📜 Boato (revisão) - Bardos (revisão) - Tagmar
Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

Questão da Enquete : 📜 Boato (revisão)
Escolha Votos Estatísticas
Aprovado 2 100 %
Reprovado (precisa de melhorias) 0 0 %

📜 Boato (revisão) Opções
#1 Marcelo_Rodrigues Enviado : 14/03/21 10:48
Esta tarefa é para revisar a magia Boato que teve avaliação ruim. As observações sobre esta magia foram:

... A magia é interessante; mas não precisa comprar mais que o 4º nível. Torna-se mais magia de contexto que prática.
... interessante; mas de pouco uso real.
... progressão fraca; não pegaria mais que o nível 4



Para assumi esta tarefa basta responder por aqui!
#2 Edilton Oliveira Enviado : 14/03/21 13:08
Separa essa pra mim.
#3 Edilton Oliveira Enviado : 20/03/21 10:54
Prezados(as),

A magia Boato é bem interessante, mas da forma que estava não tinha sentido pegar mais que o 4º nível.

Tentei dar mais valor a partir do 6º nível. Também corrigi algumas falhas da magia anterior como o tempo de propagação do boato, bem como não precisar que um sacerdote (por exemplo) saia pela cidade espalhando a notícia (claramente seria algo fora do padrão de vida dele, chamaria muita atenção e fica meio sem sentido).

Assim, segue o primeiro esboço da magia. Por favor, comentem e deem opinião.
#4 Marcelo_Rodrigues Enviado : 27/03/21 10:59
Uma magia mil possibilidades!

Com certeza será uma magia usado pelos que gostão de um bom roleplaying Dancing
#5 Marcelo_Rodrigues Enviado : 10/04/21 10:19
Fechamos?
#6 Edilton Oliveira Enviado : 10/04/21 13:50
Seria interessante que tivesse mais comentários Think

Mas por mim fechou.
#7 Flores Enviado : 10/04/21 15:17
O encantamento está bem redigido.

Citação:
Passado uma hora de enfeitiçada, a vítima esquecerá quem foi a pessoa que passou a informação: não se lembrará do seu nome, nem rosto ou qualquer elemento que possa identificá-la; saberá apenas que a informação veio de uma fonte “confiável”.


O objetivo é disseminar o boato ou fazer com que quem o proferiu seja esquecido? Ambos?

Há alguma forma de resgatar a informação da cabeça da pessoa a respeito de quem originalmente proferiu o boato?
#8 Edilton Oliveira Enviado : 11/04/21 10:00
Nobre Flores,

Citação:
O objetivo é disseminar o boato ou fazer com que quem o proferiu seja esquecido? Ambos?

O objetivo da magia é disseminar o boato, fazer com que o portador esqueça é consequência do encanto.

Citação:
Há alguma forma de resgatar a informação da cabeça da pessoa a respeito de quem originalmente proferiu o boato?

Boa pergunta. Não sei se seria interessante informar que pode ser revertido através de magia do tipo "Quebra de Encantos" ou se o Mestre decida... O que achas?
#9 Flores Enviado : 11/04/21 12:25
Ei Edilton Oliveira,

Edilton Oliveira escreveu:

Boa pergunta. Não sei se seria interessante informar que pode ser revertido através de magia do tipo "Quebra de Encantos" ou se o Mestre decida... O que achas?

Se for adicionar seria interessante exemplificar que somente seria possível utilizar essas magias citadas nos alvos originalmente alvos do boato, e que necessitaria de uma investigação para chegar até ele. Algo assim.
De qualquer forma, a magia está boa.
#10 Edilton Oliveira Enviado : 15/04/21 20:29
Nobre Flores,

Citação:
Se for adicionar seria interessante exemplificar que somente seria possível utilizar essas magias citadas nos alvos originalmente alvos do boato, e que necessitaria de uma investigação para chegar até ele. Algo assim.
De qualquer forma, a magia está boa.

Beleza, então vou deixar a critério do MJ decidir, porque aí varia de acordo com o gosto/estilo do grupo.

Marcelo, por mim, fechou.
#11 Alexandre Lopes Enviado : 21/04/21 05:01

Saudações Nobres Companheiros!

Gostei bastante de como ficou, porém acho que poderia tentar resumir um pouco o texto, pois as vezes muita informação pode confundir...
#12 Edilton Oliveira Enviado : 21/04/21 05:36
Alexandre Lopes escreveu:

Saudações Nobres Companheiros!

Gostei bastante de como ficou, porém acho que poderia tentar resumir um pouco o texto, pois as vezes muita informação pode confundir...

kkkkkkkkkk esse é o meu maior problema hehehe. Prolixo. Vou tentar, não garanto, mas aceito sugestões Muito Feliz
#13 Flores Enviado : 21/04/21 06:35
Alexandre Lopes escreveu:

Saudações Nobres Companheiros!

Gostei bastante de como ficou, porém acho que poderia tentar resumir um pouco o texto, pois as vezes muita informação pode confundir...


Concordo que às vezes muita informação confunde, porém acredito que o texto da magia pode ser um pouco mais longo caso os efeitos detalhados nos níveis seja de orações mais diretas e curtas. Quando comecei a ler os verbetes também estranhei a quantidade de textos em algumas magias, mas se for o melhor para a explicação, deve-se utilizar todas as palavras necessárias.

Agora, como que um rapaz de 16 anos com poucas semanas de RPG pensaria? << Tento pensar nisso quando redijo certos textos.
#14 Alexandre Lopes Enviado : 21/04/21 14:47


Flores escreveu:
Agora, como que um rapaz de 16 anos com poucas semanas de RPG pensaria? << Tento pensar nisso quando redijo certos textos.



Este é um ponto importante... Acho que poderíamos chegar em meio termo, com a intenção de otimizar e ser mais atrativo.
#15 Edilton Oliveira Enviado : 23/04/21 12:59
Alexandre Lopes escreveu:

Gostei bastante de como ficou, porém acho que poderia tentar resumir um pouco o texto, pois as vezes muita informação pode confundir...
Nobre Alexandre,

Olhando o texto da magia, podemos dividir em 6 parágrafos e 1 exemplo prático.
Parágrafo (P.) 1: explica a evocação da magia
P. 2: o que acontece quando cumpre a meta
P. 3: explica a importância de escolher o boateiro
P. 4: informa como acontece a transmissão para muita gente em curto tempo
P. 5: o que acontece quando acaba o feitiço
P. 6: explica o efeito adicional a partir do 6º nível
E por fim, o texto como o exemplo prático.
Apesar de grande, cada parágrafo trata de uma ideia diferente. Nesse ponto, eu aceito sugestões para resumir. Agora, não acredito que vai ter impacto na leitura, mas fico aberto a opções. Eu li e não consegui resumir Brick wall
O parágrafo do exemplo, acho válido deixar como está porque exemplifica, sem deixar dúvida, esse efeito da magia que é um pouco complexo.

Flores escreveu:
Agora, como que um rapaz de 16 anos com poucas semanas de RPG pensaria? << Tento pensar nisso quando redijo certos textos.

Nobre Flores,

Eu comecei a jogar Tagmar com exatos 16 anos, em 1996. E sentia falta de um texto mais explicativo no saudoso Tagmar 1. Quantas e quantas vezes nosso grupo não perdeu vários minutos passando de mão em mão o livro para cada um ler e tentar entender o que podia e não podia na magia. Por isso, eu detalho ao máximo as magias que faço, como tem mais de um efeito e em vários níveis, é comum ter duvidas. Então eu sempre penso nas possibilidades que um grupo poderá fazer com a magia. Se um rapaz de 16 anos está com preguiça ou não quer ler tudo, é melhor ele parar e escolher outro jogo hehehehe Brincadeiras à parte, concordo em otimizar a escrita, mas na medida do possível e jamais em detrimento ao entendimento.

#16 Flores Enviado : 23/04/21 16:03
Edilton Oliveira escreveu:
Eu comecei a jogar Tagmar com exatos 16 anos, em 1996.


Por coincidência, Tagmar também entrou em minha vida em 1996. Lembro até hoje a quantidade de moedas que levei para pagar o livro kkkk

Sou obrigado a concordar contigo em relação a certos textos da época, mas acredito que em alguns tenha sido o caso de quebra de raciocínio ao redigir e tentar retornar à redação. Sentia isso com partes da Ambientação. Contudo isso não era exclusivo do sistema, o livro de D&D era terrível, tanto que quase não foi utilizado.
#17 T.REX Enviado : 24/04/21 19:22
Think Concordo com o colega Alexandre. Achei muito confuso. No meu ponto de vista a magia tem que ter uma uma escrita de fácil compreensão. Tive que ler e reler até entender de fato como funciona. Para aqueles que possuem dificuldade de interpretar, podem deixar essa magia de lado ou inventar algo para substituí-la, afinal quem manda é o MJ.

No aguardo.
#18 Edilton Oliveira Enviado : 26/04/21 09:39
T.REX escreveu:
Think Concordo com o colega Alexandre. Achei muito confuso. No meu ponto de vista a magia tem que ter uma uma escrita de fácil compreensão. Tive que ler e reler até entender de fato como funciona. Para aqueles que possuem dificuldade de interpretar, podem deixar essa magia de lado ou inventar algo para substituí-la, afinal quem manda é o MJ.

No aguardo.

Nobre T.REX,

Em verdade, o Nobre Alexandre não falou que estava confuso, ele pediu para "resumir um pouco o texto, pois as vezes muita informação pode confundir..." e iniciou dizendo: "Gostei bastante de como ficou..."
Respeito e muito sua opinião, mas vou citar o colega Flores que no post #7 falou: "O encantamento está bem redigido."
Eu acredito que confuso era o anterior, nessa revisão tentei deixar bem explicado para não gerar dúvidas. Já reli várias vezes o texto e não acho confuso.

Mas em todo caso, me diga em quais pontos você sentiu dificuldade de entendimento.
#19 Marcelo_Rodrigues Enviado : 01/05/21 16:52
Será que se reduzir a quantidade de exemplos não simplifica? Um ou 2 não seria o suficientes: ?-k
#20 Edilton Oliveira Enviado : 02/05/21 10:26
Marcelo_Rodrigues escreveu:
Será que se reduzir a quantidade de exemplos não simplifica? Um ou 2 não seria o suficientes? Think

Grande Marcelo,

Mas no texto só tem um exemplo. Está exemplificado como funciona o nível 10 da magia, no qual o Mestre dá três ajudas. Agora, se quiserem que eu mude para exemplificar o nível 6, onde o Mestre dá uma ajuda, aí tudo bem. Mas acho melhor deixar o nível 10 que mostra o máximo.

Obs.: "...Se o alvo da magia for uma criança, muitas pessoas não acreditarão na sua palavra (alegando fruto da imaginação, por exemplo), entretanto, se for uma pessoa de credibilidade..." Esse trecho eu não considero um "exemplo".
#21 Alexandre Lopes Enviado : 03/05/21 11:49
Edilton Oliveira escreveu:
Alexandre Lopes escreveu:

Gostei bastante de como ficou, porém acho que poderia tentar resumir um pouco o texto, pois as vezes muita informação pode confundir...
Nobre Alexandre,

Olhando o texto da magia, podemos dividir em 6 parágrafos e 1 exemplo prático.
Parágrafo (P.) 1: explica a evocação da magia
P. 2: o que acontece quando cumpre a meta
P. 3: explica a importância de escolher o boateiro
P. 4: informa como acontece a transmissão para muita gente em curto tempo
P. 5: o que acontece quando acaba o feitiço
P. 6: explica o efeito adicional a partir do 6º nível
E por fim, o texto como o exemplo prático.
Apesar de grande, cada parágrafo trata de uma ideia diferente. Nesse ponto, eu aceito sugestões para resumir. Agora, não acredito que vai ter impacto na leitura, mas fico aberto a opções. Eu li e não consegui resumir Brick wall
O parágrafo do exemplo, acho válido deixar como está porque exemplifica, sem deixar dúvida, esse efeito da magia que é um pouco complexo.



Nobre Edilton! é vero! eu verifiquei a possibilidade de enxugar o texto, porém não vi tal possibilidade, creio que me equivoquei em meu comentário... E que pela complexidade da magia realmente se faz necessário tais explicações! Think



#22 Marcelo_Rodrigues Enviado : 03/05/21 13:10
Citação:
Mas no texto só tem um exemplo. Está exemplificado como funciona o nível 10 da magia...


Hammmmm ... entendi
#23 Marcelo_Rodrigues Enviado : 05/05/21 19:25
Fechamos?
#24 Edilton Oliveira Enviado : 06/05/21 07:40
Marcelo_Rodrigues escreveu:
Fechamos?

Por mim já tava fechado, fiquei aguardando a resposta de T.REX.
#25 Marcelo_Rodrigues Enviado : 07/05/21 11:47
Iniciamos a votação. A data para encerramento é entre 6 e 10 dias.
Usuários visualizando este tópico
Guest
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET
LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.