Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

10 Páginas «<78910>
Capítulo 05i - O Vale de Rocha e Lama Opções
#241 Borr Mythigar Enviado : 27/07/17 19:58
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Aproveito que o guardião está confuso digo ao flora.
Tire a doença dele também (aponto para o bárbaro)

Então me viro para Welborn...
Zumi: Bom ver você novamente. Entrego o meu machado que tenho desde o início do jogo. Pegue, mas acho que não será mais necessário.

Não o ataco pois podemos aproveitar a vantagem para ir embora, apesar de que acho que os mercenários irão querer mata-lo de qualquer jeito, se atacarem eu o ataco também, aproveito para o que a Fenris está vendo.
#242 Borr Mythigar Enviado : 27/07/17 20:19
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Me retratando, a arma que tenho desde o inicio do jogo é o machado das luas. Não darei ele, darei a de ferro negro que a ferreira me deu.
#243 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 28/07/17 12:20
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Lançamento 3d20=1,19,14
Continuo atacando.

#244 samuel.azevedo Enviado : 29/07/17 16:19
golpe giratório, ataques, e ações dos aliados se possível - na ordem das iniciativas.
#245 samuel.azevedo Enviado : 29/07/17 16:23
[1d20] crítico em separado...
#246 samuel.azevedo Enviado : 29/07/17 16:51
[1d20] ataque de Welborn
#247 samuel.azevedo Enviado : 29/07/17 16:55
iniciativas: Alcrinontes 9, Borr 7, Gáldor 5, Aliados 2

6a rodada
Citação:
Alcrinontes, golpe giratório 15, rolamento 18, azul escuro, muito difícil: acerta até 4 adversários.
Alcrinontes, ataque de correntes de chamas infernais, coluna 22 (P24-P2) = coluna 2 + 50%, rolamento 6, branco, rotineiro, 0%+50%=50% de dano. x Anão
Alcrinontes, ataque de correntes de chamas infernais, coluna 17 (P24-P7), rolamento 20, cinza, crítico, rolamento 10, laranja: 75%. O potente impacto paralisa o adversário, impedindo de atacar nas próximas 3 rodadas. X Galdor
Alcrinontes, ataque de correntes de chamas infernais, coluna 20 (L24-L2), rolamento 14, azul, 100% de dano. x Orelha de Faca
Galdor, ataque com montante, coluna 16 (M14-M5+3 arma mágica+3 fúria+1 oponente flanqueado), rolamento 1, verde, falha crítica, rolamento 19, azul escuro: Descontrole dá um ajuste de – 3 nas próximas
duas rodadas.
Anão, ataque de machado, coluna 11 (M12-M4+3 ataque oportuno), rolamento 17, azul, 100% de dano.
Cenclope, ataque com chicote de chamas infernais, coluna 12 (M11-M4+5 ataque oportuno), rolamento 19, azul escuro, 125% de dano.
Flora, ataque de chicote de chamas infernais, coluna 8 (M11-M4+1 oponente flanqueado), rolamento 10, laranja, 50% de dano.
Orelha de Faca, Ambidestria 7.
Orelha de Faca, ataque com espadas gêmeas, coluna 12 (M11-M4+5 ataque oportuno), rolamento 14, vermelho, 75%-25%=50% de dano.
Orelha de Faca, ataque com espadas gêmeas, coluna 12 (M11-M4+5 ataque oportuno), rolamento 19, azul escuro, 125%-25%=100% de dano.
Welborn, ataque com machado, coluna 9 (M12-M4+1), rolamento 10, laranja, 50% de dano.


Apesar de não lembrar temporariamente de sua função como Guardião, Alcrinontes permanecia de posse de seus poderes, e vendo que estava sendo atacado, defende-se girando suas correntes em chamas contra Anão, Galdor e Orelha de Faca. O golpe saíra mais fraco contra o anão, que esquiva-se sem muito esforço, porém o peso da batalha já começava a pesar em seus membros; as correntes acertam Galdor em cheio, e ele seria paralisado de tamanha dor se não estivesse imune a dor física ou mágica pela técnica assinatura dos Tinuviel: a Fúria; o elfo, por sua vez, esquiva-se com muito esforço, precisando se jogar para o lado em uma cambalhota.

Borr entrega a Welborn o machado de ferro negro que trouxera do reino de Diatrimis, e se concentra para ver o que a loba estava vendo. Ela descia uma escada em um corredor estreito, e armadilhas disparavam uma atrás da outra sem atingi-la.

o anão mercenário desfere um golpe de seu machado, que é bloqueado pelas correntes. Então o pequenino alado forma um chicote de chamas infernais em suas mãos e o estala contra Alcrinontes, imobilizando um de seus braços, Cenclope lança-se para trás da casa, balanceando a força no chicote com o peso de seu corpo, para não ser arrastado pelo oponente. A demônio florida tenta fazer o mesmo criando para si também um chicote, mas desta vez o guardião desmemoriado esquiva-se.

O elfo cego salta girando com o corpo e atacando com as duas espadas em golpes diagonais contra o guardião, que bloqueia os dois golpes girando a corrente na mão que estava livre.

- Levante-se Fenrir! - Brada, Welborn, avançando com o machado contra Alcrinontes, que por sua vez se esquiva.





Alcrinontes EF 74, EH 7, M5. (com um braço imobilizado)
Anão EF 60, EH 20, P2.
Cenclope EF 15, EH 50, L4, karma 32.
Flora EF 26, EH 56, M3, karma 30.
Orelha de Faca EF 18, EH 42, L4.

Gáldor: +3 no ataque e no dano, imune à dor física ou mágica, fica de pé até -10 de EF.
Gáldor: Descontrole dá um ajuste de – 3 nas próximas duas rodadas (7a e 8a).
Borr: +2 na coluna de ataque do evocador e de até 3 de seus companheiros animais. Duração: 15 rodadas a partir da 4a.
Borr: +1 coluna de ataque e +1 no dano causado por um alvo. A duração é de 5 rodadas (a partir da 5a).
samuel.azevedo anexadas as seguintes imagens:
Emboscando Alcrinontes 05.png
#248 Borr Mythigar Enviado : 30/07/17 22:09
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Lançamento 1d20=8
Ao ver as armadilhas disparando pergunto para Fenris: Está tudo bem?
Vendo que não há com o que se preocupar no momento, puxo mais uma flecha e atiro contra o guardião, mas antes digo a flora para se aproximar de mim.


Flora... Cure ele. (aponto para o bárbaro que estava com Whelborn.)

Ataque: [1d20]
#249 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 31/07/17 13:44
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Lançamento 1d20=10
Off: Não estou atacando com a montante?
Edit: Verdade, desculpe a confusão. Editei os posts. A diferença no dano das rodadas em que você acertou dá 9, vou descontar o dano neste próximo post.

Caso não esteja, transformo a espada bastarda em montante e continuo atacando a criatura.

[1d20]
#250 samuel.azevedo Enviado : 01/08/17 09:42
dados que forem necessários para a ação do guardião e dos aliados, incluindo possíveis criticos, os resultados serão usados na ordem em que forem necessários.
#251 samuel.azevedo Enviado : 01/08/17 10:03
iniciativas: Alcrinontes 9, Borr 7, Gáldor 5, Aliados 2

7a rodada
Citação:
Alcrinontes, ataque de correntes de chamas infernais, coluna 20 (L24-L2), rolamento 19, azul escuro, 125% de dano. x Orelha de Faca
Borr, ataque com arco composto, coluna 7 (M9-M5 +3), rolamento 8, amarelo, 25% de dano.
Galdor, ataque com montante, coluna 13 (M14-M5+3 arma mágica+3 fúria+1 oponente flanqueado-3 descontrole), rolamento 10, laranja, 50% de dano.
Anão, ataque de machado, coluna 11 (M12-M4+3 ataque oportuno), rolamento 14, vermelho, 75% de dano.
Cenclope, ataque com chicote de chamas infernais, coluna 12 (M11-M4+5 ataque oportuno), rolamento 2, branco, erro.
Flora, ataque de chicote de chamas infernais, coluna 8 (M11-M4+1 oponente flanqueado), rolamento 17, azul, 100% de dano.
Orelha de Faca, Ambidestria 7.
Orelha de Faca, ataque com espadas gêmeas, coluna 12 (M11-M4+5 ataque oportuno), rolamento 16, azul, 100%-25%=75% de dano.
Orelha de Faca, ataque com espadas gêmeas, coluna 12 (M11-M4+5 ataque oportuno), rolamento 15, vermelho, 75%-25%=50% de dano.
Welborn, ataque com machado, coluna 9 (M12-M4+1), rolamento 8, amarelo, 25% de dano.


Alcrinontes solta a corrente da mão esquerda, e usa a da mão direita para atacar o elfo cego. Borr atira uma flecha contra ele, e acerta perto de seu ombro esquerdo. Gáldor avança com a montante e o inimigo que já estava cansado e não conseguia mais se esquivar com a mesma efetividade, abrindo um corte em seu peito.

Os aliados atacam quase simultaneamente, apenas o pequenino com asas demoníacas que voltara a subir no telhado erra seu golpe. A demônio florida prende Alcrinontes pelo pescoço, com seu chicote. O anão corta os ligamentos de suas pernas, fazendo ele cair ajoelhado. O elfo orelhudo faz dois cortes no abdomem de Alcrinontes, arrancando o feto bizarro que estava preso a ele, e Welborn abre um talho em seu peito.

Fenrir, que já havia sido curado, se levanta, espantado.







Alcrinontes EF -6, EH 0, M5.
Anão EF 60, EH 20, P2.
Cenclope EF 15, EH 50, L4, karma 32.
Flora EF 26, EH 56, M3, karma 30.
Orelha de Faca EF 18, EH 12, L4.

Gáldor: +3 no ataque e no dano, imune à dor física ou mágica, fica de pé até -10 de EF.
Gáldor: Descontrole dá um ajuste de – 3 nas próximas duas rodadas (7a e 8a).
Borr: +2 na coluna de ataque do evocador e de até 3 de seus companheiros animais. Duração: 15 rodadas a partir da 4a.
Borr: +1 coluna de ataque e +1 no dano causado por um alvo. A duração é de 5 rodadas (a partir da 5a).
#252 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 01/08/17 10:20
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Lançamento 2d20=6,15
Ao perceber que a criatura estava ferida, continuo atacando até minha fúria cessar.

Ataque e Fúria.

#253 samuel.azevedo Enviado : 01/08/17 10:24
Gáldor corta a cabeça de Alcrinontes, e sai de sua fúria.
#254 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 02/08/17 08:42
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Em meio a fúria olho para os alvos infernais ali do meu lado, entretanto antes de ataca-los me vem a mente a imagem de Heldrom, então retomo minha consciência. Olho para os demais e comento: "Achei que seria mais difícil".
#255 Borr Mythigar Enviado : 02/08/17 15:17
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
É. Eu também. Esperem um pouco. Fenrir está olhando o covil dele.
#256 samuel.azevedo Enviado : 03/08/17 18:48
O anão comenta:

- Não foi fácil, e não teríamos conseguido sem nos tornar mais poderosos graças aquela garrafa de Pureza Virginal... Ela comprou bons poderes para mim e meus amigos. Honramos o contrato, saiam logo enquanto dividimos os espólios do guardião. Quem sabe nosso Príncipe não eleja o novo guardião em breve...

Dito isto, ele começa a brigar pela cabeça de Alcrinontes com o elfo. Cada um tentava puxar a cabeça do outro, então o anão caolho arranca um dos olhos, retira seu tapa-olhos e coloca o olho do guardião no lugar. O elfo cego retira o outro olho e substitui um de seus olhos cegos. O pequenino de cem olhos, desdenhando-se deles, vai até o corpo e corta o braço esquerdo de Alcrinontes e arranca seu couro, o vestindo como uma luva enquanto Flora fazia o mesmo com o braço direito. Agora os dois conseguiam fazer correntes de chamas no lugar de meros chicotes. Então todos se voltam para o feto que estava preso na barriga do guardião e começam a lutar por ele.

Pelas sensações transmitidas pela loba a Borr, parecia que ela chegara a alguma sala de tesouro.

#257 Borr Mythigar Enviado : 04/08/17 04:11
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Vamos, Melhor irmos logo.

Dito isto me adianto, entrando no esconderijo do guardião, mas pego Welborn pelo braço e pergunto.
Como está meu mentor? Pronto para outra?

PS antes de ativar/passar pelo portal, quero fazer algo, então se ele não abrir do nada como da última vez, irei fazer.
#258 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 04/08/17 08:11
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Lançamento 1d20=19
Respondo a Borr: "Me aguarde no portal!" Espero que ele saia, e então me aproximo da cena, enquanto memorizo as palavras mágicas de escuridão. Faço isso vou sussurrando em elfíco: "Eu Galdor expulso da casa Tinúviel, abandono Palier criador dos elfos, e venho convocar Heldrom, único deus para que realize meu desejo de envolver meus inimigos em trevas". Paro no meio deles e ativo Escuridão 8, posiciono a montante para dar um Golpe Letal 8, e quero aproveitar que eles estão distraídos com o guardião e ataco de surpresa com um Golpe Giratório 12, tenho Lutas às Cegas 8.

Golpe Giratório [1d20]
#259 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 04/08/17 08:22
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Lançamento 4d20=6,17,18,9
Já tinha memorizado a posição dos meus inimigos, vou rodopiando a montante contra os bastardos corruptos.

Anão, Cenclope, Flora e Orelha de Faca
#260 Borr Mythigar Enviado : 04/08/17 11:22
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Porque? Temos mais o que fazer. Aguardo.

#261 samuel.azevedo Enviado : 04/08/17 12:06
Gáldor esperava o rastreador sair do local e entrar no covil do guardião, mas Borr não sai sem ele.

Enquanto isso, os demônios e condenados lutavam entre si. Cenclope agarra o feto de Alcrinontes e levanta voo, mas Flora estala uma corrente de chamas infernais prendendo seu pé. O elfo agora caolho pega uma faca e começa a abrir o peito do corpo, removendo o coração, mas o anão o impede derrubando o coração no chão com um tapa.
#262 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 04/08/17 13:27
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
A cena desenhada na minha mente se desfaz e volto minha atenção para Borr. Penso comigo mesmo, terei que enviar outras almas corruptas a meu senhor: "É claro!" Passo por ele, enquanto acompanho seu olhar pela viseira do elmo fechado, entro no local onde está o portal.
#263 samuel.azevedo Enviado : 04/08/17 14:05
Os condenados e demônios ficam para trás.

Welborn entra na frente, apoiando-se mutuamente com Fenrir. Em seguida entra Gáldor e por último Borr. A passagem levava a uma escada, e no caminho muitas armadilhas estavam disparadas. No primeiro pavimento, haviam algumas camas em trapos e algumas ossadas de pessoas, demônios e animais. Welborn comenta, com a voz trêmula:

- Lembro vagamente que estávamos aqui. O que aquele monstro nos fez fazer...

- Precisamos esquecer... - comenta o raposa branca.

A escadaria ainda levava para baixo. Na próxima sala a loba espectral esperava por seu rastreador. Haviam ossadas de pessoas, demônios e bestas, e em meio a móveis rústicos havia um pequeno tesouro que provavelmente era a coleção de troféus de Alcrinontes. Welborn e Fenrir encontram seus equipamentos em uma estante próxima.


A escadaria ainda levava para outra sala mais embaixo.

//off: Cada um role um teste de observar.
samuel.azevedo anexadas as seguintes imagens:
Emboscando Alcrinontes 06.png
#264 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 04/08/17 14:47
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Lançamento 1d20=14
#265 Borr Mythigar Enviado : 05/08/17 02:52
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Lançamento 1d20=1
Se puder, uso a habilidade Aprimorar Habilidade 1 (Observar)
[1d20]
#266 samuel.azevedo Enviado : 05/08/17 07:41
[1d20] Welborn
#267 samuel.azevedo Enviado : 05/08/17 07:43
Chama a atenção de Gáldor um escudo dourado com a cabeça de grifo, criatura que faz parte do brasão dos Tinúviel.



Borr fica distraído entre os tesouros e entre procurar por armadilhas.

Welborn, depois de pegar sua mochila e suas armas, fala:

- Pela tríade! Aquele caldeirão tem o símbolo de Maira.

Fenrir pega seus pertences e fica observando um chicote que achou sobre um banco.
#268 Borr Mythigar Enviado : 06/08/17 05:25
Jogador: Carlos Azevedo
EF: 33
EH: 64
Karma: 22
Escudo do Heric é maldade... Maldito 1 Brick wall Brick wall Brick wall Brick wall

É, não há armadilhas no local, e parece que apenas esses itens.
Mas antes de sairmos, quero ver o que é isto.

Pego a garrafa que tinha algo dentro (que a orc mencionou) e quebro tacando na parede mais distante.
#269 Gáldor Tinúviel, o Sombrio Enviado : 07/08/17 10:40
Jogador: saulocr
EF: 84
EH: 132
Karma: 36
Pego o escudo e olho para minha garra, então jogo nos pés de Borr: "Pode lhe ser útil. Vamos embora!"
#270 samuel.azevedo Enviado : 08/08/17 11:03
Quando Borr quebra a garrafa de licor negro, a outra garrafa que estava dentro também se quebra. O conteúdo da segunda garrafa era um vapor que se concentra em um canto da sala.

Welborn apanha o caldeirão e coloca algumas joias dentro, e Fenrir já guardara o chicote e pegava uma espada dourada na mesa.

- Peguem o que quiserem levar e vamos sair daqui rápido!

Barulhos de passos começam a ser ouvidos do topo da escada.

A fumaça adquire a forma de uma bela mulher de pele dourada, cabelos negros e olhos claros, usando um vestido de seda verde e véus, bordado com fios de ouro e coberta de joias.



A mulher olha para todos, assustada e fala alguma coisa em um idioma que ninguém conhece. Ela fala novamente, e Fenrir parece entender o que ela fala, ele responde algo e traduz:

- Ela está dizendo em tessaldariano que somos algo chamado daemoniuns que prenderam ela. Eu disse que não somos tal coisa e Borr a encontrou engarrafada e a soltou. Ela se chama Nadja.

A expressão dela fica menos tensa enquanto ela olha em volta.
Usuários visualizando este tópico
Guest (2)
10 Páginas «<78910>
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET