Bem-vindo Convidado Pesquisar | Atividades no Fórum | Entrar | Registrar

14 Páginas «<56789>»
Arco IV - Os filhos da Casa D' Leron Opções
#181 saulocr Enviado : 12/01/18 20:07
MARCUS MOLDI

Citação:
Maria te responde: "Não somos tão talentosas, mas sempre ajudamos nos espetáculos."


FERNÃO COPPA

Citação:
O príncipe concorda com você, mas sem muita firmeza. Em seguida ele apresenta os outros membros da mesa: "A minha direita estão... Sir Alandro de Eredra..." Era um homem magro e pequeno com seus 40 anos ele te cumprimenta dizendo: "Um servo a seu dispor, meu lorde" Em seguida o príncipe apresenta um homem grande e um pouco acima do peso, tinha seus 45 anos: "Este é o Visconde Flavius Valom de Verrogar..." Então ele aponta para um homem grisalho de sorriso alvo e a moça a seu lado que usava um veu azul transparente deixando seus olhos verdes amostra: "Sir Alladim de Levânia, sua filha Nefer... e o ultimo Ivan Punni, irmão da Oligarca da Cidade Estado de Pino". O ultimo da fileira deu pouca atenção a você, apenas acenou com a cabeça em sua direção. Por fim ele passa para os membros a sua esquerda: "Do seu lado direito está o Barão de Caleonir, Antonini Marcas representante de Dantsem" O homem de seus trinta e poucos anos e bem vestido te cumprimenta." E a sua esquerda está o Barão de Rapso, Jones Puzial e sua filha como se chama querida?" Tanto o homem quanto a menina usavam roupas aquém da recepção, nem pareciam ser da nobreza. A menina parecia timida e não disse nada, mas seu pai responde: "Ilaria vossa alteza." Os últimos dois homens cochichavam e somente dão atenção quando são citados: "O ultimo da fileira é o Barão Faliasto de Capela e o homem da cabeceira é o Baronete de Verda, Larel Courim." Você então reconhece o rapaz de Povariana, ele certamente estava na reunião "secreta".


saulocr anexadas as seguintes imagens:
Mesa 4.jpg
#182 Marcus Moldi Enviado : 12/01/18 21:52
Jogador: Belisario
EF: 60
EH: 16
Karma: 30
Depois da resposta da Sta. Maria, fico observando discretamente se algum serviçal se aproxima de minha tia Hilda para lhe entregar algo, mas se alguém for conversar comigo, dou a devida atenção, mantendo a cordialidade filantiana e esperando a hora das apresentações. Estou ansioso para ver a apresentação da Sta. Lucípide...Qua Lena à abençoe...
#183 Fernão Coppa Enviado : 12/01/18 23:30
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Ao baronete Courim, procuro ser discreto, mas apenas pergunto um "como vai?"

Procuro memorizar cada nome e retribuo as saudações. Os levas me chamam bastante a atenção mas me chama a atenção ainda mais o barão de Rapso e sua filha. O maldito é responsável pela região onde meu irmão foi morto e minha mãe foi impedida de passar. Para ele, lhe pergunto:

- Bela filha o barão de Rapso tem. Mudando de assunto, como está a fronteira com Luna, barão?

Depois, aos outros:

- Marana, Verrogar, Eredra, Dantsen, Levânia, Pino! Tantos lugares diferentes. Além das festividades, o que os trazem a Filanti? Há algo que eu possa fazer pelos senhores? Talvez eu possa os ajudar. Eu mesmo cheguei de Marana há cerca de um ano, talvez eu tenha alguma informação para os senhores ou alguns contatos comerciais que eu possa lhes apresentar.


Mesmo com a guerra entre Verrogar e Dantsen, estes dois conseguem sentar-se a esta mesa! Curioso...
#184 saulocr Enviado : 13/01/18 10:22
FERNÃO COPPA

Citação:
O Barão de Rapso não faz nenhum comentário sobre sua filha, porém responde a sua pergunta com um simples: "Estamos vigilantes". O Verrogari Flavius comenta: "Acha que somos muitos? Devia ter visto na outra mesa." O Eredri Alandro solta um risinho e então toma um gole de vinho e limpar a boca com a manga da camisa deixando qualquer etiqueta de lado:"O que o senhor oferece? É dono de algum bordel por acaso?" Sua piada é recebida com mal gosto por alguns membros da mesa, enquanto outros se mostravam mais receptivos. O barão a sua direita é quem repreende o Eredri: "Tenha bons modos!" Rapidamente Alandro se desculpa com o príncipe e com as senhoritas. Logo em seguida o velho Aladim continua a conversa: "Somos membros permanentes na corte de Chats, e estamos aqui para manter boas relações com Filanti. E o senhor trabalha com que tipo de comércio?"


MARCUS MOLDI

Citação:
Você fica um tempo em silêncio, assim pode observar melhor o que acontecia a sua volta. De um lado da cabeceira seu tio Carlos Moldi, junto ao Barão Alarco Manhão Sul e os Baronetes Darel Courim e Marlon Galbrat, falavam de negócios comerciais, praticamente preços de produtos e impostos. A baronetesa Martina tinha um copo de vinho nas mãos e tinha um olhar distante. Do seu lado o Baronete de Mirval, Peter Falaise falava sobre suas proezas para a Madame Lúcia, provavelmente tentando mostrar que era um pretendente a altura de suas filhas, a madame experiente como deveria ser dava total atenção ao jovem, que cada vez mais aumentava o valor de suas habilidades. Na outra ponta da mesa acontecia uma espécie de "guerra fria". A Sta, Maria fazia caras e bocas enquanto olhava para sua tia Hilda Moldi, que a encarava com olhos fulminantes, você tinha a impressão que a qualquer momento ela saltaria no pescoço da moça. Em meio a batalha de olhares, estava seu primo extremamente constrangido. Em certo momento ele levanta-se da cadeira de sobressalto derramando um pouco de vinho e chamando a atenção de todos, mas logo em seguida ele desculpa-se pelo descuido e volta a sentar-se. Então tudo volta ao normal é neste momento que você se dá conta que a Sta. Joana te encarava a sua frente, no primeiro momento você poderia definir o olhar da moça como vazio.
saulocr anexadas as seguintes imagens:
Mesa 1.jpg
#185 Fernão Coppa Enviado : 13/01/18 10:34
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Lançamento 2d20=2,13
- Tenho uma casa de cura, seguindo a tradição familiar. Além dos serviços médicos, posso fornecer suprimentos médicos, ou mesmo alguns preparos alquímicos. Também tenho alguns contatos comerciais com artesãos locais, que podem ser vantajosos.

obs: falo da parte de preparos alquímicos apenas se entender que é algo corriqueiro e legalizado neste reino.

Persuasão 3 ou 4 (não sei o que houve com a ficha, sumiram as habilidades)+ bônus perfumado para tentar conseguir clientes para meus contatos com os artesãos, e outro teste para conseguir clientes para comprar medicamentos/produtos alquímicos.
#186 Marcus Moldi Enviado : 13/01/18 12:35
Jogador: Belisario
EF: 60
EH: 16
Karma: 30
Nesse momento, fito o olhar da Sta. Joana e começo a conversar com a mesma: Sta. Joana, qual arte mais lhe chama atenção: dança, poesia, musica, literatura, teatro...? Você se apresentará hoje com a Sta. Lucípide?
#187 saulocr Enviado : 13/01/18 15:17
MARCUS MOLDI

Citação:
Ela demora um pouco e então lhe diz: "Acho que gosto de música. Eu não vou me apresentar, vim apenas como convidada". Ela continua olhando para você.


FERNÃO COPPA

Citação:
O Barão Antonini Marcas do seu lado lhe comenta: "Acredito que seus serviços serão bem uteis nos jogos!" Nenhum dos presentes comenta nada sobre os serviços oferecidos por terceiros, entretanto a Baronetesa Ilaria de Rapso deixa escapar. "O senhor faz perfumes?" Seu pai olha pra ela com reprovação e ela se desculpa dizendo: "É que deu pra sentir o cheiro." O Barão Faliasto que estava ao lado da moça diz: "Deixe a menina Barão. Lorde Coppa, teria por acaso algum dos perfumes para me vender? Gostaria de presentear a Senhorita?
#188 Fernão Coppa Enviado : 13/01/18 16:04
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
- Sim, também sei fazer perfumes. Este que estou usando, fiz com meus aprendizes que estou treinando para serem meus assistentes. O conhecimento para fazer perfumes ajuda a aprender algumas técnicas para lidar com ingredientes; a base para preparos de coisas mais sérias como medicamentos.

Mostro o frasco que trouxe.

- Este eu trouxe para a senhorita Lucípede, o prometi a ela. Mas tenho outros prontos em minha casa. Posso mandar deixar amanhã em algum lugar de sua escolha.
#189 Marcus Moldi Enviado : 13/01/18 17:26
Jogador: Belisario
EF: 60
EH: 16
Karma: 30
Lançamento 1d20=14
(Pensamento: O que a Sta. Joana está fazendo... Suas respostas estão tão vazias...Com esse olhar parece que ela esta me estudando...)

Pego em uma de suas mãos com delicadeza e pergunto:
“Queres dar uma volta pelo salão para conversar Sta. Joana? Podemos conhecer o local...Seria uma honra conhecer o local em sua companhia e antes que comecem as apresentações e seja servido o jantar...”Tento perceber as intenções da Sta. Joana em relação a minha pessoa.

Empatia 5

[1d20]
#190 saulocr Enviado : 13/01/18 18:03
FERNÃO COPPA

Citação:
O Barão Faliasto lhe responde: "Não seria a mesma coisa meu caro!" Em seguida ele diz para a baronetesa: "Haverão outras oportunidades senhorita".

MARCUS MOLDI

Citação:
Marcus, Empatia 5, Rolamento 14, Laranja, Médio.

Ela estava te observando e pareceu surpresa com seu convite: "Como assim andar pelo salão? De onde estamos podemos ver toda sua extensão!"


TODOS

Citação:
Um homem entra sozinho pelo salão, tinha um porte físico avantajado e seus 30 anos! Fernão Coppa o reconhece do duelo, era ele que o Barão Galbrat tinha levado para o duelo. Ele caminha pelo tapete até a terceira mesa do lado esquerdo e então começa uma discussão que chama atenção das outras mesas, aparentemente um rapaz havia tomado seu lugar a mesa, alguns guardas já começavam a se movimentar quando o Conde Ludur em pessoa sobe no púlpito e fala: "Senhoras e Senhores todos de pé para receber a família real." A confusão rapidamente se despeça. O rapaz se levanta e juntamente a duas jovens segue para outra mesa.
saulocr anexadas as seguintes imagens:
Barão de Zanta e Líder da Mesa de Prata, Sir Corelom, O Bravo.png
#191 Fernão Coppa Enviado : 13/01/18 18:10
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Ao ver a confusão começando, cochicho para os da minha mesa:

- Aquele é Sir Colerom Silver.

Olho em volta procurando em que mesa estão os Galbrat. Quando é anunciada a chegada da família real, me levanto como os outros.
#192 Marcus Moldi Enviado : 13/01/18 19:50
Jogador: Belisario
EF: 60
EH: 16
Karma: 30
(Pensamento: Irei esperar a hora certa e se ela estiver com algum interesse em me conhecer melhor...Na hora da dança eu irei convida-la)

Levanto-me assim que o Conde Ludur faz o pronunciamento da chegada da família real, mantendo a etiqueta da ocasião e fico a observar a chegada deles, percebendo também como estão as pessoas da minha mesa nesse momento.
#193 saulocr Enviado : 13/01/18 20:39
TODOS

Citação:
Quando todos estavam de pé, o Conde Ludur Vartelli continua: "O Conde Malcom de Marco, Líder da Academia dos Cavaleiros Brancos e sua filha a Viscondessa Carmem de Marco." Entram por uma porta lateral, um senhor alto de seus 60 anos, os cabelos brancos já começavam a rarear na testa até metade da cabeça, com ele uma mulher ruiva com seus 30 anos, era sua filha. Na mesa dos Moldi, Marcus pode ouvir um comentário maldoso de sua tia sobre a idade da mulher e ela ainda não ter um marido: "Recebam Cristian D' Leron, Capitão da Guarda da Cidade de Chats." O capitão da guarda entra logo em seguida, também tinha seus 60 anos, entretanto parecia que a idade ainda não lhe alcançara. Na sequencia o Conde apresenta o Duque de Azanti, Lenor D' Leron. Do outro lado da sala entra um homem alto e de boa aparência com seus 35 anos. Logo depois entram o irmão do Rei e sua esposa a Duquesa de Povariana, Delcio de Marco e Geane de Marco. O duque sem sombra de dúvidas era o homem mais bem vestido do local, chegava a ser extravagante suas roupas, em contrapartida sua esposa vestia-se discretamente e tinha um semblante sério. Então ele chama: "Conde Lorak D' Leron, Sumo Sacerdote do Templo de Blator". Entra um homem muito grande e forte, de longe era possível ver ele usando um colar com um simbolo sagrado de ouro que representava dois machados cruzados. Por fim ele sinaliza para que os bardos toquem seus instrumentos de sopro e então ele apresenta: "A princesa Arianne, o Delfim Angus e a Rainha Lilian". Todos se curvam quando a família real entra no local. Então o Conde troca alguns olhares com a mesa e diz: "Infelizmente o rei está indisposto e não poderá estar presente no banquete..." Um burburinho toma a conta de todas as mesas, até que o Conde começa a falar: "Senhores, o Rei deixou claro que cuidará de seu mal estar, para estar presente durante os jogos. Agora aproveitem o banquete, nossa convidada já estará com vocês!" Ele então sinaliza para que os bardos voltem a tocar e então algumas damas de honra entram no salão e começam a dançar. O conde desce do púlpito e senta em seu local a mesa.
saulocr anexadas as seguintes imagens:
Banquete 1.jpg
Banquete 2.jpg
#194 Marcus Moldi Enviado : 14/01/18 11:42
Jogador: Belisario
EF: 60
EH: 16
Karma: 30
Fico observando o rol principal do salão para ver a entrada da Sta. Lucípide, sempre atento aos comentários na mesa, principalmente aos diálogos do meu tio para com os outros nobres da mesa referente a política das cidades.

(Pensamento: Preciso entender melhor as nuances administrativas internas das cidades, pois creio que meu primo, sendo ou não filho legítimo de meu Tio, parece não ter nenhum entendimento dessa área, apenas vive sob as asas de Tia Hilda).
#195 Fernão Coppa Enviado : 14/01/18 14:04
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Lançamento 3d20=7,10,1
Permaneço mais pelo menos meia hora nesta mesa, observando tudo e procurando conversar com algumas pessoas, tento saber a quanto tempo a pessoa está na cidade e por quanto tempo pretende permanecer.

- Talvez o que procure esteja na Coice do Unicórnio... - falo discretamente para o Eredri, com um sorriso.

Com o barão de Rapso, tentarei colher informações sobre a guarda fronteiriça. Começo usando a palavra usada para ele "vigilante", com uma pergunta, intercalando com as outras a seguir: "Então, a vigília na fronteira está reforçada recentemente, ou é a mesma desde o início?" "Já há alguns anos que ela existe, não é, como começou?" "Houve algum incidente marcante?". Meu objetivo é saber quem deu a ordem para a guarda fronteiriça. Caso ele desconfie de minha intenção, me desculpo e digo que é interesse médico sobre o funcionamento das fronteiras em região de quarentena. - técnicas usadas: Extrair informação 4 (de forma amigável, com lábia); e Persuasão 3 (para a lábia).

No final de meia a uma hora, procuro trocar de mesa com etiqueta 3.

- Senhores, se me derem licença, acho que vou assumir o meu lugar na outra mesa; vou seguir o conselho do visconde Flavius e conhecer as pessoas que estão lá.

Extrair Informação 4, Persuasão 3, Etiqueta 3.

//off: refiz a ficha na parte das habilidades porque havia perdido o valor das habilidades quando alterei o texto da última vez, confirmei os valores das habilidades e técnicas na planilha automatizada.
#196 saulocr Enviado : 14/01/18 15:59
MARCUS MOLDI

Citação:
Os governantes continuam o diálogo anterior, em dado momento a Sta. Maria convida a Sta. Joana para irem ao salão se juntar as demais damas de honra na dança, o convite foi estendido a Martina, porém ela declinou. Depois que as moças deixam a mesa, o Baronete de Mirval, Peter Falaise se despede com educação e volta para a mesa de sua família. Sua tia resmungava com Dartan sobre a demora desta apresentação, sugerindo que Lucípide talvez não fosse boa o bastante para a espera. Madame Lúcia não respondeu a altura, ao invés disso ela se deslocou para a cadeira a seu lado: "Pensei que fosse mais extrovertido! Lucípide falou muito bem de você, nas poucas vezes que nos encontramos desde que aqui chegamos."


FERNÃO COPPA

Citação:
Extrair Informação 4, Rolamento 7, Branco, Rotineiro.
Persuasão 3, Rolamento 10, Amarelo, Fácil.
Etiqueta 3, Rolamento 1, Falha, Critica.

Todos os diplomatas estavam a mais de um ano vivendo em Chats, o mais antigo era Aladim. Já estava na cidade a quase uma década e o mais novo na corte era o próprio príncipe de Marana. Todos são unanimes em dizer que ficariam na corte até ser convocado pelo seu rei. Durante a conversa com o Barão de Rapso, Jones Puzial, você descobre que ele não é bem um barão, o título era temporário, pois a cidade é governada por um conselho e um novo líder é escolhido a cada dois anos. Ele ainda falou que os guardas da fronteira sempre mudam e ele próprio já foi guarda de fronteira. Por fim ele disse que fez coisas das quais não se orgulha enquanto esteve na fronteira, porém que tinha que ser feito. Você se despede e percebe que houve um certo constrangimento na mesa, certamente cometera uma gafe de não se despedir de um membro de uma casa real, antes de deixar a mesa. Ainda assim você segue para a outra mesa. A conversa estava animada, o local vago era ao lado de um homem negro e robusto e outro branco com cabelos e barbas brancas. Haviam outros homens negros sentados nas cadeiras e somente uma mulher, todavia chama sua atenção um anão que estava na cabeceira, barba aparada e cabelo bem cortado, se comportava como um homem de Chats.
saulocr anexadas as seguintes imagens:
Mesa 5.jpg
#197 Fernão Coppa Enviado : 14/01/18 18:55
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Me apresento as pessoas da mesa, e procuro conhecer seus nomes e origens.

- Boa noite. Sou o visconde Fernão Coppa, é um prazer conhecê-los.

#198 Marcus Moldi Enviado : 15/01/18 01:09
Jogador: Belisario
EF: 60
EH: 16
Karma: 30
Dou um sorriso cordial para a Madame Lúcia e continuo a conversa: Apesar do pouco tempo de convívio que tive com a Sta. Lucípide, construimos uma amizade muito sincera e a considero muito a partir de então...Tinha até pedido para que ela me ensinasse um novo estilo de dança que ela havia me falado...Paro um pouco para lembrar o nome e depois me vem o nome na mente, continuo. Se chama Valsa a Senhora conhece?...A Senhora me daria o prazer de uma dança quando for o momento, Madame Lúcia?
#199 saulocr Enviado : 15/01/18 17:09
MARCUS MOLDI

Citação:
A madame te corrige: "Na verdade a corte de Sensera chama de Ballet." Em seguida ela diz sorrindo: "Já viu ela dançar o Ballet? Alguns homens não achariam uma dança adequada para eles." Por fim ela comenta: "Não deveria perdeu seu tempo com uma velha como eu, sendo que haverão muitas jovens disponíveis."


FERNÃO COPPA

Citação:
Dessa vez sua chegada a mesa não causou o efeito desejado, você se apresenta e apesar de a maioria dos presentes reparar na sua chegada, muito poucos tiveram interesse em cumprimentá-lo ou se apresentar. Devido a isso você julga que eram estrangeiros, já que a nobreza de Chats é conhecida por uma formalidade adequada. O homem negro e grande a seu lado esquerdo, continuou comendo sem lhe dar atenção. Do outro lado da mesa a sua frente, outro homem negro de barba fez um breve cumprimento e continuou a conversar com um terceiro homem negro. Do seu lado da cabeceira dois homens bem vestidos conversavam quase aos cochichos. O anão na outra cabeceira ergue uma caneca de alguma coisa dando boas vindas a sua chegada na mesa. Entretanto somente o homem de cabelos longos e barba grisalha a sua direita que falava com o seu colega, lhe deu devida atenção: "Seja bem vindo a mesa Lorde Coppa. Luís de Carvalho, diplomata a serviço do governo de Plana."
#200 Marcus Moldi Enviado : 15/01/18 17:58
Jogador: Belisario
EF: 60
EH: 16
Karma: 30
Se a Madame esta falando, não serei eu que irei aprender esse estilo chamado de Ballet...Em relação com convite, não vejo problema algum em dançar com a Madame, pois terei tempo suficiente para depois dançar com sua filha Lucípide e outras que tiverem o interesse em faze-lo com a minha pessoa...Bom que a Madame pode me ensinar, pois dança não é o meu forte...Esboço um sorriso amigável e cordial para a Madame Lúcia.

Posteriormente, tento me ater aos assuntos dos diálogos entre meu tio e os lordes que estão na mesa.
#201 Fernão Coppa Enviado : 15/01/18 18:50
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Lançamento 1d20=17
- Obrigado, lorde Luís. Está a quanto tempo em Chats?

Presto atenção nos brasões usados pelos outros, para tentar deduzir de onde são.

[1d20] Etiqueta 3
#202 Fernão Coppa Enviado : 15/01/18 18:51
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Chamo algum serviçal para me servir, enquanto continuo a conversa.
#203 saulocr Enviado : 16/01/18 13:52
MARCUS MOLDI

Citação:
Como deu a conversa por encerrada a madame se concentrava agora em seu vinho. Do outro lado os quatro prefeitos convergiam sobre valores dos impostos.


FERNÃO COPPA

Citação:
Etiqueta 3, Rolamento 17, Vermelho, Difícil.

Luís de Carvalho diz que estava há dois anos em Chats, em seguida ele retoma a conversa com o senhor a seu lado. Isto deu tempo para que você avaliasse os trejeitos, sotaque e brasões dos senhores a mesa. Muitos dos presentes não deixavam brasões amostra, então teve que ficar atento para outros detalhes. O anão na cabeceira da mesa, possivelmente era de Acordo. Ao lado do anão, um homem negro de vinte e poucos anos trazia um broche preso a roupa de uma barca, então era provável que fosse da Cidade Estado de Novo Porto. Na sequência vinha uma senhora com mais de trinta anos, ela não carregava nenhum simbolo que dissesse de onde era, porém não possuía sotaque levando-o a acreditar que era natural de Filanti. Em seguida mais dois homens negros o primeiro tinha uma insignia de uma nuvem, representando a Cidade Estado de Quizes e o outro usava uma bandeira na blusa como broche simbolizando a oligarquia de Ender. No final da mesa um homem branco de aparência limpa, cabelos bem cuidados e barba bem feita, vestia-se muito bem, este também não trazia nenhuma simbologia. Na outra cabeceira, um homem sério de quarenta anos, cabelos e barba castanha, ele ostentava o simbolo da casa real de Calco. O homem negro do seu lado esquerdo que tinha um navio grande bordado no seu traje, simbolizando a Oligarquia de Torbel. O outro era Luis de Carvalho de Portis, e então um homem de sotaque carregado, você acabou descobrindo que era um Barão de Luna, que casou-se com uma Lady de Chats. Por fim o ultimo homem era o filho do Marquês de Fétor, o Visconde Aldo de Marco.
#204 Marcus Moldi Enviado : 16/01/18 15:50
Jogador: Belisario
EF: 60
EH: 16
Karma: 30
Fico observando atentamente os diálogos entre os prefeitos, tentando entender melhor os meandros políticos da administração de uma cidade, ansioso pela apresentação principal da noite com a Sta. Lucípide e percebendo as ações de minha tia Hilda e de Dartan.
#205 Fernão Coppa Enviado : 16/01/18 16:07
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Ninguém está me dando atenção nesta maldita mesa, como vou poder fazer acordos comerciais.

Fico prestando atenção nas conversas para ver se alguém está falando sobre negócios, para eu entrar no assunto. Caso nada aconteça, peço licença e vou até Marcus Moldi cumprimentá-lo.
#206 Fernão Coppa Enviado : 16/01/18 16:07
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
(passo meia hora comendo e bebendo enquanto presto atenção nas conversas, antes de ir até Marcus Moldi se isso se mostrar infrutífero.)
#207 saulocr Enviado : 16/01/18 16:27
Rolem 1d20.
#208 Fernão Coppa Enviado : 16/01/18 16:43
Jogador: samuel.azevedo
EF: 33
EH: 9
Karma: 0
Lançamento 1d20=13
[1d20]
#209 Marcus Moldi Enviado : 16/01/18 17:14
Jogador: Belisario
EF: 60
EH: 16
Karma: 30
Lançamento 1d20=4
#210 saulocr Enviado : 16/01/18 22:04
TODOS

Citação:
Marcus, Percepção 4, Rolamento 4, Branco, Rotineiro.
Fernão, Percepção 4, Rolamento 13, Laranja, Médio.

Marcus continuava a ouvir o discurso dos prefeitos enfadonhos, em outra mesa Fernão era servido por um bom vinho enquanto ele ficava atento as conversas, infelizmente os mais próximos dele ou estavam em silêncio ou cochichavam, exceto por Luís de Carvalho que conversava com bom humor com o lorde a seu lado e sua esposa do outro lado da mesa, em certo momento Fernão pode perceber uma troca de olhares entre o diplomata de Plana e Lady Julia Travescar. Fernão já estava prestes a ir a mesa de Marcus, os bardos param de tocar e um sino é tocado no alto do púlpito chamando a atenção de todos era o Príncipe Argus, em um riquíssimo traje em tons de azul. Depois que todos ficam em silêncio ele começa a falar e de alguma forma vocês conseguem escutar a voz do delfim próximo de vocês: "Senhoras e senhores de Chats e convidados. Sejam todos bem vindos ao banquete que se dá a abertura da Festa da Vitória. Chegou o momento no qual todos esperavam... A bela..." Neste momento as portas do salão são abertas e um grupo de quatro mulheres entram pelo salão, a mais velha usava uma maquiagem pesada, mas que não escondia sua meia idade, além disso tinha um vestido discreto, mas luxuoso. Era loira e usa uma coroa que provavelmente é de ouro com pedras preciosas, de certa forma ela lembrava a Rainha Lilian. Atrás dela vem três jovens com idade entre 18 e 22 anos, todas com traços parecidos e o trio ao invés de uma roupa de luxo usavam armaduras desenhadas especialmente para elas. Na mesa onde Marcus estava, é possível ouvir sua tia Hilda Moldi falando com até certa alegria: "Ora se não é minha prima Gueny. A Rainha de Conti." O quarteto atravessa o salão e vai na direção das escadarias, um jovem rapaz que estava na terceira mesa a direita deixa seu local e vem falar com a tal Rainha, eles se cumprimentam e pelo modo vocês entendem que se trata de algum parente próximo da Rainha, talvez um príncipe. Rapidamente a notícia da chegada da Rainha de Conti se espalha entre as mesas causando um certo alvoroço. A Rainha de Filanti vem receber sua irmã com um abraço e após poucos segundos de conversa ela conduz a visita ilustre por uma porta lateral deixando o banquete acompanhado pela Princesa Liliani. O Príncipe tenta acalmar a euforia sem sucesso e então ele ordena para que os bardos voltem a tocar, eles começam por uma música popular de Chats, onde se dançavam em duplas, alguns rapazes e moças começavam a formar pares, enquanto alguns grupos começavam a se formar.
saulocr anexadas as seguintes imagens:
Banquete 1.jpg
Banquete 2.jpg
Banque 3.jpg
Banquete 4.jpg
Banquete 5.jpg
Usuários visualizando este tópico
Guest
14 Páginas «<56789>»
Ir para o Fórum  
Você não pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você não pode responder a tópicos deste fórum.
Você não pode excluir suas participações deste fórum.
Você não pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você não pode votar em enquetes neste fórum.

YAFPro Theme Created by Jaben Cargman (Tiny Gecko)
Powered by YAF | YAF © 2003-2009, Yet Another Forum.NET