Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

Responder...
[Campanha] Tagmar Savage Worlds - Crônicas Dracônicas Opções
#1 marcellogalhardo Enviado : 23/11/15 04:37
Boa noite, companheiros. Faz muito tempo que eu não posto nada (na verdade, nunca fui muito ativo no forum) e estou para tomar coragem para ler o cenário de Tagmar profundamente faz algum tempo. Estou com algumas ideias de campanha faz algum tempo e estou pensando em visitar Tagmar na próxima aventura. Minha ideia é fazer uma play by forum / rpg2ic / rrpg / roll20 (ou seja, algo meio fórum e meio online). Minha proposta de cenário é Tagmar, mas minha proposta de sistema seria Savage Worlds.

Minha ideia inicial é:

"Minha proposta de campanha é que os jogadores tiveram contato com um homem que acredita ter localizado um descendente da família real de Abadom; um jovem com muitas cicatrizes de vida dura e que deseja recriar a gloria de seu reino, uma gloria que ele jamais conheceu. Juntos eles formam um bando de mercenários, "A Companhia do Dragão" com o propósito de juntar dinheiro, reunir tropas e reconstruir seu reino a qualquer custo.

Para conseguir recursos o grupo terá que trabalhar para Verrogar, ir a guerra contra Datsem, conseguir alianças com Âmien entre muitas outras coisas. Esta será uma aventura com enfase em guerra, política e monstros; aonde os jogadores serão testados ao máximo para conseguir cumprir seus objetivos.

Os jogadores de alguma forma estarão interessados nos planos do jovem garoto em busca da reconstrução de Abadom."



Ainda estou decidindo diversos fatores, ainda estou pensando em mudar algumas coisas, mas essa é minha ideia inicial. Agora gostaria de algumas ajudas:

1. Eu posso utilizar o play by forum daqui para essa campanha? Mesmo ela sendo Savage Worlds?
2. Existe alguma adaptação de Savage Worlds para Tagmar? Apesar de que acredito não ser necessário...
3. O que acharam da ideia? Viagem demais?
4. Talvez seja melhor eu explorar outro reino. Quais vocês acham melhor para o gênero que desejo: Guerra, Politica e Mooonstros? :D
4. Aceito sugestões. Feliz
#2 saulocr Enviado : 23/11/15 09:38
Olá, Marcelo.

Pelo que eu entendi você quer usar o cenário de Tagmar na campanha, entretanto outro conjunto de regras. Não sei ao certo se nas diretrizes do PBF é possível que outros sistemas sejam divulgados/jogados, creio que isso não é um dos objetivos do projeto.

Toda ideia de campanha é válida, mas minha opinião seria que você não focasse a campanha em um NPC, deixassem que os personagens fossem os protagonistas ao invés de seguidores de um menino "prodígio".
#3 Fábio_CM Enviado : 23/11/15 09:42
Olá Marcelo. Eu não posso ajudar na sua pergunta número 1.
Quantos as outras, minha colaboração também não passa de um palpite :P. Mas vamos lá:

2. Não existe nada em andamento aqui no fórum de adaptação para Savage Worlds. Dá uma olhada neste link da Tagmarpedia e veja quais os sistemas tem uma adaptação iniciada (uns mais avançados, outros bem menos).

3. Para mim a ideia é boa. Não foge nem modifica o que acontece no cenário e ainda utiliza bons ganchos da ambientação.

4. Para guerra política e monstros os melhores são Verrogar e Dantsem mesmo. Porto Livre não tem muito de política. Talvez as cidades Estado seriam a única alternativa, mas você teria que desenvolver bastante coisa. A ameaça Verrogari na Levânia também é uma possibilidade mas, outra vez, você teria mais trabalho.
#4 Marcelo_Rodrigues Enviado : 23/11/15 13:05
Srs, eu posso responder sobre o item 1.

Não ha problema de usar o nosso pbf desde que seja algo relativo ao Tagmar. Pode ser só a ambientação (regras de outro RPG), pode ser só as regras (em ambientação diferente).

Só não pode ser de uma ambientação E regras de outro RPG.

OBS: Nosso pbf tem um pequeno suporte para as regras do Tagmar
#5 marcellogalhardo Enviado : 23/11/15 14:49
Primeiramente, gostaria de agradecer ao feedback. Agora, sobre cada tópico comentado:

saulocr

Meu propósito não é de forma alguma roubar o papel dos heróis se comparado ao herdeiro. O propósito da campanha é tentar recuperar Tronum e reestruturar Abadom. Meu objetivo era que um dos jogadores fosse o herdeiro, mas como ele pode sair da mesa, estou considerando utilizar um NPC.

Meu proposito é me inspirar em Prince of Thorns e Black Company. Seria um bando de mercenários com algumas pessoas relevantes e eu quero que esses NPCs sejam ricamente descritos, e os jogadores serão parte desse bando. No início, trabalhando em conjunto e posteriormente tomando a decisão de continuar ao lado do herdeiro, trair o bando, tentar virar o rei (matando o herdeiro ou dominando ele de alguma forma).

Enfim, eu realmente não quero limitar os jogadores e o bando foi a forma que eu encontrei de unir "inicialmente" o grupo. Eu quero me esforçar para que eles não sejam a sombra do bando e sim, sejam as estrelas do bando. Agora que expliquei melhor minha ideia, aceito qualquer sugestão que você tenha para melhorar o plot.

1. Você acha melhor ser um PJ?

2. Você acha melhor ser um item mágico (a lança do antigo rei de Abadom) que decidirá o herdeiro? (sem vínculos sanguíneos)?

3. Outras sugestões?

Fábio_CM

2. Como eu faria para iniciar a adaptação conforme for adiantando minha campanha? Eu acho que consigo fazer o básico em um pequeno arquivo doc com uma ou duas páginas (estilo dessa adaptação de Dragon Age Origins).

3. Agradeço pela orientação. Se tiver sugestões, em breve vou postar uma versão detalhada do plot, do bando do dragão e de seus membros. Vou ficar muito feliz se der(em) sua opinião.

4. Como Abadom é fronteira com Verrogar e este está em guerra, é provável que eu explore o confronto entre Verrogar e Datsem (que melhor forma de reunir um exercito e recursos liderando um bando de mercenários do que uma guerra? Hahaha); aonde os jogadores terão que decidir qual lado apoiar futuramente, lutar como mercenários para um dos lados ou coisas do gênero. Sem contar possíveis traições (Verrogar não vai gostar de saber que um jovem herdeiro quer reunir um exercito em Abadom para retomar o reino e fundar uma nação militar...).

Marcelo_Rodrigues

Fico feliz de saber que posso fazer as narrações de Savage Worlds no mundo de Tagmar e saber que o forum é flexível para que eu possa dar enfase no Tagmar (seja o sistema, o cenário ou ambos) da melhor forma que eu encontrar. Meu objetivo é explorar o cenário e tentar impor da melhor forma o clima dele aos jogadores (como não conheço tanto do cenário, não tenho certeza do quanto terei dificuldades). Hoje estou apaixonado pelo Savage Worlds e por ser genérico tenho usado ele para tudo (já gastei muito dinheiro e tempo aprendendo GURPs, Pathfinder, D&D3.5, 4, 5, Savage Worlds, Dungeon World, Old Dragon, entre outros; ultimamente tenho dado mais enfase ao cenário do que o sistema por isso; e por isso minha proposta é focar na interpretação, politica e guerra na campanha).

Como prossigo para poder criar um sub forum para fazer as postagens da campanha?

Novamente, obrigado pelo feedback Tagmarianos. Feliz
#6 Fábio_CM Enviado : 23/11/15 16:25
Se você quer usar um NPC como pano de fundo para sua campanha, não faça dele um membro combatente do grupo. Ele pode ser o descendente e legítimo herdeiro, como você quer, mas não precisa saber lutar. Pode ser um pirralho ranhento de 9 anos, por exemplo, que o grupo deve defender e guiá-lo até que reconquiste seu reino dos dragões. Isso já vai dar mais foco nos personagens dos jogadores, uma vez que eles serão os "soldados fiéis do rei".

De qualquer forma, eu acho que você já deve estabelecer algumas coisas de início, como os personagens já conhecendo um ao outro, talvez na forma da última tropa leal aos ex monarcas do reino, e estarem em busca desse herdeiro. A campanha pode começar com uma pista, ainda em Abadom, de que o tal herdeiro estará em Verrogar. De Abadom até Verrogar já dá uma bela viagem e a possibilidade de qualquer aventura.
#7 marcellogalhardo Enviado : 23/11/15 16:40
Excelente ideia, Fabio_CM.

Minha ideia era que ele fosse um jovem aprendiz de ferreiro (adolescente; inspirado em Eragon) de Abadom e não um aventureiro/combatente; ele será construído como um coadjuvante (mecanicamente falando). Talvez seja interessante eu colocar que a linhagem está protegida por aliados em Verrogar e ele seja um jovem mimado no estilo Vyseris (o que causaria ainda mais problemas ao grupo). Sobre estar em Verrogar é uma excelente ideia e proporciona um bom início de campanha até localizar o herdeiro.

Sobre os personagens se conhecerem, isso é algo que eu pretendo fazer, mas ainda não decidi como. A ideia de uma última tropa leal aos ex-monarcas do reino é muito interessante, talvez uma ordem no estilo Guardiões Cinzentos em que seus descendentes aguardam por anos desde a queda do reino para conseguir reerguer o reino (vou tentar amadurecer essa ideia quando for criar o prologo da campanha para ficar melhor).

Gostei muito da ideia da viagem e de começar com a pista, não com o jovem herdeiro já no grupo. Inclusive, haverá toda a necessidade de convencer ele a sair de sua zona do conforto (ele não é um aventureiro) para reconquistar o reino dos dragões e etc.

Muito obrigado, Fabio_MC. Feliz
#8 Ares Enviado : 23/11/15 18:03
Bom lembrar que a nobreza possui muitos laços de sangue e esses aliados não vão proteger o pirralho sem algum interesse por trás. Coloco a ideia ainda do moleque não ser exatamente a última pessoa a ter algum direito sobre o trono, mas talvez a mais manipulável pelos próprios mercenários em busca de legitimidade, mas continuando sendo o primeiro na linha de sucessão. O que você poderia usar para colocar algum outro nobre querendo sua coroa ou mesmo querendo a guarda do ranhento.

Não se esqueça de ler sobre Acordo, muitos Abadrins foram para aquela região após a queda do reino, senão me engano, e se uniram aos anões. Importante dar uma olhada na ambientação de lá, porque é complementar.

Ps: É um Targaryen no avatar?
#9 marcellogalhardo Enviado : 23/11/15 19:01
Sobre essa parte de nobreza, traições, alianças com favores e etc; eu pretendo explorar grandemente. Muitas pessoas vão querer tomar a coroa, casar suas filhas, manipular e matar o garoto. Será dever do bando do dragão defender ele (ou usar ele; o grupo vai decidir como será a atitude deles com o garoto e com quem se aliaram).

No fim das contas, no momento em que existir a possibilidade de retomar o Reino de Abadom, o garoto se torna uma peça em que muitas pessoas estarão ansiosas para jogar: inclusive o bando do dragão. Com a linhagem real destruída e a "chance" do reino se reerguer, provavelmente muitas pessoas vão se proclamar como legitimos reis de Abadom.

Eu pretendo sim, explorar esses pontos mas dependo dos meus jogadores também; para saber como será o caminhar e o que poderia utilizar para melhorar a campanha. Preciso ver qual vai ser a pegada deles, como vão se compartar e qual direção vão tomar visto que terão grande liberdade no caminho a percorrer.

Sobre Acordo, eu li por alto sobre mas não sabia da migração de Abadom para lá. Vou ler com atenção complementar a região de Acordo; se isso for verdade a região será ainda mais importante para uma possível aliança e poderá influenciar grandemente a campanha (o que é bom, pode haver alguém lá com influencia e apoio dos Abradim que se legitima como possível novo rei de Abadom).

Obs: Meu avatar é Aegon Targaren, o Conquistador. Arte do livro "O Mundo de Gelo e Fogo".
#10 marcellogalhardo Enviado : 15/05/16 00:32
Galera, muito tempo depois (principalmente agora com suporte a mobile pelo site do Tagmar) estou querendo dar continuidade à minha campanha no sistema D&D5E que estou com hype alto. Lendo no fórum não achei como eu devo solicitar uma área no Play By Fórum para a campanha... Alguém poderia me instruir? Obrigado.
#11 samuel.azevedo Enviado : 15/05/16 00:46
Oi,

Solicite diretamente ao Marcelo Rodrigues. Fiz isso recentemente para transferir minha campanha do Rrpg para o Pbf... Ele deve criar uma subpasta dentro da pasta do PBF, e lhe dar permissões de mestre de jogo. Daí você cria e modera os tópicos, e tambem cadastra os jogadores e seus dados básicos da ficha (avatar, EF, EH, tópico do prelúdio, e Karma).

Consiga as permissões com ele que te explico tudo que precisar por MP.


Abraços
#12 saulocr Enviado : 15/05/16 02:10
marcellogalhardo escreveu:
Galera, muito tempo depois (principalmente agora com suporte a mobile pelo site do Tagmar) estou querendo dar continuidade à minha campanha no sistema D&D5E que estou com hype alto. Lendo no fórum não achei como eu devo solicitar uma área no Play By Fórum para a campanha... Alguém poderia me instruir? Obrigado.


O problema ai seria o sistema de regras, pois como marcelo disse o PBF do site possui suporte para o sistema de regras do Tagmar, então tera que adaptar para poder usar.
#13 samuel.azevedo Enviado : 15/05/16 03:45
É mesmo! Acho que só tem suporte para rolar d10 e d20!
#14 marcellogalhardo Enviado : 17/05/16 17:08
Não há problema referente aos dados e fichas. Eu pretendo apenas registrar as sessões, usando em conjunto algum aplicativo para os combates (como RPG2ic ou Roll20).
Eu estava pensando em uma estrutura assim (que geralmente eu uso):
- Personagens.
- Personagens Não Jogadores.
- Episódios.

Precisa mandar DM, certo? Então vou enviar para o marcelo rodrigues.
Muito obrigado pelo suporte, galera!
Usuários visualizando este tópico
Guest
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET
LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.