Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

Chats: Capital do Reino de Filanti Opções
#1 saulocr Enviado : 22/08/17 13:32
#2 saulocr Enviado : 02/02/18 11:30
1. Portão Principal: O portão duplo de entrada e saída de Chats é feito de madeira grossa e reforços de metal. Possui 8 metros de altura por 6 metros de largura e fica aberto para o leste do reino. A muralha alcançava 10 metros de altura, por 4 metros de largura, cerca de 500 arqueiros vigiam as muralhas dia e noite, além outros 1000 soldados, ajudam na proteção individual dos nobres e dos patrimônios públicos.

2. Corte dos Milagres: É uma favela controlada por uma guilda de ladrões e assassinos, controlada por um homem que se autodenomina Rei Joaquim, conhecido fora dos “muros” como Rei dos Ladrões. Seu acesso é restrito, sendo comum pessoas não convidadas desaparecerem em suas vielas, repletas de mendigos, rameiras e aleijados, que milagrosamente se recuperam, dai o nome.

3. Castelo Real: É uma magnifica construção, feita em Mármore Branco, que fica na parte nobre da cidade, protegido por uma muralha, o lugar é moradia da Família Real e seus servos. Cinquenta cavaleiros brancos protegem o castelo e a família real.

4. Vila do Duque de Azanti: Uma pequena vila protegida por muros pequenos dentro do Reino dentro das muralhas da cidade. Este local possui pelo menos três edifícios, além de estábulo e oficina. Normalmente é ocupada por servos ou membros da baixa nobreza de Azanti, já que a alta nobreza, não são vistos na corte de Filanti com tanta frequência.

5. Torre de Guarda da Vila: Uma torre pequena, que mantém uma milícia de 20 guardas municipais que cuidam do patrimônio das vilas na ausência dos nobres.

6. Torreão da Guarda: Essa torre branca e antiga foi o primeiro forte militar da cidade, erguido ainda na época de Fétor I. Ele já passou por inúmeras reformas, mas já começa a sofrer com o descaso da atual administração. No alto de seus 15 metros repousa um sino de bronze, pouco badalado nos dias atuais.

7. Septo de Blator: Como religião oficial de Chats, o septo é um grande templo em homenagem ao deus da guerra.

8. Vila do Marquês Fétor: Ao contrário da outra, está vila mantém somente um casarão e um estábulo. E passa mais tempo abandonada do que ocupada, já que devido à distância, poucos nobres de Fétor visitam a capital. O marquês de Fétor, por exemplo, a pelo menos cinco anos não pisa os pés em Chats.

9. Favela das Pulgas: Local que antes era um mercado popular, hoje é um aglomerado de casebres no meio da Rua dos Burgos. O local não é controlado por nenhuma guilda e abandonado pela guarda da cidade, por isso, são comuns roubos e assassinatos, toda hora do dia ou da noite.

10. Forte Celto I: Prédio da academia militar dos cavaleiros brancos. Antes era o centro de treinamento dos melhores cavaleiros do reino, alguns diriam do mundo. Hoje não passa de uma sombra do que era no passado, onde qualquer um que tenha dinheiro para comprar seus equipamentos e pagar pelo treinamento são aceitos na ordem, com uma taxa pelo título de cavaleiro, claro! O local recebeu o nome em homenagem ao Rei Celto I, que criou os Cavaleiros Brancos em meados de 1100 D.C. O prédio é protegido por muros altos e tem um amplo pátio externo que normalmente é usado para treinar seus escudeiros. Uma casa grande com dois andares, no térreo havia uma cozinha comunitária e dormitórios coletivos para os guardas. O andar de cima ficava os aposentos de Sir Malcom. Uma capela em homenagem a Selimom ainda se mantém funcionando no interior do forte, presidida por um ex-pacificador, membro da ordem guerreira de Selimom. Abaixo dela, há algumas celas que antes era usada para oração, hoje funciona como prisão. O forte ainda conta com 250 cavaleiros brancos permanente.

11. Pátio Externo do Castelo: Este local vai desde a entrada da parte nobre da cidade, se estendendo pela rua dos barões. O local é o único realmente protegido, possui 100 cavaleiros brancos de prontidão. Além disso, abriga a casa real, uma construção grande com dois andares sendo que o andar de baixo é um salão de festas, e em cima são dezenas de quartos usados pelos convidados da Corte.

12. Casa Paroquial dos Senhores da Guerra: Esse prédio, antes ocupado por um membro da alta nobreza foi transformado em casa paroquial pelo atual sumo sacerdote de Blator Sir Lorak.

13. Casa do Visconde de Pacri: Uma casa confortável, próximo ao castelo real, moradia da família Lorreti quando estão visitando a cidade.

14. Casa do Conde de Agrápia: Casa grande ao lado do castelo real. O conde vive em Agrápia, visitando a capital, vez por outra, porém nunca se demorando. Porém sua irmã a Marquesa de Maginor e sua esposa a Marquesa de Agrápia, tem moradia permanente na cidade.

15. Rua dos Barões: Está rua possui dezenas de casas confortáveis, de todos os barões do reino e normalmente são visitadas por seus donos do interior com alguma frequência.

16. Arena das Justas: O anfiteatro dos jogos, é colossal, chegando a comportar a população de 50 mil espectadores. Para assistir as competições de justas, entre outras modalidades de combates ou mesmo outros esportes menos violentos.

17. Biblioteca Real: Importante centro de estudos da Moldania. Boa parte de seus livros foram destruídos na batalha contra a Seita, hoje ela encontra-se fechada ao publico sob ordem de Conde Ludur, pois na visão dele o local era ponto de encontro de membros da seita.

18. Templo de Todos os Deuses: Conhecido como o Templo de Hermon, essa estrutura grandiosa foi erguida em meados de 830 D.C. quando o Clérigo de Blator Hermon foi nomeado Imperador da Moldania e tentou instituir religião única no império, principalmente nas terras a oeste. Porém as outras igrejas se revoltaram e isso causou o cisma da Moldania, na superior e inferior. Depois disso o templo foi reformado e oratórios de todos os deuses foi criado, para adorar a todos os deuses.

19. Academia de Cadetes: Academia de Infantaria e Arqueirismo. Local de treinamento dos jovens que prestam serviços militar. Todo cidadão livre tem a “obrigação” de se alistar. O treinamento dura em torno de seis meses, passado esse período os melhores são convidados a ficar no exército, e então o treinamento dura mais um ano e meio.

20. Bairro dos Artífices: O lugar está repleto de Ouvires, ferreiros, armeiros e coureiros, qualquer tipo de profissional pode ser encontrado aqui.

21. Praça de Comércio: Aqui funciona a feira livre, onde pequenos comerciantes da cidade e dos vilarejos próximos vem vender seus produtos e serviços, o local é sempre cheio durante o dia e a noite é visitado por jovens casais e bêbados.

22. Rua dos Prazeres: Esse beco estreito é onde ficam as tavernas, prostibulos, hospedarias e estalagens mais visitadas da cidade.

23. Taverna Coice de Unicórnio: Frequentada por toda a nobreza da cidade.

24. Casa da Condessa de Chats: Casa Grande da amante do Rei.

25. Casa do Duque de Povariana: Casa Grande do irmão do Rei.

26. Burgos: Casas e armazéns dos grandes comerciantes de Chats.
#3 saulocr Enviado : 15/03/18 19:13
#4 saulocr Enviado : 01/04/18 11:31
#5 saulocr Enviado : 01/04/18 11:36
#6 saulocr Enviado : 01/04/18 13:17
#7 saulocr Enviado : 01/04/18 13:24
#8 saulocr Enviado : 01/04/18 13:30
#9 saulocr Enviado : 01/04/18 13:41
#10 saulocr Enviado : 01/04/18 13:47
#11 saulocr Enviado : 01/04/18 14:48
#12 saulocr Enviado : 01/04/18 14:57
#13 saulocr Enviado : 01/04/18 14:58
#14 saulocr Enviado : 01/04/18 14:59
#15 saulocr Enviado : 01/04/18 15:00
Usuários visualizando este tópico
Guest (3)
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET