Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

Responder...
Regra da Casa - Missões Secundárias Opções
#1 samuel.azevedo Enviado : 29/11/17 13:29
Estive pensando, em uma regra para gerenciar quando um jogador mandar aliados e outros recursos para realizar missões secundárias.

Seria algo similar a Mesa de Guerra ou Missões Cronometradas do jogo Dragon Age Inquisition: Escolhe um ou mais personagens e coloca eles numa missão; depois do tempo necessário eles voltam com o resultado da missão.

Eis o esboço.

Aí teríamos alguns tipos de missões que eu simplifiquei para uso de:

- combate;
- habilidade;
- magia.

Como medir o poder de combate/habilidade/magia destes personagens e usar isso contra os desafios? Imagino que pela profissão de cada um, desta forma:

- guerreiro: combate 12, habilidade 6, magia 0.
- ladino: combate 8, habilidade 10, magia 0.
- sacerdote: combate 6, habilidade 5, magia 7.
- bardo: combate 4, habilidade 7, magia 7.
- rastreador: combate 6, habilidade 6, magia 6.
- mago: combate 1, habilidade 6, magia 11.
- personagem coadjuvante sem profissão heroica - escolha uma destas três atributos de missão acima de acordo com o que mais se aproximar do personagem e dê um dos valores a seguir (o restante é zero): iniciante/aprendiz/jovem 1, adulto/experiente 3, mestre/maduro 5.

Procurei deixar todas as profissões com 18 pontos distribuídos nestas 3 características.

A coluna total do personagem em cada um destes atributos será igual ao seu estágio + o valor correspondente ao seu atributo de missão da lista acima.

Itens mágicos dão um bônus em magia, habilidade ou combate, equivalente ao bônus no ataque/dano, habilidade beneficiada pelo encanto e pela magia de maior efeito que elas possuem.

As missões podem ter pré-requisitos (atributo mínimo da ficha de personagem, estágio mínimo, soma de estágios totais dos personagens secundários, uma habilidade, técnica, equipamento ou magia específica) obrigatórios ou opcionais (os opcionais concederão um nível de bônus no resultado final).

As missões terão um nível de dificuldade que será definido pelo mestre em cada um dos três atributos de missões (combate, habilidade e magia).

As missões tem um objetivo (prêmios ou resultados).

Para verificar se uma missão foi bem sucedida, usa-se a coluna total do personagem (estágio + atributo de missão) nos atributos envolvidos na missão menos o nível de dificuldade da missão, rola-se 1d20 e verifica-se se atingiu o nível mínimo de dificuldade da missão.

Missão Combate = estágio + combate - requisito mínimo do combate

Missão Habilidade = estágio + habilidade - requisito mínimo da habilidade

Missão Magia = estágio + magia - requisito mínimo da magia


Um sucesso total indica sucesso nestes três testes, um sucesso parcial indica sucesso em dois dos três testes, e um sucesso de apenas um dos três testes terá resultados mínimos.

Uma falha acontece quando há falha crítica (1 no dado em um dos três testes) ou quando não há sucesso em nenhum dos três atributos de missão. Neste caso haverá algum tipo de baixa que se encaixe com o perigo enfrentado (perda de equipamentos, aliado foi preso, ou até morte do aliado).

Em caso de resultado crítico (20 no dado) em um dos três testes, observe a profissão do personagem que conseguiu o crítico (ou no caso de mais de um personagem, aquele que tem o maior atributo de missão do teste envolvido):

- guerreiro: conquistou um ou mais prisioneiros;
- ladino: roubou tesouros (1d10 x 10% a mais de tesouro).
- sacerdote: salvou uma vida de um aliado que morreria numa falha de combate ou a de um inocente;
- bardo: conquistou um aliado;
- rastreador: conseguiu uma criatura aliada;
- mago: encontrou um item mágico (o nível do item será compatível com o nível da dificuldade da missão, desde um pergaminho a algo mais duradouro e poderoso).
- coadjuvante sem profissão heroica: feito heroico o converte em herói (ele recebe uma das profissões heroicas de acordo com sua atuação.

obs: em algumas missões, o resultado crítico acima não se encaixa (por exemplo, não houve encontros com pessoas então um bardo não faria aliados), então fica a critério do mestre dar outro bônus.
#2 samuel.azevedo Enviado : 29/11/17 13:33
Ah, no caso de vários personagens serem enviados, escolhe-se os valores mais altos nos atributos combate, habilidade e magia do grupo enviado. Só será necessário enviar muitos aliados se for pré-requisito.
#3 samuel.azevedo Enviado : 01/12/17 23:13
Se o jogador enviar o dobro da força necessária nos pré-requisitos, poderá lançar um dado extra que substituirá um dos dados se o resultado for melhor.

#4 samuel.azevedo Enviado : 02/12/17 19:35
Descrição das Missões Secundárias
Nome da Missão Secundária: um nome para se referenciar a missão.
Grupo: personagens enviados.
Objetivo: os objetivos da missão.
Duração: tempo necessário para ir até o local da missão, executá-la e voltar; expresso em horas, dias, semanas, etc.
Atributos de Missão: definição dos valores dos atributos Combate, Habilidade e Magia para a missão. Como parâmetro, o valor de combate deve ser o estágio do oponente mais alto enfrentado na missão; o valor de habilidade pode ser o número de habilidades que seriam necessárias na missão ou o nível mais alto de alguma habilidade oposta usada no encontro; e o valor da habilidade magia é igual ao nível da magia mais alta necessária para resolver algo ou usada pelos oponentes na missão. De acordo com a natureza da missão, o uso de alguns atributo de missão pode não ser necessário (por exemplo, pode não ser necessário uso de magia); no caso de algum atributo não ser necessário, pode ser interessante descrever um requisito bônus caso hajam personagens com valor alto neste atributo no grupo.
Nível de dificuldade: um nível de dificuldade que deverá ser testado em todos os atributos de missão. A dificuldade é um dos valores da tabela colorida (rotineiro, fácil, médio, difícil, muito difícil, absurdo), a dificuldade pode ser a mesma para os três atributos de missão, ou diferente entre os atributos.
Pré-requisitos: se for esperado encontro com combate, é necessário que haja um pré-requisito de número de personagens no grupo maior que o número de oponente, ou uma soma de estágios do grupo maior que a soma de estágios dos oponentes; também podem ser descritas habilidades (e um total mínimo representando a experiência ou conhecimento necessário naquela habilidade) ou magias necessárias para realizar alguma tarefa da missão. Recursos consumidos, por exemplo de alimentos ou de materiais para rituais também devem ser descritos.
Requisitos opcionais (Bônus): uma lista de descrição de um bônus para cada requisito extra que for atingido. Por exemplo, se o dobro do número mínimo de personagens for levado para a missão, um dado extra pode ser usado para substituir um dos testes. Mas o bônus pode ser pré-determinado e descrito na missão. Exemplos de bônus: a conquista de um novo aliado, um tesouro extra, ou um dado extra para substituir um dos testes, menor tempo de execução da tarefa, etc.
Usuários visualizando este tópico
Guest
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET