Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

25 Páginas 123>»
Capítulo 05h - A Corte dos Peversos Opções
#1 samuel.azevedo Enviado : 27/03/17 14:18
Cameron e Hodor adormecem de tanto ver estrelas passando diante de seus olhos. De repente, acordam durante o por do sol no chão de uma praça de piso de pedras brancas e pretas polidas em padrão xadrez. Muitas pessoas iam e viam, algumas admiravam uma miniatura de barco que um homem exibia, outras estavam sentadas em bancos luxuosos enquanto conversavam. Todos deste reino estavam vestidos com trajes nobres.

#2 Cameron Enviado : 28/03/17 12:47
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Observo ao derredor se avisto alguma construção ou comercio local qual moeda de troca?
Se meio a uma praça talves um templo ou biblioteca?
Creio que na fachada deva confirmar ao local em seu nome na fachada.
Tenho me preocupar como estou e ao Hodor que pelo visto somos os mal trapilhos e mendingos deste lugar mas sejamos os únicos?

Me recordo ao outro lugar em que estavamos.
Como no princípio a sensação como um dejavul.
Mas com calma toco no ombro do Hodor e digo:
Pelo visto ja fomos notados mas as pessoas não se importam com a gente.

Talves ao que temos de nos preocupar para onde iremos e aonde vamos.

Dou um leve suspiro e digo estamos longe de casa e longe talves de chegarmos em nosso objetivo.

Como você esta Hodor ainda desapontado com aquele velho maluco?
Nas próximas vezes busque as outras partes vulneraveis desprotegidas mas foi um belo golpe em que você mandou mas destruiu ao que poderia de ser util mas foi um belo golpe mandou bem.
Mas estamos aqui e lhe agraço por estar comigo.
Off como estamos de heróica e karma?
As vestes nossas está sujas algum lugar mais reservado?
Alguem esta a ganhar algum dinheiro com alguma apresentação?
#3 Cameron Enviado : 28/03/17 13:33
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Lançamento 2d20=1,10
Observar Hodor e Cameron

Digo ao Hodor se ele consegue avistar alguma estrutura local biblioteca ou templo.
#4 Cameron Enviado : 28/03/17 13:42
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Vendo que ao Hodor tenha acordado recentemente deva estar ainda com "ramela nos olhos ou areia" é provavel que ainda esteja no mundo de Bob.

Eu foco no objetivo.
Me cerifico que esteja tudo com relação aos pertences e como nos estamos.
#5 Cameron Enviado : 28/03/17 13:47
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Lançamento 1d20=12
Falha Crítica do Hodor. [1d20]

//off: não existe falha crítica de habilidade até onde sei, só existe falha crítica em combate (com armas ou magia de dano).
#6 samuel.azevedo Enviado : 29/03/17 23:37
Cameron, Observar 3, rolamento 10, amarelo, fácil.

O mago olha em volta e percebe que o maior prédio da cidade era um castelo para onde muita gente ia e vinha. Haviam outros prédios grandes e belos, mas não percebeu indicação de onde seria a biblioteca.

Cameron e Hodor estavam fisicamente bem, com suas energias completamente recuperadas. O guerreiro sai tentando pedir informações, mas algumas pessoas riem dele:

- Olhe estes trajes, parece um mendigo! Hahaha. Nunca havia visto um mendigo neste reino.

- Não são mendigos, são espantalhos! Que ridículo! hahahaha

Outras se afastam, com nojo.

//off: vocês estão com 100% da EF, EH e Karma (no caso do mago), e ainda estão com as coisas que estavam no outro reino, incluindo as roupas de espantalho.
#7 Cameron Enviado : 30/03/17 11:07
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Lançamento 2d20=6,2
Aproveito da situação que estão tirando onda e nem espera da reação que farei.
Apanho os dois jarros da bolça uso geomanipulação 1 deixo muito resistente como elmo e deixo ao jarro com a boca mais larga a passar a cabeça de um indivíduo.

Irei usar aeromanipulação 1 criar bolhas de ar para causar pressão.
ações furtivas e ataque surpresa ou oportuno se for notado.
O jarro não ira sair sem que pessoas o ajudem a tirar a cabeça de dentro do jarro, mesmo assim não ira sair facilmente.
Um jarro permanece na bolça outro eu uso.
Obs. Posso virar o jarro de ponta cabeça que o líquido não saia e irei encaçapar a cabeça de um que tenha um porte compativel com o meu.
#8 Cameron Enviado : 30/03/17 11:10
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Lançamento 2d20=20,19
Hodor ambidestria
Ataque oportuno ao ver que o mago chamou a atenção
Ataca com a maça e machadinha
#9 Cameron Enviado : 30/03/17 11:11
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Lançamento 1d20=2
Efeito do Ataque [1d20].
#10 samuel.azevedo Enviado : 30/03/17 20:04
Cameron, Ações Furtivas 3, rolamento 6, branco, rotineiro.
Cameron, Geomanipulação 1.
Cameron, Aeromanipulação 1.
Hodor, Ambidestria 6.

Hodor, ataque com maça, coluna 13 (L9-L0+4 ataque oportuno), rolamento 20, cinza, crítico, rolamento 2, branco: 50%. Golpe duro no ombro, paralisa o oponente na próxima rodada
Hodor, ataque com machadinha, coluna 15 (L11-L0+4 ataque oportuno), rolamento 19, azul escuro, 125% de dano.

Cameron tenta fazer algo escondido, mas não encontra onde se esconder. O mago abre a bolsa e retira dois jarros. Então geomanipula para que caibam a cabeça de uma pessoa. Depois enche os jarros de bolhas de ar com Aeromanipulação, joga um dentro da bolsa e enfia o jarro na cabeça de um dos homens que ria dele de Hodor.

- Vejam, pego com a boca na botija! Hahahah - aponta uma mulher, para o homem envasado.

As pessoas começam a rir do homem com a cabeça presa no jarro. Mas o homem agonizava tentando soltar a cabeça e respirar, e por isso se agitava batendo nas pessoas.

Com um aceno de cabeça de Cameron, Hodor saca a maça e a machadinha e golpeia os dois homens que começaram a galhofa contra ele e o mago. O primeiro homem grita de dor quando sua clavícula quebra, e fica paralisado com os olhos arregalados olhando para o rúbeo. O outro homem cai com o crânio partido. Sangue translúcido saia dos dois homens, e rapidamente as pessoas se dispersam, restando apenas o homem do pote, o homem caído no chão, e o homem com a clavícula quebrada - além de Hodor e Cameron.
#11 Cameron Enviado : 01/04/17 17:38
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Lançamento 2d20=20,14
Se o povo abriu na capoeira ergo umas paredes com muros com pregos para quem tentar subir nas paredes para que não consigam escapar e mesmo para ser visto em seu interior.
So isolando eu Hodor e aos envolvidos.
Faremos algumas perguntas.

Quer ajudar seu amigo que esta com o vaso na cabeça ?
Vocês iram cooperarem se querem ajudar o amigo de vocês e se permitem se ajudarem.

Responda qual reino estamos?
Qual quer um entra e sai deste reino?
Do que se precisa e como encontramos?
Se queremos viajar pelos reinos quem é que tem passe livre para ir aos reinos e voltar ao plano mortal?
Aqui ha algum acervo bélico e alguma biblioteca?
Ao acesso ao castelo quem toma conta e quem tem o acesso ao seu interior?
Se não cooperarem ainda tenho mais um vaso.
So ainda não decidi quem ira usar ele.
Mas posso reaproveitar ...
Teste de Persuasão contra o teste de moral das vítimas.
Hodor ira preciona los e digo a que nos queremos saber
Uso aeromanipulação para aliviar um pouco e manter a vítima viva.
#12 Cameron Enviado : 01/04/17 20:59
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Lançamento 1d20=12
Off. Me senti o Capitão Nascimento agora... [1d20]
#13 samuel.azevedo Enviado : 03/04/17 11:03

As pessoas ficam apavoradas e respondem a todas as perguntas, gaguejando.

- A-acaso não lembra de seu julgamento com Cruine? Este-este é o reino de Ricutatis. Apenas quem Ri-ri-ricutatis ou ao menos Si-si-simônio autorizam podem vagagagar para outros reinos. Que eu saiba ninguém vai para o mundo mortal. É proibibibido. Am-am-ambos o a-a-acervo-evo bélico e a bibibibliotecaeca ficam no castelo real. Simônioonio apresenta o casteloelo a todos os recém chegaaaados. Com isso pre-presumooo que acabaram de chegar-ae ele está a sua pro-pro-cu-ura.
#14 Cameron Enviado : 03/04/17 22:59
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Quem tem o acesso ao acervo bélico e a biblioteca contem itens dos mais variados e lendários tidos por conquistas como tais itens sejam divinos sejam despojos de guerra tidos como troféus e uma raridade?
E provavel que estejam a mostra e que aos olhos sejam vistos por muitos aos que admiram ao grande feito e a conquista tida por vitória aos seus inimigos. (Deuses)
Qual sejam suas localidades a biblioteca e ao acervo e mais ao portal ao que liga ao outros reinos.

Se eu desejo encontrar outra pessoa em que esteja em outro reino, é possível de ter contato com ela, em reinos mesmo que diferentes isto é possível? É possível ir ao outro reino com que dejar? Como seria possível?
#15 samuel.azevedo Enviado : 05/04/17 10:17
As pessoas ficam menos nervosas, mas continuam respondendo:

- O acesso ao acervo bélico é permitido apenas aos guardas. Na biblioteca do castelo, de acesso público, há acesso apenas a livros. Objetos raros e poderosos e troféus de guerra fazem parte da coleção particular do Príncipe, e só são exibidos em cerimônias e comemorações especiais.

De repente, a parede se derrete. Um homem de meia idade com vestes nobres se aproxima apoiando-se em uma bengala.



Ele sorri, e fala de forma cortês:

- Bem vindos a cidade de Farzelo. Eu sou Simônio, o mordomo do nosso Príncipe Ricutatis. Talvez eu possa lhe apresentar o reino e responder às suas perguntas, viajante. Depois, é claro, que vocês terminem de se divertir com estes aí, e tomem um banho para tirar estas roupas imundas da viagem.

//off: não encontrei no outro tópico se vocês tiraram as roupas de espantalho, então acredito que estão fantasiados de espantalho e cheios de sangue de demônio até agora.

#16 Cameron Enviado : 05/04/17 23:52
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Lançamento 2d20=14,13
Tiro o jarro da cabeça do individuo que agonizava e passo para o jarro novamente o sangue dos demonios a que estava em todos nós para dentro do jarro (hidromanipulação).

Gostei ao que fizera ao truque com a parede Simônio. Me pareceu uma entrada com muita classe.

Simônio soubemos que você estava a nossa procura.

Se bem que como somos viajantes soubemos que você ja estava a nossa espera.

Então diga qual seja nossos nomes?

Cameron apontando aos lacaios e diz...
A final eles não nos aguardavam não nos conhece.

Então creio como o Simônio não se importar tanto.

Uma pausa.
Volto a perguntar a eles vocês se importam com que vistimos? Se sugerem algo apropriado por favor nos providencie por favor.
Mas por outro o Simônio quer que vocês de o exemplo nos consedendo as melhores roupas nobres a nós.
É claro que a menos que prefiram que voltemos de onde paramos?
Um pouco quanto exigente nossa estadia sera por vossa conta na melhor estalagem não menos que ao castelo com muito glamur é claro.
Tenho muitas perguntas ao Simônio e creio que ao tempo para nos conhecermos melhor.
Outra pausa.
Volto ao Simônio.
Acredito ha menos que você tenha a esconder por isso você diz talvez.
Mas como você Simônio seja um bom anfitrião saiba muito a receber seus visitantes a final sempre quer que seus visitantes sempre voltem não é mesmo?
Por isso não ira nos deixar nada adesejar sito que sejamos bem recebidos por vossa senhoria.
Misticismo magia de algum colégio ou habilidade de demônio por magia tipo toque ácido, quem sabe ele não seja um mago?
Teste observar reações e expressões das vitimas em presença do Sinômio.
#17 samuel.azevedo Enviado : 08/04/17 07:49
Cameron, misticismo 9, rolamento 14, vermelho, difícil.
Cameron, observar 3, rolamento 13, laranja, médio.

Simônio faz um gesto com a cabeça em agradecimento quando é elogiado sobre como desmanchou a parede, e então toca com a ponta do cajado nas paredes restantes e estas se desmancham imediatamente sem deixar sujeira.

Como não ouviu palavras ou gestos arcanos, Cameron conclui que o cajado de Simônio tem algum poder mágico, talvez de desintegração ou de quebra de encantos.

Ao retirar os jarros e recolher o sangue que estava sobre todos, o mago nota o espanto e admiração das pessoas, que imediatamente se afastam e vão embora.

O anfitrião sorri com a pergunta sobre ele saber o nome dos visitantes:

- Ora, eu recebo todos que chegam no reino, mas não sei o nome dos senhores. Pelas roupas é possível presumir que seriam emissários de Antredom. Mas agora que estão limpos do sangue de demônio noto que são pessoas sob as vestes dos demônios da fome. Se foram capazes de fazer isso, são mais que adequados a este reino. Por favor, me digam seus nomes e queiram me acompanhar e os levarei para aposentos onde poderão banhar-se e vestir roupas limpas. Não seria cortês levá-los para passear pelo castelo sem vestes limpas e adequadas ao seu nível de poder. Vocês preferem vestes com brocados ou babados, de seda ou veludo, de que cor? Basta que me digam e providenciarei. Depois do passeio, posso lhes apresentar ao Príncipe Ricutatis, ele ficará encantado em ter viajantes poderosos como vocês aqui no reino.

//off: suas roupas e a armadura de Hodor estão por baixo da roupa de espantalho que agora ao menos está limpa do sangue de demônio.
#18 Cameron Enviado : 09/04/17 17:43
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Se bem que sejam varios reinos.
Estamos viajando por eles, mas ao que confesso que este reino seja muito visitado por mortais.
Quero tirar as duvidas ja que insiste
Simônio que este reino pode nos oferecer tudo.
Em sua história Simônio fora a fim de merecer este reino e ao que ele não pode lhe oferecer?
A final tavez não pode se ter tudo ou de ganhar sempre.
O reino da fome pouco havia a oferecer.
Mas aqui onde mortais e seres imortais dividem seus interesses.
Como sabe somos viajantes sendo de interessante que outros conheçam ao que este reino pode em oferecer pior e melhor a vista do que possa agradar.
Por tanto tente nos surpreender.
Buscamos por poder, conhecimentos e respostas.
Meu nome é Cameron ele é Hodor.

Hodor então diz:
Você não deva ser simples mordomo deva haver habilidades específicas em você e uma história por longa carreira que tornara ao que seja hoje a vistas destas almas um pesadelo.
Seja por respeito ou por temor.

Acredito que esteja habituado com tudo e não deixaria se ofender ou que se inrrita com facilidade.

Percebemos que você Simônio age bem pela razão e sem perder a razão.

#19 Cameron Enviado : 10/04/17 01:30
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Roupas nobres a que demonstra total autoridade.
Vale lembrar que roupas de sua guarda mesmo seja para com meu guarda pessoal que trocida os "Zé-Ruelas" dos que me irritarem.
Queremos passe livre aos reinos.
Você pode conseguir isso Simônio?
#20 samuel.azevedo Enviado : 10/04/17 17:46
- Cameron e Hodor... É uma satisfação conhecê-los. Obrigado pelos elogios... Queiram me acompanhar, os levarei agora aos aposentos de visitantes. Vocês poderão se banhar e receberão as roupas limpas.

Ele começa a andar conduzindo o mago e o guerreiro rúbeo por ruas limpas e de casarões luxuosos. Todas as pessoas no caminho o cumprimentam e forçam um sorriso, talvez contendo uma aversão aos dois que ainda estão com roupas de espantalho...


- Todos neste reino vivem bem. Mas infelizmente a viagem entre reinos não é algo disponível para todos. Apenas aqueles a quem o Príncipe autoriza é possível fazer tal viagem. Mas não temam, vocês o conhecerão mais tarde no banquete que daremos pela sua chegada.


O trio se aproxima de um castelo.

- Ali na torre leste fica a biblioteca real, creio que você irá encontrar a fonte de poder e conhecimento que busca. Os aposentos de viajantes especiais e poderosos como vocês ficam na torre oeste.


Ele entra no castelo, e os conduz até a torre. Por fim, depois de alguns lances de escada abre duas portas e aponta os quartos de cada um.
#21 Cameron Enviado : 11/04/17 19:50
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Lançamento 5d20=1,6,1,4,18
Cameron tenta disfarçar a desconfiança...
Em pensamento com ele mesmo
"Quando a esmola é de mais, o santo desconfia".
Misticismo saber se ha alguma runa ou se é possivel notar nas pessoas sejam ou não como nós (que estamos vivos).
Misticismo, Navegação, Observação, Persuasão, Escutar se alguém comente alguma coisa que seja.

Cameron diz:
Hodor ficaremos bem neste aposento.

Cameron tenta tirar mais informações com Simônio de forma que ele acabe dizendo voluntariamente. Caso contrário ele ira me ignorar outra vez.
Aproposito Simônio você é um homem muito ocupado.

O que faz a nos tão especiais neste reino?

Por que tudo tão as presas?

Quem mais esta aqui assim como nós?

A final esse reino é ou não é o mais visitado por mortais?

Testo se ha presença de magia nos locais ao aproximar de alguma das torres.
Detecção de Magia 2

As perguntas sob este reino ainda não me responderá...
Ao que ainda seja difícil de que você possa demonstrar confiança então ja esperementou cooperar com a gente?
Mas não se ofenda Simônio acredito que você só esteja fazendo o seu trabalho.

Digo ao Simônio que não ha pressa.
Nos dispidimos do Simônio apos ele responder.
Digo que nos encontramos daqui apouco para que ele mostre a cidade.

Confiro as portas se ha fechaduras e chaves.
Confiro as massanetas se abre pelo lado de dentro e de fora.
Confiro aos batentes e as dobradiças as paredes.
Detecção de Magia 2

Depois dele ir testo a magia no quarto se for necessário a saber se funciona ou não.

O Hodor fica na porta não permite que seja fechada digo ao Hodor.

#22 Cameron Enviado : 11/04/17 21:27
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Lançamento 2d20=12,11
falhas misticismo e observação.
#23 samuel.azevedo Enviado : 12/04/17 23:30
Misticismo 9, rolamento 1, verde, falha.
Navegação 3, rolamento 6, branco, rotineiro.
Observar 3, rolamento 1, verde, falha.
Persuasão 4, rolamento 4, branco, rotineiro.
Escutar 4, rolamento 18, azul, muito difícil.

Cameron tenta observar se há alguma espécie de armadilha ou runas mágicas, e tenta detectar magia, porém a aura da maioria dos objetos e do solo tem a mesma assinatura de energia infernal. Nem mesmo no cajado de Simônio ele consegue perceber qualquer runa. Ao menos tanta observação lhe faz pensar que o caminho de volta não será difícil.

- Vocês são especiais porque são os primeiros visitantes desde a ascensão do culto há mais de cem anos em seu mundo, e ainda vieram com os trajes dos demônios de outro reino infernal, o que prova que são poderosos. O tempo passa diferente entre este plano e o mortal. Às vezes um ano aqui é um dia lá fora, e um dia aqui é um ano lá fora. Tudo depende do portal. Não creio que haja algum reino infernal que receba muitas visitas de mortais, só os condenados que costumam chegar e nunca mais sair... Agora me deem licença, preciso cuidar dos preparativos para o banquete de hoje a noite.

O guardião se retira, e deixa Cameron e Hodor a sós. O mago vasculha o quarto e tem certeza que é seguro.

#24 Cameron Enviado : 13/04/17 20:40
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Samuel como você disse que as vitimas responderam todas as perguntas ok.
A porta digo ao Hodor que se manter aberta.
Pedirei que ao Hodor fique de guarda na porta rapidamente tomo o banho as presas e digo ao Hodor fazer o mesmo as presas.

Obs. Os frascos pesso ao odor portar por enquanto na michila dele ou em outra trocha para que possa carregar.

Vestimos as roupas mas uso as cochas de cama para fazer uma trouxa por as roupas de espantalho.

Partimos para a torre leste.
Irei fazer pesquisas.
Observo as referências da cidade e a torre em que nos estavamos.
1. Os Portais e sobre os reinos infernais.
2. Arquitetura e Engenharia.
2.1 Informações sobre a cidade.
2.2 Atrações e festivais rituais comemorativos.
3 Magias Elementais.
3.1 Basicas
3.2 Perdidas lista Basica.
3.3 Magias Elementais Perdidas.

4. Magias Alquimico
4.1 Basicas
4.2 Perdidas lista Basica.
4.3 Magias Alquimica Perdida

5. Magias de outra ordem que possa passar para Ka' tya e Na'tasha sendo da ordem delas.

6. Manipulação de karma infernal.
Construtos (Golens).

7. Magias Ancestrais segue essa mesma ordem.
#25 Cameron Enviado : 13/04/17 20:53
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Lançamento 2d20=13,20

Navegação , Observar
Digo ao Hodor para ajudar a recordar as referências.
#26 Cameron Enviado : 13/04/17 21:02
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Off. Lembrar que estivermos na torre leste para procura dos pergaminhos e livros.
#27 samuel.azevedo Enviado : 14/04/17 09:22
Cameron e Hodor se organizam e seguem para a biblioteca da torre leste.

//off: não entendi se a trouxa foi com vocês ou ficou no quarto.

Hodor fica de guarda, enquanto Cameron vasculha a biblioteca de muitos andares. Exceto o térreo, que era cheio de mesas, nos andares de cima havia um buraco no meio protegido por um corrimão de madeira que dava para ver todos os andares até a abóbada azul no alto da torre. Todas as paredes da torre continham estantes com livros, pergaminhos e obras de arte.

Cameron só tem tempo para dar uma volta para se situar onde estava cada coisa que ele desejava estudar. A biblioteca era muito organizada e confortável, o piso era forrado com um tapete vermelho, e as cadeiras eram bem acolchoadas. Todos os móveis eram feitos de madeira nobre. Enquanto olhava uma das prateleiras com livros de magias, encontrou dois pergaminhos encantados com as magias:

Petrificação 7 e Teia Viscosa 5.

Depois ele encontra uma prateleira cheia de livros grossos de capa dourada. Ele escolhe entre os livros, pega um livro grosso sobre o colégio elemental e encontra nele todas as magias perdidas do colégio. O livro pesava 10 quilos e estava preso por uma corrente à estante. A corrente era grande o suficiente para levar o livro até uma mesa próxima ao corrimão.

Quando começa a ler o livro, em idioma élfico, já caia a noite e Simônio aparece:

- Boa noite, vocês estão com uma aparência excelente! Vim informar que o banquete está servido! E gostaria de saber se deseja que mande lavar aquela trouxa de roupas? Vocês poderão voltar a estudar aqui se desejarem, mas da próxima vez terão que pagar, o preço será acertado entre vocês e nosso Senhor.

#28 Cameron Enviado : 15/04/17 12:54
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Lançamento 2d20=4,2
Off Hodor e eu persuasão
Dentre este tempo não poderia ter passado duas ou uma magia para meu grimório ou pergaminho.?

A final na descrição não fora estipulado tempo e nem dera opção se encontrara algo em que pudesse me ser útil.
Pelo menos justificaria meu tempo para que pudesse ser mais aproveitado.

A final os textos não são longos pois em outra aventura havia questionado quanto ao um grimório ter 420 ha 460 páginas.
Ao que me responderá uma magia conter apenas em uma folha.
Obs. Um livro acorrentado chamaria muita atenção.
É provável que teria passado para um pergaminho.
Eu nao tive oportunidade em administrar o tempo.
Embora das vezes em que fora bem sucedido apareceu ao Simônio e mais uma vez novamente as intervenções tem sido fundados nos fatos porem creio eu que tempos leriam para seu aparecimento ser justificável no mesmo modo que poderia haver tempo bastante para passar até duas magias.

Cameron se volta ao Simônio lhe respondendo bom noite.
Simônio pode me exclarecer como funciona a final você não tenha me respondido a todas as minhas perguntas essa seria uma novidade que mesmo você não mencionado logo no início.
Então pare de rodeios sei que seja um homem embora sucinto e agradável seja também um forte oponente se necessário.

Um homem como você seja muito ocupado para servir de baba para nós. (esboço um sorriso).

Pelo que sei tem sido muito mais presente que deveria ser de costume.
Eu sei que haja a necessidade de nos dar toda atenção, fico lisonjeado por dividir seu tempo com a gente.

Sentisse um pouco vamos nós conhecermos pois alguns minutos de seu tempo não ira lhe fazer nenhum mal pois eu assumo a broca... aqui devo me sentir-se em casa por tanto faz parte não iremos demorar.
Hodor esta com a trouxa e diz.
Fique relaxa te fique de boa.
Você pode nos responder ou vai ser difícil?
#29 samuel.azevedo Enviado : 15/04/17 14:41
//off: vocês vasculharam uma torre inteira, acharam dois pergaminhos, e depois acharam os livros no final, não deu para copiar nada hoje, quem sabe na próxima visita. Este reino tem suas tentações e desafios que eu não posso revelar de vez sem estragar a aventura. Considere conseguir copiar o livro como parte de um dos desafios.

//off2: Se Simônio não respondeu todas as perguntas é provável que eu não tenha entendido quais são todas as perguntas. Agora eu não sei se respondi porque não entendi direito.

- Ora meus amigos, duas de minhas funções são ser o mordomo do castelo e ser o anfitrião dos novatos. Então não estou fazendo mais que o meu trabalho em vir falar com vocês. Entenda, este era meu trabalho no mundo dos vivos, e por causa da perfeição com que sempre fiz este trabalho de mordomo e anfitrião chamei a atenção do Príncipe. Quanto ao preço para usar a biblioteca e todo este luxo, pelo que vi vocês fazendo na praça, acredito que não terão problemas em pagar - talvez até se divirtam fazendo. Mas não cabe a mim explicar isto, queiram vir comigo para o banquete, o Príncipe irá recebê-los pessoalmente. Por favor venham, Ele não gosta de ficar esperando e se demorarmos pode se chatear e desistir da boa proposta que tem para vocês.
#30 Cameron Enviado : 15/04/17 20:10
Jogador: Nironde
EF: 14
EH: 54
Karma: 43
Simônio nós iremos.
Irei guardar o livro no lugar.
Me dirijo a eatante e guardo o livro no lugar.
E seguimos juntos com você.

Off...
Obs.
Samuel ha outros livros de outros volumes que provavel seja desta mesma ordem Elemental.
Se possivel dou apenas uma olhada de olho no índice.
Irei levar o pergaminhos.
Petrificação e Teia Viscosa.
Usuários visualizando este tópico
Guest
25 Páginas 123>»
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET