Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

Questão da Enquete : Sagração (revisão) (Enquete fechada)
Escolha Votos Estatísticas
Aprovado 6 100 %
Reprovado (precisa de melhorias) 0 0 %

2 Páginas <12
Sagração (revisão) Opções
#31 samuel.azevedo Enviado : 12/03/20 09:45
Fábio_CM escreveu:
Citação:
e se falharem irão fugir para o mais longe que puderem durante 1 dia.

Achei um pouco esquisito. A criatura falha em uma RM por estar dentro de uma área de 10 m² (ou por ter tentado entrar e falhado) e foge por 1 dia!! Seria mais coerente se ela simplesmente fosse obrigada a sair/não conseguisse entrar na área e só pudesse tentar de novo no dia seguinte.


Isso de fugir para longe é pra não ficar um monte de monstros acumulando em volta da área se falharem nos testes... Senão a magia acabaria sendo uma armadilha para o próprio sacerdote: ele iria "proteger" uma área e depois um monte de mortos vivos que não passaram nos testes vão se acumulando em volta, deixando o sacerdote preso e cercado. É um efeito inspirado na esconjuração.



#32 samuel.azevedo Enviado : 12/03/20 09:46
Nironde escreveu:
Ao que sempre achei complicado ao efeito sob arma ser por uma semana a contar do ritual da magia.

O problema que conta ser sempre a partir do ritual.

Poderia ser a partir convocação de seu efeito quando assim o personagem precisar a usar durar por uma semana pois tem vários níveis.

Assim evitaria desperdiçar tempo na campanha e de frustração por uso inadequado.

Pois ficaria mais fácil e funcional ao personagem administrarem seu uso.

Em outros uma campanha começa e mal de pra utilizar deste item para seu propósito por custo muito alto ou assim dizer por um grande DESPERDÍCIO de RECURSOS, muitos personagens acabam a não utilizar deste recurso por sua limitação.

Acredito que possa tornar mais funcional e podendo ser aplicado seu uso nas campanhas.


Sim, a versão atual tenta ficar mais usável e mais barata.
#33 Marcelo_Rodrigues Enviado : 21/03/20 12:35
Fechamos?
#34 samuel.azevedo Enviado : 24/03/20 12:37
Os custos estão ok ou fica melhor a progressão 5 MP, 1 MO, 2 MO, 4 MO, 8 MO, 16 MO?

O efeito 10 está ok, ou fica melhor assim: idem efeito 8, mas o sacerdote pode colocar junto ao efeito um milagre de seu conhecimento de efeito máximo igual a quantidade de karma usado. Tal milagre será usado somente uma vez em uma situação de extrema necessidade (escolhida pelo jogador que estiver controlando o item) e depois o item fica como um item do efeito 8.

Alguém tem alguma sugestão de alteração?

#35 Marcelo_Rodrigues Enviado : 25/03/20 08:43
samuel.azevedo escreveu:
Os custos estão ok ou fica melhor a progressão 5 MP, 1 MO, 2 MO, 4 MO, 8 MO, 16 MO?


Por mim estão ok.

samuel.azevedo escreveu:

O efeito 10 está ok, ou fica melhor assim: idem efeito 8, mas o sacerdote pode colocar junto ao efeito um milagre de seu conhecimento de efeito máximo igual a quantidade de karma usado. Tal milagre será usado somente uma vez em uma situação de extrema necessidade (escolhida pelo jogador que estiver controlando o item) e depois o item fica como um item do efeito 8.



Gostei!
#36 samuel.azevedo Enviado : 25/03/20 19:16
Já que alguém gostou, deixei o efeito 10 com um OU com a frase acima para itens.
#37 Marcelo_Rodrigues Enviado : 29/03/20 09:21
fechamos?
#38 samuel.azevedo Enviado : 04/04/20 17:22
Acho que sim?!
#39 Marcelo_Rodrigues Enviado : 05/07/20 10:18
Pessoal,

reabri a discussão desta magia apenas para fazer uns ajustes e deixar mais claro que os objetos mágicos são temporários, possuem propósito e que o sacerdote não deve ser leviano ao usar a magia.

Fiz uma pequena revisão, mas não mexi na magia como um todo... apenas deixei mais claro o texto para evitar abusos por parte do sacerdote.

Se alguém quiser sugerir algum ajuste é a hora!
#40 Edilton Oliveira Enviado : 05/07/20 10:34
Prezados(as),

Uma dúvida e uma opinião:

DÚVIDA: “Além desse limite a magia só pode voltar a ser evocada quando algum deles voltar a ser um item comum (cumpriu seu objetivo, a duração acabou ou a magia foi quebrada)”. Digamos que o sacerdote consagrou 3 itens. Assim que o primeiro acabar, ele pode usar de novo a magia. Então, pode fazer um estoque de armas mágicas, sempre fazendo o ritual, usando 1 e guardando 2. Pode?

OPINIÃO: realmente precisa de um ritual para abençoar água? E outra, como irá quantificar o dano? Se pode ser usado contra demônio, morto vivo, o que acontece quando é jogado? Se tem alguma explicação no livro de regras ou magia, por favor, me informem. Em minhas histórias não uso magia para fazer água benta, qualquer sacerdote, mesmo aqueles que não tem magia, podem abençoar. Não causam dano, só retardam o avanço.
#41 Rywv Enviado : 05/07/20 20:54
Eu acho que é necessário uma limitação maior nos equipamentos defensivos. Itens pequenos ou fracos não tem pq carregar tanto poder defensivo, minha sugestão.

Sagração 2: Armadura, elmo, escudo ou veste ganha +2 absorção.

Sagração 4: Armadura ou escudo ganha +1 defesa e +4 de absorção.

Sagração 6: Armadura ganha +2 defesa e +6 de absorção.

Sagração 8: Armadura ganha +3 defesa e +8 de absorção.

Sagração 10: Armadura ganha +4 defesa e +10 de absorção.

A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#42 Marcelo_Rodrigues Enviado : 06/07/20 14:12
pronto, ajuste feito na armadura. Confiram!

PS: coloquei a explicação do uso da agua benta que estava descrito no Livros de Regras (Pertences & Afins - Miscelâneas)
#43 Marcelo_Rodrigues Enviado : 06/07/20 14:29
Citação:
DÚVIDA: “Além desse limite a magia só pode voltar a ser evocada quando algum deles voltar a ser um item comum (cumpriu seu objetivo, a duração acabou ou a magia foi quebrada)”. Digamos que o sacerdote consagrou 3 itens. Assim que o primeiro acabar, ele pode usar de novo a magia. Então, pode fazer um estoque de armas mágicas, sempre fazendo o ritual, usando 1 e guardando 2. Pode?

OPINIÃO: realmente precisa de um ritual para abençoar água? E outra, como irá quantificar o dano? Se pode ser usado contra demônio, morto vivo, o que acontece quando é jogado? Se tem alguma explicação no livro de regras ou magia, por favor, me informem. Em minhas histórias não uso magia para fazer água benta, qualquer sacerdote, mesmo aqueles que não tem magia, podem abençoar. Não causam dano, só retardam o avanço.


Acho que a parte que está escrito "porém situações exageradas podem ter a consagração negada pela divindade a critério do Mestre caso ache que o sacerdote está criando objetos com um propósito leviano" evitará abusos, e não esqueça que o objeto tem um objetivo e guardar não vai adiantar se o objetivo for concluídos,

Quanto a agua benta eu achei no Livro de Regras o que ela fazia. Pus uma observação com a mesma informação.

OBS: pus mais uma restrição para impedir um objetivo é genérico que visa apenas a perdurar o efeito da magia.


#44 Rywv Enviado : 06/07/20 21:21
Ainda ta criando roupa, elmo e escudo com defesa +4 e absorção +10. Isso é mto, em mesas com mestres mais liberais vai continuar rolando a existência de trator com defesa 20 + e 100 de "EF". Lembrando tbm que isso é magia que qualquer sacerdote pode ter.

Vestes e elmos não deveriam conceder defesa e ter mta absorção, o escudo tbm não precisa acumular mto desses valores.
A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#45 Marcelo_Rodrigues Enviado : 08/07/20 07:58
Fiz uma ajuste e retirei vestes, já que não gostaria que existisse um pijama +4 d'oh!

Quanto aos bônus retirei o elmo que não devia dar defesa. Mas lembre-se que tem uma observação indicando que itens de defesa não se acumulam, assim não adianta encantar elmo+escudo+armadura.

Acredito que agora ficou bem melhor.

Pessoal, mais alguma sugestão?
#46 zetagmar Enviado : 15/07/20 23:59
A magia acredito eu poderia se tornar mais poderosa.

Acredito que poderia ser obtido com o ritual esta "energia sagrada" que poderia ser canalizada de forma temporária aos objetos ou no solo. E estaria somente ligada ao tempo e não a tarefa.

Citação:
Fiz somente a separação para mostrar quem é afetado pela magia em cada caso.

Efeitos da magia sagração:
Consagração do solo: Protege a área contra Demônios e mortos-vivos.
Consagração da arma: Permite atingir seres imateriais como fantasmas, demônios e mortos-vivos.

Citação:
A primeira observação que faço é que não foi alterado o tempo de duração da magia, nem o custo do ritual.


Sagração 1: Duração do efeito : 01 semana. O ritual custa 05 moedas de prata.
O sacerdote recebe total de 01 ponto de energia sagrada. Que podem ser usada para: Consagrar o solo e/ou consagrar uma arma.
Consagrar solo
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - Protege uma área de 10 metros.
Consagrar Objeto
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - Torna a arma magicamente +0. (Máximo alcançado por arma de +0)
Citação:
Note que aqui existe somente uma escolha possível entre duas alternativas


Sagração 2: Duração do efeito : 01 mês. O ritual custa 01 moedas de ouro.
O sacerdote recebe total de 02 pontos de energia sagrada. Que podem ser usadas para: Consagrar o solo e/ou consagrar um objeto.
Consagrar solo
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - Protege uma área de 10 metros.
Consagrar Objeto:
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - Torna a arma magicamente +1. (Máximo alcançado por arma de +1);
- Gasto de 02 pontos de energia sagrada - Tornar um fócus +3;
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - A proteção ganha absorção +1 (Máximo alcançado por objeto +2).

Citação:
A partir deste nível ocorre uma alteração na proposta, mas o efeito final respeita os limites que impôs em cada objeto. A proposta é poder tanto consagrar o solo quanto consagrar objeto ou objetos conjuntamente.
Assim como consagrar mais de uma arma, sem extrapolar o limite importo por você.
Exemplo: Consagra duas armas, cada uma com +1 ou 1 arma com +1 e proteção com +1 ou Consagra o solo em 10 metros e a arma com +1.
Acredito que entendeu a proposta.


Sagração 4: Duração do efeito : 03 meses. O ritual custa 02 moedas de ouro e 05 moedas de prata.
O sacerdote recebe total de 04 pontos de energia sagrada. Que podem ser usadas para: Consagrar o solo e/ou consagrar um objeto.
Consagrar solo
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - Protege uma área de 10 metros.
Consagrar Objeto:
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - Torna a arma magicamente +1. (Máximo alcançado por arma de +2);
- Gasto de 04 pontos de energia sagrada - Tornar um fócus +5;
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - A proteção ganha absorção +1. (Máximo alcançado por objeto +3);
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - A defesa ganha +1 (Máximo alcançado por armadura ou escudo +1).


Sagração 6: Duração do efeito : 06 meses. O ritual custa 05 moedas de ouro.
O sacerdote recebe total de 08 pontos de energia sagrada. Que podem ser usadas para: Consagrar o solo e/ou consagrar um objeto.
Consagrar solo
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - Protege uma área de 10 metros.
Consagrar Objeto:
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - Torna a arma magicamente +1. (Máximo alcançado por arma de +3);
- Gasto de 08 pontos de energia sagrada - Tornar um fócus +7;
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - A proteção ganha absorção +1. (Máximo alcançado por objeto +6);
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - A defesa ganha +1 (Máximo alcançado por armadura ou escudo +2).


Sagração 8: Duração do efeito : 01 ano. O ritual custa 10 moedas de ouro.
O sacerdote recebe total de 16 pontos de energia sagrada. Que podem ser usadas para: Consagrar o solo e/ou consagrar um objeto.
Consagrar solo
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - Protege uma área de 10 metros.
Consagrar Objeto:
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - Torna a arma magicamente +1. (Máximo alcançado por arma de +4);
- Gasto de 16 pontos de energia sagrada - Tornar um fócus +9;
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - A proteção ganha absorção +1. (Máximo alcançado por objeto +8);
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - A defesa ganha +1 (Máximo alcançado por armadura ou escudo +3).

Sagração 10: Duração do efeito : 01 ano. O ritual custa 15 moedas de ouro.
O sacerdote recebe total de 24 pontos de energia sagrada. Que podem ser usadas para: Consagrar o solo e/ou consagrar um objeto.
Consagrar solo
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - Protege uma área de 10 metros.
Consagrar Objeto:
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - Torna a arma magicamente +1. (Máximo alcançado por arma de +5);
- Gasto de 24 pontos de energia sagrada - Tornar um fócus +11;
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - A proteção ganha absorção +1. (Máximo alcançado por objeto +10);
- Gasto de 01 ponto de energia sagrada - A defesa ganha +1 (Máximo alcançado por armadura ou escudo +4).

#47 Marcelo_Rodrigues Enviado : 16/07/20 08:25
ZeTagmar, uma das reclamações sobre a revisão da magia é que ele ficou muito poderosa, e foi por isto que reabrimos a revisão para amenizar alguns pontos. Então deixar mais poderosa não é exatamente o indicado.Feliz Temos de lembrar que a magia já é bastante poderosa porque concede 3 objetos mágicos permanentes e que podem inclusive ser dados a outros do grupo.

Outro ponto é que a magia tá bem complicada por ter múltiplos efeitos e varias regras de restrição. Sua sugestão, mesmo que interessante (!), acho que vai complicar de mais.

Preferia manter como está Muito Feliz

Mas olhando pontualmente, temos algum ajustes pequeno a fazer? Ou fechamos?
#48 Edilton Oliveira Enviado : 16/07/20 09:12
Achei que ficou muito bom. Por mim, pode seguir pra votação.
#49 zetagmar Enviado : 16/07/20 10:46
Exatamente este é o ponto. Criar uma arma com uma finalidade especifica é muito poder.
O tempo de duração deve ser o ponto em questão para reduzir o poder da magia.

Não seria melhor tirar TAREFA e deixar somente DURAÇÃO.

A magia seria criada naquele momento e passando a duração, voltariam ao normal. Não ficam sendo criadas armas mágicas para a aventura toda, principalmente por conta de limitação oferecida pelo custo da magia.

O custo são várias moedas de ouro e o personagem acredito eu, não anda com um cofre a tira colo.

Os limites seriam:
- Custo para realizar a magia;
- A duração do tempo imposto pela magia;
- A quem é destinado (a demônios, mortos-vivos e fantasmas).
#50 Marcelo_Rodrigues Enviado : 16/07/20 22:17
Zetagmar, não dá para fazer isto se não acaba ficando pior que a magia original. Muito Feliz
#51 zetagmar Enviado : 17/07/20 13:49
ok
#52 Marcelo_Rodrigues Enviado : 23/07/20 09:08
Iniciamos a votação. A data para encerramento é entre 6 e 10 dias.
#53 Sistema de Votação Enviado : 31/07/20 00:00
Resultado da Votação "Sagração (revisão)":

Aprovado, 6 votos (100%)
Reprovado (precisa de melhorias), 0 votos (0%)

Votos individuais:
Edilton Oliveira - Aprovado
Marcelo_Rodrigues - Aprovado
regisdante - Aprovado
samuel.azevedo - Aprovado
T.REX - Aprovado
zetagmar - Aprovado
Usuários visualizando este tópico
Guest (2)
2 Páginas <12
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET