Náiades
Histórico Voltar para Lista
.

As náiades são os espíritos protetores das águas, e por isso habitam nas fontes d'água mais puras do mundo. Acredita-se que foram criadas por Ganis para proteger as fontes dos maus olhos. Como são espíritos, não possuem uma forma física. Porém, se necessário, uma náiade materializa-se como uma bela mulher com características pisciformes: delicadas escamas em alguns locais do corpo, formando um vestido e luvas, nadadeiras entre os dedos das mãos e dos pés, e guelras atrás das orelhas.

Dizem as lendas que as águas onde vivem as náiades foram abençoados pela própria Ganis, por isso elas teriam propriedades curativas, rejuvenescedoras e místicas. Mas a localização de tais fontes é um mistério que talvez apenas os sumos sacerdotes de Ganis conheçam.

Para aqueles que desejarem se aventurar em suas águas, cuidado! Pois as Náiades protegem muito bem seus domínios, permitindo somente aqueles que considerem dignos ou que tenham autorização divina da própria Ganis para beber de suas águas. Invasores serão severamente castigados por elas com danos físicos ou mesmo amnesia. Esses seres são muito fortes em combate, possuindo a força semelhante à de um Elemental da água de mesmo nível, e um ataque de jato de água que alcança a até 10 m.

Como são profundamente ligadas às suas fontes, se a fonte ligada a uma náiade for profanada ou suja, a náiade perde seu vigor e suas forças, e em casos mais graves (como a fonte secar) este espírito definha 1 ponto de EF por dia até “morrer”.

Como as ninfas também foram criadas por Ganis, há uma certa rivalidade entre náiades e ninfas. Enquanto as ninfas se consideram melhores que as náiades, as comparando com as sereias, as náiades se consideram melhores por terem uma ligação mais profunda com as águas.

Estes seres espirituais não são mortos-vivos, pois nunca morreram; sua existência é espiritual e pode se manifestar fisicamente. Devido a essa espiritualidade e ligação com a deusa que as criou, as náiades também conhecem magias de cura, que podem usar em si mesmas, a quem demonstrar lealdade à Ganis ou a quem a ajudar resolver problemas relacionados a sua fonte (como falta de água, um agente poluidor, algum ser acabando com os animais aquáticos, perseguir algum invasor que roubou sua água sagrada, etc.). Esses poderes curativos podem se estender para seu manancial, se estiver purificado.

Com o tempo as náiades desenvolveram a capacidade de fazer uma ligação especial com outras fontes de água. Uma náiade pode se transportar entre sua fonte principal e as secundárias à vontade. E fará o possível para manter tais fontes purificadas. Mas estes novos mananciais não possuem propriedades curativas. São usados para a náiade conhecer o mundo, e também tem uma utilidade mais escusa.

É que as náiades gostam de admirar o brilho de metais nobres, joias e pedras preciosas. Então, quando um banhista mergulha nestas fontes secundárias límpidas, a náiade assume que pode pegar uma compensação por sua água e aparece do fundo das águas para puxar estes objetos. O portador dos objetos pode fazer um teste oposto de força para não perde-los, mas se forem muito belos a náiade pode se manifestar para tomá-los à força.

Na língua dos pequeninos, as náiades são chamadas de iaras, que significa espírito das águas. Há uma lenda entre os pequeninos que diz que é preciso jogar uma moeda de prata antes de entrar em rios e lagos de água límpida, ou a iara irá puxá-lo pelos pés para o fundo da água. Outra lenda diz que elas recompensam bem quem cuidar de problemas em seus mananciais.

Tipo de Criatura

Criaturas de Dartel

Organização e Habitat

Solitário / Fontes, lagos e rios de água doce

Habilidades / Técnicas de Combate

Ações Furtivas(18), Línguas(15), Natação(22), Usar os Sentidos(16)

Magias e Poderes Especiais

Hidromanipulação (4), Invisibilidade (9), Armadura Elemental (8), Purificação (4), Amnesia: semelhante a Esquecimento (10) porém apenas com fatos relacionados a elas e a localização de suas fontes, Transporte Dimensional (7), respiram livremente de baixo d'água e em casos raros, como por ordem divina, podem usar Hidrotolerância (10) em um alvo especifico.A cada 25 m afastada de sua fonte, recebe -1 de penalidade em todas as colunas de quaisquer testes. As náiades também podem se comunicar com animais aquáticos, e enviar sugestões através de um poder especial similar a magia Empatia Animal (7) - limitada à criaturas aquáticas; o uso desta habilidade é livre e demora 1 rodada.Também podem usar magias de cura, como Curas Fìsicas(5), Recuperação Física (9), Regeneração (10) e Curas Espirituais (8).

Peso/Altura

70 Kg / 1,6 a 1,8 m

Atributos

INT(3), AUR(4), CAR(2), FOR(3), FIS(2), AGI(3), PER(2)


NomeEstEFEHDefesaAtaqueLMP100%75%50%25%RFRMMoralKarmaVB
Náiades 1218(23)192M3Garras1815121512961416154520 (andando) e 35 (nadando)
Jato1616161915117
LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.