Livro - A Seita - Características dos Cultista - A Seita - Tagmar
Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

Responder...
Livro - A Seita - Características dos Cultista Opções
#1 Marcelo_Rodrigues Enviado : 18/01/21 08:16
Esta discussão foi criada para discutir as Características dos Cultistas


Acessem o verbete pelo link acima. Critiquem, deem sugestões.

OBS: No momento estamos analisando um material que já existia, então façam sugestões e críticas que conduzam a uma melhoria do texto. ideias de algo a ser posto também são bem vindas!
#2 samuel.azevedo Enviado : 20/01/21 09:07
Olá, antes de pensarmos na magia, a gente precisa pensar na profissão do cultista. Quais são suas características? Ou vão usar profissões já existentes?
Há Príncipes Infernais de tipos diferentes:

Deus caído - Heldrom
Ser caído - Diatrimis (nem deusa, nem titã - ???)
Mortal Ascendido - Seinoniz (mago)
Titãs Segundos - Branaxis, Morrigaltrina, Vouxis
Demônios - Anasmadis, Antredom, Ekisis, Fulvina, Mocna, Ricutatis e Udoviom
Demônio Primordial - Morrigalti


No caso dos deuses caídos e dos titãs segundos, não é possível ter magias similares a de sacerdotes?

Pode ter uma profissão Cultista, com especializações para essas 6 origens aí ou uma pra cada Príncipe...

Mesmo se houver a profissão Cultista e suas especializações, ainda é possível um cultista (com c menúsculo) ser de outras profissões, certo? No caso de um sacerdote, poderia ser um cultista de Heldrom? Neste sentido, podemos pensar em especializações dentro das demais profissões (1 pra cada profissão) ou numa solução mais simples (magias extra pra lista de mago, bardo, etc)?

Abaixo tem uma lista de magias para Heldrom que organizei anos atrás para uma campanha do PBF. A lista foi feita pensando em adaptar as magias de sacerdote, com algumas magias existentes adaptadas e algumas novas.

Organizando quais são as profissões e especializações, a gente pode pensar melhor nas magias, pois uma magia de mago por exemplo pode causar bem mais dano que uma magia para sacerdote, e assim por diante...

Abraços
#3 rodolfo Enviado : 20/01/21 21:19
Em minhas campanhas utilizo as profissões normais e os personagens vão ganhando acesso a poderes (x vezes ao dia), além das magias demonistas para os magos.

uma tabela com magias/poderes e quantidades por profissão pode padronizar... listas diferentes pra cada príncipe
#4 Marcelo_Rodrigues Enviado : 21/01/21 11:52
Vamos as ideias básicas:


  • Demonista será uma profissão
  • Não há limitação de raça
  • EH compatível Sacerdote
  • Habilidades semelhante ladinos
  • Técnicas de combate semelhante Lanino,mas conjunto próprio das já existentes (não pretendemos criar novas)
  • Combate semelhante rastreador, mas sem problemas de usar qualquer arma ou armaduras
  • Magias semelhante a Mago/Sacerdote (basico+tipo do príncipe infernal) - As magia serão bem voltadas para combate/manipulação

    Note que eles não terão problemas de fazer magia e usar armaduras

    Por ultimo... sim, serão poderosos e bem desbalanceados se comparados as demais profissões.



PS: renomeei este tópico para "Características da profissão" pus na Tagmarpedia o esboço da profissão, confiram!
#5 rodolfo Enviado : 22/01/21 11:45
Marcelo, sugiro também que exista uma caracterização para as outras profissões já existentes.

Algo como ...
Cultista:
-2 pontos "Acólito": recebe apenas as desvantagens de ser um cultista, como segredo e ser caçado, etc.
0 pontos "Devoto": como acima e recebe 1 poder, habilidade ou magia de menor nível
2 pontos "Padre": como acima mas o poder, habilidade ou magia é de maior nível...
....
(É apenas um rascunho para expor a ideia e poder dar início a discussão)
#6 Marcelo_Rodrigues Enviado : 05/02/21 16:46
Vou começar a detalhar esta parte... Mais alguma sugestão?
#7 Marcelo_Rodrigues Enviado : 15/02/21 18:47
Mudanças feitas no texto, agora já tem partes escritas. Confiram.
#8 Nironde Enviado : 16/02/21 15:04
Sei lá ...
Achei que a Seita teria algo mais a oferecer.

Não vejo algo que propõe que possa ainda atraí devotos a ela.

É isso que ainda falta.
Alguém aí tá tendo essa mesma visão ou só eu...?
#9 Marcelo_Rodrigues Enviado : 16/02/21 19:50
As magias... ainda não chegamos nelas! Feliz

Aproveitando: queria sugestões de Tecnicas de Combate que hoje estão somente com Guerreiros e Ladinos. Os Cultistas vão ter algumas delas, não muitas para não exagerar.
#10 rodolfo Enviado : 18/02/21 00:04
Pra mim ainda continua fazendo mais sentido uma caracterização com vários níveis, cada nível aumentando a hierarquia dentro da seita e dando novo poderes ao cultista. Assim, a profissão do personagem continua sendo as conhecidas + cultista. Mago Cultista, Guerreiro Custista, Ladino Cultista, ...

Sendo uma (ou mais) caracterização, o próprio sistema já cobriria os casos de personagens antigos que queiram se tornar cultistas.

alguns poderes podem ser de magias n vezes por dia:
- piroproteção
- maldições
- energia infernal
- conjuração demoníaca

outros podem ser de atributos primários ou secundários extras.... e assim por diante.
#11 Marcelo_Rodrigues Enviado : 18/02/21 09:37
Rodolfo, não faz muito sentido isso.

Poderes especiais não vão resolver, e não é meia dúzia de magia que vai fazer a diferença. Um ponto importante é que não é bom por caracterizações, pois se fizer assim, é meio caminho para incentivar jogadores venderem a sua alma para obter mais poderes. Triste Como disse não é uma profissão para se jogar! A posição oficial do projeto é que eles são vilões a serem postos pelo Mestre como antagonistas dos Heróis (os jogadores!) Feliz

Por ultimo, o Cultista é uma conjunto mais de coisas (lista de habilidades, EH, tecinicas de combate, e muitas, mas muitas magias diferenciadas). Estas magias que vc citou são só as da "Lista Básica" dos cultista!

Nosso objetivo é criar um bom antagonista, não apenas uma variação de uma profissão.
#12 Nironde Enviado : 20/02/21 12:19
Marcelo
Citação:
Poderes especiais não vão resolver, e não é meia dúzia de magia que vai fazer a diferença. Um ponto importante é que não é bom por caracterizações, pois se fizer assim, é meio caminho para incentivar jogadores venderem a sua alma para obter mais poderes. Triste Como disse não é uma profissão para se jogar! A posição oficial do projeto é que eles são vilões a serem postos pelo Mestre como antagonistas dos Heróis (os jogadores!) Feliz


Seria possível sim...
Eu sei que cada um tem as condições e valores próprios.

É difícil de fazer com que alguém mude de opinião.

Mas não haver meio de redenção?
A pessoa está vivo no mundo material.

Único problema seria ser caçado pela seita.

Um exemplo bom ser lembrado aqui é dos dragões de gelo.
Os deuses deram eles uma oportunidade e fizeram deles os dragões de cristal.

Tô errado?

Mas sei que objetivo como você disse Marcelo é não tornar jogável.
Tô só demonstrando que é possível criar sim...

Vejo que não é da vontade... É só isso.

Sempre achei que teria aqueles que são imparcial com os deuses.
Já com relação aos demônios não os aceitam e não se importando em usar mesmos poderes infernais para que o fizer obter vitória pra isso...

Eu mesmo não entendo por que o colégio necromantico ser mais aceito do que um membro da seita ou ex-membro?

Mas tudo que vejo aqui se ter aceitado já é condenado?
Observação não importa ser jogador ou não...
Usuários visualizando este tópico
Guest
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET
LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.