Bem-vindo Convidado Pesquisar | Discussões (ativas) | Entrar | Registrar

Questão da Enquete : 🧟 Maldições (revisão) (Enquete fechada)
Escolha Votos Estatísticas
Aprovado 4 100 %
Reprovado (precisa de melhorias) 0 0 %

🧟 Maldições (revisão)
#1 Marcelo_Rodrigues Enviado : 22/01/23 11:17
Jogador: Marcelo_Rodrigues
EF:
EH:
Karma:
Esta magia teve a nota fraca e será revisada; Abaixo os comentários:

... boa magia pra se usar contra jogadores, ou útil apenas para jogadores que usem muito da interação com o cenário e NPJs.
... explicar quem escolhe o efeito. O jogador ou mestre




Magia disponível para revisão. Quem se habilita? Feliz


#2 Fábio_CM Enviado : 22/01/23 18:33
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
Eu pego essa.
#3 Marcelo_Rodrigues Enviado : 22/01/23 19:18
Jogador: Marcelo_Rodrigues
EF:
EH:
Karma:
Fábio, a tarefa é sua
#4 Fábio_CM Enviado : 22/01/23 21:03
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
Versão nova pronta. Acessem pelo link da TagmarPedia.
#5 Artorius Enviado : 24/01/23 15:08
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Mestre Fábio!!!!

A magia ficou bem interessante!!! Applause

Seguem algumas considerações para tentar auxiliar.... Dancing

1. achei meio dúbia a questão da quebra da maldição, no inicio diz que até níveis intermediários da maldição podem ser quebrados com mesmo nível ou superior de quebra de encantos. mas ao final diz que tem que ser a quebra de encanto de mesmo nível.
"Os níveis baixos e intermediários de Maldições podem ser quebrados normalmente com uma magia de Quebra de Encantos com nível igual ou superior ao nível da Maldição lançada"
"Lançar uma Quebra de Encantos de nível diferente não quebra a maldição, mesmo que o desencanto seja de nível mais alto."


► Caso o místico falhe no teste muito difícil (não conseguindo identificar o nível correto da maldição) e descida usar Quebra de encantos 10 usando o dobro de Karma(para cobrir a magia), funcionaria contra uma Maldições 8?

Sou super adepto da dinâmica para a correta analise da maldição para sua devida quebra de encanto, mas se o místico falhar(o teste é muito difícil/azul) dou uma sugestão (só uma ideia):
→ Não conseguindo o místico analisar corretamente a maldição só terá sucesso em quebrar uma maldição lançando quebra de encantos com dois níveis a mais da maldição a ser quebrada (além de cobrir o Karma do "novo nível" sendo o for o caso).


2. Na opção de destruir o objeto ou local fisicamente, e por consequência quebrar a maldição, poderia haver alguma consequência de rebote. (só uma ideia)
ex. O jogador/es que quebrarem o objeto/local são alvos de um ataque de uma magia de mesmo nível que a maldição, como Doença, Pesadelo, etc(a critério do mestre)... pela quebra da maldição por meio não mágico...

3. O efeito 10 ficou sensacional. apenas uma pergunta, como é ritual tem algum custo ou é free mesmo?

Dancing



#6 Fábio_CM Enviado : 24/01/23 15:22
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
Olá. A intenção é tornar Maldições uma magia mais interessante mesmo. Ela é o mote de tantas histórias famosas, mas a magia de Tagmar parece tão simples. Respostas:

1. Resolvido. Coloquei tudo no mesmo nível.
A ideia é que uma maldição é uma magia muito específica para ser quebrada utilizando um nível diferente. Talvez o efeito rebote que vocês falou possa ser aplicado no caso de uma quebra de encantos tentada em um nível diferente, o que acha?

Veja que a magia Quebra de Encantos tem alguns requisitos interessantes.
- Primeiro, que ela precisa cobrir o dobro do karma gasto na magia. Porém, Detecção de Magia não informa o nível da maldição, então ele não sabe em que nível usar seu desencanto. Podemos aqui colocar um valor fixo: "caso falhe no teste de misticismo, será necessário utilizar uma quebra de encantos de nível 10, na forma de um ritual. Qualquer coisa diferente disso falha e pode provocar o tal do efeito rebote.
- Segundo, Quebra de Encantos exige que o tempo de invocação seja o mesmo da magia original. Maldições 10 é ritual, logo, para quebrar uma maldição de nível 10 é preciso fazer um ritual também. E ainda tem a condição. Dá trabalho.

2. Você não acha que destruir um objeto ou local já pode ser um problema e tanto? Afinal, ninguém amaldiçoa algo que não tenha alguma finalidade. Imagine ter que destruir seu precioso objeto mágico? Ou sua oficina, seu sustento? E isso nem resolveria o problema das pessoas lembrarem que o local estava amaldiçoado!

3. Sim. Apenas karma e muito ódio!


PS: Acho que inclui um parágrafo enquanto você lia. Dê uma olhada de novo nos últimos parágrafos.
#7 Artorius Enviado : 25/01/23 15:39
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Achei excelente a maldição sobre a alma.... Applause

Acho uma boa, a Quebra de Encantos de nível incorreto causar o rebote.
caso a QdE seja menor a maldição perdura e se maior dissiparia a maldição, mas recebe o rebote em qualquer um dos casos. isso né?

Demais tudo certo!!! Dancing
#8 Fábio_CM Enviado : 26/01/23 11:03
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
Incluído detalhes sobre o efeito rebote.
#9 Edilton Oliveira Enviado : 29/01/23 15:03
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Mestre Fábio,

Que upgrade na magia!!! Adorei!!! Applause Applause Applause

"Se a condição não puder ser atendida por meios mundanos ou ela deixar de ser possível em algum momento, a Maldição fica “sem condição específica” e poderá ser quebrada normalmente sem atendê-la."
Se não puder se atendida por meios mundanos, na hora que for lançada, o Mestre diz?

Tem custo o ritual no nível 10?

Reitero que gostei da revisão, mas confesso que ficou bem complexa, talvez a magia mais complexa do livro. O que pode deixar jogador e mestre na dúvida. Talvez um capítulo à parte (ou um texto no site) detalhando melhor Quebrando uma Maldição e Efeito Rebote.

P.S. no texto, quando aparece o nome Quebra de Encantos pela primeira vez, coloca em seguida o termo QdE entre parêntese, só para não deixar dúvida para quem lê. Ex.: Quebra de Encantos (QdE).





#10 Fábio_CM Enviado : 29/01/23 21:44
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
Edilton Oliveira escreveu:
Que upgrade na magia!!! Adorei!!! Applause Applause Applause

Valeu. A ideia é tornar esta magia, além de útil, um bom gancho para mestre e jogadores. Afinal, maldições são temas de muitas histórias de fantasia e a fé que as pessoas tinham nela geraram consequências até no mundo real, estava na hora da versão de Tagmar fazer valer.

Edilton Oliveira escreveu:
"Se a condição não puder ser atendida por meios mundanos ou ela deixar de ser possível em algum momento, a Maldição fica “sem condição específica” e poderá ser quebrada normalmente sem atendê-la."
Se não puder se atendida por meios mundanos, na hora que for lançada, o Mestre diz?

Pois é... eu acho que sim, né? Se um jogador está lançando a magia e não tem certeza, eu não veria problema dele discutir com o mestre se determinada condição é viável. Algo como "destruir a ponte de Palier" não pode ser considerado mundano, mas vai que o cara ache que é possível?
Acrescentei a frase "(um jogador pode consultar o mestre se a condição que planejou se enquadra nesse critério no momento do lançamento)" para deixar isso claro.

Edilton Oliveira escreveu:
Tem custo o ritual no nível 10?

Não. Como eu disse acima, só karma e ódio. Muito ódio.

Talvez, quem sabe, pode ter o clássico e clichê "bem pessoal da vítima" como material. O que acha?

Edilton Oliveira escreveu:
Reitero que gostei da revisão, mas confesso que ficou bem complexa, talvez a magia mais complexa do livro. O que pode deixar jogador e mestre na dúvida. Talvez um capítulo à parte (ou um texto no site) detalhando melhor Quebrando uma Maldição e Efeito Rebote.

Acho que podemos pensar nisso se a magia for aprovada. Eu acho interessante. Daria mais espaço e criaria uma mecânica que poderia ser utilizada em outros locais.

Edilton Oliveira escreveu:
P.S. no texto, quando aparece o nome Quebra de Encantos pela primeira vez, coloca em seguida o termo QdE entre parêntese, só para não deixar dúvida para quem lê. Ex.: Quebra de Encantos (QdE).

Feito.
#11 Edilton Oliveira Enviado : 02/02/23 18:50
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Mestre Fábio,

Citação:
(um jogador pode consultar o mestre se a condição que planejou se enquadra nesse critério no momento do lançamento)

Boa!

Citação:
Talvez, quem sabe, pode ter o clássico e clichê "bem pessoal da vítima" como material. O que acha?

Só sou a favor dessa ideia se a magia tiver um plus por utilizar um bem pessoal, mas que não impeça de ser usada sem o utensílio.

Citação:
Daria mais espaço e criaria uma mecânica que poderia ser utilizada em outros locais.

Eu pensei por aí também.
#12 Fábio_CM Enviado : 03/02/23 20:08
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
Edilton Oliveira escreveu:
Só sou a favor dessa ideia se a magia tiver um plus por utilizar um bem pessoal, mas que não impeça de ser usada sem o utensílio.

Então vou manter sem, porque a magia já está bem extensa.
#13 Edilton Oliveira Enviado : 09/02/23 16:33
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Por mim, pode fechar.
#14 Marcelo_Rodrigues Enviado : 18/02/23 11:46
Jogador: Marcelo_Rodrigues
EF:
EH:
Karma:
Applause Applause Applause
#15 Marcelo_Rodrigues Enviado : 25/02/23 11:27
Jogador: Marcelo_Rodrigues
EF:
EH:
Karma:
Iniciamos a votação. A data para encerramento é entre 6 e 10 dias.
#16 Sistema de Votação Enviado : 05/03/23 00:00
Jogador: Sistema de Votação
EF:
EH:
Karma:
Resultado da Votação "?? Maldições (revisão)":

Aprovado, 4 votos (100%)
Reprovado (precisa de melhorias), 0 votos (0%)

Votos individuais:
Artorius - Aprovado
Edilton Oliveira - Aprovado
Fábio_CM - Aprovado
Marcelo_Rodrigues - Aprovado
Usuários visualizando este tópico
Guest (6)

LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.