Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

14 Páginas «<11121314>
Arco IV - Os filhos da Casa D' Leron Opções
#361 Marcus Moldi Enviado : 14/02/18 21:33
Jogador: Belisario
EF: 20
EH: 15
Karma: 12
Olho fixamente nos olhos da Sta. Joana, retribuo com um sorriso galanteador e falo: "Bem, não sei se meu primo esta interessado em sua irmã Maria, mas eu estou interessado na Senhorita..." Enquanto Joana esboça alguma reação ou responde ao meu posicionamento, coço um pouco a barba, pensando no melhor lugar para leva-la e que seja ao mesmo tempo divertido. "Bem, eu conheço o "Coice de Unicórnio"...Creio que seja o lugar mais divertido em Chats..." Começo a caminhar com a Sta. Joana na direção do local

#362 Fernão Coppa Enviado : 15/02/18 09:53
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Peço uma taça de vinho a taberneira, e quando ela me serve, lhe pergunto:

- Quem é aquele, com tantas mulheres só pra ele? Será que vai sobrar alguma para mim e meu amigo?

#363 saulocr Enviado : 15/02/18 20:27
FERNÃO COPPA

Citação:
A taverneira diz: "Não sei seu nome... Mas ele paga em ouro! E com moedas cunhadas em Conti! O senhor vai querer alguma coisa? Além das moças... é claro. Tenho certeza que ainda sobrou para os cavalheiros."


MARCUS MOLDI

Citação:
Ela te responde, parecia convencida: "Ora meu lorde, eu sei do seu gosto por homens! Todos ou quase todos, no banquete ficaram sabendo." Ela então sussurra no seu ouvido parecendo sombria: "Uma amante sua confidenciou que você insistia que ela te sodomizasse!" Ela então diz em tom de brincadeira: "Inclusive que sua bela poesia que derreteu alguns corações, foi inspirada para um amante seu... Seria seu belo primo? Acho que não. Seria muito pecaminoso. Incestuoso... Mas dependendo do que você venha a me oferecer, ou dos acordos podemos ser amantes em potencial, garanto que posso satisfazer seus desejos mais sombrios." Ela parecia desejosa pela ideia. Vocês chegam ao jardim e ela diz: "Então, onde está sua carruagem?"
#364 Marcus Moldi Enviado : 15/02/18 22:04
Jogador: Belisario
EF: 20
EH: 15
Karma: 12
Enquanto a Sta. Joana começa a tecer seus comentários e brincadeiras sobre a minha pessoa, começo a rir e falo eu seu ouvido antes de chegarmos ao jardim do Palácio Real. "Espero que entre quatro paredes, você realmente seja o que fala minha querida Joana....Quando ela comenta em relação a carruagem, observo as que anda estão nos jardins do Palácio e posteriormente falo. "Não acredito que meus tios levaram as duas carruagens e deixaram eu e meu primo Dartan a pé?" Coço a cabeça como se estivesse pensativo, depois da historia inventada e falo: "Bem, temos duas opções: Ou vamos a pé até o Coice de Unicórnio ou podemos pedir uma "carona" para o Lorde Petir e a Sta. Maria... O que acha?"
#365 Fernão Coppa Enviado : 16/02/18 02:07
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Conti, pode ser um contato da princesa... Afinal ela viveu lá desde os dez anos...

- Sim, vou querer um quarto lá em cima, e uma ou duas moças. Pode me dizer se o abastado de Conti veio sozinho?

Depois que ela mostrar o quarto, cochicho para Tarso:

- Mudança de planos. Traga algumas armas para mim e para você, escondidas, para o quarto que vou alugar.
#366 Fernão Coppa Enviado : 16/02/18 11:55
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Se ele disser que não tem como entrar com as armas, digo para ele me passar pela janela, que jogarei uma corda de lençóis para puxá-las depois que nos divertirmos com as garotas.
#367 saulocr Enviado : 16/02/18 13:13
FERNÃO COPPA

Citação:
A moça aponta para os dois guardas na entrada das escadarias e então te diz: "Não há mais quartos vagos! Nestes dias de festas todos foram alugados."


MARCUS MOLDI

Citação:
Uma das carruagens tem o simbolo Real da Casa de Muli, as outras duas pertenciam a Casa Varteli e outra da Casa Courim, nenhuma pertencia a casa do Baronete de Mirval, então ela te responde: "Vai pedir uma carona ao Peter? Creio que ele deve estar ocupado com minha irmã..." Ela então pergunta: "Então... você gostou dele? É jovem... Inexperiente... E certamente puxou o charme do pai..." Após sua resposta ela te diz: "Bom... Não me importo de ir a pé!"


#368 Fernão Coppa Enviado : 16/02/18 14:12
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Lançamento 3d20=8,15,10
Numa tentativa de extrair informação da taverneira, digo:

- Aqueles guardas parecem trabalhar para o nobre de Conti. Não me diga que todos os quartos foram reservados para a comitiva dele?

Vou até o homem de Conti e lhe cumprimento:

- Boa noite, o senhor conseguiu as melhores mulheres e os melhores quartos! Tem bom gosto! Sou o Visconde Fernão Coppa, e o senhor?

Tento lhe causar uma boa impressão, aproveito e tento identificar seu brasão ou sua casa caso ele se apresente.

Extrair Informação, Etiqueta (Primeira impressão), e Etiqueta (identificar a família).
#369 Marcus Moldi Enviado : 16/02/18 15:46
Jogador: Belisario
EF: 20
EH: 15
Karma: 12
(Pensamento: Será que o comentário da Sta. Lucípide em relação a minha poesia deixou a impressão de que fora escrito por uma mulher?...Essa Joana fala mais do que os "cotovelos"...)

Enquanto reflito sobre fala de Lucípide, escuto todas as sandices ditas por Joana e vou caminhando com ela até um local onde possa encosta-la na parede, irei abraça-la com firmeza em sua cintura e irei dar-lhe um beijo bem acalorado e demorado em sua boca, até os dois perderem o ar.
#370 saulocr Enviado : 16/02/18 16:14
FERNÃO COPPA

Citação:
A taverneira te responde: "Os quartos que levam por aquela escada, sim, ele alugou todos!" Você vai na direção das escadas que levam até a sacada onde ele estava. Os dois guardas que estavam no começo da escada te param. Um pouco mais acima da escada duas mulheres se beijavam e se esfregavam. Um dos guardas diz: "Você não pode subir!"


MARCUS MOLDI

Citação:
Vocês deixam o palácio e seguem em linha reta na direção da saída da parte mais nobre da cidade, era uma ladeira e dentro de 5 ou 6 minutos, vocês alcançam o portão da entrada. No caminho ele continuava falando: "Ei, Marcus... Me diga sua primeira vez doeu? Sempre tive a curiosidade. Há mulheres que gostam de ser sodomizadas, não que seja o meu caso! Mas... " Ela estava visivelmente alterada pelo efeito do vinho, quando você a empurra contra uma parede e a beija a força, ela no inicio tenta te empurrar, mas cede, alguns guardas acompanhavam a distância nas não chegaram a se intrometer, ao final ela se afasta e ri: "Desculpe querido. Me pegou de surpresa... Acho que chamou a atenção dos guardas e amanhã eles vão falar o quanto você é másculo. Mas no fundo você sabe que não posso te dar aquilo que você gosta, certo?"
saulocr anexadas as seguintes imagens:
Alta Nobreza.jpg
#371 Fernão Coppa Enviado : 16/02/18 16:34
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Compro uma garrafa de vinho barato, me sento com Tarso em um canto e observo em volta. Estou calculando a possibilidade de provocar uma briga entre duas outras pessoas, que "acidentalmente" derrube as fontes de luz e provoque um incêndio no prédio para a princesa sair do esconderijo caso esteja mesmo aqui como suspeito. Um incêndio a tiraria do lugar, se ela estiver aqui, mas não seria discreto. Se eu for até o conde de mãos vazias e uma suspeita não vai adiantar. Talvez eu possa voltar e escalar a entrada por uma janela. Por enquanto, apenas observo as outras pessoas, fontes de fogo, rotas de entrada/saída; e movimentação da escadaria.

#372 Fernão Coppa Enviado : 16/02/18 16:34
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Lançamento 1d20=9
#373 Marcus Moldi Enviado : 16/02/18 18:37
Jogador: Belisario
EF: 20
EH: 15
Karma: 12
(Pensamento: Realmente, algumas pessoas devem ter tido a mesma impressão que Joana quando Lucípide declamou o meu poema...No estado que Sta. Joana esta seria loucura irmos para o Coice de Unicórnio, pois ela pode criar um escândalo e meu nome e de minha família serem arruinados...)

De forma cortes, pego-a pelo braço como anteriormente, com um sorriso de satisfação pelo beijo, continuando a caminhar na direção da residência de minha família que fica no caminho entre o Palácio Real e o estabelecimento Coice de Unicórnio.
"Enquanto caminhamos, porque não fala de sua impressão da nobreza de Chats e quais segredinhos você descobriu nesse tempo que esta na corte" Assim que chegarmos na residência de meu tio falo: "Me acompanhe em silencio, pois precisamos pegar um pouco dinheiro no meu quarto e mais uma garrafa de vinho para nos deleitarmos durante o caminho até o Coice de Unicórnio... Não existe vinho melhor do que da safra dos Varteli não acha Sta. Joana?"
#374 saulocr Enviado : 17/02/18 12:49
MARCUS MOLDI

Citação:
Vocês atravessam os portões, o caminho correto seria seguir a direita até o bairro dos artífices, entretanto você vira a esquerda e então caminham em direção a Rua dos Barões: "Segredinhos... ela sorri. Além do que você gosta de homens? Descobri que seu primo tem o mesmo gosto que o seu... Eu descobri quem é a amante do rei..." Ela então larga seu braço e fica de frente pra você: "Diga: Você já fez com ele? Não vou dar mais nem um passo se não me responder!" Ele te encarava com curiosidade.


FERNÃO COPPA

Citação:
Usar Sentidos 4, Rolamento 9, Amarelo, Fácil.

O coice de unicórnio era uma taverna de luxo, a garrafa de vinho mais barata custa 10 moedas de prata ou uma moeda de prata por copo. As paredes do local eram robustas e feitas de pedra, porém o chão era de madeira boa, assim como o teto da estalagem. O local era discreto, somente com uma porta a vista para a rua, haviam janelas somente no segundo andar, com acesso para os quartos, ainda tinha outra porta no segundo salão do lugar, provavelmente dava para uma cozinha ou outro comodo grande. O interior era iluminado por lanternas mantidas por óleo de baleia, mas também haviam dois grandes castiçais suspensos no teto. Do outro lado da taverna havia um segundo salão, com um espaço para um braseiro que estava assando um grande javali, no segundo salão havia outro grande movimento de pessoas, em uma das sacadas. Os guardas do tal nobre não usavam brasão, o que lhe é estranho. Ou era apenas algum homem rico sem nenhum título, ou então estava fazendo questão de esconder sua origem, mas porque? A taverna ainda assim havia mais mulheres do que homens, todas com roupas provocantes, algumas já estavam semi-nuas. Alguns homens estavam ali para diversão, mas outros iam além, podia-se ver que negócios eram resolvidos no meio daquelas rodas de conversas. Ali parado junto ao balcão, enquanto recebia a negativa da dona do lugar, você ouviu uma das rameiras, a que estava na mesa do Barão Faliasto, chamar seu companheiro de capitão.
saulocr anexadas as seguintes imagens:
Coice de Unicornio.jpg
#375 Marcus Moldi Enviado : 18/02/18 10:51
Jogador: Belisario
EF: 20
EH: 15
Karma: 12
Olho nos olhos da Sta. Joana e a respondo com toda a sinceridade: "Bem, já venho conversando com a Sta. desde o Palácio que me dou bem com meu primo, mas desconheço os gostos sexuais dele e não faço a mínima ideia de quem iria ganhar algo espalhando esses boatos na corte...Não sei se sua irmã comentou, mas num passado recente, escrevi o poema que sua irmã recitou para uma Baronetesa de Filanti quando resgatamos a sua irmã em Mutina..." Continuo a olhar fixamente nos olhos d St. Joana estendendo os braços e segurando as suas mãos com toda cordialidade para com uma Dama: " Realmente fiquei interessado na Sta. dede o momento em que me encarava durante o jantar...Ia corteja-la na hora da dança, mas foram mais rápidos do que eu" Sorrio um pouco para quebrar a gelo da situação "Mas estou aqui, em frente a residência de minha família, conversando com a Sta. com quais objetivos se não fossem de conhece-la melhor e porque não ter uma noite a sós com a Sta. em minha cama em uma noite agradável como essa?" Puxo ela para próximo do meu corpo, esperando um sinal seu para beijar em seus lábio
#376 saulocr Enviado : 18/02/18 11:06
Role Empatia e Usar Sentidos.
#377 Marcus Moldi Enviado : 18/02/18 13:19
Jogador: Belisario
EF: 20
EH: 15
Karma: 12
Lançamento 2d20=18,9
Empatia: 5
Usar Sentidos: 3

#378 Fernão Coppa Enviado : 18/02/18 13:29
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Compro uma garrafa e peço dois copos. Tomo um copo, e ofereço o outro a Tarso. Penso: Preciso passar algum tempo aqui, esperar que as coisas mudem para aproveitar alguma oportunidade, ou talvez criar a oportunidade... Vou até a porta da outra sala ver o que acontece. Se alguém me parar, pergunto:

- É aqui que acontecem as jogatinas? Estou procurando uma mesa para jogar.
#379 saulocr Enviado : 18/02/18 15:23
MARCUS MOLDI

Citação:
Empatia 5, Rolamento 18, Azul, Muito Difícil.
Usar Sentidos 3, Rolamento 9, Amarelo, Fácil.

Joana pousa as mãos nos seus ombros, e você pode vislumbrar toda a beleza da moça, ela então comenta: "Sinceramente... Preferia quando você gostava de homens... Era bem mais interessante... Mas não vejo porque não passarmos a noite juntos?" Vocês chegam a casa do seu tio, entram e seguem direto pro seu quarto, onde vocês puderam copular durante boa parte da noite, ela parecia insaciável.


Continue no próximo arco.

FERNÃO COPPA

Citação:
Ninguém impede que você vá do outro lado do salão. Eles eram separados por salas privadas, você chega ao outro lado do salão, haviam mais homens abastados em mesas repletas de bebida e comida. Uma escada levava a uma sacada mais larga com mesas e cadeiras, com mais homens e mulheres.

saulocr anexadas as seguintes imagens:
Coice de Unicornio.jpg
#380 Fernão Coppa Enviado : 19/02/18 10:44
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Vejo se as pessoas estão portando armas, se estiverem, peço para Tarso voltar com armas para nós 2. Subo na sacada e observo: quero saber se dali posso encontrar um caminho alternativo até o lugar dos quartos no andar superior, e tento cuidadosamente espionar a conversa de Faliastro e o capitão.
#381 saulocr Enviado : 19/02/18 15:11
FERNÃO COPPA

Citação:
Alguns homens estavam armados, certamente era uma questão monetária. O Barão Faliasto estava em um mesa próxima ao balcão, o barulho era alto e não era possível escutar a conversa deles a menos que estivessem muito próximos. Haviam duas escadas que levavam a sacada, a primeira era ocupado pelo tal nobre sem nome. Na outra sacada também havia um encontro de alguns nobres, um guarda te para na sacada, ele não portava símbolos, então deveria ser algum mercenário contratado pela própria casa, observando melhor haviam outros além dele, você contou pelo menos outros quatro espalhados. O guarda que te para informa que a sacada era apenas para convidados, você reconhece pelo menos três rostos familiares nesta sacada, dois deles reconhece por nome, o primeiro era Alandro, o diplomata de Eredra que você conheceu no banquete. O segundo homem você o reconheceu de uma confusão que aconteceu quando ele chegou no banquete. E o outro era um contato seu, era Cambu, mas vocês nunca se encontraram em lugares públicos.
saulocr anexadas as seguintes imagens:
Coice 1.jpg
Coice 2.jpg
#382 Fernão Coppa Enviado : 19/02/18 15:25
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
- Eu estou com aquele senhor ali. - aponto para "Cambu" e aceno para ele.

(Antes de chegar a cambu, guardo meu brasão no bolso).
#383 saulocr Enviado : 19/02/18 15:43
FERNÃO COPPA

Citação:
Ou o homem não te viu, ou ele fez de conta que não te viu, de qualquer forma o vigia não deixa você passar.
#384 Fernão Coppa Enviado : 20/02/18 12:58
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Lançamento 1d20=5
Tento cumprimentar o diplomata eredri Alandro.

[1d20]
#385 saulocr Enviado : 20/02/18 13:52
FERNÃO COPPA

Citação:
Todos os homens estavam na sacada, Alandro estava rodeado de mulheres, você ergue a mão para cumprimentá-lo, ele te viu, ergueu uma taça na sua direção, mas não fez nada mais que isso.
#386 Fernão Coppa Enviado : 20/02/18 15:05
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Parece que estou num pesadelo, onde tento falar com as pessoas e ninguém me ouve ou tento chegar até um lugar e nunca chega. Preciso acordar do pesadelo ou aproveitar ele.

Procuro por algo que possa ser usado para jogatina, e me divirto um pouco convidando outros a jogar.
#387 saulocr Enviado : 20/02/18 16:36
FERNÃO COPPA

Citação:
Você ronda pelo salão procurando por jogadores, logo percebe que pelo nível do local, dificilmente acharia jogos de azar, porém você escuta um homem falando em voz alta sobre apostas no combate de justas, o valor inicial era de cinco moedas de ouro, o vencedor levaria 10x esse valor.
#388 Fernão Coppa Enviado : 20/02/18 19:16
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Lançamento 1d20=13
Pergunto a algum serviçal o nome do homem que falava alto sobre apostas. Depois faço uma última tentativa de me infiltrar na festa privada usando de persuasão com o guarda.

[1d20]
#389 saulocr Enviado : 21/02/18 10:09
FERNÃO COPPA

Citação:
Persuasão 4, Rolamento 13, Laranja, Médio.

Você descobre com uma das mulheres que serviam as mesas que o nome do rapaz é Adriano, ele é filho de um grande comerciante no ramo dos grãos. Você volta a falar com o guarda, depois de se apresentar como nobre, ele abre espaço, contudo Tarso não entra.
#390 Fernão Coppa Enviado : 22/02/18 10:34
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Lançamento 1d20=6
Memorizo o nome e o rosto de Adriano. E vou até ele o cumprimentar:

- Boa noite, eu ouvi apostas? Antes do começo da competição vou querer fazer alguma.

Antes, Fernão estava quase certo de que o comerciante de Conti deveria estar escondendo a princesa, mas agora ele desconfia que seja apenas uma festa do submundo... Mesmo assim, ele vai espionar mais um pouco. Depois de falar com Adriano, ele olha em volta, procurando reconhecer rostos e analisando se há um caminho que ele possa traçar até os quartos do andar superior, para espionar se a princesa está escondida lá.

[1d20]

Usuários visualizando este tópico
Guest (5)
14 Páginas «<11121314>
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET