescoço do conselheiro e percebe que as de um lado são divinas e as do outro são demoníacas.

No dia 15, Gáldor nota que tanto Semíramis quanto Anátemas Judicael são corruptos. Este último, graças a língua de serpente, lhe diz, com a voz mais branda, porém ainda séria:

- Se és mesmo descendente de Finwe Tinúviel, tua altura é devida a seres descendente de minha irmã, Bonnybel que se casou com Finwe. Nossa reunião, entretanto é dia cinco do mês oito. Como tio-avô, lhe aconselho: prepare o que quer dizer, com provas. Que nossas famílias triunfem. Então ele dá as costas e se retira.

Nos dias 16 em diante, Gáldor tem enviado presentes para Semíramis, como um admirador secreto. E apesar de suas tentativas de contato visual, ela sempre dá um pequeno vislumbre de seu olhar antes de entrar em alguma porta. Mas ele notou que ela tem se vestido e se movido cada vez mais sedutora.

Neste meio tempo, Lumiel tem relatado as dificuldades de Hermínio no progresso da magia, e algumas reuniões com líderes dos outros distritos. E também relatou que Hermione tem aprendido algumas orações de forma efetiva. Na véspera do encontro com Sedreque, Gáldor convence a anfitriã a levá-lo numa viagem de corvo gigante sobre o reino sombrio. Ela aproveita e usa sua oração de proteção contra a luz em si e no corvo, e os dois sobrevoam a floresta sombria. Ela aponta os limites da floresta e explica que toda aquela região tem efeito do karma infernal como consequência do ritual da noite eterna, mas tal karma é mais concentrado no centro da floresta, perto de Icumus. Ela aponta para o sul, e diz: Em algum lugar por ali é a entrada para Rotum. Depois aponta para o sudeste, no limite com o mar havia um pontinho de luz e ela explica que é onde fica o Farol Estrela Eterna. Então ela aponta para as montanhas ao sudeste antes do farol, e conta que ali fica a cidade de Solumontis. Ela ainda aponta para as montanhas ao redor de toda a floresta e menciona minas diversas. Os dois passam o resto do dia sobrevoando a região.

Gáldor, Persuasão 11, rolamento 11, laranja, médio.

Hermione fica receosa de pousar perto da fronteira com o reino dos mortos, mas o obedece.

Dia 18/07/1500 Chega a hora da reunião com o rei roto.

...

No dia 22, a noite, chega a hora do encontro secreto com Semíramis. //off: qual o lugar você sugeriu?
Usuários visualizando este tópico
Guest
6 Páginas «<23456>
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET