Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

3 Páginas <123
Áreas Misteriosas Opções
#61 zetagmar Enviado : 17/10/18 18:15
Retirado da página

A civilização e os povos árabes têm algumas das mais diversas e coloridas histórias e lendas do mundo, com muitas das histórias sendo transmitidas oralmente de geração em geração em milhares de histórias. anos. Embora alguns deles sejam conhecidos como mitos puros e tenham assumido o papel de contos de fadas comuns entre os árabes, muitos outros ainda têm a menor dica de que realmente ocorreram, o que torna esses mitos e lendas cada vez mais empolgantes.

A lenda da Lâmpada Maravilhosa de Aladim
Um dos contos populares mais famosos da Arábia, a lenda de Aladdin capturou a imaginação de crianças (e adultos) de todo o mundo. Parte da coleção de lendas do “Livro das Mil e Uma Noites”, esta história fala do jovem empobrecido Aladim, que embarca em uma série de aventuras depois de ser enganado por um feiticeiro malvado e entrar em contato com um mágico jinni (ou genie), que o ajuda a ganhar o amor de uma princesa
A história de Aladdin tornou-se quase universal

A criatura mítica de Bahamut
Conhecida como um peixe gigante e monstruoso que se encontra no fundo do oceano, acreditava-se nos árabes antigos que esta criatura mítica sustentava a própria terra. Neste mito, o peixe gigante carrega um touro gigante e pedra preciosa em suas costas, que um anjo está em cima para equilibrar a terra eo mar.

O monstro de Nasnas
Um monstro horrível da mitologia árabe, o Nasnas foi acreditado ser um filho de um demônio e um humano, com poderes para matar uma pessoa e torná-la "sem carne", simplesmente tocando-a. Acredita-se que o Nasnas tivesse apenas metade de uma cabeça e metade de cada parte do corpo, que ele usa para dar saltos gigantescos com apenas uma perna para pegar e matar humanos desavisados.

A lenda de Ali Baba e os Quarenta Ladrões
Outro conto famoso do lendário “Livro das Mil e Uma Noites”, esta lenda conta sobre o pobre lenhador Ali Baba, que é lançado em uma aventura selvagem quando descobre o antro escondido de ladrões com as palavras mágicas “Open Sesame” . Ali Baba eventualmente escapa dos ladrões do mal e descobre sua enorme caverna de tesouros.

A criatura mítica de Shadhavar
Uma criatura mítica árabe que surgiu da era medieval, o Shadhavar era uma criatura parecida com um unicórnio. que tem um chifre gigante e 42 ramos que se espalham a partir deste chifre. Muitas lendas contaram sobre a poderosa música que poderia ser tocada a partir deste chifre mágico com o vento que soprava através de seus muitos ramos

A lenda de Sindbad, o Marinheiro
Outra lenda famosa, comumente pensada como originária do que é agora No Iraque, essa lenda conta que Sindbad é o famoso marinheiro e explorador. Embora existam vários relatos de suas aventuras, a maioria deles lida com encontros Sindbad com criaturas mágicas, terras estrangeiras e triunfos sobre monstros poderosos.
Os contos de Sindbad o marinheiro tem sido amado por pessoas de todos os cantos do globo | © As Coleções Especiais Toronto / flickr

A mítica criatura do Roc
O Roc, uma mitologia popular dos antigos árabes, é uma enorme ave de rapina lendária e é frequentemente escrita por marinheiros, pescadores e exploradores que juraram Vi esta criatura mágica enquanto estava em suas aventuras. O Roc tem sido freqüentemente comparado a criaturas míticas ocidentais como a fênix ou o thunderbird

A cidade perdida de Atlântida das Areias
A cidade perdida de Atlântida das Areias, agora envolta em mitos e lendas, era supostamente uma cidade antiga na Arábia que foi destruída e enterrada sob a areia, por uma série de desastres naturais causados ​​por deuses raivosos. Muitos exploradores continuam acreditando neste conto e procuram por esta cidade perdida, com alguns acreditando que ela está localizada em algum lugar dos desertos do sul da atual Arábia Saudita.

A lenda de Zarqa 'Al-Yamama
Na mitologia árabe, Zarqa' Al-Yamama era uma mulher poderosa com incríveis poderes e magia. A lenda diz que ela tinha olhos azuis brilhantes que a ajudaram a prever o futuro e prever eventos, mas ela acabou sendo morta por invejosas tribos inimigas que rasgaram os olhos e a crucificaram.

O monstro de Qutrub
Tornado popular apesar de árabe folclore, o Qutrub é dito ser um monstro parecido com um lobisomem que é um tipo de demônio ou jinni. O monstro Qutrub é freqüentemente descrito como similar ao conceito ocidental de um ghoul, como é escrito para ser o morador de cemitérios e devorador de cadáveres.
#62 zetagmar Enviado : 17/10/18 18:29
Para quem possa interessar.
Encontrei em um site o conto das "As mil e uma noites".

#63 samuel.azevedo Enviado : 10/12/18 18:28
Olá,

Alguma atualização?

#64 zetagmar Enviado : 01/03/19 21:07
Gostaria de adicionar a Muralha de Nuvens.
Poderia ser um efeito aliado a algum já existente ou ainda uma separação nas rotas entre a ambientação das Ilhas Independentes e o continente dos Reinos.
Muralha de Nuvens

Muralha de nuvens 2
#65 samuel.azevedo Enviado : 13/03/19 13:38
zetagmar escreveu:
Gostaria de adicionar a Muralha de Nuvens.
Poderia ser um efeito aliado a algum já existente ou ainda uma separação nas rotas entre a ambientação das Ilhas Independentes e o continente dos Reinos.
Muralha de Nuvens

Muralha de nuvens 2


Muito interessante!
#66 samuel.azevedo Enviado : 03/04/19 12:16
Boa tarde,

Flores, alguma alteração final? Podemos votar?
#67 Arion Enviado : 05/04/19 08:33
Nobre samuel.azevedo,

Acho que essa tarefa não deveria ser votada ainda... Não temos quase nada da geografia da ambientação... Então, acho que essa tarefa poderá ser revisitada na medida em que a geografia da região ganhar forma.
#68 samuel.azevedo Enviado : 05/04/19 11:04
Arion escreveu:
Nobre samuel.azevedo,

Acho que essa tarefa não deveria ser votada ainda... Não temos quase nada da geografia da ambientação... Então, acho que essa tarefa poderá ser revisitada na medida em que a geografia da região ganhar forma.


Bom dia, Arion!

Então, justamente por não ter quase nada fechado na geografia, podemos:

a) deixar estas áreas como um ponto de partida, algo que estamos definindo e votando que queremos ter no mapa;
b) deixar a lista das áreas mas não mencionar sua localização geográfica nas ilhas se possível.

Quem estiver elaborando o mapa terá como parâmetros fazer também estas áreas onde elas foram votadas (ou onde quiser, se elas não tiverem sua localização já definida aqui).

Esta tarefa está na geladeira há muitos meses, não vejo porque ela aguardar mais. Mas se mais pessoas manifestarem a mesma opinião da sua, assim o farei.

Abraços
#69 samuel.azevedo Enviado : 05/04/19 12:35
Flores, boa tarde,

Qual seria o mistério de Corbes, a Ilha das toupeiras?

Abraços
#70 Rubens Enviado : 16/05/19 14:20
Queridos, sou novato aqui no fórum, como também no tagmar, embora já conheça de nome desde o seu lançamento. Não sei se ainda está ativo essa discussão, mas vou dar meu pitaco ainda que não conheça sobre o mundo direito. Estou lendo aos poucos.
Vamos lá:
Sobre o losango astral e suas ilhas... muito boa a ideia da estrutura porem, na minha opinião podemos juntar essas pontas soltas dando um sentido em nível mais abaixo do que o 'normal'. Quando eu li a descrição das ilhas, da ilha que muda de posição, das correntezas, dos totens... me veio à cabeça uma enorme engrenagem de pedra rotacionando no fundo do mar em que as ilhas nada mais são do que 'ponteiros' dessa imensa engrenagem/relógio. Isso explicariam, em um nível mais baixo de compreensão do que o sabido normalmente, o motivo das correntezas girarem em uma posição, o motivo de termos uma ilha que muda de posição ( como se fosse um ponteiro de relógio mudando sua posição e submergindo/emergindo as vezes.), o motivo de termos uma barreira de nevoas ( resultado da forca centrífuga das correntezas que movimentam o ar naturalmente causando ventos e concentrando a nevoa a partir de seu centro, dentre outros fatos que agora não me vem cabeça, mas podemos esmiuçar com o tempo.
Mas ai vem a pergunta: pra que raios seria essa engrenagem? Bom eu ainda não tenho o conhecimento do mundo de tagmar e suas lendas. O que eu posso dizer e correlacionar seria com as sereias e tritões. Alguma lenda a se criar ou profecia da raça, que seja pouquíssima ou simplesmente não conhecida das demais raças, incluindo a humana, envolvendo talvez um apocalipse. Eles, os tritões e sereias, seriam os guardiões ou algo parecido desse gigantesca engrenagem no fundo do mar. Inclusive a garganta de ganis pode ser correlacionada com o mecanismo. Os totens podem ser as chaves que modificam esse mecanismo ( o que explica também eles serem usados e a posição das ilhas mudarem). Só que quanto mais se usa, mais fica-se perto do armagedon pois a garganta de ganis se abre mais, engolindo mais e mais agua ate que toda agua do planeta acabe e a raça de tritões e sereias nesse momento selariam a passagem e continuariam sua existência em baixo da superfície. Deixando todos acima morrerem. ( esse ponto pode ser real ou apenas uma lenda para a raça) o que se sabe que a entrada ( fenda) é guardada pela raca desde tempos imemoriáveis.
A ideia de uma grande engrenagem de pedra no fundo do mar disfarçada de um arquipélago dá muitas ideias e inúmeras aventuras. Quem a criou? O que ela realmente esconde? Podemos abrir um leque gigantesco historias....
E ai o que acharam?
Think
#71 Rubens Enviado : 16/05/19 16:32
Outra coisa que eu pensei foi em uma descrição mais sombria para a ilha que aparece de tempos em tempos,,, Segue;

Há certas noites em que uma estranha e repentina calmaria afeta ventos e ondas.
Noites em que o mar fica silencioso como num preludio do que há por vir.
São nessas noites que tripulação e animais ficam agitados, conversas substituídas por rápidos sussurros, desavenças são iniciadas e brigas comumente são deflagradas. Algo angustiante toma o intimo de cada um.
Nessas mesmas noites todos estão de sobressalto a espera de algo invisível ou etério.
Um anormal incomodo junto a uma fria brisa traz suspeitas e medo.
Nessa hora é que segundo as mais sinistras estórias contadas a meia luz das velas nas tavernas, a ilha misteriosa aparece.
E como em uma cena saída dos mais insanos pesadelos, seus negros pináculos rochosos emergem sem breve aviso. E logo toda ilha esta lá.
Real. Sólida.
Como se tudo isso fosse mera imaginação de quem assiste.
#72 samuel.azevedo Enviado : 17/05/19 22:49
Boa noite,

São ideias interessantes, e com certeza dá para aproveitar ao menos uma delas.

A da engrenagem não tenho certeza se não tornaria o cenário muito steampunk, que não é o desejado. Mas poderia ser adaptada de alguma forma para ficar com uma estética mais arcana e menos tecnológica.

Abraços
#73 samuel.azevedo Enviado : 30/05/19 22:56
Olá,

Tentei entrar em contato com o Flores algumas vezes. O trabalho que ele fez foi muito bom, porém alguns trechos precisam ser revisados e as considerações dos últimos meses devem ser analisadas, para que a tarefa possa ser finalizada.

Portanto, esta tarefa está novamente disponível.

Abraços
#74 zetagmar Enviado : 16/06/19 00:21
Acredito que estou fazendo o papel de chato nesta história toda.Eh?

Mas alguém leu o material de "Caverna Glacial"?

"Com o decorrer das escavações encontraram uma espécie de santuário emanante de um brilho esverdeado. Sendo esse o local o qual atualmente cultuam a sua sobrevivência, pois a cada lua cheia o cristal vibra e aparentemente absorve o cântico de homenagem. Eles foram informados que aquela música estava ecoando pelos mares, surpreenderam-se e revelaram uma particularidade; segundo eles, sempre que um deles padece estando em contato com algum dos córregos, após seu último suspiro seu corpo em contato com a água transforma-se em um coelho, sendo essa a salvação e esperança daquela tribo, pois sem esse alimento não conseguiriam se perpetuar nesse local desolado com a esperança de liberdade."

Sério???????Anxious

Até agora tô sem entender direito isso.

Áreas Misteriosas até então era para ser algo como mistico e inexplicável, sem uma ocorrência lógica e com uma consequência muitas das vezes ilógica. Tipo Dartel.

Não querendo criticar as veias artísticas dos autores, mas tá complicado o material aqui.

Corbes, a ilha das toupeiras ? Não entendi também o que é isso.

Vi vários comentários e não vou nem mesmo entrar no assunto, mas alguém leu todo o material do Losango Astral?Triste
Algumas coisas lá são interessantes como "Cidadela de Pedra", "Cidades esculpidas em gelo" mas não foram exploradas de forma a se tornar um mistério e tudo esta contextualizado dentro de uma única região.

Talvez devamos colocar um número máximo de mistérios.
Evitando, com o perdão da palavra, bizarrices.

#75 Arion Enviado : 16/06/19 12:38
Concordo plenamente com a sua linha de raciocínio, zetagmar!

Até questionei alguma coisa sobre a tarefa, tipo essa ilha escola... mas o autor veio falar que nem todo mundo gosta de escola... Eh? Think Silenced
#76 zetagmar Enviado : 16/06/19 15:08
O processo criativo deve ser incentivado sem dúvida nenhuma.
Acredito que quando flores começou a escrever sobre o assunto, não entendi exatamente o que estava fazendo.
Exemplo disso que o tema Losangolo Astral ficou algo distorcido.
A ideia inicial do Losangolo Astral era semelhante ao Triangulo das Bermudas.
Em vez de criar algo novo, ou aprimorar a ideia, se encarregou de criar toda uma nova ambientação.
Se me perguntarem se ele não podia fazer isso, eu simplesmente diria que pode, mas criar um tema novo, algo como ...
Uma ilha que possui uma Cidadela de Pedra , etc.

Em resumo, é necessário dar direcionamento ao novo autor para criar novas ideias, de preferência enfatizando a ambientação que é marítima.

Exemplo.

A algum tempo atrás enviei umas fotos sobre uma Muralha de Nuvens. Um efeito interessante em alto mar, uma névoa intensa que literalmente escondia uma extensa parte do mar.

Existia na antiguidade a ideia de limite no mundo, em que acreditavam que o nosso planeta era chapado e se navegasse sempre em frente poderia-se chegar a borda do mundo.

Com base neste conceito poderíamos até mesmo criar uma justificativa sobre o porque os navios da ambientação das Ilhas Independentes não navegam em direção do continente onde existe Os reinos. Simplesmente por acreditarem na ideia que o mundo acaba após a Borda, onde o efeito da Muralha de Nuvens está presente.
A explicação da Muralha de Nuvens não é dada. É um dos mistérios desta ambientação e ajuda a reforçar não somente os limites da ambientação como justificar o receio de se navegar além, para o desconhecido.
#77 zetagmar Enviado : 21/06/19 21:10
A ideia da "Corbes, a ilha das toupeiras" não me deixou exatamente empolgado, mas me levou a procurar algo semelhante.
Navegando encontrei A Torre Invertida.

Com isso me veio algo que poderia ser usado para está ambientação.
O interessante ao meu ver é que ela fique próximo a um reino, não em um lugar a ser encontrado.
Neste caso a escadaria de pedra não teria seu fundo conhecido e lendas que surgem sobre quando foi construída e o motivo e sua construção seriam parte do mistério.
#78 zetagmar Enviado : 21/06/19 21:56
A Torre Silenciosa

Em uma ilha com pouco mais que 200 m², está construída uma torre de 22 metros, feita de uma pedra branca, sem janelas e somente com uma única entrada.
No topo desta torre é possível ver aves carniceiras que lá permanecem a vigiar o seu interior.
O acesso a ilha só pode ser feito por pequenos botes, principalmente por conta das barreiras de coral nas proximidades.

As lendas da região falam um pouco do local.
Dizem que originalmente foi um cemitério vertical, visto que as terras das ilhas próximas eram escassas e não podiam construir em suas terras cemitérios convencionais.
Outra lenda fala que era um antiquíssimo farol que foi usado por saqueadores que propositalmente indicavam erroneamente a posição para os navios comerciais e os levavam a afundar nas proximidades.
Existe ainda a lenda de ser um local onde antes habitava uma antiga e poderosa bruxa que guardava os segredos dos espíritos dos mares, que concediam ao seu "mestre" poderes inimagináveis em troca da alma destes.
#79 zetagmar Enviado : 21/06/19 22:03
A cidadela entalhada de Agrabar

Uma cidade inteiramente esculpida em pedra. Paredes, muros e estruturas em geral feitas de uma única rocha, esculpida nos mais ricos detalhes. Todas as lendas que falam deste local tem em comum o fato de que era berço de uma antiga civilização que foi amaldiçoada e que em seu interior existe um tesouro fabuloso.
Todos aqueles que tem coragem de entrar e sobreviveram jamais chegaram ao interior da cidade, conseguindo no máximo adentrar nas primeiras ruas, mas puderam testemunhar que não somente as casas e ruas eram feitas de pedra, mas também haviam estatuas de pedras de pessoas e animais, assim como plantas.
Os mais corajosos que prosseguiram para o mais interior da cidade jamais retornaram, deixando tudo cercado de dúvidas e especulações, sobre os possíveis perigos que possa existir na ilha.
Usuários visualizando este tópico
Guest (2)
3 Páginas <123
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET