Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

2 Páginas <12
Responder...
Dádivas da Guerra (Magia nova para Blator, Crezir e Crizagom) Opções
#31 regisdante Enviado : 27/07/20 21:15
Rapaziada, EU achei a magia muito fraca e com muitos pontos ruins, na verdade tem mais pontos negativos do que positivos.

Vou justificar, o Marcelo fez uma magia muito foda para o Deus Parom, exclusiva dele ! Seus efeitos são ótimos, focados e
totalmente voltado a fabricação! OBS*Defendo que cada Deus deveria ter uma Magia assim EXCLUSIVA !! além de ser muito boa, não tem contras, apenas os prós !

Agora sobre este milagre, Dadivas de Guerra:
- É uma magia que é exclusiva da tríade da guerra
- Não tem como não ser diferente de algo que beneficie em batalhas.
Oque nosso amigo Edilton citou sobre Benção, Sagração e etc, essas magias todos os Deuses tem, até o Deus Parom tem. (isso que ele é voltado para fabricação)

Achei bacana a ideia de colocar técnicas de combate, mas seria mais interessante dar a liberdade para o usuario escolher qual técnica ele quer aprender, EX:
- Dadivas de Guerra nivel 1, o sacerdote escolhe 2 técnicas de combate.
- Davidas de Guerra nivel 10, o sacerdote escolhe 6 técnicas sendo 3 aprimoradas.

MAGIA é muito mais forte que as tecnicas de combate !

Outro ponto, que deixa a magia do jeito que esta MUITO FRACA, são os deveres do sacerdote. Ou seja , a magia obriga que ele faça algumas retribuições em troca de algumas tecnicas de combateBrick wall que qualquer guerreiro fuleiro aprende sem esforço ou sem precisa pagar tributo nenhum !

Neste momento gostaria de ajudar com mais ideias, MAS estou sem criatividade no momento ..
Mas é isso ai, do jeito que esta a magia fica muito fraca.. tem muito dever para pouco beneficio !
Tem que pensar que o Sacer já esta na Ordem, ele já tem deveres além dos normais comparado com um Sacer Comum e obrigar a fazer missões para benefícios tão pequenos é desbalanceado para o ruim.
#32 Edilton Oliveira Enviado : 28/07/20 09:46
Nobre Regisdante,

O problema que eu vejo em deixar livre a escolha das técnicas são os combos. Por exemplo, digamos que o Sacerdote tem os Aura = 3 e Força = 2. Ele é oitavo nível. E vai usar a magia Dádivas da Guerra no sexto nível.

Ex1.: Sacerdote de Blator escolhe a técnica Golpe Letal. Irá somar +4 ao dano. Mas ele também evoca a magia Força Sagrada da ordem de Blator, nível 7, que causa +4, durante 10 rodadas. Ou seja, durante as 10 rodadas ele causa +8.

Ex2.: Sacerdote de Crezir escolhe a técnica Força Interior. Irá somar +6 ao dano. Mas ele também evoca a magia Ataque Impetuoso (nova versão) da ordem de Crezir, nível 6, 25% de dano vai causar +7. Assim, um simples dano de 25% causa +13.

Essa foi uma análise que fiz: achei muito apelativa se liberar todas as técnicas, desequilibrando o sistema. Além de perder o singularidade para as profissões de Guerreiro e Ladino (técnicas específicas).

Citação:
“a magia obriga que ele faça algumas retribuições em troca de algumas tecnicas de combate”

Não, isso não acontece. A retribuição é apenas para o efeito da intervenção direta da divindade. Vou deixar isso mais claro no texto.

Minha ideia era escolher as técnicas que não dão bônus no dano nem em coluna. Assim, o sacerdote ficava mais versátil na arte da guerra. Atualmente são 7 técnicas para escolher, vou aumentar para 9 e dividir em 3 em 3.

Enfim, como falei anteriormente, não sou dono da verdade. Se acharem que não é viável a magia desse jeito, a gente troca sem problema, libera todas as técnicas e aprimoramentos. Inclusive, eu deixei salvo a versão anterior de PH, podemos voltar para ela também. Se eu tivesse um conhecimento melhor sobre técnicas de combate, escolheria as mais úteis sem combar.
#33 Marcelo_Rodrigues Enviado : 28/07/20 12:03
Pessoal,

não dá para liberar as técnicas a vontade, pois isto interfere no equilibro criado no Tagmar 3. Quando fizemos esta enorme lista de tecinas para Ladinos e Guerreiros era exatamente para compensar que eles não tem magia. Se incluir muitas técnicas, aí o sacerdote vei ficar muito poderoso.

Outro ponto é que a "divida" sacerdote com o deus é exclusivo para para a ajuda especial. Os efeitos que permitem utilizar técnicas não geram esta "dívida". Será que isto não está claro?
#34 Rywv Enviado : 29/07/20 19:19
Sinceramente não estou lendo toda discussão por falta de tempo, mas vou jogar minha opinião aqui pra ver se ajuda em algo.(Acho que é a terceira vez que escrevo isso.)

As ideias da magia são interessantes mas acredito que poderiam ser melhor exploradas separadamente. Na verdade tenho a impressão de ter visto essa assistência divina em alguma outra magia, mas não tenho certeza de onde.

EU optaria por explorar só o uso das técnicas e de uma forma mais elaborada, permitindo uma duração mais longa, um numero especifico de técnicas de certos grupos.

Ex.:
Alcance:pessoal

A magia não pode ser evocada múltiplas vezes com intuito de acumular efeitos. Caso a magia seja evocada enquanto ainda estiver vigente, a anterior será encerrada.

Nível 1: Permite o uso de uma técnica do grupo de Ataque(múltiplos ataques) a escolha do mistico. Duração 5 rodadas.

Nível 3: Idem ao anterior, mas agora é possível ter tbm uma técnica do grupo de precisão. Duração 10 rodadas.

Nível 5: Idem ao anterior, mas agora é possível ter tbm uma técnica do grupo de agressão. Duração 3 horas.

Nível 7: Idem ao anterior, mas agora é possível ter tbm uma técnica do grupo de suporte. Duração 5 horas.

Nível 9: Idem ao anterior, mas agora uma unica técnica pode ter o aprimoramento. Duração 12 horas.

Tbm sugiro não permitir o uso das técnicas de postura, elas costumam ser o núcleo do guerreiro e por isso deveriam ser algo exclusivo dele.
A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#35 rodolfo Enviado : 30/07/20 08:50
Caros,

Acredito que a duração de todos os níveis poderia ser 10 rodadas (1 batalha com folga, 2 se forem em sequência).

Outras opções de técnicas para a magia:
- Golpe duplo (2 ataques no turno);
- Aprimorar (na arma do deus), aumentando colunas e dano;
- Golpe Giratório (atacar n inimigos adjacentes)
- Brutalizar ou Sangramento combinam bem com Crezir.

A segunda observação pode deixar brechas de interpretação.
"Obs. 2: O total na técnica de combate será o nível da magia mais o valor do atributo correspondente, conforme dita a técnica."
O total é o nível lançado ou o nível que o sacerdote possui.
Sugiro ainda simplificar e deixar o total na técnica igual a F.A da magia.

Até mais.
#36 Edilton Oliveira Enviado : 30/07/20 09:16
Citação:
Sinceramente não estou lendo toda discussão por falta de tempo


Uma pena, Nobre Rywv, suas opiniões são sempre uteis. Mas vamos lá:

Eu vejo que há um equilíbrio entre as profissões de Guerreiro e Sacerdote (dos deuses da guerra). Para compensar a falta de magia, os Guerreiros tem suas técnicas. E os sacerdotes tem usas magias. Se eu colocar livre as escolhas das técnicas, mesmo que de um grupo, já vai aparecer os combos e desequilibrar o sistema. Vou dar exemplo:

Você sugere no nível 1: “Permite o uso de uma técnica do grupo de Ataque (múltiplos ataques) a escolha do místico”. Então imagine que um sacerdote de Crezir evoque essa magia, escolhendo Golpe Duplo. Dura 5 rodadas. Na rodada seguinte ele evoca Ataque Impetuoso. Gole duplo diz que reduzirá 2 níveis do primeiro ataque. Porém não vai adiantar de nada essa restrição porque a magia Ataque Impetuoso o primeiro ataque terá bônus no dano. Então ele fará o primeiro ataque com bônus no dano e o segundo normal, ou seja, acabou com o equilíbrio do sistema. E eu não conheço bem as técnicas. Quem conhece, vai combar muito mais fácil.

Por isso que eu estou batendo na tecla para não deixar livre as técnicas de combate. Tá pouco as opções de escolha das técnicas? Então vamos colocar mais, porém tem que ser escolhida a dedo para não desequilibrar.
#37 Rywv Enviado : 30/07/20 12:08
Edilton Oliveira escreveu:
Citação:
Sinceramente não estou lendo toda discussão por falta de tempo


Uma pena, Nobre Rywv, suas opiniões são sempre uteis. Mas vamos lá:

Eu vejo que há um equilíbrio entre as profissões de Guerreiro e Sacerdote (dos deuses da guerra). Para compensar a falta de magia, os Guerreiros tem suas técnicas. E os sacerdotes tem usas magias. Se eu colocar livre as escolhas das técnicas, mesmo que de um grupo, já vai aparecer os combos e desequilibrar o sistema. Vou dar exemplo:

Você sugere no nível 1: “Permite o uso de uma técnica do grupo de Ataque (múltiplos ataques) a escolha do místico”. Então imagine que um sacerdote de Crezir evoque essa magia, escolhendo Golpe Duplo. Dura 5 rodadas. Na rodada seguinte ele evoca Ataque Impetuoso. Gole duplo diz que reduzirá 2 níveis do primeiro ataque. Porém não vai adiantar de nada essa restrição porque a magia Ataque Impetuoso o primeiro ataque terá bônus no dano. Então ele fará o primeiro ataque com bônus no dano e o segundo normal, ou seja, acabou com o equilíbrio do sistema. E eu não conheço bem as técnicas. Quem conhece, vai combar muito mais fácil.

Por isso que eu estou batendo na tecla para não deixar livre as técnicas de combate. Tá pouco as opções de escolha das técnicas? Então vamos colocar mais, porém tem que ser escolhida a dedo para não desequilibrar.

Sua preocupação realmente é valida. Se não for usar os grupos é necessário melhorar as opções, de noite eu analiso a lista de técnicas e sugiro algumas opções interessantes.

Sobre os combos, não da pra fugir disso totalmente e isso tbm da mais graça ao jogo. Eu particularmente gosto de coisas "combando"(sem exageros), por isso quando possível desenvolvo magias que conversam entre si, vc ja deve ter visto isso no berserker ferreiro. O combo de golpe duplo e ataque impetuoso não é exatamente funcional, a magia não anula os níveis de dano perdido da técnica, então a chance de falhar no ataque continua sendo grande. A real penalidade das técnicas de ataques múltiplos não é redução de dano, e sim a chance de acerto reduzido.
A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#38 Edilton Oliveira Enviado : 30/07/20 12:31
Rywv escreveu:
Sua preocupação realmente é valida. Se não for usar os grupos é necessário melhorar as opções, de noite eu analiso a lista de técnicas e sugiro algumas opções interessantes.

Sobre os combos, não da pra fugir disso totalmente e isso tbm da mais graça ao jogo. Eu particularmente gosto de coisas "combando"(sem exageros), por isso quando possível desenvolvo magias que conversam entre si, vc ja deve ter visto isso no berserker ferreiro. O combo de golpe duplo e ataque impetuoso não é exatamente funcional, a magia não anula os níveis de dano perdido da técnica, então a chance de falhar no ataque continua sendo grande. A real penalidade das técnicas de ataques múltiplos não é redução de dano, e sim a chance de acerto reduzido


Eu realmente agradeço as sugestões para mais técnicas isoladamente. Applause Applause Applause Applause

E sim, eu já vi que você faz uma magia com efeito isolado mas também com gancho para ser usado com outra magia. Isso é massa porque dá mais de uma função pra mesma magia e amplia o seu efeito.
#39 Rywv Enviado : 30/07/20 19:34
Gostaria de sugerir que as técnicas na magia atualmente fossem descartadas, se vc quiser eu até elaboro melhor o motivo para isso. Mas por alto posso te dizer que algumas poderiam dar mto poder pro sacerdote e outras teriam utilidade quase nula.

As técnicas que poderiam entrar na magia são:

Nível 1- Voz de Comando, Remover Debilitações e Contra-Ataque, ambas são magias com funcionamento simples e útil.
Nível 2- Combate com Escudo, Mira e Golpe Letal. Cada um aprimora de seu jeito o combate, seja defesa, combate a distancia ou corpo-a-corpo.
Nível 4- Leitura da Batalha, essa torna o combate mas estratégico e interessante.

Peneirei bastante a lista de técnicas pra chegar nessas opções, se vc quiser mas algumas sugestões me fala que dou outra olhada. Como comentei anteriormente, evite usar técnicas de postura pq geralmente são o núcleo do guerreiro, alem disso percebi que técnicas de ataque(múltiplos ataques) não são um opção pq provavelmente o sacerdote de guerra vai usar a magia velocidade em sua lista.
A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#40 Edilton Oliveira Enviado : 30/07/20 19:55
Rywv escreveu:
Gostaria de sugerir que as técnicas na magia atualmente fossem descartadas, se vc quiser eu até elaboro melhor o motivo para isso.


Certo, podem ser descartadas sem problema. Como eu citei antes, não sou conhecedor das técnicas. E nem precisa elaborar motivo. Vou usar exatamente as que você sugeriu, nessa sequência.

Rywv escreveu:
...se vc quiser mas algumas sugestões me fala que dou outra olhada


Sim, eu agradeceria se me fornecesse mais 2 para completar o 4 nível. E, se possível, me diga uma para eu colocar no 6 nível, inclusive, essa pode ser até uma mais forte, mas será uma só.

Valeu mais uma vez, Nobre Rywv.
#41 Rywv Enviado : 31/07/20 22:12
Rapaz, eu li e reli a lista algumas vezes pra selecionar e te digo que foi difícil. Tentei encontrar algo que possua mecânicas não tão exploradas nas magias sem entregar o que há de melhor nas especializações do guerreiro, por isso sugiro Escolta e Dano Agravado.

Sobre uma técnica forte para o nível 6, eu não consigo pensar em nada que funcione com qualquer tipo de arma e que não vai entregar o caldo suculento do guerreiro. Nesse nível eu sugiro permitir 1 aprimoramento nas técnicas concedidas pela magia e nas que vc compra normalmente, te garanto que isso é mto mais interessante para o jogador do que ter mais uma opção de técnica e não é algo que vai tornar o sacerdote exageradamente poderoso.
A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#42 Edilton Oliveira Enviado : 01/08/20 12:29
Rywv escreveu:
Rapaz, eu li e reli a lista algumas vezes pra selecionar e te digo que foi difícil. Tentei encontrar algo que possua mecânicas não tão exploradas nas magias sem entregar o que há de melhor nas especializações do guerreiro, por isso sugiro Escolta e Dano Agravado.

Sobre uma técnica forte para o nível 6, eu não consigo pensar em nada que funcione com qualquer tipo de arma e que não vai entregar o caldo suculento do guerreiro. Nesse nível eu sugiro permite 1 aprimoramento nas técnicas concedidas pela magia e nas que vc compra normalmente, te garanto que isso é mto mais interessante para o jogador do que ter mais uma opção de técnica e não é algo que vai tornar o sacerdote exageradamente poderoso.


Nobre Rywv, mais uma vez agradeço a atenção! Valeu mesmo!

Segunda eu faço as alterações na magia.
#43 Rywv Enviado : 01/08/20 14:12
Estamos ai pra isso.
A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#44 Edilton Oliveira Enviado : 03/08/20 09:47
Prezados(as),

Seguindo os conselhos do Nobre Rywv, alterei as opções de escolha para as técnicas de combate. Agora temos técnicas mais úteis e também a opção (a partir do 6 nível) de usar aprimoramento.

Também aceitei a sugestão do Nobre Rodolfo e coloquei que o total da técnica será igual a FA da magia, simplificando-a.

Deixei o efeito de intervenção divina, pois como já está descrito na magia: "O Mestre é quem irá definir como será essa ajuda e se o momento permite a evocação.", será de exclusividade do Mestre permitir ou não seu uso. Assim, Mestres como eu, que gostam de utilizar ganchos para aventuras, podem utilizar esse mote para escrever a próxima história. Só lembrando que esse efeito em nada atrapalha a possibilidade de usar a magia apenas com as técnicas, é só um plus para quem quiser.

Enfim, nova versão. Comentem e deem sugestões, por favor.
Usuários visualizando este tópico
Guest
2 Páginas <12
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET