Bem-vindo Convidado Pesquisar | Discussões (ativas) | Entrar | Registrar

Questão da Enquete : 🔥 Hidromanipulação (revisão) (Enquete fechada)
Escolha Votos Estatísticas
Aprovado 3 100 %
Reprovado (precisa de melhorias) 0 0 %

🔥 Hidromanipulação (revisão)
#1 Marcelo_Rodrigues Enviado : 03/10/22 08:48
Jogador: Marcelo_Rodrigues
EF:
EH:
Karma:
Este tópico foi criado para revisar a magia Hidromanipulação que foi bem avaliada.

As principais reclamação/sugestões desta magia fora:


...A capacidade de manipulação deste encanto é total, podendo-se criar pilares de água, ondas, buracos na água, redemoinhos e etc, conforme o desejo do evocador, desde que a restrição do volume seja respeitada. Descrever como seria se criasse uma prisão (grades ou camisa de força).
...um ponto a analisar é que deve ficar indicado na descrição da magia que enquanto a magia durar ela esta sobre o controle do místico, isto é, se o místico parar de se concentrar para fazer outra ação, ela ficaria estática até que ele volte a se concentrar na magia
... a progressão é sem graça e pouco atrativa

#2 Edilton Oliveira Enviado : 12/10/22 15:01
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Prezados(as),

Segue o primeiro esboço da magia.

Por favor, comentem e deem sugestões.
#3 Artorius Enviado : 13/10/22 13:51
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Nobre Edilton!!

Achei bem completa a revisão!!! Applause Applause

Apenas achei, pouco interessante o uso do jato, já que é de uso imediato e ainda precisa obter 100% para ter efeito. Mas caso o místico pudesse usar o jato de forma intermitente durante a duração da magia, acho que seria bem mais atrativa.

Dancing Dancing
#4 Edilton Oliveira Enviado : 19/10/22 04:55
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Nobre Artorius,

Citação:
Apenas achei, pouco interessante o uso do jato, já que é de uso imediato e ainda precisa obter 100% para ter efeito. Mas caso o místico pudesse usar o jato de forma intermitente durante a duração da magia, acho que seria bem mais atrativa.

Na verdade, eu concordo com você. Fiz uma alteração baseada no seu sábio conselho.

Segundo esboço da magia disponível.

Por favor, comentem e deem sugestões.
#5 Artorius Enviado : 19/10/22 11:57
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Mestre Edilton,

No meu ver, está ótima!!! Dancing Applause Applause Applause
#6 Fábio_CM Enviado : 19/10/22 22:51
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
Eu acho que a magia ainda parece pouco objetiva. Minhas sugestões:

1. Incluir o poder para permitir respirar sob a água, já que infelizmente Respiração Arcana ficará de fora da lista. Esta magia tem todos os requisitos para permitir esse tipo de efeito.

2. Incluir parâmetros para danificar embarcações. Os níveis podem afetar diferentes tamanhos de embarcações. Talvez o teste para mitigar os efeitos possam ser de Náutica.

3. A passagem:
Citação:
O místico precisa manter a concentração caso queira deixar o líquido em movimento, mas caso pare de se concentrar, o formato permanecerá igual ao momento que a concentração foi interrompida, podendo retomar depois.

Não se se entendi direito. Se o místico faz uma passagem em um lago, como Moisés, ele pode parar a concentração que o formato se mantém??

4. Para que o teste de Moral no efeito 2? Não explica a consequência se falhar neste teste.

5. O que seria o "Carrega XX kg"? É possível transportar sobre a água esse peso? E se for de um metal, por exemplo?
#7 Edilton Oliveira Enviado : 20/10/22 05:20
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Mestre Fábio,

Vamos as respostas:

1. Respirar debaixo d'água em uma magia que manipula líquidos... Não vejo muita ligação, talvez na magia Bolhas que está sendo criada ficasse mais coerente. Porém, se for pela necessidade de ter esse efeito, eu posso colocar. Mais alguém se pronuncia?

2. Danificar embarcações... Boa!!! Vou pensar em algo e incluir.

3. Sim, se mantém até o fim da duração.

4. A explicação de Moral, conforme Livro de Regras, é: "Um teste de Moral é necessário quando algum evento possa provocar a deserção da tropa..." , ou seja, a ideia é que o alvo da magia recue/fuja. Não pensei que precisasse descrever.

5. Na verdade, o "carrega" é o quanto a força da água manipulada consegue arrastar em solo. Acha que precisa deixar mais claro?
#8 Artorius Enviado : 20/10/22 14:14
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Nobres,

Tentando ajudar a complementação de ideias dos pontos acima, seguem minhas considerações:

1. Se for respirar apenas em baixo d'água até caberia, mas inserido na magia Aeromanipulação seria bem mais adequado, pois seria mais útil até para outros casos.

2. Danificar embarcações, não entendi! o místico já podia criar uma onda e atingir uma embarcação, não?


valeu!!!
#9 Fábio_CM Enviado : 21/10/22 14:58
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
1.
Edilton Oliveira escreveu:
Respirar debaixo d'água em uma magia que manipula líquidos... Não vejo muita ligação, talvez na magia Bolhas que está sendo criada ficasse mais coerente. Porém, se for pela necessidade de ter esse efeito, eu posso colocar. Mais alguém se pronuncia?

A magia bolhas cria um vácuo, então acho que ficaria um pouco na contramão permitir respirar sob a água. Já hidromanipulação pode facilmente fazer um envólucro sem água ao redor da cabeça dos personagens (inclusive, tenho certeza que alguns jogadores vão tentar fazer isso e o mestre vai precisar improvisar uma resposta. Você acha que funcionaria?).

Artorius escreveu:
Se for respirar apenas em baixo d'água até caberia, mas inserido na magia Aeromanipulação seria bem mais adequado, pois seria mais útil até para outros casos.

É, em parte, mas nem sempre. Aeromanipulação não cria ar, então não acho que ela seria útil em qualquer situação (como no vácuo, por exemplo). Já hidromanipulação manipula água, que é o líquido mais comum. Afinal, se for mergulhado em um ácido é bem provável que a vítima tenha outras preocupações antes do afogamento. O mesmo para quando for mergulhada em lava derretida.

2.
Artorius escreveu:
Danificar embarcações, não entendi! o místico já podia criar uma onda e atingir uma embarcação, não?

Tá mas, e aí? Afunda a embarcação? Entra água? Tira ela do rumo? Quebra os remos? Acho que a magia pode entrar em algum nível de detalhes nesse sentido, especialmente porque temos a habilidade Náutica e uma especialização da Ladino que são Piratas.

4.
Edilton Oliveira escreveu:
A explicação de Moral, conforme Livro de Regras, é: "Um teste de Moral é necessário quando algum evento possa provocar a deserção da tropa..." , ou seja, a ideia é que o alvo da magia recue/fuja. Não pensei que precisasse descrever.

Soa meio estranho. O uso da Moral é para fugir do combate e pensado apenas para PnJs. Com PJs ela não tem efeito algum? Os que falharem fogem com medo? Achei um pouco incompleta a informação.

5.
Edilton Oliveira escreveu:
Na verdade, o "carrega" é o quanto a força da água manipulada consegue arrastar em solo. Acha que precisa deixar mais claro?

É que a magia não cria água , só manipula. Então "em solo" significa que o mago tá puxando água de algum lugar e atirando em alguém. Ou é um efeito do jato (que daí precisa deixar mais claro que se refere a ele). Acho que tá bem, mas não é um situação muito comum.
Talvez esse peso de carregar pudesse ser o que o líquido manipulado consegue "puxar". Por exemplo, manter boiando uma pedra de 40 kg no nível 2, ou tentar manter no fundo alguém com 100 kg no nível 4 (Nesse caso ainda permitiria testes de Natação, ou apenas Aplicar Esforço para segurar a respiração?).

Um detalhe quanto ao jato. Como ele precisa de uma fonte de água, será muito utilizado sobre navios, por exemplo. Em uma situação comum ele será muito raramente usado, já que depende de uma fonte relativamente grande de água para ser utilizado. Daí uma outra pergunta:

6. O jato "voa" na direção da vítima desde a fonte de água até o alvo? Porque a magia tem um alcance de 30 metros de raio, o que significa que o jato pode percorrer até 60 metros, não é isso? (supondo que o mago pegue a água a 30 metros de distância e seu alvo esteja na direção oposta, a outros 30).
#10 Edilton Oliveira Enviado : 21/10/22 20:27
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Fábio_CM escreveu:
Já hidromanipulação pode facilmente fazer um envólucro sem água ao redor da cabeça dos personagens...

Bom, eu escrevi no texto que pode-se moldar uma ponte mas se alguém for passar por cima cairá porque ainda é água. Logo, se fizer um invólucro sem água ao redor da cabeça só terá o formato de água, mas outros líquidos poderão passar por ele e afogar o místico. Teria que manipular toda a água ao redor para permitir um vácuo no meio do lago ou oceano, por exemplo.
Quando sugeri na magia Bolha, seria para incluir outro efeito: em vez de tirar o ar, conter o ar.

Fábio_CM escreveu:
Tá mas, e aí? Afunda a embarcação? Entra água? Tira ela do rumo? Quebra os remos?...

Tô com algumas dúvidas quanto esse efeito... Não queria escrever na magia que provoca dano (porque pode ser utilizado pelos jogadores para acertar alguém em solo). Ainda estou formulando...

Fábio_CM escreveu:
Soa meio estranho. O uso da Moral é para fugir do combate e pensado apenas para PnJs. Com PJs ela não tem efeito algum? Os que falharem fogem com medo? Achei um pouco incompleta a informação.

Já tem jurisprudência na técnica Intimidar, onde a Moral para Jogadores é Estágio + Carisma. Utilizei o nível Médio que relata "inimigo superior", ou seja, se alguém falhar 3x, é justo considerar que o inimigo é forte.

Fábio_CM escreveu:
É que a magia não cria água , só manipula. Então "em solo" significa que o mago tá puxando água de algum lugar e atirando em alguém...

O "carrega", eu entendo como se o jogador usar todo o volume de água permitido no nível e despejar de uma vez em cima de uma criatura/objeto. Estipulou um limite e estabeleceu um parâmetro.

Fábio_CM escreveu:
...Por exemplo, manter boiando uma pedra de 40 kg no nível 2...

Em nenhuma situação eu consigo conceber uma pedra boiando... Me explica melhor o que você pensou.

Fábio_CM escreveu:
6. O jato "voa" na direção da vítima desde a fonte de água até o alvo? Porque a magia tem um alcance de 30 metros de raio, o que significa que o jato pode percorrer até 60 metros, não é isso? (supondo que o mago pegue a água a 30 metros de distância e seu alvo esteja na direção oposta, a outros 30).

Sim e sim.


#11 Fábio_CM Enviado : 21/10/22 22:00
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
Edilton Oliveira escreveu:
Bom, eu escrevi no texto que pode-se moldar uma ponte mas se alguém for passar por cima cairá porque ainda é água. Logo, se fizer um invólucro sem água ao redor da cabeça só terá o formato de água, mas outros líquidos poderão passar por ele e afogar o místico. Teria que manipular toda a água ao redor para permitir um vácuo no meio do lago ou oceano, por exemplo.

Ah, blz, entendi! Faz todo o sentido. Ou seja, dá pra fazer um snork (com um tubo fino e comprido até a superfície), não um tanque de oxigênio!

Edilton Oliveira escreveu:
Tô com algumas dúvidas quanto esse efeito... Não queria escrever na magia que provoca dano (porque pode ser utilizado pelos jogadores para acertar alguém em solo). Ainda estou formulando...

Como se trata de um objeto, penso que você deve moldar a regra de acordo com a regra para dano em objetos. Mas eu iria sugerir que fosse invertido: o alvo que faz os testes para evitar o dano. Assim, vamos supor que Hidromanipulação destrua uma embarcação se danificá-la em 3 rodadas. A vítima que conduz o barco poderia testar Náutica (para grandes embarcações) ou Aplicar Esforço (para pequenas, manuseando um remo) com uma dificuldade estabelecida na magia para evitar o dano na rodada.

Por exemplo: o mago faz hidromanipulação 8 para tentar naufragar uma barcaça. O capitão conduz sua tripulação com Náutica. Supomos que os testes sejam difíceis. Na primeira rodada ele falha (1 rodada, 1 falha). Na segunda e na terceira ele tem sucesso (3 rodadas, 1 falha). Na quarta ele falha (4 rodadas, 2 falhas). Na quinta rodada ele falha novamente e o barco naufraga (5 rodadas e 3 falhas).

A magia dura 10 rodadas, o que permite facilmente naufragar uma embarcação. Por outro lado, o alcance curto deixará o mago exposto. Acho justo.

Edilton Oliveira escreveu:
Já tem jurisprudência na técnica Intimidar, onde a Moral para Jogadores é Estágio + Carisma. Utilizei o nível Médio que relata "inimigo superior", ou seja, se alguém falhar 3x, é justo considerar que o inimigo é forte.

Tem sim, mas é bem específica. Na regra de moral diz que se aplica apenas para PnJs. Acho que dá tranquilo para usar aqui, mas a regra deve ser repetida pra não ficar confuso (afinal, se não tiver nenhum guerreiro no grupo pode ser que ninguém vá encontrar esse texto em uma técnica). O ideal mesmo seria incluir essa parte na regra de moral, porque ficar com pedaços de uma mesma regra espalhada por várias pares é sempre ruim. Mas é o que temos.

Edilton Oliveira escreveu:
Em nenhuma situação eu consigo conceber uma pedra boiando... Me explica melhor o que você pensou.

Da mesma forma que a magia permite formar jatos em alta velocidade ela poderia criar correntes localizadas muito intensas. Isso carregaria para cima objetos mais densos, como uma pedra, o afundaria objetos menos densos, como uma pessoa.
#12 Edilton Oliveira Enviado : 26/10/22 06:16
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Mestre Fábio:

Citação:
... mas a regra deve ser repetida pra não ficar confuso...

Feito!

Citação:
Acho que a magia pode entrar em algum nível de detalhes nesse sentido, especialmente porque temos a habilidade Náutica e uma especialização da Ladino que são Piratas.

Feito!

Terceiro esboço da magia disponível.

Por favor, comentem e deem sugestões.

#13 Fábio_CM Enviado : 26/10/22 10:36
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
Eu não tenho mais nenhuma dúvida sobre o funcionamento dela. Estou só pelos outros.
#14 Artorius Enviado : 26/10/22 11:02
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Fala Galera!!

Por mim tbm fechou!!! Applause Applause
#15 Joao Enviado : 28/10/22 07:55
Jogador: Joao
EF:
EH:
Karma:
Pessoal, fiquei com uma dúvida:

Qual a justificativa para a magia dar dano diretamente na EF? Isso não distoa um pouco da mecânica do jogo? (Mesmo porque os personagens poderiam tentar se esquivar do jato?)
#16 Edilton Oliveira Enviado : 29/10/22 08:02
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Joao escreveu:
Pessoal, fiquei com uma dúvida:

Qual a justificativa para a magia dar dano diretamente na EF? Isso não distoa um pouco da mecânica do jogo? (Mesmo porque os personagens poderiam tentar se esquivar do jato?)

Nobre João,

Eu usei o efeito que já existe para elemental da água, com pequenos ajustes. Pode consultar clicando aqui.
#17 Joao Enviado : 31/10/22 16:24
Jogador: Joao
EF:
EH:
Karma:
Ah. Obrigado.
Então, tem uma frase muito importante no elemental que faz com que permaneça dentro da mecânica:
Citação:

O ataque é feito como mostrado na tabela geral. Caso o Elemental consiga 100% de dano na EH ou tocar na EF de sua(s) vítima(s), ela(s) foi(foram) acertado(s) pelo jato.


Daí, para mim, faz sentido, porque o acerto foi de 100%. Ou seja, como é um ataque físico, o jato funciona como a bola de fogo, só que no caso de dano 100% soma-se a personagem ser jagada para trás e receber dano na EF, não?

No caso da magia aqui ela ignora essa restrição de 100% de acerto, ou eu lí errado Think ?

Não parece que magia ficou muito forte? (se o alvo falhar RM dez rodadas da magia no nível 6, recebe dez de dano na EF, entendi certo?). Sempre pensei que dano na EF é algo muito forte, pois ela não evolui com o personagem.

Só para entender mesmo. E notar se estamos abrindo alguma exceção na regra de dano. Nada contra, só que valeria uma boa justificativa.

PS: (adicionado em 04/11) Ou, em vez do dano na EF, colocar um dano máximo como ataque físico do jato (como as demais magias de ataque e dano físico).
#18 Edilton Oliveira Enviado : 05/11/22 08:00
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Investigativo João,

Muito boa a sua análise! Applause Applause Applause

Vamos as considerações:
Citação:
No caso da magia aqui ela ignora essa restrição de 100% de acerto, ou eu lí errado Think ?

Não parece que magia ficou muito forte? (se o alvo falhar RM dez rodadas da magia no nível 6, recebe dez de dano na EF, entendi certo?). Sempre pensei que dano na EF é algo muito forte, pois ela não evolui com o personagem.

Só para entender mesmo. E notar se estamos abrindo alguma exceção na regra de dano. Nada contra, só que valeria uma boa justificativa.

- Não, não leu errado. Corretíssima sua interpretação.
- Bom, realmente é forte. A magia funciona com evocador ver o alvo e fazer um gesto para um volume de água acerta-lo, levando em consideração que pode mudar o fluxo para qualquer direção com o pensamento (ou gesto); quero dizer com isso que é bem fácil acertar o alvo. Eu também levei em consideração que a cada rodada tem um teste de RF, ou seja, precisa vencer seguido para o dano acumular. Além disso, o alvo é empurrado 2m a mais, o que pode deixar fora do alcance da magia, interrompendo-a. E o dano ser na EF e não na EH faz um pouco mais de sentido (não que uma magia tenha sentido): a pressão da água teria que ser incomensurável para causar dano de contusão. O dano na EF seria mais por respirar água, sufocamento, náusea, etc.
- Sobre justificativa, estaria se referindo a explicar no texto da magia como aconteceria? Bem, se for esse o caso, eu sou a favor no texto de explicar a mecânica da magia, funcionamento, justificar os efeitos não acho que se adequa, até porque magia é metafísico. Mas se está se referindo a entender aqui no fórum, aí sim, vale qualquer explicação.

Mas eu não sou o dono da verdade. Se mais gente achar que está muito forte e deturpa demais a regra, podemos encontrar outro jeito.

#19 Joao Enviado : 07/11/22 15:22
Jogador: Joao
EF:
EH:
Karma:
Edilton Oliveira escreveu:

A magia funciona com evocador ver o alvo e fazer um gesto para um volume de água acerta-lo, levando em consideração que pode mudar o fluxo para qualquer direção com o pensamento (ou gesto); quero dizer com isso que é bem fácil acertar o alvo.


Era isso mesmo que queria dizer com justificativa. E achei bacana. Pela sua justificativa, então o mago deve ficar concentrado no alvo, não?

Imagino que as exceções no sistema (tal como um ataque físico ir direto na EF sem estar previsto no livro de regras) podem ser justificadas se fizerem sentido na narrativa. Acredito que esses detalhes são importantes. A questão é que, apesar de ser magia, existe uma verosimilhança e coerência entre ambientação e sistema ou, penso, a diversão se perde para muitos jogadores. E também deve existir uma relação de "causa e efeito" mesmo na fantasia (Senhor dos Anéis, O nome do Vento e Sandman são exemplos disso).
Mas posso estar entrando em muitos detalhes por ser meu estilo de jogo....

Abraços!



#20 Artorius Enviado : 08/11/22 11:06
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Fala Galera!!!

Na minha humilde opinião a magia esta boa!!! Applause Applause

E particularmente não acho que o dano direto na EF um efeito tão, tão forte... temos outras magias que com 1 ou 2 falhas na RM é fatal.
E ainda temos curas físicas, poções, para se remediar algum caso de fracassos sucessivos...

A magia ainda tem o gatilho equilibrador que com um sucesso contra o jato já perde o efeito contra si.
Além disso depende do ambiente possuir a quantidade de água, então não é uma magia que se possa usar a toda hora.

#21 Joao Enviado : 08/11/22 17:45
Jogador: Joao
EF:
EH:
Karma:
Artorius escreveu:
Fala Galera!!!

Na minha humilde opinião a magia esta boa!!! Applause Applause

E particularmente não acho que o dano direto na EF um efeito tão, tão forte... temos outras magias que com 1 ou 2 falhas na RM é fatal.
E ainda temos curas físicas, poções, para se remediar algum caso de fracassos sucessivos...

A magia ainda tem o gatilho equilibrador que com um sucesso contra o jato já perde o efeito contra si.
Além disso depende do ambiente possuir a quantidade de água, então não é uma magia que se possa usar a toda hora.


Oi Artorius!

Entendi a questão de não ser tão forte (ainda com dúvidas se as outras fatais é que não seriam demais ao não serem magias perdidas...). E fiquei convencido.

Mas a minha questão principal não é bem essa. É adaptar (ou não) a descrição para justificar o motivo de haver dano na EF fora da mecânica do jogo. No meu caso, eu não vejo motivo para a magia funcionar sem um dano máximo no jato de água e manter a maneira usual que o dano físico funciona.

Mas também não faço questão de mudar.

No entanto, se é porque o jato tem sempre 100% de acerto pois o mago está apontando para o alvo ou porque cada jato persegue magicamente o alvo, impedindo de ser desviado, (ou outro motivo para acertar na EF ao invés da EH) isso deve constar na descrição.

Ou seja a exceção de dano ser direto na EF sem estar descrito no manual de regras deve ter um motivo descrito na magia. A justificativa do tipo "porque é uma magia" sem detalhar um pouco mais o funcionamento, ao meu ver, contrasta com os esforços para tornar certos conceitos verossimilhantes como a energia heroica e tals... Para mim esta é a questão fundamental.

Agora, também não quero causar um estardalhaço... Apenas apontei algo que pensei ser importante.


#22 Artorius Enviado : 09/11/22 15:53
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Nobre João!!!

Entendi teu ponto...

Sobre a descrição do como e pq a magia afeta diretamente a EF, eu particularmente achava que estava implícito, pois o mago manipula um grande volume de água sobre o alvo, sendo impossível errar ou desviar, já que a manipulação dos líquidos é total (dentro da area de efeito), mas claro, não o impede do alvo de resistir ao impacto do jato (teste de RF). Mas um reforço na descrição não deve fazer mal a ninguém. kkkkk Dancing


Sobre a exceção a regra, penso que o foco da magia não é bem o ataque, não sendo apropriado a dinâmica de ataque e colunas de resolução para essa magia. que diferente dos Dardos de Gelo, Bola de Fogo, essa magia ainda é para a manipulação dos líquidos.
Então acho que a mecânica do jato deveria ser mesmo diferente e precisa também ser atrativo para seu uso, caso contrário torna-se desnecessário inclusive ter esse efeito.
E tbm não acho que seja tão fora da regra, pelo que entendo, tbm existem casos em que a EH não possa ser usada, tipo o alvo cair num fosso, colocar a mão dentro de ácido, ser soterrado por pedras, calor e frio, até algumas armadilhas aplicam dano diretamente na EF. (eu acho que se aplica dano direto, qlqr caso em que, não se possa usar o "heroísmo" para evitar o dano) Think


mas tbm não vejo empecilho nenhum em adicionar na descrição sobre a manipulação ser total e que o alvo não consegue usar a EH!!! (ps. se assim for entendido) Dancing [/b]
#23 Fábio_CM Enviado : 09/11/22 22:52
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
Acho que há uma confusão no tipo de efeito e o Artorius está tentando explicar.

Magias que exigem um rolamento de ataque são as magias de dano Indireto, tais como Bola de Fogo e Raio Elétrico. Elas funcionam basicamente como ataques comuns, com a única diferença de sempre usarem a FA da magia como coluna de resolução em vez de sofrerem com modificadores das armaduras. Elas sempre provocam dano na ordem dos ataques, ou seja, primeiro na EH e depois na absorção/EF. No entanto, ela podem ter golpes críticos, afetando diretamente a EF.

Magias diretas exigem um teste de resistência e, em caso de falha, aplicam seus efeitos. O normal é que o teste de resistência contra uma magia seja um teste de RM, mas aqui tem um efeito muito físico, então não vejo problema em ser RF (embora também pudesse ser RM, por uma questão de padronização). Essas magias não tem dano crítico.

Eu lembro de pelo menos outra magia que provoque dano diretamente: Covardia. Não é dano na EF, mas na EH. No entanto, são 85 no nível 10! Por isso acho que 2 pontos de EF se falhar no teste não parece um grande problema (o dano máximo seria de 20 pontos no caso do alvo falhar em 20 testes de EF consecutivos, o que é improvável mesmo só passando com um número 1).

Empurrar a vítima por 2 metros a cada falha parece mais perigoso. Aliás, me surgiu outra dúvida. O teste de Resistência acontece em que momento, no turno do evocador ou no da vítima? Se acontecer no turno do evocador (quando a magia é lançada), o alvo não pode se mover em seu turno, confere? Acho que falta informar isso (já que está sendo empurrado).
#24 Edilton Oliveira Enviado : 10/11/22 08:09
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Prezados(as),

Muito bom as sugestões.

Complementei a magia, transcrevo abaixo o que acrescentei. Me digam o que acharam, o que pode melhorar, etc.

"E por fim, é possível concentrar o líquido na forma de um jato para acertar os oponentes (efeito Jato de Água). Esse jato será contínuo ao longo da duração da magia, desde que o alvo falhe em uma Resistência Física, por rodada, contra a FA da magia. Cada vez que falhar, será empurrado a 2 metros de distância, além dos efeitos descritos nos níveis. Como a evocação da magia é instantânea, e o místico manipula um grande volume de líquidos em direção a vítima com um simples gesto (ou pensamento), nesse turno o alvo não se movimenta, apenas faz a RF. Caso falhe, será empurrado por 2m, o jato permanece em cima dele, e o alvo passará o seu turno enfrentando as consequências de receber o jato: desviar a cabeça para respirar, evitar sufocamento, náusea, etc. Caso o alvo vença a RF, ele consegue avançar (ou sair do caminho), o Jato perde força e o místico não conseguirá manter o efeito, encerrando a magia."
#25 Artorius Enviado : 10/11/22 10:17
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Fala Galera!!!!

Show! Applause

Obrigado Fabio por elucidar a minha confusa resenha!Brick wall kkkkkk....

mas uma ultima duvida minha:
nos efeitos mais altos do jato, em que afetam 4 ou 8 alvos. caso 1 obtenha sucesso a magia encerra? ou apenas o jato daquele alvo perde a força?

no demais ta ótimo!!!! Applause Applause

#26 Edilton Oliveira Enviado : 11/11/22 04:25
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Artorius escreveu:
nos efeitos mais altos do jato, em que afetam 4 ou 8 alvos. caso 1 obtenha sucesso a magia encerra? ou apenas o jato daquele alvo perde a força?

Boa pergunta, não tinha pensado nisso. Penso que somente o jato de quem venceu a RF se encerra, o que acha?
#27 Artorius Enviado : 11/11/22 13:34
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Nobre Edilton!!!

Estou contigo!!! apenas o jato do alvo que obteve sucesso perde a força. Dancing
#28 Joao Enviado : 11/11/22 17:42
Jogador: Joao
EF:
EH:
Karma:
Edilton Oliveira escreveu:
Prezados(as),

Muito bom as sugestões.

Complementei a magia, transcrevo abaixo o que acrescentei. Me digam o que acharam, o que pode melhorar, etc.

"E por fim, é possível concentrar o líquido na forma de um jato para acertar os oponentes (efeito Jato de Água). Esse jato será contínuo ao longo da duração da magia, desde que o alvo falhe em uma Resistência Física, por rodada, contra a FA da magia. Cada vez que falhar, será empurrado a 2 metros de distância, além dos efeitos descritos nos níveis. Como a evocação da magia é instantânea, e o místico manipula um grande volume de líquidos em direção a vítima com um simples gesto (ou pensamento), nesse turno o alvo não se movimenta, apenas faz a RF. Caso falhe, será empurrado por 2m, o jato permanece em cima dele, e o alvo passará o seu turno enfrentando as consequências de receber o jato: desviar a cabeça para respirar, evitar sufocamento, náusea, etc. Caso o alvo vença a RF, ele consegue avançar (ou sair do caminho), o Jato perde força e o místico não conseguirá manter o efeito, encerrando a magia."


Boa!Applause
#29 Edilton Oliveira Enviado : 11/11/22 19:40
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Artorius escreveu:
Nobre Edilton!!!

Estou contigo!!! apenas o jato do alvo que obteve sucesso perde a força. Dancing

Atualizado!
#30 Marcelo_Rodrigues Enviado : 21/11/22 08:00
Jogador: Marcelo_Rodrigues
EF:
EH:
Karma:
Pessoal,

pensei numa mudança nesta magia e nas demais magias de manipulação. O que acham de nos niveis mais altos poder desviar um ataque do elemento ? Tipo o cara manda um dardo de gelo e o mago pode desviar para um outro alvo/lugar?
#31 Fábio_CM Enviado : 21/11/22 08:19
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
Marcelo_Rodrigues escreveu:
Pessoal,

pensei numa mudança nesta magia e nas demais magias de manipulação. O que acham de nos niveis mais altos poder desviar um ataque do elemento ? Tipo o cara manda um dardo de gelo e o mago pode desviar para um outro alvo/lugar?

Acho muito boa ideia.
#32 Artorius Enviado : 21/11/22 11:05
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Marcelo_Rodrigues escreveu:
Pessoal,
pensei numa mudança nesta magia e nas demais magias de manipulação. O que acham de nos niveis mais altos poder desviar um ataque do elemento ? Tipo o cara manda um dardo de gelo e o mago pode desviar para um outro alvo/lugar?


Também achei bem legal! Dancing Dancing
#33 Edilton Oliveira Enviado : 21/11/22 17:14
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Marcelo_Rodrigues escreveu:
Pessoal,

pensei numa mudança nesta magia e nas demais magias de manipulação. O que acham de nos niveis mais altos poder desviar um ataque do elemento ? Tipo o cara manda um dardo de gelo e o mago pode desviar para um outro alvo/lugar?

Também acho muito boa, tão boa que não seria melhor uma magia nova? Uma magia para repelir projéteis elementais mágicos, tipo bola de fogo, meteoros, dardo de gelo, etc? Já tem algo do tipo?
#34 Artorius Enviado : 22/11/22 09:57
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Fala Pessoal!

Acho que seria mais pratico esse efeito junto com as magias de manipulação, pq para funcionar o "counter" a magia já deveria estar evocada para ter sucesso, pq as magias elementais de ataque tem efeito instantâneo.

Se for uma magia especifica para o "counter" teria que evocar apenas para esse fim, e "aguardar" ser atacado.
Já com a manipulação poderia usar tbm para outros fins.
#35 Marcelo_Rodrigues Enviado : 22/11/22 11:45
Jogador: Marcelo_Rodrigues
EF:
EH:
Karma:
Não, não temos regras no Tagmar "counter".

Sim, tem que ser evocada antes, mas lembre-se que a magia dura 10 rodadas, logo durante este tempo ele poderia usar o efeito. Seria útil quando parece uma criatura que vc sabe que possui um ataque do elemento.

#36 Edilton Oliveira Enviado : 28/11/22 16:26
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Prezados(as),

Segue novo esboço da magia.

Por favor, comentem e deem sugestões.

#37 Artorius Enviado : 05/12/22 15:03
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Nobre Edilton!!!

eu gostei bastante da adaptação!!!!

só uma pergunta.
caso o místico evoque a magia para desviar ataques do elemento ele não poderá usar outro efeito da mesma magia isso?

ex. enfrentando um elemental da agua, e evocando a hidromanipulação com objetivo inicial de desviar seus ataques. na terceira o místico poderia manipular a agua do riacho para qualquer outra razão?
#38 Edilton Oliveira Enviado : 10/12/22 13:10
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Prezados(as),

Fiz as alterações com base nas sugestões. Considero que a magia ficou bem completa. Ainda acho que esse efeito de Desviar poderia ser uma magia nova que envolvesse todos os elementos.

Criou jurisprudência para Geomanipulação, Aeromanipulação e Piromanipulação também se desviar de ataques dos referentes elementos.

Segue novo esboço da magia.

Por favor, comentem e deem sugestões.
#39 Fábio_CM Enviado : 10/12/22 22:14
Jogador: Fábio_CM
EF:
EH:
Karma:
Eu gostei das modificações. Gostaria só de comentar um pouco sobre o seguinte parágrafo:
Citação:
Caso esteja engajado no combate a distância (por exemplo, sendo atacado por flechas de gelo) ou sofrer ataques através de magias indiretas, o místico rolará na coluna da FA da magia. O resultado obtido reduzirá a mesma quantidade em porcentagem ao invés do dano, ou seja, a porcentagem conseguida pelo usuário diminuirá a porcentagem alcançada pelo ataque do oponente. Caso o jogador desvie completamente o ataque do adversário, ou seja, supere a disputa na tabela de resoluções, será descrito no nível o que acontece.

Eu acharia melhor se a magia não provocasse mais rolagens fora do turno do personagem, por uma questão de agilidade. Isso poderia ser resolvido com o aumento passivo da defesa do mago que estiver com hidromanipulação ativada quando for atacado pelo elemento (talvez no nível da FA de hidromanipulação possa ser o bônus na defesa, até um limite). O efeito de desviar pode ser ativado caso o atacante obtenha um verde em virtude da redução de colunas.

É só uma sugestão pensando na agilidade do combate, já que ele ser lento é um problema muito relatado.
#40 Artorius Enviado : 14/12/22 10:30
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Fala Galera!!!

Achei a magia sensacional... Bem completa, muito bem escrita e descritiva. Applause Applause Applause


Mas vou concordar com o Nobre Edilton, a magia esta fazendo coisas demais. Think (manipula, jato, afunda embarcações, desvia ataques, aumenta resistência)
sem contar que terá que ser incluído nas outras manipulações mais efeitos como os inseridos nessa.


a ideia sobre refletir os ataques elementais é muito boa, e até acredito que seria adequado esse efeito nas manipulações, mas a magia ficou tão robusta e cheia de efeitos que acredito ter ficado muito confusa, se não no mínimo necessário varias leituras para discernir o que ela faz.


nesse caso acho que menos é mais. Anxious
#41 Edilton Oliveira Enviado : 14/12/22 19:34
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Mestre Fábio,

Citação:
Eu acharia melhor se a magia não provocasse mais rolagens fora do turno do personagem, por uma questão de agilidade. Isso poderia ser resolvido com o aumento passivo da defesa do mago que estiver com hidromanipulação ativada quando for atacado pelo elemento (talvez no nível da FA de hidromanipulação possa ser o bônus na defesa, até um limite). O efeito de desviar pode ser ativado caso o atacante obtenha um verde em virtude da redução de colunas.

Entendo o seu ponto de vista, também acho válido qualquer estratégia para agilizar o combate. Por outro lado, a possibilidade de desviar um ataque e, ainda mais, devolver esse ataque para o agressor é sensacional! Enriquece e muito o role play. Entretanto, se mais pessoas compartilharem esse sentimento, a gente altera.

Nobre Artorius,

Citação:
Mas vou concordar com o Nobre Edilton, a magia esta fazendo coisas demais. Think (manipula, jato, afunda embarcações, desvia ataques, aumenta resistência) sem contar que terá que ser incluído nas outras manipulações mais efeitos como os inseridos nessa.

Deveras...
#42 Artorius Enviado : 15/12/22 09:50
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Fala Galera,

Acho que antes de discutir as sugestões do Fábio sobre melhorar a sistemática dos efeitos no combate, acho melhor rever se vamos em frente com a inserção desses novos efeitos nessa mesma magia.

Eu acho seria melhor remover o efeito de "contra ataque". (poderia ser criada uma magia perdida com essas habilidades)
► Manter apenas os efeitos de Manipulação, Embarcações e Jato. Dancing

O que acham?
#43 Edilton Oliveira Enviado : 16/12/22 17:13
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Nobre Artorius,

Citação:
Eu acho seria melhor remover o efeito de "contra ataque". (poderia ser criada uma magia perdida com essas habilidades)

Desde quando foi sugerido esse efeito, já tinha falado em criar uma nova magia para juntar o contra-ataque de todos os elementos.

Citação:
Manter apenas os efeitos de Manipulação, Embarcações e Jato.

E ainda tem o efeito de Afogar.
#44 Marcelo_Rodrigues Enviado : 17/12/22 09:23
Jogador: Marcelo_Rodrigues
EF:
EH:
Karma:
Edilton, sei que está muito maneiro, mas acho que ja ficou complexo de mais. Acho que podia dar uma simplificada e diminuída.

A ideia de proteger contra ataque de agua era apenas para poder desviar ataques a distancia. Proponho uma simplificação trocando o seguinte trecho:

Citação:
E por fim, toda vez que o místico sofrer algum ataque onde a água estiver presente, independente de ser de origem mágica ou do estado da matéria, ele terá vantagens. Os ataques podem ser: combates físicos (corpo a corpo ou à distância), magia direta ou indireta, ou através do próprio encanto hidromanipulação.

Em combates corpo a corpo, como por exemplo, se estiver sendo atacado por alguém portando uma espada de gelo, poderá usar a técnica de combate Desviar na coluna da FA da magia (em vez de usar uma arma para desviar, o místico usará gestos). Os efeitos serão os mesmos descritos na técnica.

Caso esteja engajado no combate a distância (por exemplo, sendo atacado por flechas de gelo) ou sofrer ataques através de magias indiretas, o místico rolará na coluna da FA da magia. O resultado obtido reduzirá a mesma quantidade em porcentagem ao invés do dano, ou seja, a porcentagem conseguida pelo usuário diminuirá a porcentagem alcançada pelo ataque do oponente. Caso o jogador desvie completamente o ataque do adversário, ou seja, supere a disputa na tabela de resoluções, será descrito no nível o que acontece. Nos níveis que não há descrição, o místico apenas desvia.

No caso de magias direta onde o elemento água é evidente, o místico terá bônus na RM, a saber: +2 no primeiro e segundo nível, +4 no quarto e sexto nível, e +6 no oitavo e décimo nível.

E se por ventura for atacado por essa mesma magia, hidromanipulação, ele poderá usar Quebra de Encantos (desde que já tenha), nas mesmas condições, porém não gastará karma.

As vantagens para se defender de ataques do elemento água podem se usadas concomitantes com o efeito de moldar água ou jato de água, ou podem ser evocado apenas para isso. Porém, quando for se defender e já esteja usando algum efeito, a forma da água ficará suspensa até o místico voltar a atenção para o que estava fazendo (também vale para ataques de jato de água).


Por:

Citação:
E por fim, toda vez que um ataque a distancia com origem em água (como jato dágua e dardos de gelo) que seja feito contra ele ou contra outros (dependendo do efeito), pode ser controlado e desviado o alvo, permitindo direcionar para qualquer um dentro do alcance. Para fazer isto, o ataque deve ter acontecido durante a duração do efeito, e o místico deve fazer um teste de RM onde a Força do Ataque é a coluna do ataque que está tentendo manupular. Caso ele passe no teste, ele poderá redirecionar o(s) alvo(o) do ataque.
#45 Edilton Oliveira Enviado : 18/12/22 13:17
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Marcelo_Rodrigues escreveu:
A ideia de proteger contra ataque de agua era apenas para poder desviar ataques a distancia.

Fica meio sem sentido poder manipular à distância mas não poder manipular perto. O resultado disso é que abre um buraco na coerência da magia, e assim, para preencher as lacunas, dá brecha para as regras da casa.

Mas taí, fiz as alterações. Coloca logo para votação, é melhor.
#46 Marcelo_Rodrigues Enviado : 18/12/22 17:46
Jogador: Marcelo_Rodrigues
EF:
EH:
Karma:
Edilton, não é só questão de coerência. O problema agora é não tornar o Elementalistas desequilibradas (em relação os demais colégios).

Para proteção contra ataque elemental já temos a magia Escudo elemental. Do jeito que está está, o cara vaio combinar os 2 e teremos usa situação de over power.;

Quanto a questão coerência, sei que as vezes não ficam coerentes como desejamos, mas a jogabilidade é um fator mais importante. Triste

#47 Artorius Enviado : 19/12/22 15:25
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
Fala Senhores!!!

To com o Nobre Edilton nessa, como ele já havia vislumbrado esse dilema desde o principio. Applause


Minha opinião é que o melhor caminho para a revisão dessa magia é não ter esses efeito extras.

MANTER: Manipulação, Afogar, Afundar Embarcações e Jato.

REMOVER: Desviar Ataques e demais efeitos comitentes


PS. acho o efeito muito legal, mas tudo numa magia ficou muito pesado. fora a necessidade de inserir o mesmo efeito nas outras magias de manipulação e além disso, como o Mestre Marcelo lembrou já existe magia de proteção contra elementos(Escudo Elemental).Não vejo necessidade de outra magia com esse efeito de "proteção", ainda mais empilhado na Hidromanipulação que já esta robusta (mesmo funcionando de forma distinta).Think
#48 Marcelo_Rodrigues Enviado : 19/12/22 16:04
Jogador: Marcelo_Rodrigues
EF:
EH:
Karma:
Vou concordar. Melhor assim, para não ficar overpower Triste
#49 Edilton Oliveira Enviado : 24/12/22 05:02
Jogador: Edilton Oliveira
EF:
EH:
Karma:
Artorius escreveu:
Fala Senhores!!!

To com o Nobre Edilton nessa, como ele já havia vislumbrado esse dilema desde o principio. Applause


Minha opinião é que o melhor caminho para a revisão dessa magia é não ter esses efeito extras.

MANTER: Manipulação, Afogar, Afundar Embarcações e Jato.

REMOVER: Desviar Ataques e demais efeitos comitentes


PS. acho o efeito muito legal, mas tudo numa magia ficou muito pesado. fora a necessidade de inserir o mesmo efeito nas outras magias de manipulação e além disso, como o Mestre Marcelo lembrou já existe magia de proteção contra elementos(Escudo Elemental).Não vejo necessidade de outra magia com esse efeito de "proteção", ainda mais empilhado na Hidromanipulação que já esta robusta (mesmo funcionando de forma distinta).Think

Feito!
#50 Marcelo_Rodrigues Enviado : 29/12/22 10:09
Jogador: Marcelo_Rodrigues
EF:
EH:
Karma:
Fechamos? Dancing
#51 Artorius Enviado : 02/01/23 09:55
Jogador: Artorius
EF:
EH:
Karma:
por mim fechou
#52 Marcelo_Rodrigues Enviado : 04/01/23 07:51
Jogador: Marcelo_Rodrigues
EF:
EH:
Karma:
Iniciamos a votação. A data para encerramento é entre 6 e 10 dias.
#53 Sistema de Votação Enviado : 11/01/23 00:00
Jogador: Sistema de Votação
EF:
EH:
Karma:
Resultado da Votação "?? Hidromanipulação (revisão)":

Aprovado, 3 votos (100%)
Reprovado (precisa de melhorias), 0 votos (0%)

Votos individuais:
Artorius - Aprovado
Edilton Oliveira - Aprovado
Marcelo_Rodrigues - Aprovado
Usuários visualizando este tópico
Guest (5)

LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.