Criação de Itens Mágicos - Dúvidas e Sugestões Gerais - Tagmar
Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

2 Páginas 12>
Criação de Itens Mágicos Opções
#1 samuel.azevedo Enviado : 23/06/15 12:57
Boa tarde,

Creio que as magias para criação de objetos mágicos precisam de revisão. Vejamos:

Escrituras Místicas - permite encantar pergaminhos com uma magia que vai usar de uma a três vezes (dependendo do efeito); o custo para escrever o pergaminho é 8 m.p. por nível da magia encantada, só encanta até nível 9. Um mago só pode manter 3 pergaminhos encantados deste tipo. Para quê esta restrição? Será que um mago prevenido não pode fazer vários pergaminhos para si? Somente magos do conhecimento ou alquimistas possuem acesso a esta magia. Nenhum sacerdote ou outra profissão mistica tem acesso. Porque não?

Sagração de Itens - permite criar armas até +4, focus até +8, ou aumenta a absorção de uma armadura em até +3. O efeito só dura 1 mês nos níveis mais altos, e custa 20 mo para o efeito mais alto para armas, sendo que custa 12 mo no efeito mais alto
para focus e 11 mo no de armaduras. O custo está muito alto para um item que vai durar tão pouco, e novamente, porque restrição de 3? Seria mais interessante se um sacerdote pudesse manter as armas de todos os seus aliados próximos sagrada? Qual seria o equivalente dessa magia para que magos, bardos ou rastreadores possam fazer ataques com armas que funcionam como armas mágicas contra criaturas que não são feridas por armas comuns?

Agora comparem as magias anteriormente citadas com Retenção Mágica. Em seu efeito mais alto permite armazenar uma magia (de até nível 10) "ofensiva" em um objeto que será descarregada em quem tocar, e a magia armazenada pode ser disparada até 4 vezes durante um período de até 13 anos. O custo é de 8 m.p. por nível do efeito.

A magia Encantamento permite armazenar temporariamente de uma a três magias para uso único. Ela é usada em objetos comuns como joias, cetros e cajados. Não há custo em moedas, mas se o objeto for um cetro ou cajado, tem que ter uma gema por magia armazenada, e as gemas custam 3 m.o. mas não são consumidas no ritual, são parte do objeto. Acho que só Alquimistas podem usar essa.

Não há nenhuma magia, exceto gênese de artefatos, que permita criar poções mágicas.

Porquê? É tão estranho um alquimista que não cria poções mágicas...

As magias Geoanimação e Animação Metálica permite criar constructos com duração permanente no caso da geoanimação e de 1 ano e 1 dia no caso da animação metálica! O custo do maior efeito é 10 m.o. Porque um constructo, que além de atacar poderá agir como um servo ou guardião, é mais barato de fazer que uma arma mágica, e sua duração pode até ser permanente? O constructo não seria algo mais complexo do que uma arma mágica? O constructo pode seguir ordens e agir, já a arma mágica é um mero objeto inanimado encantado com algum bônus mágico.


A magia Gênese de Artefatos está muito confusa em seus 20 efeitos. Ela pode fazer todo tipo de item, dependendo do efeito, o tempo e o custo do ritual são exageradamente grandes, é quase impossível para um personagem juntar o dinheiro para o ritual a não ser que o mestre faça chover dinheiro, mas pelo menos os itens são permanentes. A jogabilidade fica então comprometida por causa da dificuldade excessiva. Concordo que a magia deve ser difícil de fazer, mas ela já possui muitas dificuldades: 1o - é uma magia perdida, então pouquíssimas pessoas ou tomos darão acesso a ela; 2o - para poder lançar a magia, o personagem tem que buscar os componentes catalizadores e se planejar minuciosamente; 3o - o personagem precisa construir ou mandar construir o item antes de encantar, podendo considerar materiais especiais; 4o - depois da execução da magia, há testes de RM para serem
feitos, e o criador do item corre o risco de perder permanentemente EF, EH e/ou Karma. Sei que Tagmar é um lugar onde não se comercializa itens mágicos, que são muito raros, mas as 4 dificuldades que citei já tornam o item mais difícil de se fazer. E se há as magias para criar os itens, deveria ser possível para alguns jogadores utilizá-las - ou seja, deveriam ter uma melhor jogabilidade.

Como um dos idealizadores da Gênese de Artefatos, juntamente com o Hector, o Villanova (se não me engano), e as contribuições do fórum, digo que a magia Gênese de Artefato teve o custo elevado por causa do custo da magia Sagração de Itens - que foi tomada como parâmetro. A quantidade de coisas diferentes que a gênese de artefatos permite fazer foi uma tentativa "tapa buraco" de justificar a existência de todos os tipos de itens mágicos, pois não havia magias para criar algumas coisas como poções.

Acho que todas estas magias de criação de itens merecem uma revisão e alteração dos custos dos rituais e/ou tempo de duração, bem como a quantidade de itens que podem ser feitos em algumas dessas magias. Tudo isso para melhorar a jogabilidade e permtir que os jogadores as usem realmente. Em questões de custo, basta comparar as distorções de custo entre as magias que eu citei no começo do post.

Para mim, por fim, gênese de artefatos seria mais organizada se fosse um conjunto de magias (uma para encantar cetros e cajados, outra para jóias e roupas, outra para armaduras, e deveria ser considerado também a ideia de se criar tomos mágicos que permitam ao leitor aumentar permanentemente uma habilidade ou atributo).

Na minha opinião, deveria haver uma magia comum (sem ser perdida ou ancestral) para criação de poções e elixires. E talvez a magia Escrituras Místicas possa ser elevada até o nível 20 para permitir que se crie pergaminhos das magias perdidas.


Um detalhe interessante, o manual de regras diz que anéis mágicos são mais fáceis de fazer do que armas mágicas.

Citação:
Anéis, Colares e Roupas
Aqui estão classificados qualquer tipo de objeto que seja utilizado sobre o corpo do personagem, como uma capa, uma bota, um bracelete, um colar, um anel, etc. Esses objetos mágicos são mais fáceis de encantar que uma arma ou armadura.
Todos esses objetos precisam de jóias preciosas incrustadas neles para que consigam reter o poder mágico.
Exemplo: Uma luva que da um aumento de +2 no total da Habilidade de Trabalhos Manuais.
Manual de Regras, pág. 113.
#2 cassiusmarques001 Enviado : 28/06/15 22:43
Concordo plenamente... o custo é inviável.
#3 Alisson Enviado : 28/06/15 23:03
Concordo com você Samuel. As magias devem ser revisadas, acho que daria um equilíbrio maior nas classes místicas. De que adianta colocar um ritual que não se pode pagar? De que adianta colocar magias com tantas restrições? Honestamente, falo por mim, mas quando jogo tagmar com algum profissão mística simplesmente não "compro magias" que têm muita desvantagem, acho desperdício de pontos. E acho que muitas pessoas fazem isso também. Muita magia fica apenas para "cumprir tabela" em algumas profissões.
AVDACES FORTVNA IVVAT
#4 Nironde Enviado : 31/07/15 01:00
Uma sugestão seria para caso em poder fazer armas magicas para ter uma ajudinha seria poder usar quanto de karma ser capaz do personagem puder usar mas desde que possa suportar

o que entendo hoje a regra diz se o personagem tiver nível 15 ele só pode usar 15 de karma, e não mais.


Então vem a pergunta um item medíocre e um utra power seja o mesmo risco ????

por favor me desculpem pelas palavra, mas gostaria se possível alguém puder me responder agradeço...

Mas na minha singela opinião

o risco é enorme e que não vale o risco ....
já é um perrengue chegar ao nível e ainda sofre com os efeitos da magia sem valer a pena quem seria insano pra fazer um item?
Já alguém chega em level 20 então faz para prestar favor e tem os efeitos colaterais de magia ancestral se falhar que não é difícil

sinceramente não entendo, desta regra que diz os itens serem raros de se conseguir e pior ficar vivo quanto se tratar de fazer
e nada adianta muito se vc tem os meios.

contudo se ter os catalizadores tem um ou dois níveis ha menos de dificuldade da quase na mesma vc continua depender de quanto karma vc pode usar
e ainda pior penso na variedade de criaturas muitas inúmeras que entre elas só por meio de armas magicas e tem essa fuleragem de raro
escasso não existe. Ainda bem que no meu tempo isso não existia e que havia no jogo itens realmente poderosos,
em que o sujeito tinha que pensar se ia usar porque a final tem um risco, sera que vale a pena? tomar um dano que pode te lesar ou matar se falhar?

pra mim tenho outra opinião pra isso
talvez uma sugestão

Até imagino se alguém aqui ver isso não vai dormir a noite riss


Pode servir como Graduação E Classificação COMUM, RARA, ÉPICO, LENDÁRIA

CLASSIFICAÇÃO COMUM (MAGOS, BARDOS, RASTREADORES, SACERDOTES). MAGIA [BÁSICA ATÉ PODE TER PERDIDA]
Lamentável -3 / Patético -2 / Muito Fraco 0 / Normal +1 / Bom +2 /

CLASSIFICAÇÃO RARA [PERDIDA E BÁSICA] (FEITOS POR: DEMONIOS, FEITICEIROS, MAGOS, BARDOS, RASTREADORES, SACERDOTES).
Ótimo +3 / Incrível +4 / Superior +5 / Heróico +6 / Lendário +7 / Espetacular +8 /

CLASSIFICAÇÃO ÉPICO (FEITOS POR: DRAGOES, DEUSES, DEMONIOS, FEITICEIROS, MAGOS, BARDOS, RASTREADORES, SACERDOTES) OU MAGIA CONJUNTA. [ANCESTRAL E PERDIDA E BÁSICA]
Formidável +9 / Fenomenal +10 / Brilhante +11 / Magnífico +12 /
Fantástico +13 / Mítico +14 / Utópico +15 / Épico +16

CLASSIFICAÇÃO LENDÁRIA (FEITOS POR: DRAGOES, DEUSES, DEMONIOS, FEITICEIROS, MAGOS, BARDOS, RASTREADORES, SACERDOTES) MAGIA CONJUNTA [ANCESTRAL E PERDIDA E BÁSICA]
Spremo +17 / Titânico +18 / Semi- Divino +19 / DIVINO +20



mas vejo que se isso já é o cumulo e que não existe porque como classificam ser desequilibrado tem criatura muito poderosa nenhum personagem vocês tem ou já testaram que passasse de level 12 e que chegasse ao 15 ou mesmo só na imaginação level acima disso então
as criaturas evoluem e as armas e itens estão a desejar e muito pois jamais ira se chegar enfrentar criaturas de poder e ficar vivo
claro que os otimistas dizem que morrer faz parte do jogo porem pra que tanta coisa
não é mesmo se for assim, seria melhor renomear o nome de TAGMAR RPG MEDIEVAL E FANTASIA PARA
APENAS TAGMAR RPG MEDIEVAL (É CLARO REMOVER TODAS AS MAGIAS E PROFISSÕES MISTICAS E CRIATURAS MISTICAS) VIU RESOLVIDO O PROBLEMA...



a questão seria mais simples usa quanto karma puder usar desde que se for superior da resistência a magia do personagem devera submeter a teste de resistência a magia caso se falhar a magia vira sobre você. Sendo assim se aplica aos efeitos da magia ancestral
ja que tratando de uso de karma acima do level ou mesmo no que possa vir a suportar.

OBS isso somente para formar itens mágicos.
ha fica muito forte e desequilibrado ah ta ... mais quero ver você usar uma arma poderosa e ter falha critica você pode se mata com o dano acredite...

E sempre vai haver dificuldade mesmo sendo um João Ninguém... não interessa, oponente sempre é um oponente...



#5 saulocr Enviado : 31/07/15 07:52
Isso chama-se tempestade em um copo de água. E não estou falando de magia, rs

Artefatos Mágicos, ainda mais do tipo permanente, tem que ser complicado mesmo e CARO. Sou de uma época em que um objeto mágico possuía um valor incalculável e nego penava tanto para ter um que quando o fazia era foda!

Quanto as poções: Acho que ficou faltando uma habilidade restrita com o nome "Alquimia". Resolveria.
#6 Ketalel Enviado : 31/07/15 09:45
As aventuras introdutórias de Tagmar, desde o nível 1, já presenteiam os aventureiros com itens mágicos, mesmo que menores. Um anel, um colar, uma espada.
Claro que o Item Mágico, tem que ter destaque, história, ou torna-se simplesmente mais um item no inventário, tão comum quanto moedas e/ou pedras. Perde-se a FANTASIA do cenário e torna-se a magia algo mundano.
A magia deve causar impacto ao ser usada e apresentada, é uma força da natureza a ser temida.
O primeiro RPG que eu joguei foi Tagmar, e o em que uma campanha chegou mais longe, minha campanha épica foi do nível 1 até o 50.
Realmente nos níveis altos tem-se que fazer algumas adaptações, mas isso é normal de todo o RPG.
Tornar a magia comum demais é um erro. Mas vocês tinham que ver a indignação do mago do grupo (quando estava em nível 30) quando descobriu o que ele teria que fazer para fazer um mero anel simples.

Então concordo com o Samuel que os anéis, colares e roupas como sua descrição diz, deveriam ser mais simples de fazer. Ou deveria haver uma magia (perdida/ancestral) que fixasse (tornasse permanente) os efeitos similares à Sagração de Itens.

O melhor para o RPG, e principalmente ao Tagmar é o equilíbrio, com um nível de magia não tão baixo e não tão alto, algo que o jogador consiga a conquista de fazer seu próprio item mágico.
Afinal, melhor do que encontrar aquela "Espada de Szwelston" +3, é você fazer seu próprio "Escudo +1 de [Nome do seu personagem]"
#7 Alisson Enviado : 31/07/15 10:12
Sempre achei que itens mágicos devem ser difíceis de se fazer. Já as poções poderiam ser um pouco mais fáceis, desde que o jogador possua todos os ingredientes. Mas tem outra coisa que me intriga sobre a criação de itens mágicos. Vou exemplificar: anões são famosos por serem ótimos ferreiros capazes de fazer armas poderosíssimas, mas acho que isso é mais lenda que real em tagmar. Se você é um anão guerreiro, mesmo que você tenha estágio 60 nunca irá fazer uma arma poderosa, pois gênese de artefatos é restrita, somente magos e sacerdotes podem usá-la. Não estou dizendo que um anão ferreiro pode criar uma espada com bola de fogo, mas acho que poderia criar uma espada mágica +3. Bom além dos anões, qualquer personagem que tenha muita afinidade com a profissão de ferreiro poderia criar uma arma mágica, não necessariamente com magias. Este seria um grande passo para equilibrar as profissões.
Feliz
AVDACES FORTVNA IVVAT
#8 Joao Enviado : 31/07/15 18:33
Alisson escreveu:
Sempre achei que itens mágicos devem ser difíceis de se fazer. Já as poções poderiam ser um pouco mais fáceis, desde que o jogador possua todos os ingredientes. Mas tem outra coisa que me intriga sobre a criação de itens mágicos.
Feliz


Tivemos esta conversa a um tempo atrás, e me lembro de uma ideia fantástica que citaram (que inclusive poderia virar uma língua também): RUNAS.

Eu sempre pensei que se poderia ter um milagre de Paron que permitisse que somente sacerdotes-ferreiros anões pudessem por runas em objetos. A restrição poderia ser justamente o compromisso junto a Paron de não se envolver com as magias arcanas. Isso também não permitiria que os Anões Crison pudessem fazer runas, uma vez que debandaram para o lado de Tânis e fazem magias magmáticas.
#9 samuel.azevedo Enviado : 31/07/15 21:17
saulocr escreveu:
Isso chama-se tempestade em um copo de água. E não estou falando de magia, rs

Artefatos Mágicos, ainda mais do tipo permanente, tem que ser complicado mesmo e CARO. Sou de uma época em que um objeto mágico possuía um valor incalculável e nego penava tanto para ter um que quando o fazia era foda!

Quanto as poções: Acho que ficou faltando uma habilidade restrita com o nome "Alquimia". Resolveria.



Saulo, acho que você não entendeu. Não quero que fique barato ou fácil, apenas que fique possível. Juntar 15 mo é praticamente impossível, imagine juntar o suficiente para várias semanas de ritual... Minha sugestão era diminuir um pouco, pois a gênese de artefatos já possui muitas restrições. Na época da criação dela as pessoas não acharam que as restrições das várias etapas seriam empecilho, e botaram um valor financeiro alto. Mas ficou alto demais... Nesses anos todos que a gênese de artefatos existe, quero saber quantas pessoas conseguiram usar.

PS: gostei da ideia da habilidade alquimia.

#10 Nironde Enviado : 05/08/15 11:25
Pode servir como Graduação E Classificação COMUM, RARA, ÉPICO, LENDÁRIA

CLASSIFICAÇÃO COMUM (MAGOS, BARDOS, RASTREADORES, SACERDOTES). MAGIA [BÁSICA ATÉ PODE TER PERDIDA]
Lamentável -3 / Patético -2 / Muito Fraco 0 / Normal +1 / Bom +2 /

CLASSIFICAÇÃO RARA [PERDIDA E BÁSICA] (FEITOS POR: DEMONIOS, FEITICEIROS, MAGOS, BARDOS, RASTREADORES, SACERDOTES).
Ótimo +3 / Incrível +4 / Superior +5 / Heróico +6 / Lendário +7 / Espetacular +8 /

CLASSIFICAÇÃO ÉPICO (FEITOS POR: DRAGOES, DEUSES, DEMONIOS, FEITICEIROS, MAGOS, BARDOS, RASTREADORES, SACERDOTES) OU MAGIA CONJUNTA. [ANCESTRAL E PERDIDA E BÁSICA]
Formidável +9 / Fenomenal +10 / Brilhante +11 / Magnífico +12 /
Fantástico +13 / Mítico +14 / Utópico +15 / Épico +16

CLASSIFICAÇÃO LENDÁRIA (FEITOS POR: DRAGOES, DEUSES, DEMONIOS, FEITICEIROS, MAGOS, BARDOS, RASTREADORES, SACERDOTES) MAGIA CONJUNTA [ANCESTRAL E PERDIDA E BÁSICA]
Spremo +17 / Titânico +18 / Semi- Divino +19 / DIVINO +20

CLASSIFICAÇÃO ÚNICO
também tinha me esquecido né
da ultima classificação pra quem acha que item é foda seria item ÚNICO POR SER FEITO ESPECIFICAMENTE POR UMA DIVINDADE OU ENTIDADE EM CASO DRAGÕES ENTRE OUTROS DE PODERES MUITO ALÉM SOBRE HUMANOS...

GASTOS DE KARMA PARA FORMAR UM ITEM ÚNICO COM GRAU DE PODER QUE FAZ TEMER MESMO AOS MAIS PODEROSOS TAIS ITENS NÃO SE PASSA DESPERCEBIDO POR MUITOS EXPERIENTES ENTENDIDOS DE MAGIAS DAS MAIS VARIADAS.
São itens invejáveis e que negociados sempre por outro item equivalente isso ao que normalmente.
Mas que possível em guerras lendárias de se ver alguém portar tais itens. como ( ÉPICO - LENDÁRIA - ÚNICO )

Mas felizmente ao que percebo muitos aqui não concordam com tipos de ideias que tem grau de poder que certamente pode influenciar em aventuras mas claro né, que pra itens de nível tem haver personagens de nível.

Ao meu ver que sempre itens mágicos +1 até +3 ou +4 são itens uteis que considerados apenas mágicos mas porém depender de que esses itens tenham alguma função como bola de fogo, raio elétrico, entre outras coisas que pode ter em um mesmo item pode tornar complexo e obvio maior dificuldade para se formar nisso eu concordo.

acredito que nada seja fácil de se possuir um item magico de grande poder e também de adquirir material para se formar então pra que tanta manha pra fazer um mero item magico +1 ou até +3.

já tive aventura com item com auto poder de destruição e mesmo assim todos tiveram a chance de usar, pergunto.
Sabe quem teve coragem?
Ninguém, simplesmente porque, já é difícil de chegar a nível acima de 8 e assim mesmo, saber que pode se matar com um item destes ou alguém da mesa por azar é melhor não usar.

E ae tem mestre de jogo que fica apavorado sem saber o que fazer em aventura por achar complexo, difícil e trabalhoso pra ter ideia e ter situação de jogadores enfrentar inimigos de nível.

Qual é a final um personagem pode falhar, pode morrer agora sempre ao que vejo um item +1 ou +4 ter tanta enfase pela dificuldade de obter e que na verdade ao que é esquecido e não é comentado que o NÍVEL DO JOGO COM CRIATURAS DE AUTO PODER TEM NO JOGO E QUE NÃO É USADO PORQUE OS JOGADORES NÃO POSSUI ITENS OU SIMPLESMENTE NÃO TEM MENOR CHANCE DE ESCAPAR OU SOBREVIVER, SEJA POR FALTA DE LEVEL OU ITENS MÁGICOS, FAZER O QUE NA MINHA OPINIÃO SÓ MAIS UM MEIO COMODO PARA ENCERRAR E RECOMEÇAR DO ZERO... ISSO MESMO UM BOTÃO DE RESET PARA MESTRE DE JOGO...

Mas no meu tempo ainda bem que embora o mestre de jogo ser duro na queda, ele deixava os meios pra se sobreviver teria que usar de inteligencia, e em grupo ser unido em outro caso ter sorte.

Eu mesmo muitas vezes comecei e morria logo de cara com personagem mas até que ficou ruim para o mestre de jogo e aos jogadores um personagem com nível 1 e outros com nível 10 ou 11 na mesa não seria justo e nem sensato o mestre de jogo dar fim nos personagens e começar de novo ao que na maioria das vezes felizmente acontece mas deixo claro que tive solução o mestre de jogo arranjou, mas porem um caso aparte.

Fator que vejo é possível ter meios de facilitar criação de armas ou itens mágicos pelo que permite, entre tanto ao fato que jogadores não passam de nível 10 a maioria mas quem já chegou a níveis altos parabenizo e aos que possuirão armas magicas de alto poder alem das que sita no livro gostaria de saber....

Pois acho que essa classificação varia para como uma curiosidade e se alguém gostaria de seguir é uma boa referencia.
#11 Nironde Enviado : 06/10/15 15:44
Devo concordar com o Allison mais uma vez, vejo que temos ideia meio parecida. Porem para certos custos sendo inviável ou uma magia absurdamente com efeitos colaterais que não vale o risco de ser concretizada por ter restrições em uma partida.

Mas também ao que ele disse e ao que o Samuel falou faz toda diferença nas partidas RPG.

Citação:
Concordo com você Samuel e Allison. As magias devem ser revisadas, acho que daria um equilíbrio maior nas classes místicas. De que adianta colocar um ritual que não se pode pagar? De que adianta colocar magias com tantas restrições? Honestamente, falo por mim, mas quando jogo tagmar com algum profissão mística simplesmente não "compro magias" que têm muita desvantagem, acho desperdício de pontos. E acho que muitas pessoas fazem isso também. Muita magia fica apenas para "cumprir tabela" em algumas profissões.



Uma sugestão seria para haver meios de gastar mais pontos de karma e a facilitar ao uso pertinente de tais magias
reduzindo ao risco porem não dispensando os itens que deveram ser usados.

Mas pertinente ao custo acho caro também mas também se for assim deveria garantir exito para fazer o item desejado.

A realidade que ninguém tem todo recurso para fazer e também o ouro. Além de tudo o risco é graúdo de mais para tão pouco, não viabiliza e nunca sera usado exceto por alguém que não tenha tido apego ao personagem e que não custou chegar ao nível 10 ou mais.

Eu duvido muito quem tem a disponibilidade em usar tais magias é por isso que concordo que só tem pra cumprir tabela mesmo. Falta mesmo mais flexibilidade ao que percebo que por causa de infelicidade uns e outros em certa época de jogo preferem mesmo manter a tradição ao que ao invés de viabilizar o uso já que uma vez que o jogo evoluiu as magias evoluirão devemos ser mais adeptos e acompanhar o progresso e certamente mais próximo a equiparação das classes.

Sinceramente, não compreendo ao pavor de muitos quando falam de arma magica vejo de modo simples.

Quantos são os efeitos?
Qual nível?

Assim se chegar ver quanto a complexidade.

Assim determina o grau de dificuldade.

E não é isso que acontece?... isso que é inacreditável!!!


Por isso que sugeri como Graduação E Classificação COMUM, RARA, ÉPICO, LENDÁRIA .... Ninguém ainda veio falar sobre isso ou de dar uma ideia melhor ou dar outra solução e ainda estou aguardando...



#12 Alisson Enviado : 07/10/15 13:39
A ideia é interessante e pode ser discutida. Mas acredito que ela deve ser abordada na revisão do livro de objetos mágicos. Apesar de ser uma magia, acredito que, pelo fato de ela estar no livro de objetos mágicos, só poderá ser modificada quando o mesmo for revisado.

Lembrando que este tópico é pertinente ao Livro de Magias. Portanto, vamos redirecionar o assunto da nossa discussão para as magias que criam armas mágicas e que constem no Livro de Magias.

Abraços.
AVDACES FORTVNA IVVAT
#13 Nironde Enviado : 09/10/15 15:05
Animação Metálica

Uma duvida me surgiu, sob essa magia as armas e armadura por estarem sob efeito de magia seria possível de considerar magica? Por favor, justifiquem a resposta, ficarei agradecido...


Em outro pedido que tinha feito foi para revisarem esta magia dei umas sugestões.

A beneficiar ao grupo de aventureiros e tornar flexível e bem requisitado mesmo com o total de gastos contudo para se formar seja bem interessante a todos pois intento não seja deixar o mago mais poderoso mas sim efetivaria um estimulo ao grupo de ajudar ao grupo a como um suporte e oferecer mais estabilidade e ao valor sendo interesse conjunto com outros membros ou aos que se interessar ao que certamente irão procurar de bom grado e será mais usado e deixa de cumprir tabela mesmo se for de level menor.

Também sugeri umas desvantagens. Mas posso melhorar o argumento preciso saber se é interessante a todos.

Ha mais uma coisa

Mago Alquímico seria bom se ele pudesse fazer poções mas só por conta desta magia que eu sugeri Animação Metálica se não for tratada certamente pelos cálculos seria inviável e impossível de se realizar pois os gastos somente com esta magia é pra lá de absurdo é astronômico, contando as armas e armaduras para cada level tornou a magia impraticável pois somente um tolo faria.

Socorro pessoal esse colégio qual quer um ira declarar falência só com essa magia.

#14 Nironde Enviado : 09/10/15 15:25
Encantamento


Essa magia delimita sob qual objetos por exemplo o level 10.


Citação:

Encantamento 10: Encanta um cajado comum
com 3 magias de nível máximo 8, a duração do
encantamento é de 1 ano e 1 dia.


Horas porque não uma luva ou cito colar anel bota, sandália de maior poder ou se pode um cajado porque não uma lança? Tem vários objetos...


Citação:
Até 3 magias de nível máximo 8



Por que não uma no nível 10 e outras de nível 8?







#15 Nironde Enviado : 09/10/15 17:36
Complexidade em formar Armas Magicas.

Mais uma vez tenho dar mais um palpite que pode interessar mas como o Allison disse e talvez isso pode ser também discutido por exemplo mais pra frente sobre construir um objeto sendo como arma magica.


como havia pensado sobre isso que poderia viabilizar mais ou ter dificuldade seria muito relativo como exemplo:


Citação:
Que o efeito magico seja voltado a tabela da arma somente.

Que o efeito magico seja voltado a tabela e ao dano da arma somente.

Que apenas o efeito magico seja voltado ao dano da arma.

Que tenha todos os efeitos distribuídos proporcionalmente ou não.


Efeitos mais ou menos complexos.


Citação:
Que por efeito magico seja voltado a tabela da arma somente e mais uma magia.

Que por efeito magico seja voltado a tabela e ao dano da arma somente e mais uma magia.

Que apenas o efeito magico seja voltado ao dano da arma e mais uma magia.

Que tenha todos os efeitos mais uma magia.

Que tenha todos os efeitos mais duas magias.

Que tenha todos os efeitos distribuídos proporcionalmente ou não.




Ao mesmo seria aplicado para armaduras quais quer proporcional aos efeitos entre ABSORÇÃO E DEFESA.
É IMPORTANTE QUE A PARTIR DO QUE FOR ESCOLHIDO NÃO SERÁ MAIS ALTERADO.


Outro fator muito importante e gostaria de apresentar aqui seria o seguinte:

Se a arma possui até +4 sendo ela um Gládio, então seria assim hoje atualmente.

L0 = +7
M0 = +4
P0 = +1

e ao dano

100% = 20
75 % = 16
50 % = 12
25 % = 8

Ao meu ver tornaria interessante mesmo embora for +4 mas distribuído no modo como quiser, exemplo:

Que o efeito magico seja voltado a tabela e ao dano da arma somente.

L0 = +14
M0 = 0 (obs. tirado pontos daqui e lançados no L0)
P0 = -1 (obs. tirado parte dos pontos daqui e lançados no L0)

e ao dano

100% = 20
75 % = 16
50 % = 12
25 % = 8

Ou de outra forma.
Que apenas o efeito magico seja voltado ao dano da arma isso é extremamente perigoso ao usuário da arma pois pode é se matar com ela, imagine tomar um dano em si mesmo 25% OU 50% é doido.
Essa arma não seja para principiante ate os melhores de alto nível pode hesitar em usar.

L0 = +3
M0 = +0
P0 = -4

Obs. Toda a tabela é voltada para o dano da arma +4 x 3 número de tabela

100% = 28
75 % = 24
50 % = 20
25 % = 16


Vendo assim parece ser desequilibrado mais não é o que parece.
Mas embora pra tudo querem deixar com que as coisas sejam impossíveis de acalçar porque em algum momento passaram por isso e apesar não querer admitir do que o jogo evoluiu e ter criaturas de alto nível não abre mão de viabilizar ao uso de magias ou mesmo com que admita flexibilidade e ao que torne a ser usado mais corriqueiramente mas felizmente os caras acham que tenha ser impossível.
Eu na minha humilde opinião deixar claro que seja mérito do jogador as suas conquistas.









#16 Alisson Enviado : 09/10/15 23:58
Nironde escreveu:

Animação Metálica

Uma duvida me surgiu, sob essa magia as armas e armadura por estarem sob efeito de magia seria possível de considerar magica? Por favor, justifiquem a resposta, ficarei agradecido...

Não Nironde, a arma não se torna mágica. O feitiço encanta apenas a armadura.

Citação:
Com esta magia o mago alquímico é capaz de animar armaduras. Estas devem ser couraças parciais com elmos fechados, de onde ela obterá toda a sua Energia Física.
AVDACES FORTVNA IVVAT
#17 Alisson Enviado : 10/10/15 00:03
Nironde escreveu:
Encantamento


Essa magia delimita sob qual objetos por exemplo o level 10.


Citação:

Encantamento 10: Encanta um cajado comum
com 3 magias de nível máximo 8, a duração do
encantamento é de 1 ano e 1 dia.


Horas porque não uma luva ou cito colar anel bota, sandália de maior poder ou se pode um cajado porque não uma lança? Tem vários objetos...

Nironde, esta magia pode encantar também outros objetos, veja:
[quote]Com esta magia o mago alquímico poderá imbuir uma ou mais magias a um “objeto comum”, “Cetros” ou “Cajados”.


Você qui dizer em todos os níveis poder ser também um objeto comum?



AVDACES FORTVNA IVVAT
#18 Nironde Enviado : 10/10/15 00:57
Concordo com você Allison e obrigado por me responder.


Citação:
Magia
Encantamento

Nironde, esta magia pode encantar também outros objetos, veja:
Com esta magia o mago alquímico poderá imbuir uma ou mais magias a um “objeto comum”, “Cetros” ou “Cajados”.



Mas acho que você começou a me entender ele especifica restringe e delimita. Por que não uma lança ou que seja um punhal, por certo na descrição dava a entender que no nível 10 cabe somente “Cetros” ou simplesmente “Cajados”.

Se for assim como descreve na magia seria apenas possível como um cajado comum.
Neste caso se for possível o texto tem que ser incorporado outros objetos ou armas ao level da magia.



Citação:
Encantamento 10: Encanta um cajado COMUM
com 3 magias de nível máximo 8, a duração do
encantamento é de 1 ano e 1 dia.



E mais somente ate nível 8 para uma magia de nível 10? Por que? Certamente talvez isso pode fazer diferença a formar itens ao uso de magia casada com outras profissões ou possivelmente no futuro ao uso talvez quem sabe de magia Ancestral.



#19 Alisson Enviado : 10/10/15 09:03
Realmente, não faz sentido, poderia ser qualquer objeto sempre. Acredito que o redator deu essa prioridade aos cajados e cetros por achar que eles têm mais capacidade de reter magias mais pelo fato de ser muito comum magos terem cajados, então ele deve ter achado interessante que fosse assim.

Sua sugestão foi registrada na lista de magias a revisar.

Muito Obrigado pela colaboração!
Applause
AVDACES FORTVNA IVVAT
#20 Hector Folha-Palida Enviado : 21/10/15 10:42
Como pai do problema, parece que resolvi voltar em um momento oportuno.

Alguns pontos a serem esclarecidos.

A Magia Gênese de artefatos, é uma regra opcional, para jogadores que desejem fazer uma campanha no estilo forjador místico. Por isso ela vêm com uma tabela enorme de reagentes mágicos.

Facilidade/dificuldade de fazer itens mágicos: Lembro quando peguei a missão de fazer o livro objetos mágicos pra fazer e me falaram que não existiriam itens mágicos aleatórios, eles deveriam possuir uma razão de existir e não apenas cair de arvores. Ao criar uma mecânica mais simples de criar artefatos, significa que todos os habitantes do mundo tem acesso a essa mecânica, e não apenas o PJs. Então se existe uma magia mais simples de se fazer poções, existirá um mercado delas. E o mesmo vale para roupas e armas. E sendo Tagmar, na época da confecção do livro, um mundo low magic, não faz sentido qualquer aventureiro ter seu escudo +1 e sua espada +2 e um cajado com 3 magias.

Complexidade da produção de um artefato: O método é complexo, caro, arriscado e difícil, por que um artefato encantado permanentemente pode ter um efeito destruidor em um mundo low magic. Simples assim.

Sagraçao de itens x Criação de Golens: Uma espada encantada pode ser usada em qualquer batalha em qualquer lugar, um Golem de ferro tem muitas limitações táticas.

Escrituras Místicas: Tem que ser melhorada pois beira a inutilidade. XD

Por que apenas cetros e cajados: Magos possuem apenas 1 pontos para armas, e lanças, espadas e etc não são acessíveis ao mago. E lembrem que um cajado parece um andador de viajante e não uma arma, o mesmo vale para um cetro (geralmente um adorno cheio de joias).

E cuidado com a equilíbrio entre as classe encantadoras de itens e a criação de combos.

Abraços e excelente trabalho a todos
#21 Alisson Enviado : 21/10/15 11:00
Muito obrigado pelas explicações.

Sobre a magia Escrituras Místicas, você poderia dizer o motivo pelo qual ela é quase inútil? Porque eu estou registrando todos os motivos pelos quais as magias devem ser revisadas.

Abraços.
AVDACES FORTVNA IVVAT
#22 samuel.azevedo Enviado : 21/10/15 11:38
Hector! Que bom lhe rever por aqui!
#23 Nironde Enviado : 21/10/15 16:49
Hector Folha-Palida

Citação:
A Magia Gênese de artefatos, é uma regra opcional, para jogadores que desejem fazer uma campanha no estilo forjador místico. Por isso ela vêm com uma tabela enorme de reagentes mágicos.

Facilidade/dificuldade de fazer itens mágicos: Lembro quando peguei a missão de fazer o livro objetos mágicos pra fazer e me falaram que não existiriam itens mágicos aleatórios, eles deveriam possuir uma razão de existir e não apenas cair de arvores. Ao criar uma mecânica mais simples de criar artefatos, significa que todos os habitantes do mundo tem acesso a essa mecânica, e não apenas o PJs. Então se existe uma magia mais simples de se fazer poções, existirá um mercado delas. E o mesmo vale para roupas e armas. E sendo Tagmar, na época da confecção do livro, um mundo low magic, não faz sentido qualquer aventureiro ter seu escudo +1 e sua espada +2 e um cajado com 3 magias.

Complexidade da produção de um artefato: O método é complexo, caro, arriscado e difícil, por que um artefato encantado permanentemente pode ter um efeito destruidor em um mundo low magic. Simples assim.

Sagraçao de itens x Criação de Golens: Uma espada encantada pode ser usada em qualquer batalha em qualquer lugar, um Golem de ferro tem muitas limitações táticas.

Escrituras Místicas: Tem que ser melhorada pois beira a inutilidade. XD

Por que apenas cetros e cajados: Magos possuem apenas 1 pontos para armas, e lanças, espadas e etc não são acessíveis ao mago. E lembrem que um cajado parece um andador de viajante e não uma arma, o mesmo vale para um cetro (geralmente um adorno cheio de joias).

E cuidado com a equilíbrio entre as classe encantadoras de itens e a criação de combos.



Hector Folha-Palida fez um bom trabalho mas porem vejo na minha humilde opinião que como já vinha dito e venho dizendo, o jogo já não sendo o mesmo e esta claro que evoluiu muito de lá pra cá e que nestas condições atuais e eu acredito que você também tenha mesma opinião.

Pra época que era pra condicionar um item e até hoje segue estes padrões que sinceramente depois de muita luta pra chegar e conquistar os leveis e obter magia e recursos para formar um item, confesso que jamais arriscaria fazer um, é totalmente incabível, insana de arriscar a vida por uma coisa que ao meu ver que o poder que seja ele mais +1 mais +2 ou até que seja +5 certamente até lá eu teria amor ao meu personagem.

Por isso tem certas magias com eficiência e compeça mais do que arriscar tudo por nada...

Exemplo de que seja valido por uso de magia em que não se perde se ganha é Retenção Mágica e Sagração de Itens, observe que embora a visão para os tradicionais era de valorizar armamentos ou objetos de magia permanente, mas como o custo é inviável e realizar seja uma tarefa para deuses e não mortais preferiram deixar tais magias por certo para cumprir tabela.

Criaram varias criaturas poderosas e magias poderosas e sonham que um dia igualar ou de equilibrar as profissões isso nunca ira acontecer ate porque nestas regras atuais o guerreiro e ladino são profissões desprezadas por muitos que não reconhecem o seu valor pois a final sabe que a magia é que conta e não força bruta.

Por tanto essa historia que fazer item magico de propriedade +1 ou mesmo +5 lembro que ao meu ver o que conta um item ser realmente poderoso são as propriedades com que ele tem.

Digo isso pois só por ter uma arma +1 a mesma dificuldade, imposta para uma sendo +1 com raio elétrico
10 e qual quer outra coisa...


Convenhamos pergunto a você Hector Folha-Palida você chegou ao nível 25 teu personagem tem 5 anos jogando quase todos os dias do ano e por muita sorte chegado com vida. Agora você iria arriscar seu personagem em fazer item magico medíocre arriscando toda a campanha em seus 5 anos de jogo serem sacrificados para formar isso?

+1 ou +2 apenas que seja permanente?

seu personagem tem mais HABILIDADE EM COMBATE QUE +1 OU +2
seu personagem é perito em uma arma para cada level você tenha gastos pontos nela
vamos dar um exemplo.
Supondo que tenha escolhido um Cimitarra e que tenha um Gladio além disso teu personagem tem magias poderosas, Ancestrais e Perdidas.


Cimitarra L27 / M26 / P22 / Dano 20 / 15 / 10 / 5

Gládio L28 / M25 / P21 / Dano 16 / 12 / 8 / 4


Quer arriscar seu personagem em um processo perigoso para seu personagem sem vantagem e que possa ate se tiver sucesso ser alvo de ladrões ou por alguém medíocre que queira sacrificar a vida pra te tomar de você? A final fatalidades acontecem em todo tempo.

Agora responda com toda sinceridade e seja honesto com sigo, mesmo quanto vale seu tempo? E você da valor ao seu personagem de level 25? A final você somente chegou até aqui, com cautela e prudencia e sorte mas contanto mais com a prudencia do que mera com a sorte pois outros jogadores do seu grupo de 6 jogadores contando com você não tiveram a mesma sorte. O que você me diria e outros ao que acham por acaso é justo um guerreiro neste estagio chegando seria milagroso isso se dependendo de magia comparado seja ele contra um sacerdote ou rastreador ou mago quem é mais poderoso????


Um mago jamais ira se expor ao guerreiro para enfrentar e também um guerreiro tendo sua chance de vitoria reduzida quase tornando impossível de aproximar para atacar e se acham que o guerreiro pode matar um mago somente se ele não tiver pra onde ir, mas com karma se vai pra onde quiser e quando o mago se recuperar terá nova chance contra o guerreiro.

Por tanto magia se combate com magia. E não tem outro jeito agora se querem deixar como esta sou mais um personagem com magia do que um sem... Certamente sempre no fim quem tem magia sera sempre o mais poderoso e preparado, suas chances de vitoria e de fuga sobre põe ao guerreiro ou ladino...








#24 Hector Folha-Palida Enviado : 22/10/15 10:31
Grande Samuel, saudades dos nossos debates.

Nironde, concordo plenamente com o que você colocou, mas como coordenador na época eu tive que limitar o que eu queria em prol do que era pedido de mim pelos demais membros. (e eu subi um ladino até o nível 32 sem itens mágicos, foi muito épico e difícil, mas muito divertido)

Fico muito feliz com a mudança de paradigma que o Tagmar sofreu e isso me dá energias em voltar aqui e debater com vocês novamente, mesmo na condição de mais membro. Só expliquei a a situação que a regra foi criada para que agora vocês possam ter uma base melhor para fazer as mudanças, e se no fim a magia Gênese for removida do material oficial eu não vou criar caso. XD

Dito isto eu não sei como se encontra o atual campo de objetivos nesta parte das regras, mas tenho fé em vocês.

Sobre a Magia Escrituras Místicas:

Alguns pontos problemáticos:

"Não é possível para um mesmo mago manter mais de 3 pergaminhos encantados em um mesmo período de tempo, com este ritual." Somado com "A magia retida no pergaminho será liberada quando alguém pronunciar as palavras das Escrituras Místicas."

Isso significa que se ele perder o pergaminho por qualquer razão, ele deverá esperar que este seja consumido para fazer um novo ou não?

As limitações de nível nos efeitos contradizem o texto descritivo da magia que diz "O evocador poderá reter no pergaminho, qualquer magia que ele saiba evocar"

E ela se torna inútil, pelo fato que embora em níveis mais elevados ela sirva como reserva de mana, os rituais ficam muito caros para ser prático, ainda mais que o papel (papiro) utilizado na confecção só é encontrado em cidades grandes o que complica um pouco o dia-dia dos aventureiros.


Pessoalmente acho melhor cria uma magia escrever pergaminhos ou permitir que a escritura seja feita em qualquer superfície que possa ser escrita (que daria uma versatilidade enorme a magia).

Abraços e empolgado em estar de volta
#25 Alisson Enviado : 22/10/15 10:57
Registrei suas dúvidas e sugestões na lista de magias a revisar que está em elaboração. Quando chegar a vez desta magia ser revisada, será lembrada sua sugestão.Feliz
AVDACES FORTVNA IVVAT
#26 Nironde Enviado : 22/10/15 12:19
Hector Folha-Palida...

Citação:
Nironde, concordo plenamente com o que você colocou, mas como coordenador na época eu tive que limitar o que eu queria em prol do que era pedido de mim pelos demais membros. (e eu subi um ladino até o nível 32 sem itens mágicos, foi muito épico e difícil, mas muito divertido)

Fico muito feliz com a mudança de paradigma que o Tagmar sofreu e isso me dá energias em voltar aqui e debater com vocês novamente, mesmo na condição de mais membro. Só expliquei a a situação que a regra foi criada para que agora vocês possam ter uma base melhor para fazer as mudanças, e se no fim a magia Gênese for removida do material oficial eu não vou criar caso. XD


Hector Folha-Palida, ola nobre fico feliz de perceber que você seja uma pessoa liberal e que busca participação importante aqui em conta disso apreciamos o seu trabalho e que busca para que o torne um jogo ainda melhor e que faça maior divertimento aos jogadores tornando ao sonho destes possível.

Ao meu intento é tornar a magia de Gênese viável pois aos meios alem de caro não garante o sucesso no processo por isso, esse seja um dos problemas.

Mas além disso isso nem seja a pior coisa, pois além de caro ainda pode se resolver de algum modo em obter recurso a longo prazo isso significa pra quem tem dinheiro é mais fácil.

Mas de qual quer modo pra que você iria dispor de recurso para esse proposito?

Outro ponto o mais critico seja que apesar para alguns terem essa magia como um marco de desafio. Com tudo é absurdo em como ter de realizar o processo na confecção as suas chances mesmo com todo aparato as dificuldades em ter exito é quase que impossível.

Não bastando é claro em obter recursos por exemplo como escamas de um animal perigoso em potencial correndo risco da vida do personagem terminar com anos de campanha ali mesmo, visto assim chega ser praticamente frustrante e desmerecedor que por sua conquista não obter nenhum mérito é extremamente frustrante pois arma magica para um personagem de nível 15 dependeria da aplicação com exito em dificuldade quase impossível isso não chega ser nada viável e aplicável sei que você somente cumpriu com que lhe pediram para se fazer na época devida a pressão teve de ceder para que aprovação deste trabalho, pois havia muita tarefa e a propagação dos meios mágicos serem criados alem de criaturas misticas e dragões.

Ao que percebo espero não ter de acreditar aqui pessoas agirem de influencia de posição em beneficiar seus próprios interesses nem tão pouco ter costa-quente. Ao meu proposito é por algo coletivo.

Espero que pensem com carinho desde já por algo com que sugeri e volto a citar novamente se por favor terem alguma objeção favor recomendar ou providencie argumente solução para o problema.

Sei que isso não teve mudança e não pretenderiam mexer por devido alguns conservadores aqui...


Itens mágicos confeccionados terem classificação.

Classificação

MEDÍOCRE, COMUM, RARA, ÉPICO, LENDÁRIA, UNICO


Na minha humilde opinião tenha ser classificado durante ao processo é claro. Isto é, quem o fará não escolhe ao sucesso ou fracasso e que obviamente tendo um exito ou não, sendo muito significativo torna um item como as descrições ou potencialização do mesmo.






#27 Hector Folha-Palida Enviado : 22/10/15 14:31
Nironde,

Medíocre vem da ideia de algo médio, nem acima nem a baixo.
Comum significa algo que existe em todo lugar ou que todos possuem.

Para mim fica difícil explicar para um jogador de 10 anos de idade a diferença conceitual e por que um é melhor que outro. Não seria o caso de ambos serem a casta mais baixa dos artefatos?

Entre o raro e épico, temos que: Raro = algo que possui poucas cópias conhecidas ou produzidas em relação a sua demanda. Épico, possui uma história, romanceada relacionada a ela.

Lendário, relativo a lendas, mitos.

Único, Highlander style, só poder haver um. Ou por que só foi feito 1 ou por que é o ultimo que sobrou.

Esse foi o raciocínio utilizado no Livro de Objetos.

Meu ponto é: não seria melhor atrelar a terminologia ao mundo de tagmar, do mesmo modo que foi feito com as magias?

Temos até algum material relativo a isso, que define a origem dos artefatos.

Minha sugestão seria algo assim:

Itens Arcanos (feitos por não sacerdotes)
Mundano -> Mágico -> Excepcional -> Único

Itens Históricos
Comum -> Raro ->Perdido -> Ancestral -> Lendário

Itens Sagrados (feitos por sacerdotes)
Abençoados -> Reliquias -> Sagrados -> Divinos

que tal?
#28 Nironde Enviado : 22/10/15 16:51
Hector Folha-Palida.
Citação:

Minha sugestão seria algo assim:

Itens Arcanos (feitos por não sacerdotes)
Mundano -> Mágico -> Excepcional -> Único

Itens Históricos
Comum -> Raro ->Perdido -> Ancestral -> Lendário

Itens Sagrados (feitos por sacerdotes)
Abençoados -> Reliquias -> Sagrados -> Divinos

que tal?



Isso já seria um começo... Mas lembrei do Tagmar 1 sorteio na tabela.


Porem eu pensei assim pelos níveis de dificuldade com que aplicar na confecção sendo bem sucedido daria maior o poder ao item

Exemplo

Citação:
Lamentável -3 / Patético -2 / Muito Fraco 0 / Normal +1 / Bom +2 /

Obs. para confeccionar este item visto que a base tenha sido ruim um resultado branco por exemplo.
A desvantagem seria aplicada proporcional a vantagem aplicada, ou seja, para uma espada ira diversificar na tabela somente, e podendo ou não ser mais ou menos letal.


Considerando bem sucedido.

Normal +1 / Bom +2 /

Ótimo +3 / Incrível +4 / Superior +5 / Heroico +6 / Lendário +7 / Espetacular +8 /

Formidável +9 / Fenomenal +10 / Brilhante +11 / Magnífico +12 /
Fantástico +13 / Mítico +14 / Utópico +15 / Épico +16

Supremo +17 / Titânico +18 / Semi- Divino +19 / DIVINO +20 ÚNICO


Isso já poderia definir o nível com que o item ira possuir em magia que tenha exercer com seu poder...


Sendo assim possuir uma ou mais magias de encantamento proporcional ao nível do sorteio em um dado de
1d20.




Tenho uma tabela, mas não sei como postar a figura, risss... cliquei em imagem mas não acontece nada só aparece entre colchetes img.

a tabela seja simples e seria apenas fazer o sorteio não tem mistério.








#29 Ares Enviado : 22/10/15 22:46
Nironde escreveu:

Tenho uma tabela, mas não sei como postar a figura, risss... cliquei em imagem mas não acontece nada só aparece entre colchetes img.

www.imgur.com
Upa ela no site, pega o link da imagem e coloca no BBCode
Código BCC:
[img]i.imgur/olkinkaqui.png[/img]
.
Não precisa de cadastro e nunca tive problema com o site, nada apagado e o link da imagem não redireciona para outra coisa como photobucketes da vida.
#30 Nironde Enviado : 23/10/15 12:16


Tive essa ideia mas embora deva ser vista por todos para melhorar a fim de facilitar para todos e ao mestre de jogo ter flexibilidade e realizar de modo transparente aos jogadores e certamente sabemos para com que ao uso seja proporcional a aventura atual sem que comprometa aventuras futuras.
Por isso seja visto o nível dos jogadores e a proporção do desafio a eles pelo mestre de jogo.


Fato também que daria mais emoção aos jogadores e mais prazer e expectativa por oportunidades que surgirem.

Citação:
Segundo ao Hector Folha-Palida ao que ele sugeriu
seria algo assim:

Itens Arcanos (feitos por não sacerdotes)
Mundano -> Mágico -> Excepcional -> Único

Itens Históricos
Comum -> Raro ->Perdido -> Ancestral -> Lendário

Itens Sagrados (feitos por sacerdotes)
Abençoados -> Relíquias -> Sagrados -> Divinos


Logo, devo lembrar que o mestre de jogo seja cauteloso e realize muito com antecedência para não perder tempo muito com isso... É responsabilidade do mestre de jogo dar poder aos jogadores mas como também de manter ao equilíbrio das campanhas.

O mestre de jogo avaliaria naturalmente ao nível dos jogadores equiparado as necessidades e escolha podendo ser opcional a escolha ou então por sorteio do colégio e magia que ao item ira portar daria uma expectativa maior, nota que pode ser de muito útil ou não nesta opção.

exemplo: Mago, Rastreador, Bardo, sacerdote.

Sorteio para tipo de magia BÁSICAS, COLÉGIOS, PERDIDA, ANCESTRAL. Optar por sorteio pode ser opcional podendo ser a principio na escolha do mestre de jogo a qual tipo e a seguir ira fazer o sorteio, (podendo ou não ser vetado a Perdida e Ancestral ao que depender da decisão do mestre de jogo).

Obs. O mestre deva escolher com antecedência o veto.
se o item possua mais de uma magia para se usar deva realizar sorteio.

pensei em algo não sei tenho que saber do Hector Folha-Palida sobre Mundano - Mágico - Único

Mundano (seja magico ou não ou magia temporária ou delimitada por números de vezes usado diariamente ou sendo passiva em casos de maior nível podendo ser permanente), caso seja magico capacidade em conceder em níveis habilidades extras ou mesmo apenas de facilitar suas habilidades.
Tributo, Habilidade, Defesa, Absorção, Resistência a Magia ou Resistência Física, Habilidade de Combate. Detalhe caso optando não ser magico este item com certeza seja OBRA PRIMA é também confeccionado com uma ou mais de uma joia.
Seu dono provavelmente tinha intento de realizar com que este objeto fosse magico um dia.

Aventureiros mais experientes tem muito apreço por estes itens é comum que costumam trocar por outros itens mágicos porém isso pode também se chama a atenção de ladrões por ter um alto valor de interesse para ser comercializado mercado negro e para certas guildas terem como troféu em outros premio a guerreiros Veteranos reconhecidos temidos por suas habilidades.
Em outros casos embora algumas guildas recrutam seus novos membros para haver de colecionadores ou de pessoas que admiram obra de arte tendo como desafio obter tais itens, isso seja visto por rumores que se dizem.

O que acha Hector Folha-Palida? Isso até daria muitas aventuras historias, quem sabe um conto... riss






Usuários visualizando este tópico
Guest
2 Páginas 12>
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET
LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.