Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

2 Páginas <12
Responder...
Profissão - Paladino Opções
#31 ernani Enviado : 18/04/15 21:09
leonardoraele escreveu:
ernani escreveu:
Mas, voltando, entendi que vocês preferem chamar um Sacerdote de Paladino apenas por conta do deus selecionado, sem que haja nenhuma caracterização mais distinta no seu roleplay/gameplay. É uma pena, pois é uma profissão que abriria muitas possibilidades no jogo. É estranho porque o Paladino não é adepto da liturgia inerente a profissão do Sacerdote, o cara é apenas um Guerreiro que fez votos a um deus e preza por sua honra, acima de tudo. Paladino não reza nem missa...
Não é isso, ele realmente é um paladino. Leia o capítulo dos sacerdotes de crizagom do livro das ordens sacerdotais. Você está pensando no sacerdote como um "priest" dos mmo's ou um "white mage" de final fantasy; mas sacerdotes de tagmar não são somente curandeiros, eles são treinado nas artes marciais e da guerra.

A ordem de Crizagom é uma ordem militar e os sacerdotes de crizagom usam armas e armaduras pesadas, olha só uma foto de um Paladino de Crizagom, por exemplo:



Esse grandalhão é um sacerdote de Crisagom e não se parece em nada com um "priest" ou com um "white mage" Brick wall

Resumindo, é como o legol- digo... Como o Katael disse. Feliz


---

É uma bela ilustração, mas continua sendo um Sacerdote. Se for só no roleplay, repito, nada impede que um Ladino seja Paladino.

É tão poderoso, na arte da guerra, quanto o Sacerdote de Selimon ou de Lena...
#32 leonardoraele Enviado : 18/04/15 22:49
ernani escreveu:
É uma bela ilustração, mas continua sendo um Sacerdote. Se for só no roleplay, repito, nada impede que um Ladino seja Paladino.

É tão poderoso, na arte da guerra, quanto o Sacerdote de Selimon ou de Lena...

Errado! Os sacerdotes de selimon e lena têm restrições de armadura que os Paladinos não têm; e os Paladinos têm magias mais voltadas para o combate que os outros dois não têm.

E na ambientação de Tagmar, somente os sacerdotes de Crisagom podem se tornar Paladinos. Ladinos podem ser bons e justos, mas não serão abençoados por Crisagom como os Paladinos. (ao menos não a ponto de poderem conjurar os milagres) EDIT: Além do mais, se um personagem for fazer o roleplay de paladino, ele não deve escolher a profissão de Ladino, esta tem outro foco.

E em relação ao sacerdote x guerreiro, façamos um pequeno estudo das regras:

Paladinos têm 3 pontos em grupos de combate enquanto dos Guerreiros têm 7. Isto não significa que os Guerreiros têm um ataque maior, mas sim que eles conseguem se especializar num leque maior de armas, pois o nível do grupo de armas não pode ultrapassar seu próprio estágio. Ou seja, no grupo de armas que o Paladino escolher para usar, ele terá um ataque tão grande quanto um Guerreiro de mesmo estágio tem com sua arma. Em termos de defesa, ambos podem usar armaduras pesadas e escudos então também alcançam os mesmos valores de defesa. Em resumo, ambos têm as mesmas capacidades nas características de ataque e defesa.

O cálculo da EF independe da profissão, então ambos também têm as mesmas capacidades nesta característica.

Para comparar a EH, tomemos como exemplo um Guerreiro de 3 de Físico. Ele começa com 21 de EH e ganha mais 9~12 de EH (média de 10,5) por estágio. No 10º estágio, ele terá 126 de EH, em média. Um Paladino com 3 de Físico começa com 15 de EH e ganha mais 7~10 de EH (média de 8,5) por estágio. No 10º estágio, ele terá 100 de EH, em média. 26 de EH de diferença entre o Guerreiro e o Paladino de 10º estágio.

Além desta vantagem de cerca de 26% mais de EH, os Guerreiros também tem as técnicas de combate exclusivas da sua especialização; enquanto o Paladino compensa estas desvantagens com a capacidade de conjurar milagres. (incluindo Curas Heroicas, que no nível 10 cura 80 de EH de uma vez)

Particularmente, acho estas diferenças bem justas. O que você acha?
#33 ernani Enviado : 19/04/15 05:53
O Sacerdote de Selimon tem votos específicos contra armas, mas nada impede que ele as use. No máximo perde seus poderes, mas o que está em discussão aqui não é o poder total da classe e sim seu poder militar/marcial.

Neste ponto todos os Sacerdotes são iguais, muito embora casos muito específicos alguns ESCOLHAM não fazer uso de determinados equipamentos.

Militarmente um Sacerdote é facilmente escovado por um Guerreiro, que tem muito mais EH e técnicas de combate.

Um Sacerdote de nível 10, qualquer um, tem grandes chances de vencer um Guerreiro de mesmo nível, mas só usando milagres. Fora isso, ele não derrota nem um Rastreador... não faz frente, mesmo que você faça uma build de Guerreiro, sacrificando Carisma e Karma.
#34 leonardoraele Enviado : 19/04/15 10:48
ernani escreveu:
Um Sacerdote de nível 10, qualquer um, tem grandes chances de vencer um Guerreiro de mesmo nível, mas só usando milagres. Fora isso, ele não derrota nem um Rastreador... não faz frente, mesmo que você faça uma build de Guerreiro, sacrificando Carisma e Karma.

E você acha que era para o sacerdote ter mais capacidade de combate que o guerreiro mesmo sem milagres?! Qual seria a vantagem do guerreiro então?
#35 saulocr Enviado : 19/04/15 11:48
Não estou entendendo ainda o cerne desta discussão. Acredito que os Paladinos já estejam muito bem definidos como especialização da ordem de Crizagom, todos os sacerdotes que seguem esse Deus são paladinos. Quer jogar de paladino é muito fácil, jogasse com um Sacerdote de Crizagom.

Quanto a essa questão de que o Sacerdote x Guerreiro vai depender muito da situação. O guerreiro é bom do começo ao fim e não tem restrições (já é uma grande vantagem). Menos espetacular que outras profissões em níveis épicos, mas sempre será útil. Um sacerdote com algumas combinações de magia (vigor, coordenação, dentre outras) podem sim fazer frente há um guerreiro de mesmo nível.

Acho que poderíamos utilizar nossos esforços em algo produtivo. Talvez novas caracterizações que permitam dar mais flexibilidade ao jogo. Um exemplo disso é a caracterização Habilidade Especial, poderíamos ampliar seu leque de possibilidades. Se o próprio nome já diz, porque um mago não poderia ter uma habilidade especial em combate? Ele ganharia mais um ponto para comprar armas, no primeiro nível que seja. Ou então abrir exceção para que ele escolha uma magia e compre dois níveis a mais que seu estágio! Acredito que já seria um diferencial a ponto dele tornar seu personagem único.

#36 ernani Enviado : 19/04/15 18:44
leonardoraele escreveu:
ernani escreveu:
Um Sacerdote de nível 10, qualquer um, tem grandes chances de vencer um Guerreiro de mesmo nível, mas só usando milagres. Fora isso, ele não derrota nem um Rastreador... não faz frente, mesmo que você faça uma build de Guerreiro, sacrificando Carisma e Karma.

E você acha que era para o sacerdote ter mais capacidade de combate que o guerreiro mesmo sem milagres?! Qual seria a vantagem do guerreiro então?


---

Um Paladino deveria fazer frente a um Guerreiro, no combate de armas. Até porque, antes de ser Sacerdote, ele é Guerreiro. Não é o que se vê.

O Guerreiro sempre terá mais pontos e habilidades de combate, além de alguma coisa a mais de EH. E não tem as mesmas travas de roleplay de combate de um Paladino.

Não lembro bem como é hoje em Tagmar, mas acho que o Paladino deveria ser proibido de utilizar habilidades como Ataque Surpresa e Ataque Oportuno... ou mesmo tentar flanquear um oponente ou atacá-lo quando for desarmado.

Acho que já deu pra pontuar a vantagem do Guerreiro sobre o Paladino ideal, na área de combate armado.
#37 Ketalel Enviado : 20/04/15 14:58
Saulocr, sempre vejo essas discussões (que brotam magicamente no fórum kkk) como produtivas, pois são aquelas onde há maior participação do pessoal. Sem elas o fórum fica muito parado, kkk.

Ernani, discutimos o Sacerdote DE TAGMAR, sei que a definição de sacerdote é mais voltado ao trabalho sacro, mas cabe ao mestre localizar/ambientar os jogadores no início do jogo para não haver imprevistos.

E digo mais, já vi sacerdote descendo o sarrafo sozinho (e sem magias) em guerreiro de nível superior, e vencendo! Na verdade tudo depende dos dados, não podemos esquecer das bençãos de Plandis às mãos dos jogadores, não podemos reduzir os personagens há apenas um punhado de estatísticas. Eu mesmo como guerreiro e mago já tomei altos sarrafos de sacerdotes de Crisagom, sem nem usar magia.

Aliás ernani, pelo código de conduta os Paladinos já são impedidos de "manobras escusas" de combate, assim como os sacerdotes do deus da paz NÃO PODEM usar armas, é uma questão de escolha (roleplay) e regras, se usar não "perde só os poderes"; perde os poderes, não os obtém novamente até realizar uma missão ao deus e vai ser caçado como um cão pelos adeptos daquele deus. Quem mandou escolheu ser daquele deus? hehe.

Acho interessante mudar os nomes das especializações, acabaria com muitos mal entendidos.
#38 saulocr Enviado : 20/04/15 16:39
Ernani diz:

Citação:
Um Paladino deveria fazer frente a um Guerreiro, no combate de armas. Até porque, antes de ser Sacerdote, ele é Guerreiro. Não é o que se vê.


Então, você acha que um paladino em condições de igualdade com um guerreiro não venceria uma batalha? Onde ambos possuem o mesmo nível? Me diga quem vence em um combate um contra um em uma arena. Os atributos físicos do guerreiro são 1 ponto melhor que os do paladino, a força são 2 pontos.

Guerreiro, NV 5; EF 21; AB 15; EH 50; Espada de M e M - 7; Def P4; 100% = 23
Força Interior 5 (Maximo +3 na força) e Golpe Letal 5 (+5 no dano do primeiro ataque se acertar.

Paladino, NV 5; EF 20; AB 15; EH 30, Espada de M e M - 6; Def P3; 100% = 21
Vigor 5, (Soma 10 pontos à EF por 1 hora); Coordenação 4 (Concede +2 colunas de resolução para o sacerdote e seu grupo e –1 coluna para todos os que os atacam).

Acredito que apenas ai, as coisas já se equilibram. Sem falar que o Paladino tem as curas entre outras magias, correntes, etc. Enfim creio que não seja um combate tão desigual assim. No nível 10, creio que a diferença aumente ainda mais.



#39 leonardoraele Enviado : 20/04/15 17:40
Ketalel escreveu:
assim como os sacerdotes do deus da paz NÃO PODEM usar armas
Na verdade, até existe uma vertente da ordem de Selimon que permite usar armas, mas somente em nome da paz.
#40 ernani Enviado : 21/04/15 01:36
Gente, beleza que não vai rolar nenhuma nova profissão, mas Paladino é militarmente equivalente a um Guerreiro. Isso está fora de discussão. Quando digo militarmente, ÓBVIO, não se pode considerar magias. Estou falando de talentos com armas e EH, nisso o Sacerdote é BEM CAPENGA.

Militarmente falando, esse Sacerdote aí é mais próximo de um Ladino do que de um Guerreiro. É só comparar os números.

Agora, um Sacerdote destes pode matar um Guerreiro na porrada? Claro! Isso é RPG D20... e aqui um crítico decide.
Usuários visualizando este tópico
Guest
2 Páginas <12
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET
LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.