Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

3 Páginas 123>
2.10 Trilha da Noite Opções
#1 Fábio_CM Enviado : 14/03/18 14:19
Esta tarefa tem o objetivo de descrever a especialização de rastreador Trilha da Noite. A criação das magias não faz parte desta técnica. O texto deve manter o formato das outras especializações, sem subtítulos.
#2 Azurius Enviado : 14/03/18 15:50
Controle de criaturas místicas de intelecto irracional e a transformação de animais e criaturas místicas em sombrios acho bacana ter. Rs
#3 Omnix Enviado : 07/05/18 20:31
Queria entender melhor o objetivo a ser atingido nessa tarefa, por gentileza.

Valeu, povo!
#4 Rywv Enviado : 07/05/18 23:02
Criar um descrição para essa trilha, comparando-a e diferenciando-a das outras trilhas.
A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#5 samuel.azevedo Enviado : 07/05/18 23:48
Boa noite,

A ideia da trilha surgiu neste outro tópico. Se você pegar a tarefa sugiro ler o que foi discutido por lá e construir sua própria concepção com base nisso e em suas próprias ideias.

Eu mesmo adoraria ver um rastreador que usa o poder das luas, dos infernos ou das trevas para manipular animais feitos de sombras e outras coisas...

Abraço
#6 Sistema Automático Enviado : 08/05/18 18:12
A Terefa foi solicitada pelo usuário elton10pkn
#7 Omnix Enviado : 09/05/18 21:31
Ih, a tarefa já foi solicitada! Rs Dancei. ;)

Vou editar esta mensagem aqui para tentar dar mais utilidade. Vi no outro tópico postado por nosso elegante Sr. Spock que a ideia é que esses Rastreadores brinquem com poderes infernais, poderes sombrios, das luas etc.

Seria possível alguém mais experiente no projeto colocar links da Wiki que contenham descrição desses poderes infernais e sombrios? Para servir de fonte de consulta para quem quiser ajudar na tarefa?

Desde já agradeço.

Abraços.
#8 SonOfBalthor Enviado : 09/05/18 21:55
Pow, eu tbm queria, mas tava focado no mestre das feras
#9 Omnix Enviado : 10/05/18 00:18
Caso possa ajudar, vi aqui as seguintes criaturas marcadas como "Sombrias" na TagmarPedia:

Fera das Sombras
Corvo Sombrio
Lobo Sombrio
Corcel Sombrio

Seria bacana um Rastreador tentando localizar essas "impurezas" no mundo, aprisionando para uso próprio (ou seja, a jogabilidade da trilha viria das criaturas capturadas).

Sem querer me intrometer em tarefa alheia, pensei até no Rastreador dessa trilha ter um ritual super trabalhoso para, depois de muito sacrifício, "purificar" essas criaturas, mudando-as da Caracterização de Criaturas "Sombria" para "Crepuscular", dando a entender que apesar de ter se envolvido nas Sombras no passado, ela já está no caminho da purificação (e, é claro, trocaria os poderes sombrios por poderes anti-heróicos iradézimos Muito Feliz ).

Abraços.

P.S.: A Fera das Sombras tem uma origem um pouco diferente, mas poderia entrar nessa dança.
#10 Fábio_CM Enviado : 10/05/18 11:18
lembrando que esta é uma tarefa para descrever a trilha, não para abordar suas magias.

Elton, também fale na motivação destes rastreadores. Lembre-se que todo rastreador desta trilha também foi um rastreador básico. Isso significa que ele deve seguir os preceitos da profissão de respeito a natureza.

O termo respeito à natureza pode ser explorado. Afinal, como ele lida com as criaturas sombrias, que são aberrações da natureza devido a influência do karma infernal? Como ele consegue compatibilizar ambas as filosofias? Talvez este rastreador tenha uma visão diferente da natureza, talvez deturpada, talvez não.

Lembrando que o rastreador usa o karma disponível na natureza. O trilheiro da noite (?) usa o karma infernal que está disponível?
#11 elton10pkn Enviado : 10/05/18 14:06
Citação:
Lembrando que o rastreador usa o karma disponível na natureza. O trilheiro da noite (?) usa o karma infernal que está disponível?

Também tenho essa dúvida. Essa trilha será exclusiva para os elfos sombrios ou não. Já tenho uma concepção básica para ambos os casos, mas falta definir isso.
#12 samuel.azevedo Enviado : 10/05/18 14:18
Minha sugestão: os rastreadores noturnos aprenderam a canalizar o mana da natureza através dos ciclos lunares das três luas de Tagmar.

Justificativa: eles não são magos, para usarem mana infernal; todos os rastreadores tem mana da natureza e não de outros planos. E o mana infernal não tem nenhuma relação direta com a noite; exceto que os elfos sombrios, por maldição, sofrem com a luz do dia. Deixando o mana deles independente do infernal, pode abrir esta trilha para outras raças.

Abraços
#13 Fábio_CM Enviado : 10/05/18 14:57
elton10pkn escreveu:
Citação:
Lembrando que o rastreador usa o karma disponível na natureza. O trilheiro da noite (?) usa o karma infernal que está disponível?

Também tenho essa dúvida. Essa trilha será exclusiva para os elfos sombrios ou não. Já tenho uma concepção básica para ambos os casos, mas falta definir isso.

A ideia é que seja uma especialização aberta para todas as raças que podem ser rastreadores. Contudo, estava pensando em permitir que os elfos sombrios que sejam noturnos tenham acesso a um ou talvez duas magias perdidas específicas, para representar sua afinidade maior com a especialização.

samuel.azevedo escreveu:
os rastreadores noturnos aprenderam a canalizar o mana da natureza através dos ciclos lunares das três luas de Tagmar.

A ideia é interessante, mas como vincular isso com a influência sobre criaturas sombrias, criadas devido a exposição ao karma infernal?
#14 SonOfBalthor Enviado : 10/05/18 15:13
Pode colocar que eles estudam sobre as criaturas sombrias, e através desse estudo foi encontrado um jeito de utilizar do auxílio desses seres, porém a melhor coisa a se fazer é não vincular a energia infernal a trilha
#15 elton10pkn Enviado : 10/05/18 16:43
Também, não acho uma boa ideia utilizar karma infernal, não faz sentido como disse o Samuel e limitaria muito os vagantes noturnos (acho que fica bom). Minha ideia é eles canalizarem a "energia negativa" da natureza, comum na Floresta Sombria e nos Mangues. Eles seriam especializados nas criaturas da noite e até certo ponto nos monstros.
#16 Azurius Enviado : 10/05/18 16:50
Não tem pq eles usarem energia infernal.
E não devemos limita-los a energia negativa do lugar x e y, podemos dizer sim que eles usam a energia natural negativa de qualquer lugar.
#17 samuel.azevedo Enviado : 10/05/18 16:59
Concordo com Sonofbalthor, os primeiros deles podem ter estudado essas criaturas, algumas que já existiam vê outras que surgiram na região de Caridrândia e assim desenvolveram essas magias para lidar com elas.
#18 elton10pkn Enviado : 10/05/18 17:01
Citação:
Não tem pq eles usarem energia infernal.
E não devemos limita-los a energia negativa do lugar x e y, podemos dizer sim que eles usam a energia natural negativa de qualquer lugar.

Não, não estou os limitando a estes lugares estes seriam apenas os lugares com a maior concentração dessa energia, seus pontos de referência.
#19 Azurius Enviado : 10/05/18 17:42
Citação:
Também, não acho uma boa ideia utilizar karma infernal, não faz sentido como disse o Samuel e limitaria muito os vagantes noturnos (acho que fica bom). Minha ideia é eles canalizarem a "energia negativa" da natureza, comum na Floresta Sombria e nos Mangues. Eles seriam especializados nas criaturas da noite e até certo ponto nos monstros.


Quando você diz: comum na floresta sombria..." você deixa quase que claro que eles vão ter dificuldade em locais mais "positivos".
O certo seria dizer que os primeiros vieram deste lugares pois ali descobriram (pela abundância de energia negativa) a possibilidade de sua utilização.

Fica a dica.
#20 elton10pkn Enviado : 11/05/18 08:49
Texto alterado.
Escrevi a primeira versão do texto da trilha tentei sintetizar o máximo das ideias. Há alguns erros, mas já estou pensando em como corrigí-los.
#21 Omnix Enviado : 11/05/18 10:05
As criaturas mais sombrias poderiam ter uma tênue "contaminação" de mana positivo vindo da constante exposição às luas e às estrelas?

Como se essa luz celeste tivesse aberto uma brechinha para o rastreador da Trilha das Sombras explorar?

Tipo a cor amarela pro anel do Lanterna Verde! Rs
#22 Azurius Enviado : 11/05/18 10:53
Acho fantasioso demais e pouco aplicável no sistema.
Já não concordo em ter sensitividade, que é uma habilidade que faz efeito de magia, imagina então ter algo tão descarado como uma aura nesse padrão em um animal.
#23 Omnix Enviado : 11/05/18 11:33
Citação:
Acho fantasioso demais e pouco aplicável no sistema.
Já não concordo em ter sensitividade, que é uma habilidade que faz efeito de magia, imagina então ter algo tão descarado como uma aura nesse padrão em um animal.


Salve, Azurius!

Não tive certeza se essa foi uma resposta ao meu post logo acima. Se sim, não entendi muito bem.

Sobre ser fantasioso, estamos falando de criaturas das sombras. ;) Não acho que realismo ou fantasia sejam critérios rígidos nesse momento. Também acho que não estamos falando de sistema agora. Pelo que entendi, a tarefa pede que criemos um texto explicativo do que é um Rastreador nessa trilha.

Não conheço a habilidade com efeito de magia "Sensitividade", se puder rolar um link pra ela na TagmarPedia eu agradeço demais. Mas também não sugeri uma aura nas criaturas ou nada do tipo. O que sugeri foi uma forma de criar uma vulnerabilidade dessa Caracterização de Criatura para permitir seu domínio pelo Rastreador sem recorrer ao mana infernal (por sinal um link pra verbetes sobre karma e mana infernais também me ajudaria muito, isso provavelmente foi desenvolvido bem depois do meu afastamento do projeto).

A ideia é que misturado nesse "manto" de energia sobria, existem pontinhos minúsculos dessa energia de celestiais já citada por outros colegas, e o Rastreador "hackearia" seu controle das criaturas por essa "backdoor".

Afinal de contas a criatura é sobria e nos exemplos presentes na página de Criaturas Online (só notei agora que meus links não vão até essa página, infelizmente não consegui fazer direito) essas criaturas sempre são noturnas. Isso implica que, na maior parte do tempo que estão ativas, as Luas e as Estrelas de Tagmar estão sobre suas cabeças, banhando seu corpo sombrio. Daí tirei a ideia da contaminação, impulsionado pela ideia anterior do Samuel, salvo engano, de usar energia das 3 luas!

Cordialmente,
#24 Rywv Enviado : 11/05/18 12:10
Citação:
sendo os humanos a raça que mais segue esta Trilha depois dos Sombrios.

Não sei se é necessario essa citação, até mesmo pq os sekbetes tem uma certa aliança com os sombrios e tbm podem ser rastreadores, então talvez fosse eles segunda raça que mais segue essa trilha. Na verdade acho que poderia finalizar em Seret Analiom, acho que fica mto bom fechando ali ja que a partir dali começa a explicar coisas que ja estão claras na descrição dos sombrios.

Citação:
Os poderes destes Rastreadores são baseados na furtividade, surpresa e também para controlar Animais Sombrios e alguns Monstros.

animais sombrios qualquer rastreador pode pegar através do elo, então é desnecessário essa citação. Outra coisa que gostaria de comentar é que no mestre das feras tem uma magia chama Mestre das feras que pega criaturas irracionais o que inclui monstros, talvez vc pudesse conversar com Balthor para magia fichar descrita de uma forma que sirva para os 2.


A morte é uma amante paciente e indispensável, pois ñ importa o que aconteça ela terá sua vez e não tem pressa quanto a isso, mas quando o momento chega ela lhe acolhe em seus braços de tal forma que vc nunca será capaz de deixá-la.
Gar,"O Louco"
#25 Omnix Enviado : 11/05/18 12:30
Citação:
animais sombrios qualquer rastreador pode pegar através do elo


Li a magia Elo Animal em dois verbetes que encontrei, um marcado como "Novo" e outro como "Revisão".

Em ambos há referência apenas a "animais", sem especificar o tipo. Mas na página "Texto Introdutório para os grupos de criaturas" há uma diferenciação bem marcada entre Animais Domésticos, Selvagens, Sombrios e Gigantes.

Não sei se isso mudou durante meu afastamento, mas creio que o mito geral ao redor dos Rastreadores é que seus poderes afetem Animais Selvagens. Se isso for de comum acordo, acho que vale não só modificar a magia "Elo Animal" para colocar esta especificação quanto já pensar no impacto que isso causaria na mecânica da Trilha das Sombras.

Talvez levantaria a necessidade de criar uma magia tipo "Elo Sombrio", específica para este outro tipo de criaturas.

Talvez até indicasse a necessidade de criar uma magia tipo "Elo Feral", específica para Rastradores da Trilha dos Mestres da Feras criar elos com Animais Gigantes.

Fica aí, alimento pra cuca.

Cordialmente,

P.S.: Sei que o objetivo não é discutir magias. A intenção é alinhar a temática por trás da Trilha e, com isso, refinar a descrição.
#26 Fábio_CM Enviado : 11/05/18 12:43
Omnix escreveu:
Em ambos há referência apenas a "animais", sem especificar o tipo. Mas na página "Texto Introdutório para os grupos de criaturas" há uma diferenciação bem marcada entre Animais Domésticos, Selvagens, Sombrios e Gigantes.

Os rastreadores podem afetar qualquer criatura dentro do subgrupo animal, seja ele doméstico, selvagem, gigante ou mesmo sombrio. Pode parecer amplo, mas apesar de numerosos, os animais não são criaturas muito poderosas, com poucas exceções.

Sobre a habilidade sensitividade, segue sua descrição abaixo:
Leia o resto do texto...
Sensitividade
Grupo: Geral
Atributo base: aura
Custo: 2
Teste sem nível: não
Restrita: não
Penalidades: Armadura

As magias, os espíritos e as conexões com os vários planos de existência paralelos à Tagmar deixam uma marca no mundo que todos são capazes de experimentar em maior ou menor grau através de sinais como sensações estranhas, emoções aflorantes ou intuições repentinas. A habilidade para interpretar tais sinais de forma prática e rápida chama-se sensitividade e ela relaciona-se intimamente com a força e flexibilidade da aura de cada indivíduo.

A sensitividade é frequentemente interpretada como um dom, mas ela pode ser aperfeiçoada ao máximo através do estudo e da meditação. Xamãs, sacerdotes e especialmente magos são os que mais frequentemente desenvolvem esta habilidade, pois ela está muito relacionada com suas atividades cotidianas.

É importante destacar que as respostas obtidas por um teste de sensitividade são sempre imprecisos ou vagos, pois suas respostas vem sempre na forma de sensações tais como calafrios, receios, transpiração forte, alívio, tendências a mudanças de humor, esperança, descrédito, vazio, alegria, tristeza, enfim, uma série de respostas físicas ou emocionais que o personagem sente devido à influência que o ambiente exerce sobre sua aura. Ocasionalmente, mas não sempre, a habilidade misticismo pode ser utilizada para detalhar as impressões obtidas com sensitividade. Outro ponto importante é que a habilidade nunca pode ser utilizada para resistir ou quebrar nenhuma forma de encanto, pois ela representa apenas a capacidade de percebê-los e, em menor grau, de interpretá-los.

O mestre pode exigir um teste de sensitividade para o personagem, por exemplo, pressentir uma aura impregnada em um ambiente; pressentir que uma magia está sendo realizada ou que um encantamento está ativo nas proximidades; pressentir a presença de objetos ou criaturas próximas incorpóreas ou sob efeito de magia; ou ainda para detectar a existência de portais mágicos intra ou interdimensionais. Como sempre, a habilidade não aponta com precisão para o que é mágico, mas sim fornece uma intuição de que existe magia no mesmo ambiente em que ele se encontra. Dependendo do poder da magia ou da intensidade da aura local, o personagem pode nem saber se a sua intuição sensitiva refere-se a uma criatura, item mágico ou a um portal, por exemplo.

Rotineiro: Perceber se há algo de errado com a aura de uma pessoa afetivamente próxima;
Fácil: Pressentir se um ambiente é maligno ou benigno através de sensações como calafrios, alívio, ou alguma forte lembrança que vem à tona e represente o clima do local;
Médio: Ficar "com a pulga atrás da orelha" se existir alguma criatura incorpórea nas proximidades. Este receio do personagem virá acompanhado de sensações positivas se esta criatura for amigável ou neutra e de sensações negativas se ela for hostil; perceber se há algo errado com a aura de algum amigo ou uma pessoa de relações frequentes;
Difícil: Intuição com portais: experimenta sensações tais como apreensão se estiver na presença de um portal ativo que leva para um local desconhecido, ou esperança se o portal leva para um local que se deseja estar;
Muito difícil: Sentir um vazio ao interagir com uma pessoa que age sob efeito de magia, pois ela estará com sua aura dominada;
Absurdo: A aura do local ou objeto próximo afina-se perfeitamente com a sua. Como consequência, você relembra momentos fortes ou traumáticos, mas tais lembranças são sutilmente alteradas para darem respostas visuais sobre o local ou objeto; Por exemplo, ao encontrar um objeto você relembra o triste dia em que perdeu seu pai mas, na lembrança do sepultamento você vê o rosto de alguém carregando aquele objeto;
Impossível: Perceber qualquer forma de encantamento lançado sobre si mesmo. Resistir a magias. Ativar objetos mágicos.

Tarefas aperfeiçoadas: pressentir karma arcano não infernal; pressentir karma divino; pressentir karma infernal; sentir auras alteradas; sentir auras em objetos; pressentir o perigo; pressentir maldade.
#27 elton10pkn Enviado : 11/05/18 12:50
Obrigado brainstorm Feliz
Vamos lá, foi eu quem descreveu o texto introdutório para as criaturas, mas na época acho que ninguém sabia que seria uma Trilha com essa temática, caso contrário teria posto a limitação deles não serem afetados por Elo Animal, mas que já foi oficializado podemos pensar numa alternativa.

Em relação a magia Mestre das Feras, ela é específica desta Trilha então não vejo como ajustar para os Vagantes.

Em relação a "contaminação" com "energia positiva" a questão não é ser fantasioso e sim verossímil. E eu acho isso bem pouco.
Talvez dizer que uma das luas é mais sombria ajude, isso poderia explicar o porquê de certos licantropos serem afetados por elas.

A minha ideia geral é que está Trilha seja com como uma espécie de caçadores de monstros. Utilizando as próprias sombras para combate-las.

#28 Azurius Enviado : 11/05/18 12:52
A magia age sobre Animais.

O que vem depois da palavra animal é subtipo.

A magia elo trabalha com os tipos.
#29 Omnix Enviado : 11/05/18 12:58
Fábio, obrigado pelo Verbete!

Então realmente não tem relação com a justificativa que sugeri para a descrição da Trilha. Coloquei só um argumento histórico. Nada de mecânica. Valeu!

Citação:
Pode parecer amplo, mas apesar de numerosos, os animais não são criaturas muito poderosas, com poucas exceções.


Aqui temos que ter um cuidado muito sutil, que é a sinergia. Com certeza os animais podem ser fracos quando comparados a um elemental evocado, a uma técnica de combate ou mesmo à magia Bola de Fogo. Mas eles não funcionam sozinhos.

- O Rastreador tem um personagem extra (ou personagens extras) sob seu controle, quase que 100% do tempo.
- Este personagem extra (ou personagens extras) evolui junto com ele.
- As magias dos Rastreadores usam animais para funcionar.

Um urso, então, não é só um urso. É mais um ataque, mais um alvo para absorver golpes etc. É um ingrediente para o Rastreador usar Bestializar e ganhar "Pelagem de Urso", dando uma absorção natural extra (esse é só um exemplo tosco para ilustrar, não é para ser fidedigno). É um ingrediente para a fusão de Animalizar para ganhar as melhores características entre EF, EH, defesa etc. Só tive contato direto com essas duas, mas tenho certeza que existem muitas outras.

Isto tudo dito, não acho à princípio que o número de animais à disposição ou sua capacidade de combate relativamente baixa (vista isoladamente) sejam suficientes para classificá-los como insuficientes para os Rastreadores. Seria bom fazer uma modelagem bem básica para aferir isso direito.

Abraços,
#30 Omnix Enviado : 11/05/18 13:30
Citação:
Talvez dizer que uma das luas é mais sombria ajude, isso poderia explicar o porquê de certos licantropos serem afetados por elas.


Vincular com os licantropos é bem maneiro!

Nós temos na TagmarPedia ou em algum outro lugar mais informações sobre as 3 luas de Tagmar que possam ser linkadas aqui? Links sobre metamorfos talvez possam ajudar também, dada a ideia bacana do Elton10.

Eu mesmo faria, mas tentei em um post anterior e infelizmente não deu certo. Achei que só de usar o botão daqui da caixa de edição da mensagem e colocar o nome correto, já linkava. Mas não rolou.

Abraços.
Usuários visualizando este tópico
Guest
3 Páginas 123>
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET