Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

2 Páginas <12
Responder...
🧙‍♂️ Transformação (fusão com Mutação) Opções
#31 Nironde Enviado : 22/04/22 15:38
Leia o resto do texto...
Citação:
Luciano posso ter me equivocado com o tempo não ser instantâneo. Nessa eu lamento. Passou desapercebido.

Mas o fato de haver 24hras tira qualquer condições para estratégia ou necessidade do místico.

Faz grande diferença poder usar mutação no que quiser e quando e no que usar. Mas, agora somente tendo partes ou material genético.
Não teria como pensar diferente.
Tá parecendo promessa política.

Usar a magia em qual momento e agora não poder mais.

Se obter material de qual criatura em que desejar não terá como utilizar em outro momento pois é inútil.

Se for algo interessante cabe somente a uso segundo ao MJ se assim desejar.

Mesmo que o místico queira pode depender fica tão fora e sem possibilidade de uso.

Não traz liberdade ao místico em usar quando lhe convém.

Muito diferente da magia atual.

Um mago em aventura adquirido parte de um lagarto de gelo.
Passou 24hars.

Não dá para o místico se deslocar tão rápido e mesmo usar em uma condição realmente necessária há menos que o MJ forçar uma situação.

Essa escolha felizmente só é cômoda para MJ.

É mudança na magia e todo histórico de jogadores.
Qual místico já não usou mutação pra fugir?
Qual místico já usou mutação para escapar?
Qual místico não quis passar por uma criatura medonha para afugentar pessoas?
Qual místico não busca usar criaturas místicas?
Nota que não há limite....
Mas agora querem por limite.

Agora quando há interesse de obter heróica e físico posso concordar em obter material pois seria ritual.

Notei que houve atualização vou ler com calma.

Como já vinha dizendo:
Problemas que não havia mas, agora tem nessa versão.
Então, Pirata desejo algumas respostas suas, porque desejo enteder você.
Você já sabe como resolver?
1)Mesmo uma criatura derrotada e obter ao que precisa passou as 24hras contínua valendo nada para essa magia?

2)Se mesmo considerar que a coleta de material genético sendo embora 24hras, mas que possa garantir o uso futuro não bastaria contato e ter visto a criatura? Por que a mudança?

3)Por que a mudança na energia física e na heróica? Como você acha que não irá implicar na magia por essa escolha? Qual solução você tem pra isso?

4) Só características físicas, como Físico, Força, Agilidade as da criatura copiada?

Por enquanto vou aguardando por você...


#32 Marcelo_Rodrigues Enviado : 25/04/22 09:41
Pessoal,

vamos aguardar um pouco que o Pirata ficou com problemas de tempo para poder atualizar o texto da magia.

Assim, por favor aguardem e não postem mais até ele se posicionar. Já temos bastante opinião aqui para ele analisar... Feliz

#33 PIRATA Enviado : 27/04/22 19:06
Boa noite galera blz ?
Desculpem a demora na revisão tive problemas pessoais que não vem ao caso, e também pela complexidade da tarefa.

Agradeço a ajuda do Luciano paulino desde já fizemos praticamente a duas mão pois estava difícil agradar a todos.

Acredito que esteja balanceada para que tantos os que querem somente um mescla da magia antiga e para um real transformação.

Basicamente é a mutação misturada com transformação agora, porem fazendo com que o mestre tenha algo tátil para usar como base da criatura, antigamente vc se transformava porem tinha duvidas dogue vc virava quais limitações etc... na minha opinião claro. Agora vc pode pegar a ficha da criatura fazer as mudanças pertinentes e jogar com ela oque torna a vida do mestre e e do jogar melhor e gastando menos explicações," o que acontece com quem se transforma ?

Jogo a muito tempo Tagmar e sempre tive dificuldades em explicar essas magias e acabávamos fazendo um "regra da casa" para resolver isso.

Sei que é difícil mudar algo, porem peço que tenham a mente aberta. vou fazer alguns teste com essa magia com alguns jogadores para ver como se sai, assim posso ver na pratica.

Agradeço desde já abs !
"Sempre se lembre da troca equivalente!"
by Pirata o Alquimista.
#34 Marcelo_Rodrigues Enviado : 28/04/22 13:59
Salve Pirata,

acho que estamos chegando a consenso ! Applause

Vai aqui mais algumas observações:

1) no trecho "Para que essa transformação seja completa, "... ok... mas e se não for completa? Não ficou claro o que acontece. Ele não ganha o EF? É isso? Think

2) No trecho "ou mística ou da categoria gigante, uma amostra da criatura deve ser recolhida" . Por que "criaturas místicas"? Não precisa para infernal, mortos vivos? Não era melhor dizer quais categorias do livro de criaturas podem se transformar sem precisar da amostra?

OBS: acesse aqui e veja as categorias que existem: https://tagmar.com.br/Criaturas.aspx
#35 Luciano Paulino Enviado : 29/04/22 19:43
Marcelo_Rodrigues escreveu:


1) no trecho "Para que essa transformação seja completa, "... ok... mas e se não for completa? Não ficou claro o que acontece. Ele não ganha o EF? É isso? Think

2) No trecho "ou mística ou da categoria gigante, uma amostra da criatura deve ser recolhida" . Por que "criaturas místicas"? Não precisa para infernal, mortos vivos? Não era melhor dizer quais categorias do livro de criaturas podem se transformar sem precisar da amostra?


Oi Marcelo, vou tomar a liberdade em responde-lo sobre esses pontos porque foram as partes que eu trabalhei junto ao Pirata.

1) A ideia que pensei quando coloquei o texto da transformação ser “completa“ era que se a transformação não for completa, ela simplesmente não acontece. Mas pode até ser uma opção da transformação não completa não ter os benefícios da EF, ataques e Técnicas de COmbate da criatura.

2) Eu pensei que apenas as criaturas normais, que estão na categoria “Animais“ possam ser copiadas simplesmente por observa-las e seria necessário a amostra de quaisquer outras categorias.
Mas acho interessante colocar quais categorias são permitidas.
#36 Marcelo_Rodrigues Enviado : 30/04/22 13:32
Então vai aqui minhas sugestões finais e acho que a magia vai ficar ótima

1) A magia passa ter os 2 conceitos: transformação simples e completa. Para simples não precisa de amostra, basta ver. Para completa somente Animais, Raças Civilidades e Raças Selvagens não exige amostra (mas tem que ter visto), as demais criaturas exigem amostra para ser "completa".

2) A transformação simples é a transformação que está atual no livro de magias. A completa ganha o ataque, e EF. O Ataque tem o dano, mas é na coluna de ataque é igual a FA da magia. Conhecimentos (habilidades, técnicas de combate e magias) não são ganhos nem com a completa. Poderes naturais também não são ganhos. Sim nada de virar um basilico e sair petrificando!

3) Quanto a receber dano na EH, para equilibrar uma solução é por um teste de Concentração. Caso falhe a magia quebra. Assim sempre há o risco de o mago transformado numa criatura com muita EF perder a forma e voltar ao seu EF normal. Um solução extra é que na destrasformação o mestre deve calcular o % da EF perdida e aplicar na EF do mago. Assim se o mago transformado no elefante perder metade de sua EF, ao se destransformar ele perde metade da sua EF real. Isto vai evitar abusos de magos querendo dar uma de guerreiro.

Acredito que este ajustes vão agradar quem queria ter uma transformação completa e quem acha que a atual já é suficiente. Dancing


OBS: a ideia que se a criatura for mais fraca que o mago continua válido. Se ele se transformar num gato e vai ter EF do gato e o dano do gato.
#37 Azurius Enviado : 07/05/22 10:28
Marcelo_Rodrigues escreveu:
Leia o resto do texto...
Então vai aqui minhas sugestões finais e acho que a magia vai ficar ótima

1) A magia passa ter os 2 conceitos: transformação simples e completa. Para simples não precisa de amostra, basta ver. Para completa somente Animais, Raças Civilidades e Raças Selvagens não exige amostra (mas tem que ter visto), as demais criaturas exigem amostra para ser "completa".

2) A transformação simples é a transformação que está atual no livro de magias. A completa ganha o ataque, e EF. O Ataque tem o dano, mas é na coluna de ataque é igual a FA da magia. Conhecimentos (habilidades, técnicas de combate e magias) não são ganhos nem com a completa. Poderes naturais também não são ganhos. Sim nada de virar um basilico e sair petrificando!

3) Quanto a receber dano na EH, para equilibrar uma solução é por um teste de Concentração. Caso falhe a magia quebra. Assim sempre há o risco de o mago transformado numa criatura com muita EF perder a forma e voltar ao seu EF normal. Um solução extra é que na destrasformação o mestre deve calcular o % da EF perdida e aplicar na EF do mago. Assim se o mago transformado no elefante perder metade de sua EF, ao se destransformar ele perde metade da sua EF real. Isto vai evitar abusos de magos querendo dar uma de guerreiro.

Acredito que este ajustes vão agradar quem queria ter uma transformação completa e quem acha que a atual já é suficiente. Dancing


OBS: a ideia que se a criatura for mais fraca que o mago continua válido. Se ele se transformar num gato e vai ter EF do gato e o dano do gato.


Bom dia, Marcelo. Gostaria de indicar um ponto preocupante nessas soluções. Estão dando ao místico um leque razoável de pontas soltas para possíveis macetes. Por qual motivo não deixamos a magia de uma forma mais simples, damos ao usuário só as capacidades da criatura (voar, nadar, respirar em uma situação X, locomover-se a uma certa velocidade, etc.) mas não mexemos com coisas como EF, Dano, Ataque e tal.

É só uma ideia de quem não gostaria de ver a magia sendo distorcida futuramente e criando inconvenientes nas mesas. :/
#38 Leandro Enviado : 10/05/22 06:09
Saudações!!!
Aqui temos 2 Magias que estão sendo fundidas. O grande problema dela é a questão da transformação/mutação de certas criaturas dar uma EF ou EH muito altas. Mas também vejo que se transformar em um elefante ( como muito mencionado não ganhar nada).
Então pensei que a magia poderia "DAR" bônus fixos EF, EH, Def, Ataques e dano quando a criatura aumenta de tamanho e "RETIRAR" quando ela diminui de tamanho.
#39 PIRATA Enviado : 13/05/22 06:36
1)Na magia transformação e mutação há liberdade de usar quando houver interesse em usar.

R: em que momento diz que o mago não pode usar ?

2)Magia é instantânea.

R: acredito que possa ser 1 rodada pois é uma magia poderosa isso faz com que o uso em combate fique mais difícil... a outra magia não possibilitava o alvo atacar como o animal. isso na minha visão tona ela melhor, não acha ?

3) transformação pode ser permanente em nível 10.

R: Porque ? eu não gosto de magias que duram 13 anos permanente, etc outra coisa existe uma magia chama permanência que pode ser aplicada nessa magia... o que faz sentido no nível 20 ele poder torna-la permanente....

4) Permite usar em quanto houver karma pra usar.

R: onde esta restringindo ? acredito que ainda enquanto tiver karma us-la....

Nessa versão
1)As situações com que há exigência de material que seja até em 24h coletado.

R: Você não leu a magia né ? bom modifiquei para que fique mais claro, vc pode se transformar só olhando porem não terá vantagem maiores do que as características básica.... ja com material poderá .... no que isso ficou ruim explique melhor...

2)Não é instantânea, leva uma rodada.

R: Transformação antiga levava Evocação: 2 rodadas e mutação Evocação: 1 rodada, porque essa deveria ser instantânea não entendi ?

3)Se precisar usar pra fuga de imediato, não vai te resolver.

R: sim pois existe transporte dimensional para isso ... essa magia não é para fulga....

4)Místico nenhum poderá obter matérias e manter consigo para uso quando assim precisar, lembrando que depois das 24hras da coleta ao material é perdido.

R: Seus jogadores não combatem criaturas ? sempre que fizer basta pegar e fazer um ritual de 1 hora para manter as características da criatura e usar sempre que quiser...

5)Não poderá utilizar em momentos oportunos.

R: não entendi !

6)A Quebra de Encantos quebrará a magia facilmente. Certamente não garante ao místico que terá tempo para refazer a magia, pois material é somente válidos por dentro das 24hras.

R: qualquer magia pode ser quebrada, porque só essa não deveria ? Não o material não serve só 24 horas ... precisa ser dentro das 24 horas para poder fazer o rtitual....

7)Uma morte retorna na forma original. Não era pra durar 24hras?
Isso ainda é o de menos, porque caso o místico morre na forma escolhida alguém dos companheiros poderá levar a carcaça do místico se tiver interesse em fazer ressurreição, mas mesmo assim, o místico não tem como retomar a forma novamente. ok.

R: Se entra escrito na magia funciona assim , ou vc quer morrer como um urso ? que diferença faz ?
Bom logo se vê que não sabe da regra de quebra de encantos, vc sendo o conjurador pode desfazer a sua magia sem custo ....


8) A Transformação deixou de ser Permanente.

R: sim acho que magias que duram 13 anos não fazem sentido.

Interfere na liberdade do jogador.

R: muito pelo contrario estou sando a oportunidade de que ele se transformem mais do que só visualmente.....

Tudo por interesse e capricho.

R: Qual o interesse que tenho se não de melhorar e trazer coisas diferentes ? Capricho ? desculpe mas não !!!!!!!!! como pode perceber o forum é democrático e levo a opnião de todos para mudar a magia, ataques pessoais não acabem aqui peço que se mantenha dentro de suas opinião a das magias evite de levar a discussão a nível pessoal....

Não reconheço que seja bom para as mesas.

R: Respeito sua opinião, porem uma transformação antiga assim com mutação parece mais com um ilusão do que uma transformação de verdade...

Porque onde há tantas restrições e controle do MJ e muita Influência nem de longe é bom.

R: não coloquei nada disso na magia, o MJ não decide nada nela...... as aventuras levam os personagens a encontros isso possibilita pegar um amostra da criatura, pode ate levar a uma aventura em busca de uma amostra de alguma criatura especifica.....

Apenas de benefício traz uma única vantagem.

Hora se há inúmeras desvantagens que prejudica na jogabilidade do jogador.

R: Não entendo porque pensa isso.....

Ao Jogador terá de se preocupar com aquisição para a transformação, além de preocupação com uso do Karma mais a contar com a possibilidade de quebra sem poder retomar a forma escolhida.

R: Magos devem se preocupar com o uso do karma é um pré requisito do sistema de tagmar talvez seja melhor tirar o karma então ......

Quero dizer nas palavras aqui:

Parabéns, se serve muito bem com excelência aos interesses do MJ.

R: A intenção não é essa sou jogar e MJ sempre fui mago, sei bem como é jogar com um.

Pois sempre irá funcionar em total harmonia. Porém aos jogadores ficou restrito TOTALMENTE até cair em desuso.

R: pos isso estamos aqui para ajustar até que fique boa para todos, fazer ataquem sem dar nenhum opinião pertinente a mudança simplesmente reclamando de tudo não ajuda.

Obs. A magia não fora pontuada ou má avaliada.

R: nunca foi uma magia para transformar era uma ilusão para vc parecer uma criatura vc não vê ?

Sugestão e Soluções

Mais liberdade, com menos restrições.

R: Leia novamente a magia por favor....

Requisito ao personagem possua na magia mesmo nível igual ou superior a criatura desejada.

R: Nada em tagmar pode ser usado com mais de seu estagio o todos deram essa ideia.

Ter opção momentâneo em que não requer material genético para efeitos nos níveis da magia e dar opções por ritual.

R: já é assim .....

Sendo que transformar seja na intenção de obter das vantagens de alteração em heróica e física aí carecendo material genético e realização por ritual.

R: EH é o heroismo do alvo não pode ser mudado.... EF muda no que tem material no outro não .....



SR Nironde

Acima tento responder seus tópicos. minhas respostas estão com R:
Me sinto ofendido por seus comentários.
Espero que em futuros comentários se atenha as magias sem ataques pessoais. afinal não estou aqui por meus caprichos ! Estou tentando ajudar!

Sem mais obrigado



"Sempre se lembre da troca equivalente!"
by Pirata o Alquimista.
#40 PIRATA Enviado : 13/05/22 06:37
Leandro escreveu:
Saudações!!!
Aqui temos 2 Magias que estão sendo fundidas. O grande problema dela é a questão da transformação/mutação de certas criaturas dar uma EF ou EH muito altas. Mas também vejo que se transformar em um elefante ( como muito mencionado não ganhar nada).
Então pensei que a magia poderia "DAR" bônus fixos EF, EH, Def, Ataques e dano quando a criatura aumenta de tamanho e "RETIRAR" quando ela diminui de tamanho.


Bom dia nobre Leandro seja bem vindo

Fiz alguma mudanças na magia veja oque acha.
"Sempre se lembre da troca equivalente!"
by Pirata o Alquimista.
#41 PIRATA Enviado : 13/05/22 06:42
Azurius escreveu:
Marcelo_Rodrigues escreveu:
Leia o resto do texto...
Então vai aqui minhas sugestões finais e acho que a magia vai ficar ótima

1) A magia passa ter os 2 conceitos: transformação simples e completa. Para simples não precisa de amostra, basta ver. Para completa somente Animais, Raças Civilidades e Raças Selvagens não exige amostra (mas tem que ter visto), as demais criaturas exigem amostra para ser "completa".

2) A transformação simples é a transformação que está atual no livro de magias. A completa ganha o ataque, e EF. O Ataque tem o dano, mas é na coluna de ataque é igual a FA da magia. Conhecimentos (habilidades, técnicas de combate e magias) não são ganhos nem com a completa. Poderes naturais também não são ganhos. Sim nada de virar um basilico e sair petrificando!

3) Quanto a receber dano na EH, para equilibrar uma solução é por um teste de Concentração. Caso falhe a magia quebra. Assim sempre há o risco de o mago transformado numa criatura com muita EF perder a forma e voltar ao seu EF normal. Um solução extra é que na destrasformação o mestre deve calcular o % da EF perdida e aplicar na EF do mago. Assim se o mago transformado no elefante perder metade de sua EF, ao se destransformar ele perde metade da sua EF real. Isto vai evitar abusos de magos querendo dar uma de guerreiro.

Acredito que este ajustes vão agradar quem queria ter uma transformação completa e quem acha que a atual já é suficiente. Dancing


OBS: a ideia que se a criatura for mais fraca que o mago continua válido. Se ele se transformar num gato e vai ter EF do gato e o dano do gato.


Bom dia, Marcelo. Gostaria de indicar um ponto preocupante nessas soluções. Estão dando ao místico um leque razoável de pontas soltas para possíveis macetes. Por qual motivo não deixamos a magia de uma forma mais simples, damos ao usuário só as capacidades da criatura (voar, nadar, respirar em uma situação X, locomover-se a uma certa velocidade, etc.) mas não mexemos com coisas como EF, Dano, Ataque e tal.

É só uma ideia de quem não gostaria de ver a magia sendo distorcida futuramente e criando inconvenientes nas mesas. :/



bom dia blz :?

As duas magias anteriores sempre foram motivo de discussão na mesa e sempre fui questionado "por que não nos transformamos na criatura saca ?" "posso usar a ficha da criatura para atacar ?"
ai vc responde não vc tem que atacar com sua arma... "pow mais sou urso agora como vou usar minha adaga ?" e etc manja
Estou tentando fazer com que possa realmente ser a criatura transformada entende ? restringindo o nível da criatura e diminuindo a EF talvez seja possível saca .

gostaria de ver sua opinião vendo dessa forma !

aguardado sua opinião
"Sempre se lembre da troca equivalente!"
by Pirata o Alquimista.
#42 Fábio_CM Enviado : 13/05/22 09:46
Tá bem complexo, mas parece estar equilibrado.

Algumas dúvidas:
Citação:
Caso o alvo da magia seja atingido por um ataque de 100% na EH ou qualquer ataque na EF, ele devera fazer um teste de concentração médio e caso falhe, a magia é imediatamente quebrada.

• A magia leva uma rodada para se ativar. Caso a vítima sofra o dano acima e retorne à sua forma natural, quanto tempo leva? O imediatamente é literal? E para reverter a transformação?

Caso o retorno para a forma natural também dure uma rodada, o usuário da magia fica indefeso durante este tempo?

• Mais uma questão quanto ao tempo de evocação. Não há nenhuma menção ao mago poder quebrar o efeito voluntariamente. Logo, ele precisa usar a quebra de encantos normalmente (sem custo em karma, já que é invocação dele). No entanto, a magia limita várias formas a fazer evocações instantâneas, e a quebra de encantos tem uma evocação igual ao da magia original. Ou seja, quebrar esta magia leva 1 rodada e por isso não pode ser executado na forma transformada. Como um mago poderá voltar para sua forma natural se está transformado, digamos, em um pássaro? Só aguardando a duração?

Na mesma linha, se ele não pode fazer esta mesma magia, como ele poderá prolongar os efeitos dela?
#43 Marcelo_Rodrigues Enviado : 13/05/22 12:17
Pessoal,

o Pirata fez muitas alterações com base nos comentários.

Favor reler tudo antes de fazer novos comentários.
#44 Marcelo_Rodrigues Enviado : 13/05/22 14:29
SEgue aqui minha observaçõs

1) No trecho "Ao adquirir a nova forma, o alvo passará a ter as habilidades básicas da criatura como, poder voar, respirar debaixo d‘agua, cavar, etc , se a nova forma o permitir." Não entendi este que marquei em negrito. Podia explicar melhor isto?

2) No trecho "Caso a criatura seja inteligente ou mística ou da categoria gigante" o que são místicas? Como o mestre determina?

3) No trecho "Essa amostra deve ser recolhida da criatura ainda com vida ou em até 24h depois de sua morte (onde ainda tenha aura nessa amostra)." Ache que esta parte marcada em negrito pode ser cortada. Tá redundante não?

4) No trecho "Um pequeno ritual de 1 hora deve ser feito com essa amostra e custa um valor de 10 MO por estágio da criatura". Aqui eu acho que é muito dinheiro, para um ritual, desta forma é impossivel trasformnar em algo poderoso. Mas ao mesmo tempo o trecho "essa amostra será usada sempre que precisar" torna uma vez gasto, pode usar para sempre e nunca mais gasta dinheiro! Não era melhor baixar o custo e impor um limite de tempo? Think

5) No trecho "o alvo adquire a RF, Força, Físico, Agilidade, Percepção, VB e os ataques da criatura, as habilidades caso o alvo as tenha também será a da criatura, assim como as Técnicas de Combate só podem ser usadas caso o alvo as tenha" Aqui eu descordo que posso usar as habilidades. Não se esqueça que é um mago no corpo de um dragão, logo não deve ter as habilidades "aprendidas" ( Escalar Superfícies(27), Persuasão(17), Usar os Sentidos(22) / Ataques múltiplos(3)) de um dragão. Outro ponto não tratado é o nível (colunas) que ele vai atacar? A do mago a da magia ou do criatura. Acho que dar o da criatura é apelação.

6) Um ponto problemático é a perda da EF. O mago apelão vira um gigante e tem sua EH de 15 passar para 60 (efeito 10). Aí ele leva 40 de dano na EF ficando com 20. Aí ele se destrasnforma, qual a EF que ele fica? Deu para notar que isso acaba sendo um bonus de EF sem perder nada? Uma sugestão é calcular o percentual perdido da EF e aplicar no mago.

7) No calculo de EF, conta a absorção de armaduras, elmos e escudos?

8)No mais temos de tomar cuidado para não se tornar um combo, onde o mago Bomba um Guerreiro para ganhar EF e Ataques bem acima do que o guerreiro tem, o que faria da magia ser muito melhor que qualquer magia de sacerdote. Assim que acha da transformação completa ser só para o próprio mago? Para outros seria incompleta.







#45 Fábio_CM Enviado : 13/05/22 19:49
Olá Marcelo, vou me intrometer um pouco porque algumas destas questões eu acho que entendi.

1. "Se a nova forma o permtir" significa "se a nova forma tiver capacidade". Ou seja, não dá pra voar sendo um gato ou correr sendo uma carpa.

2. Imagino que ele esteja se referindo às categorias de criaturas. Ele misturou uma capacidade inata (ser inteligente) com uma categoria (criaturas místicas, criaturas gigantes, mortos-vivos, etc.).

4. Algumas criaturas podem ser muito difíceis conseguir uma única amostra. Imagina conseguir duas vezes! Penso que foi por isso que ele colocou o prazo infinito. Não tenho certeza se gosto ou desgosto dessa forma, mas acho que não prejudica.

6. Concordo que é preciso esclarecer melhor essa questão, mas não acho que ficar calculando porcentagens seja uma boa ideia. Uma discussão muito parecida com essa viveu por muito tempo quando se falava na ordem da perda de absorção e de EF.
#46 Marcelo_Rodrigues Enviado : 14/05/22 09:54
Respondendo rápido a duas questões:

2 - O problema de Mistica, é que a limitação é só mistica. Hidras não são da categorias "mística", não são inteligentes e não são da Gigantes. Hidras tem EF e ataques monstruosos, e como está magia vai dar para fazer sem ter amostra!

4 - Aí eu discordo. O que o jogador mais faz é enfrentar criaturas em suas aventuras. Toda hora o mestre escolhe uma criatura nova para surpreender seus jogadores, logo o mago terá muitas e muitas opções de amostra... basta esperar o fim de cada combate. Faça um lista das criaturas que vc ja pôs para seus jogadores e verá que será um arsenal enorme!

#47 Fábio_CM Enviado : 14/05/22 13:43
4- concordo que são muitas. O que estou dizendo é que elas não se repetem, especialmente as mais icônicas. Então, se o grupo enfrentou uma mantícora no estágio 8, por exemplo, é possível que ele avancem até o estágio 20 sem nunca mais se deparar com uma. Daí o fato da amostra perder validade poder ser um problema.
Usuários visualizando este tópico
Guest (4)
2 Páginas <12
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET
LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.