Bem-vindo Convidado Pesquisar | Discussões (ativas) | Entrar | Registrar

Responder...
🧠 Plano Místico
#1 Marcelo_Rodrigues Enviado : 25/01/24 10:05
Esta tarefa é para revisar a magia Plano Mistico que é muito boa, mas tem um problema:

Magia bem útil, mas ninguém pegará os níveis altos


Alguém pode sugerir melhorias?
#2 Artorius Enviado : 25/01/24 17:53
A problema dessa magia é o espelho.
os grupos de aventureiros são itinerantes, logo geralmente não possuem lugar fixo, e como carregar um espelho de 2m x 2m?

se pudesse ser algo transportável, como um tapete, uma pintura, até uma tapeçaria a magia ficaria viável.
se uma alteração nesse sentido puder ser feita eu posso ficar encarregado dela.
#3 Fábio_CM Enviado : 26/01/24 02:14
Citação:
A problema dessa magia é o espelho.
os grupos de aventureiros são itinerantes, logo geralmente não possuem lugar fixo, e como carregar um espelho de 2m x 2m?
se pudesse ser algo transportável, como um tapete, uma pintura, até uma tapeçaria a magia ficaria viável.
se uma alteração nesse sentido puder ser feita eu posso ficar encarregado dela.

Mas não é necessário carregar o espelho. O mago carrega a jóia-chave. O espelho, que pode ser qualquer um que atenda o requisito de tamanho, só serve como porta. Imagino que ele não seja um objeto raro nos muitos palácios que Tagmar possui, embora ele pudesse diminuir um pouco (quem sabe para 2 m² no nível máximo).

Eu não vejo muitas limitações nesta magia. Com o planejamento certo ela pode servir como uma forma de comunicação a qualquer distância de forma instantânea. Basta dois magos em lados opostos do continente possuírem a chave para o mesmo plano. Ela também serve como um cofre extremamente seguro.

Talvez acrescentar alguns exemplos de uso já seja o suficiente, além de encolher um pouco o tamanho do espelho para tornar mais comum o encontro com potenciais portas.
#4 Marcelo_Rodrigues Enviado : 26/01/24 08:14
Arturius,

coloquei seu nome na tarefa. Sugestões para deixar melhor:

1) o espelho só precisa para o ritual. O custo do ritual seria o espelho que tem de ser de prata (o que acha)?

2) Com a chave vc abre o portal em qualquer lugar (não precisa do espelho que é consumido no ritual). Uma sugestão da chave é ter um frase de ativação. Assim, se alguém pegar a "chave" ela parecerá algo normal.

3) O custo deve ser pago para cada chave criada.

#5 Artorius Enviado : 26/01/24 11:49
Fala Galera,

fiz alterações na magia:


  • Reduzi o tamanho do espelho;
  • Coloquei o custo das chaves adicionais;
  • adicionei possibilidade de acesso limitado ao plano místico;


#6 Fábio_CM Enviado : 26/01/24 13:40
Eu acho que está magia estava sendo mal interpretada.

□ O espelho não fazia parte do ritual. Em nenhum momento o mago precisava comprar um espelho. O exigido era apenas a chave.

□ As chaves custavam sempre o mesmo, que era o custo do ritual. Agora, eu acho que as chaves extras estão muito baratas.

■ Gostei das alterações sobre o uso parcial em superfície reflexivas.

☆ Pergunta: a porta permanece aberta enquanto alguém está dentro do plano? Como é possível perceber isso, apenas com detectar magias?
#7 Artorius Enviado : 26/01/24 14:34
Fala Fábio,

1. Na interpretação que eu tinha da magia é que sempre havia a necessidade do espelho para o ritual, inclusive por isso eu achava(erroneamente) que a magia ficava vinculada ao espelho em questão.

Depois que vc comentou eu entendi que poderia ser usado qualquer espelho para acessar o Plano, porém o ritual ainda parece necessitar do espelho por conta dessa passagem:
"É necessário um ritual para criar um plano místico tendo como porta de passagem a superfície de um espelho. O tamanho do espelho varia de acordo com o nível do ritual. Nesta ocasião também é encantada uma “chave” para esta dimensão."
Então dá a impressão que no ritual tem que ter os 2: a chave e o espelho...

2. Sobre as chaves eu achava que o custo principal do ritual era para a "criação" do plano místico, e as chaves um custo secundário.
"É possível se encantar várias chaves bastando para isto que de gaste a mesma quantidade de dinheiro para a confecção das “chaves” extras."
O trecho não dizia a mesma quantidade de dinheiro do ritual, e sim da confecção da chave.
ps1. Claro que de acordo com a sua interpretação de que o ritual é a confecção da chave ficaria claro.
ps2. Quanto ao custo das chaves extras, esse ritual se não for o mais caro é um dos, isso com a criação de 1 chave, então não vejo problemas nas chaves extras serem mais baratas, mas podemos aumentar o custo para umas 3 M.O.

3. é o que eu sempre achei ruim dessa magia, pois inutilizava os efeitos altos só serem acessíveis com o espelho gigante. Dancing

4. a magia nunca explicou, eu acho que podemos seguir com uma linha similar a do transporte dimensional, que, após aberta a porta assim que o evocador/chave atravessá-la a porta se fecha. devendo ser aberta por dentro ou quebrando o espelho. o que acham?

>>>

Para tirar essa dúvida sobre o ritual com espelho/confecção de chave, acho que podemos seguir por dois caminhos:
  • Atual - Sem espelho: atualiza o texto deixando claro que no ritual só é necessário as chaves e os espelhos são meros acessos;
  • Sugestão Marcelo - Com Espelho: nesse caso poderíamos dar mais liberdade no acesso ao Plano, como por exemplo invocar esse espelho com um novo pequeno ritual para que o místico acesse o plano místico de onde quiser. mas ainda podendo acessar através de qualquer espelho só com a evocação de 3 rodadas.

    Já atualizei a magia com com a primeira opção (Atual), mas se gostarem da segunda alternativa me avisem pq eu tbm achei interessante.
    Leiam com calma, pois ouve varias modificações. rs
  • #8 PIRATA Enviado : 26/01/24 17:06
    Acho o custo de mo muito grande para os niveis ....
    Na economia de tagmar 50mo se é rico....
    Acredito eu que a magia poderia ser refeita se o termino da mesma estiver proximo para evitar que tudo seja jogado apra fora .... porem 13 anos sempre é meio que infinito tempo em uma campanha ....

    Reduzir um pouco o custo seria legal sei lá.

    Essa magia é usada para criar um pequeno plano dimensional que geralmente são usados para guardar pertences importantes do mago.

    É necessário um ritual para criar o Plano Místico, neste ritual o evocador deverá encantar uma “chave” para esta dimensão. Sem a chave é impossível reabrir a “porta”. É possível se encantar várias chaves devendo o evocador estar em posse delas no momento da criação do Plano Místico. As “chaves” normalmente são pérolas do tamanho de uma bola de gude, opcionalmente poderá se usar alguma outra joia, o valor de uma "chave" deve ser de pelo menos 3 M.O. Caso o evocador após a criação do Plano Místico queira adicionar outras chaves terá que arcar novamente com o custo total indicado no efeito utilizado para criar o Plano Místico e performar novamente o ritual, porém dessa vez ao invés de criar o Plano Místico as novas chaves se conectarão ao Plano hora criado.

    Com a dimensão criada, o mago pode abrir a “porta” para o Plano Místico apenas recitando as frases do ritual (demora 3 rodadas) em frente a um espelho, cuja superfície servirá de “porta”, enquanto segura a pérola “chave” em sua mão. O tamanho do mínimo para o espelho servir de "porta" varia de acordo com o nível do ritual. Quando acabar de recitar o a evocação o mago gastará uma quantidade de karma igual ao nível da magia usada para criar o plano místico que ele deseja abrir.

    O Evocador poderá usar de qualquer espelho para acessar ao Plano místico, desde que seu tamanho seja apropriado vide o efeito utilizado para a criação do plano. Após evocada a magia e aberta a porta, ela permanecerá aberta por duas rodadas ou até que o evocador ou uma chave cruze a "porta", se fechando instantaneamente após isto. Uma vez dentro do Plano Místico o evocador só poderá permanecer ali pelo tempo máximo descrito em cada nível, após esse período ele e seus convidados serão “expulsos” pela “porta” em que entraram. Se desejar qualquer criatura dentro do Plano desejar poderá sair pela "porta" a qualquer momento, mas caso o evocador o faça todos os outros serão "expulsos". É possível que outros magos que tenham a cópia da chave entrem no mesmo plano , desde que possa usar o mesmo nível de Plano Místico usado, mas cada um sairá sempre pela mesma porta que entrou.

    O místico pode ter acesso limitado ao Plano Místico através de uma outra superfície que refletora como água, ou metal bem polido por exemplo, neste caso o místico poderá apenas apanhar ou guardar objetos dentro do Plano Místico, bastando esticar o braço através dela, essa limitação se deve irregularidade da superfície e do material. Lembrando que em todos os casos a "chave" é indispensável.

    Ao termino da duração ou se o espelho de uma das portas for quebrado (quando esta estiver aberta), tudo (e todos) que estiverem dentro do plano serão expulsos e o encantamento será quebrado.


    Podemos reduzi esse texto esta muito repetitivo:

    Essa magia é usada para criar um pequeno plano dimensional que geralmente são usados para guardar pertences importantes do mago.
    Inicialmente é necessário um ritual para criar uma “chave” para esta dimensão, A “chave” podem ser feita de pérolas do tamanho de uma bola de gude ou pode ser feita de joias ou pedras preciosas, no valor de 3 M.O.
    O Místico pode criar mais de uma chave para o mesmo plano porem deve confecionar uma outra chave com o mesmo custo anterior e fazer o ritual como se estivesse fazendo um novo Plano Místico, porém dessa vez ao invés de criar o Plano Místico as novas chaves se conectarão ao Plano já criado.
    Para Acessar o plano deve-se recitar algumas frazes do ritual com a chave em mãos em frente a uma superficie qualquer de 2 x 2 ou maior e em 3 rodadas uma porta de 2x2 se abrira dando acessos a dimensão criada em niveis que uma dimenção abitavel poder ser criada.
    Ela permanecerá aberta por duas rodadas ou até que o evocador fecha-la.
    Uma vez dentro do Plano Místico o evocador só poderá permanecer ali pelo tempo máximo descrito em cada nível, após esse período ele e seus convidados serão expulsos, saindo no mesmo lugar onde a porta foi feita.
    É possível que outros magos que tenham a cópia da chave entrem no mesmo plano , mas cada um sairá sempre pela mesma porta que entrou.
    O místico pode ter acesso limitado ao Plano Místico através de uma outra superfície que refletora como água, ou metal bem polido por exemplo, neste caso o místico poderá apenas apanhar ou guardar objetos dentro do Plano Místico
    A magia pode ser refeita antes do termino de seu efeito evitando que tudo que estiver dentro seja jogado apra fora.


    Plano Místico 1: Com esse nível o mago pode criar uma dimensão pequena, do tamanho de uma bolsa de moedas, aproximadamente 10x10x10 (cm). São sacrificados materiais no valor de 15 moedas de prata durante o ritual. A duração é de 1 mês.
    Plano Místico 2: Cria uma dimensão do tamanho de uma mochila, aproximadamente 50x20x20(cm). São sacrificados materiais no valor de 3 moedas de ouro durante o ritual. A duração é de 3 meses.
    Plano Místico 4: Cria uma dimensão do tamanho de um armário, aproximadamente 2x2x1 (m). São sacrificados materiais no valor de 6 moedas de ouro durante o ritual. A duração é de 6 meses.
    Plano Místico 6: Cria uma dimensão do tamanho de uma sala pequena, 3x3x3 (m). Permite apenas a entrada do criador da dimensão. São sacrificados materiais no valor de 10 moedas de ouro durante o ritual. A duração é de 9 meses.
    Plano Místico 8: Cria uma dimensão do tamanho de um cômodo grande 5x5x3 (m). A partir desse nível já é possível à entrada de mais de uma criatura além do evocador. São sacrificados materiais no valor de 20 moedas de ouro durante o ritual. A duração é de 1 ano.
    Plano Místico 10: Dimensão de uma casa de porte médio, 10x10x4 (m). O tempo máximo que qualquer criatura pode permanecer dentro da dimensão é de 24 horas. São sacrificados materiais no valor de 50 moedas de ouro durante o ritual. A duração é de 5 anos.



    acredito que possa ser mais simples assim... sujestão minha claro !
    da maneira que esta, é muito confusa sem nescessidade !

    abs ae


    "Sempre se lembre da troca equivalente!"
    by Pirata o Alquimista.
    #9 Fábio_CM Enviado : 26/01/24 20:45
    PIRATA escreveu:
    Acho o custo de mo muito grande para os niveis ....

    É bastante, mas a magia é muito poderosa.

    Eu imagino que os grandes mestres do Colégio do Conhecimento reúnam-se periodicamente em um Pano Místico, independente de onde eles estejam em Tagmar. Nenhum outro colégio permite esse tipo de contato, reunir-se fisicamente mesmo em locais muito distantes do continente.
    O colégio do conhecimento é o único capaz de fazer todas as sedes manterem o mesmo nível, já que esta magia permite que todos os diretores mantenham contato direto periodicamente, bastando que para isso todos tenham uma chave para o mesmo plano.

    A magia também é um esconderijo perfeito, além de um disfarce inviolável. Imagine que um mago pode, com seu grupo, entrar em um espelho sendo transportado e passar despercebido até o destino do objeto.

    ---

    Artorius, acho que você deixou mais claro que o espelho é uma ferramenta, não a magia. Para fim ficou bom, mas ainda tenho algumas dúvidas difíceis de responder.

    1. Concordo quanto a porta aberta, mas isso levanta a questão da quebra do objeto. Se o espelho for quebrado a magia não expulsa o mago? (ela deixa claro que a porta precisa estar aberta). Nesse caso, ele sairia por onde?
    Tenho uma sugestão para resolver isso.
    (a) Mantê-la aberta, mas indistinguível por meios normais, ou seja, é necessária uma identificação de magia para encontrar o espelho.
    (b) Uma vez fechado, o plano místico fica inacessível por qualquer um.

    2. É possível trocar de objetos dentro do plano místico? Passar um pergaminho, por exemplo?
    (b) Eu acredito que sim. No entanto, para deixar a magia mais equilibrada, talvez seja bom esclarecer que não. Pode ser que apenas o mago que deixou o objeto lá dentro possa retirá-lo, embora todos possam manusear qualquer coisa dentro do plano místico.

    3. É possível quebrar o plano místico por dentro? Como as portas se parecem pelo lado de dentro?
    (c) Uma porta destruída por dentro pode resultar na expulsão do místico que entrou por ela.

    4. A magia fala em "convidados". O que seria isso?
    (d) Eu acredito que é melhor a magia não permitir terceiros. Apenas pessoas com uma chave podem ser capazes de acessar o plano. Se ela souber evocar a magia, ela pode abrir a porta e entrar com a chave. Se ela não souber, ela pode entrar depois de um mago evocar a magia, mas ela precisa estar portando a chave. A redução no preço da chave facilita esse mecânica.

    5. Como destruir um plano místico?
    (e) Penso que a única forma de destruir um plano místico seja destruindo a última chave. Os objetos podem ser expulsos perto da última chave destruída.
    #10 Marcelo_Rodrigues Enviado : 27/01/24 11:44
    Acho que o espelho continua ser um limitador que inviabiliza usar como esconderijo. Plano Místico 4 é o primeiro nível que cabe alguém, e o espelho é de 1 m2, logo miguem está carregando um espelho deste tamanho. Visto isso, todos os efeitos de 4 para cima não podem ser feitos no meio de uma viagem (estradas, florestas, dungeons). Mesmo em cidades, não é todo mundo que tem um espelho deste tamanho. Só pessoas ricas tinham espelho grandes (eram caros).

    Minha sugestão tirem o espelho da necessidade de abrir o portal se não continua a mesma coisa
    #11 PIRATA Enviado : 27/01/24 13:33
    Bom blz mantem o custo de MO porem tira o espelho... nao faz sentido isso seilá ....
    e simplifica esse texto a magia é simples cara abrir um porta para um lugar que guarda coisa e um local seguro para dormir ....
    acho que alquimsita podia ter essa magia por nescecitar tando de laboratorio kkkkkk
    "Sempre se lembre da troca equivalente!"
    by Pirata o Alquimista.
    #12 Edilton Oliveira Enviado : 28/01/24 06:40
    Nobre Artorius,

    Ficou bem mais explicativa a magia! Applause Applause Applause

    - Pelo que entendi, é preciso uma chave de no mínimo 3 MO além do material para o ritual, é isso? Tipo, no primeiro nível é necessário 15 MP além de, pelo menos, uma chave de 3 MO? Sendo assim, achei caro o valor dessa chave.

    No mais, vou esperar responder as outras dúvidas dos colegas.
    #13 Fábio_CM Enviado : 28/01/24 13:36
    Marcelo_Rodrigues escreveu:
    Mesmo em cidades, não é todo mundo que tem um espelho deste tamanho. Só pessoas ricas tinham espelho grandes (eram caros).

    Eu imaginei que a intenção da magia era exatamente esta, não permitir que ela fosse aberta em qualquer lugar. Eu enxergo a magia como muito poderosa mesmo nestas condições.

    Uma magia que você pode abrir um buraco na dimensão e fugir de qualquer perigo se tornaria poderosa demais se estivesse prontamente disponível. Veja que um espelho de 1 m² é totalmente transportável. Mas um espelho é frágil. Se você muda isso para uma pedra, você remove todo o risco da magia.
    #14 Artorius Enviado : 28/01/24 16:57
    PIRATA escreveu:
    Acho o custo de mo muito grande para os niveis ....
    Na economia de tagmar 50mo se é rico....
    Acredito eu que a magia poderia ser refeita se o termino da mesma estiver proximo para evitar que tudo seja jogado apra fora .... porem 13 anos sempre é meio que infinito tempo em uma campanha ....

    Reduzir um pouco o custo seria legal sei lá.

    "......."

    acredito que possa ser mais simples assim... sujestão minha claro !
    da maneira que esta, é muito confusa sem nescessidade !

    abs ae


    Grande Pirata,

    reduzirei um pouco o custo...

    Vou tentar abreviar um pouco conforme sua sugestão. Meu receio é deixar algo ambíguo gerando dúvidas, pois veja minha interpretação da magia original era diferente do Fábio conforme acima, (e apesar de eu ser meio tapado não sou tão iniciante, rs)

    #15 Artorius Enviado : 28/01/24 17:25
    Fábio_CM escreveu:

    ---
    Artorius, acho que você deixou mais claro que o espelho é uma ferramenta, não a magia. Para fim ficou bom, mas ainda tenho algumas dúvidas difíceis de responder.

    Leia o resto do texto...
    1. Concordo quanto a porta aberta, mas isso levanta a questão da quebra do objeto. Se o espelho for quebrado a magia não expulsa o mago? (ela deixa claro que a porta precisa estar aberta). Nesse caso, ele sairia por onde?
    Tenho uma sugestão para resolver isso.
    (a) Mantê-la aberta, mas indistinguível por meios normais, ou seja, é necessária uma identificação de magia para encontrar o espelho.
    (b) Uma vez fechado, o plano místico fica inacessível por qualquer um.

    2. É possível trocar de objetos dentro do plano místico? Passar um pergaminho, por exemplo?
    (b) Eu acredito que sim. No entanto, para deixar a magia mais equilibrada, talvez seja bom esclarecer que não. Pode ser que apenas o mago que deixou o objeto lá dentro possa retirá-lo, embora todos possam manusear qualquer coisa dentro do plano místico.

    3. É possível quebrar o plano místico por dentro? Como as portas se parecem pelo lado de dentro?
    (c) Uma porta destruída por dentro pode resultar na expulsão do místico que entrou por ela.

    4. A magia fala em "convidados". O que seria isso?
    (d) Eu acredito que é melhor a magia não permitir terceiros. Apenas pessoas com uma chave podem ser capazes de acessar o plano. Se ela souber evocar a magia, ela pode abrir a porta e entrar com a chave. Se ela não souber, ela pode entrar depois de um mago evocar a magia, mas ela precisa estar portando a chave. A redução no preço da chave facilita esse mecânica.

    5. Como destruir um plano místico?
    (e) Penso que a única forma de destruir um plano místico seja destruindo a última chave. Os objetos podem ser expulsos perto da última chave destruída.


    Vamos as questões Mestre Fábio,

    1. Entendo que uma vez adentrada por uma "porta" esta ficará conectada ao plano até que o evocador saia. e se o espelho for quebrado mesmo com a porta fechada, tudo e todos seriam expulsos por esse mesmo espelho. como um efeito rebote. (única exceção seria outro místico que tivesse entrado por outra "porta", nesse caso sairia pela porta que entrou como regra)
    Quebrar o espelho com o evocador á dentro tbm encerra a magia, quebrando assim o plano místico. digamos que esse é o momento em que o plano fica mais vulnerável, como se fosse a "falha" da magia, seu calcanhar de Aquiles.

    2. Na minha opinião o evocador deve poder pegar qualquer objeto que esteja dentro do plano por qualquer independente por qual espelho o objeto tenha entrado, e independente de qual evocador o tenha colocado. essa na minha visão é o maior benefício dessa magia.

    3. eu preferiria que não pudesse ser destruído por dentro. talvez apenas o místico que criou o Plano Místico inicialmente possa faze-lo. Mas nada que uma quebra de encantos tbm não resolva.

    4. Nos últimos efeitos da magia original outros além do evocador podiam tbm entrar no plano. eu apenas ajustei o texto ao efeito.
    ► Podemos colocar todo acesso apenas com as chaves, ai teremos que baixar o custo delas, seguimos assim?

    5. Vejo possibilidade de destruição do plano de duas maneiras:
    a) quebra de encantos pelo próprio criador do plano, ou outro místico desde que o plano esteja aberto;
    b) quebrando o espelho pelo qual o evocador abriu e plano;
    ps. mesmo se "quebrando" todas as chaves, acho que o evocador poderia fazer outras fazendo novamente o Ritual, da mesma forma descrita para conectar novas chaves.

    #16 Artorius Enviado : 28/01/24 17:32
    Marcelo_Rodrigues escreveu:
    Acho que o espelho continua ser um limitador que inviabiliza usar como esconderijo. Plano Místico 4 é o primeiro nível que cabe alguém, e o espelho é de 1 m2, logo miguem está carregando um espelho deste tamanho. Visto isso, todos os efeitos de 4 para cima não podem ser feitos no meio de uma viagem (estradas, florestas, dungeons). Mesmo em cidades, não é todo mundo que tem um espelho deste tamanho. Só pessoas ricas tinham espelho grandes (eram caros).

    Minha sugestão tirem o espelho da necessidade de abrir o portal se não continua a mesma coisa


    Grande Marcelo,

    Como colocamos a opção do plano ser acessado outras superfícies refletivas, a magia perdeu uma grande trava que tinha.

    Mas retirar totalmente a necessidade do espelho, vai dar um refúgio perfeito e irrestrito aos jogadores, incapacitando o Rastreador e seus abrigos, ou mesmo a necessidade de fazer guarda, e sempre tendo um lugar seguro em qualquer situação.
    Acho que acabaria prejudicando mais a experiencia do jogo...
    #17 Artorius Enviado : 28/01/24 17:42
    Edilton Oliveira escreveu:
    Nobre Artorius,

    Ficou bem mais explicativa a magia! Applause Applause Applause

    - Pelo que entendi, é preciso uma chave de no mínimo 3 MO além do material para o ritual, é isso? Tipo, no primeiro nível é necessário 15 MP além de, pelo menos, uma chave de 3 MO? Sendo assim, achei caro o valor dessa chave.

    No mais, vou esperar responder as outras dúvidas dos colegas.


    Nobre Edilton,
    Enorme satisfação responder suas perguntas...
    tinha colocado isso em um esboço, mas acabou ficando de fora, rs. adicionei o seguinte trecho:
    "O custo do ritual esta descrito no efeito utilizado, e neste custo já esta incluído o custo de uma chave."

    Ficou a contento?

    #18 Marcelo_Rodrigues Enviado : 28/01/24 19:19
    Artorius,

    Meu mágo não pegaria o efeito 4 (ou maior). Para que ser ter a sala secreta que não posso acessar durante a aventura? Ter a possibilidade de pegar algo de dentro da sala usando um.eepelho d'água para mim é inútil. Para isto uso o efeito 2. E mesmo que vc diga que o espaço do efeito 2 é pequeno, se precisar pego o 4 (uso um epelho dagua) e nunca mais comprarei nível na magia.

    Sendo bem racional... não pegaria mais que o efeito 4.

    Outro ponto é o descompasso do tamanho de espelho do nível 2 e 4. No nível 2 é um espelho com 5cm de diâmetro e no nível 4 é um trambolho de 1m X 1m
    #19 Marcelo_Rodrigues Enviado : 28/01/24 19:25
    Acabo de pensar numa forma de burlar o espelho... compro o efeito 4, ponho dentro da sala jm espelho de 1mx1m. Quando precisar uso um.espelho d'água, tiro o.espelho grande e abro o portal para entrar? d'oh!
    #20 Fábio_CM Enviado : 28/01/24 20:01
    Marcelo, neste último caso você terá que criar dois planos místicos, já que magia exige uma área mínima. Ou seja, um plano de nível 8 não pode ser acessado por um escotilha compatível apenas com o nível 4.

    Seu mago vai andar com um molho de chaves místicas 🤣

    Mas eu concordaria com isso. É um bocado de karma gasto para abrir duas portas, afinal.
    #21 Fábio_CM Enviado : 28/01/24 20:04
    Ah, sem contar que você vai deixar um espelho caído a beira de um lago enquanto estiver dentro do plano místico. Nada discreto...
    #22 Marcelo_Rodrigues Enviado : 28/01/24 20:14
    Fábio_CM escreveu:
    Marcelo, neste último caso você terá que criar dois planos místicos, já que magia exige uma área mínima. Ou seja, um plano de nível 8 não pode ser acessado por um escotilha compatível apenas com o nível 4.

    Seu mago vai andar com um molho de chaves místicas 🤣

    Mas eu concordaria com isso. É um bocado de karma gasto para abrir duas portas, afinal.

    Vc não entendeu... crio um único plano místico 4. Ponho dentro dêle um espelho de 1m2 e outras coisas do grupo.

    Quando tiver de pegar algo abro o plano usando um epelho dagua. Quando quiser entrar, abro usando o espelho dagua, pego o espelho grande. Fecho o plano... abro de novo usando o espelho glande. Entro nele. Note após fechar o plano depois de pegar o espelho grande , eu posso ir para um outro local e lá abrir de novo.

    Sei que gastarei duas vezes o Karma, mas pode ser útil na necessidade.

    Mas por fim, não vejo vantagem em ter mais do que 4m3 de espaço. Cabe várias pessoas e até um cavalo! Não compraria mais que o nível 4.
    #23 Marcelo_Rodrigues Enviado : 28/01/24 20:20
    Perguntas:

    Quando entro no plano a porta (o espelho) fica visível do lado de fora?

    Alguém pode quebrar o espelho?

    Se ficar visível, o que adianta entrar? O que adianta se o inimigo vai ver e ficar esperando?

    Sério... qual a real utilidade de entrar?Think
    #24 Fábio_CM Enviado : 28/01/24 22:15
    Marcelo Rodrigues escreveu:
    Vc não entendeu... crio um único plano místico 4. Ponho dentro dêle um espelho de 1m2 e outras coisas do grupo.

    Quando tiver de pegar algo abro o plano usando um epelho dagua. Quando quiser entrar, abro usando o espelho dagua, pego o espelho grande. Fecho o plano... abro de novo usando o espelho glande. Entro nele. Note após fechar o plano depois de pegar o espelho grande , eu posso ir para um outro local e lá abrir de novo.

    Sei que gastarei duas vezes o Karma, mas pode ser útil na necessidade.

    Mas por fim, não vejo vantagem em ter mais do que 4m3 de espaço. Cabe várias pessoas e até um cavalo! Não compraria mais que o nível 4.

    Não dá.

    Com a dimensão criada, o mago pode abrir a “porta” para o Plano Místico apenas recitando as frases do ritual (demora 3 rodadas) em frente a um espelho, cuja superfície servirá de “porta”, enquanto segura a pérola “chave” em sua mão. O tamanho do mínimo para o espelho servir de "porta" varia de acordo com o nível do ritual. Quando acabar de recitar o a evocação o mago gastará uma quantidade de karma igual ao nível da magia usada para criar o plano místico que ele deseja abrir.

    O nível do plano determina o tamanho mínimo do espelho. Você precisaria de dois planos místicos.
    #25 Marcelo_Rodrigues Enviado : 29/01/24 09:47
    Fabio... vc continua a não entender. Para criar o plano ele vai usar o espelho de 1m2. Vai fazer tudo normal gastando dinheiro para criar o plano . Ou seja até aí tudo normal.

    O lance é esse aqui:

    O místico pode ter acesso limitado ao Plano Místico através de uma outra superfície que refletora como água, ou metal bem polido por exemplo, neste caso o místico poderá apenas apanhar ou guardar objetos dentro do Plano Místico, bastando esticar o braço através dela, essa limitação se deve irregularidade da superfície e do material. Lembrando que em todos os casos a "chave" é indispensável.


    Com isto o mágo não precisa do espelho grande. Note que não diz que não pode tirar de dentro um espelho que (o mago guardou dentro).

    Aí depois de tirar o espelho ele fecha o portal que abriu na água. Depois abre de novo usando o espelho agora do tamanho que precisa para abrir o portal!
    #26 Fábio_CM Enviado : 29/01/24 11:29
    Ok Marcelo, mas a questão não é o tipo de superfície, é o tamanho.

    Um plano místico de nível 8 exige uma superfície refletiva de pelo menos 2 m². Não importa se você vai entrar inteiro ou só puxar um objeto Se você encontrar um lago calmo, pode servir. Mas carregar um espelhinho pequeno não resolve.
    #27 Artorius Enviado : 29/01/24 14:59
    Fala Galera,

  • O efeito 4 da magia não permite a entrada de ninguém no plano, apenas a partir do nível 6 (apenas o místico).

  • Entendo que guardar um espelho dentro do plano é uma saída inteligente, porém vulnerável, o espelho pode ser quebrado e o plano místico acabaria sendo destruído.
  • Note que o tamanho "mínimo" do espelho do efeito 6 é de 1m²

  • Outra coisa que eu penso é que nem toda magia precise ser boa apenas no nível máximo, no caso dessa um efeito 6 já pode atender boa parte dos jogadores, e aqueles que desejam algo mais aperfeiçoado os níveis mais altos.

  • A duração da magia tbm é um fator preponderante para pegar níveis mais altos;

    Ajustes realizados:
    1. Ajustei o tamanhos dos espelhos;
    2. Redução no custo das chaves extras e efeitos 8 e 10;
    3. Adaptei a tamanho do espelho, para área, para desapegar do formato quadrado, rs
    4. Alteração no texto, repetições, quebra da magia, expulsão dos convidados na ausência da chave;
    5. Melhor explicação de permissão de entrada no plano a partir do efeito 6;


    Pergunta aos universitários:
    A magia tem 2 tipos de evocação Ritual, e 3 rodadas.
    Partindo dai seria possível usá-la em Escrituras Místicas com a evocação do Plano Místico de 3 rodadas. O mesmo vale para a criação de itens mágicos, Correto?
  • #28 Fábio_CM Enviado : 03/02/24 01:03
    Artorius escreveu:
    2. Na minha opinião o evocador deve poder pegar qualquer objeto que esteja dentro do plano por qualquer independente por qual espelho o objeto tenha entrado, e independente de qual evocador o tenha colocado. essa na minha visão é o maior benefício dessa magia.

    Reparei agora nisso.

    Veja, eu já acho esta magia extremamente poderosa apenas permitindo transferir informação de forma instantânea, já que se um mago entrar no plano em Porto Livre e o outro no extremo sul do império, ambos vão conversar normalmente. Mas transferir objetos coloca ela em outro patamar. Isso faz dela aquele tipo de magia que muda a realidade, que muda a história do mundo. Se isso for possível, Plano Místico vai servir muito mais como portal do que como um refúgio.

    Imagine os estudiosos de Saravossa enviando e recebendo objetos de pesquisa do Domo de Arminus com um gesto de mão depois de 45 segundos de concentração. Ou Acordo fornecendo armas para Verrogar, uma a uma, através do armazenamento em um plano místico. Com um espelho grande o suficiente, dá para construir um navio em Treva e colocar ele no mar em Muli. Com toda essa capacidade, Tagmar com certeza teria muito mais espelhos do que a nossa realidade.

    Eu sugiro que a magia crie uma "chave mestra", que é aquela que se encontrará sob posse do místico que criou o plano. Todas as outras, que podem ter este custo barato, são as "chaves extras". Todas elas poderiam abrir o plano místico, desde que estejam a no máximo 5 km de distância da chave mestra. Eu atribuiria esta distância porque é o limite do Portal de Transporte Dimensional. Lembrem-se que o colégio destes magos também tem escrituras místicas. Ou seja, provavelmente todo o grupo de aventureiros conseguirá abrir o plano místico porque poderá lançar a magia através de um pergaminho.

    Talvez isso torne a magia mais equilibrada.
    #29 Marcelo_Rodrigues Enviado : 04/02/24 12:26
    Vou concordar com o Fabio....

    E colocando lenha na fogueira... que acha de retirar o lance de entrar no plano (que está sendo a dor de cabeça) e por outras coisas no lugar? Talvez um segunda efeito para uso em jogo;



    #30 Artorius Enviado : 05/02/24 11:23
    Galera,

    Inseri a chame mestra e coloquei descrição da limitação para o uso da chave extra.
    Vejam se ficou claro
    #31 Fábio_CM Enviado : 05/02/24 15:14
    Artorius escreveu:
    Galera,

    Inseri a chame mestra e coloquei descrição da limitação para o uso da chave extra.
    Vejam se ficou claro

    Eu gostei das alterações.
    #32 Marcelo_Rodrigues Enviado : 05/02/24 19:26
    Arturius, Fábio e galera,

    A revisão para mim não melhorou a magia. Eu não pegaria a magia maior que o efeito 4. Os efeitos maiores são aparentenente interessantes, mas são muito difíceis de ter utilidade em jogo. Não vejo a utilidade de entrar no plano já que não dá para usar como esconderijo, pois um espelho grande ficará dando bobeira do lado de fora.

    Minha sugestão é inventar um efeito alternativo útil durante o jogo.
    #33 Fábio_CM Enviado : 05/02/24 20:04
    Talvez o mago possa aparecer em outros espelhos no alcance da magia para se comunicar com outras pessoas.
    #34 Artorius Enviado : 06/02/24 10:36
    Fala Galera!!!

    ► Eu sou contra a magia virar um refúgio.
    Acho que criaria uma situação de anti-jogo, que seria muito mais prejudicial do que o benefício de deixar a magia mais atrativa.
    Acharia plausível apenas se houvesse uma restrição de uso (ex. 1x/semana), mas ainda tenho minhas ressalvas.


    Marcelo,
    A magia pode lhe atender no nível 4, mas a duração da magia é de 6 meses.
    A progressão da duração/custo é bem vantajosa, especialmente no efeito 10.


    ► Da versão original, ela ficou menos restrita, tanto em questão de custo como de acesso.
    Se ainda for insuficiente podemos tentar criar outro efeito adicional, como sugerido pelo Fábio, um efeito de comunicação ou espionagem. Mas mudaria a essência/objeto da magia.
    #35 Artorius Enviado : 08/02/24 11:36
    Galera,

    Adicionei a sugestão do Fábio nos efeitos 8 e 10.
    Usuários visualizando este tópico
    Guest

    LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.