Histórico Voltar para Lista
.

Pazuzus são criaturas de corpo humano, mas com a cabeça de um leão (ou leoa), garras em vez de pés, dois pares de asas, cauda de escorpião e o corpo revestido de escamas. Suas asas são brancas, suas escamas e cauda possuem padrões cor de terra e sua juba é dourada.

Inicialmente, foram criados através da magia transmutadora para servirem os interesses do imperador. Mas, inesperadamente, estes monstros se rebelaram causando grande carnificina no Império. Perseguidos pelos exércitos, os pazuzus fugiram para longe das cidades, restringindo seus ataques a vilas, caravanas e viajantes solitários. Hoje, qualquer pazuzu que não serve ao Império, mesmo tendo nascido livre, é considerado um rebelde pelo Império Aktar.

Os pazuzus são carnívoros e, ocasionalmente, possuem uma aliança de conveniência com os sorpions para suas caçadas aos humanos. Afinal ambas as raças são predadoras, incluem humanos em sua dieta alimentar e são por eles perseguidos. Os pazuzus, ao contrário dos sorpions, têm verdadeiro prazer em devorar os humanos, aqueles que julgarem que poderiam ser seus mestres. Atacam em grupos de 2 a 6 membros, preferindo atacar de surpresa e à noite. Seu olfato e visão são extremamente apurados.

Quando não atacam com as duas garras dos pés, podem ainda atacar com uma arma, ou com uma picada de sua cauda de escorpião. E suas escamas lhe proporcionam uma boa armadura natural. A maioria dos pazuzus exerce a função de caçador/guerreiro e cada bando possui um líder que também é o xamã.

Se um pazuzu conseguir causar com um ataque de garras que atinja diretamente a EF da vítima ou cause 100% ou mais de dano na EH, ele poderá erguê-la no ar desde que ela pese menos de 150 kg, levando a vítima o mais alto possível antes de soltar. Para evitar ser agarrada, a vítima deve passar em um rolamento Médio de Acrobacias. Para se soltar, deve passar em um teste Muito Difícil em Escapar. Quando está carregando uma vítima em suas garras, sua velocidade voando diminui em 10 para cada 50 kg do peso total da vítima.

A peçonha da cauda do pazuzu contém um poderoso veneno paralisante, equivalente a um veneno tipo IV. Ao atingir com sua picada, direta ou indiretamente, a EF de um oponente, o mesmo é envenenado, e deve fazer um teste de resistência física contra força de ataque 9.

Caso a vítima falhe no teste, ela sentirá uma dor muito forte e começará a perder o controle sobre seus músculos, perdendo uma rodada. Na segunda rodada ela deve fazer um novo teste de resistência física contra força de ataque 5 para recobrar os movimentos; se falhar, ficará paralisada, não podendo se mover ou se defender durante 30 minutos.

Se passar no segundo teste, volta a se mover com alguma dificuldade e com uma forte dor, perdendo 3 pontos de EH por rodada durante 15 rodadas. Durante este período, se a vítima envenenada perder toda a sua EH ficará paralisada por meia hora. O veneno fica em efeito no corpo durante 12 horas, durante as quais, além dos efeitos já mencionados (e inclusive nas 15 rodadas iniciais) a criatura envenenada perde metade de sua movimentação e iniciativa, e fica com penalidade de -7 em todas as colunas para qualquer ação (exceto testes de resistência). Este veneno pode ser neutralizado com um antídoto apropriado para este veneno tipo IV, ou com o milagre Recuperação Física (6).

O avistamento de um Pazuzu sobrevoando uma lavoura é considerado um mal agouro, significando que vai haver estiagem e fome se for uma estação seca ou pragas se for uma estação chuvosa.

Há rumores que, nas tribos mais supersticiosas entre o povo nômade, surgiu um culto que adota estas criaturas como divindades, as quais oferecem sacrifícios pedindo que tragam bons ventos para um bom clima para as lavouras. Outro rumor, é o de que existem tribos rivais de pazuzus, e cada tribo tem características mais fortes de um dos seres diferentes que parecem ter sido usados em sua criação (humano, escorpião, águia e leão).

Tipo de Criatura

Raças Selvagens

Organização e Habitat

Grupo Pequeno / Montanhas, estepes e desertos.

Habilidades / Técnicas de Combate

  • Comum: Ações Furtivas(16), Seguir Trilhas(16), Usar os Sentidos(11) / Esquiva(12), Imprevisibilidade(12), Prender(Muito Difícil)
  • Líder: Ações Furtivas(16), Usar os Sentidos(15) / Esquiva(13), Imprevisibilidade(16), Prender(Muito Difícil)

Magias e Poderes Especiais

  • Comum: Veneno (ver texto), Covardia(5) e Medo(6).
  • Líder: Veneno (ver texto); Covardia(5); Medo(6); Controle Climático (9); Aeromanipulação (10); Aeroataque(10); Manipulação de Luz (8); Recuperação Física (9); Curas Físicas (9); Curas Espirituais (10) e Relâmpago (10).

Peso/Altura/Envergadura

  • Comum: 365 Kg / 1,5 a 1,7 m / 7,5 a 9,5 m
  • Líder: 360 Kg
Atributos

  • Comum: INT(0), AUR(4), CAR(-1), FOR(5), FIS(2), AGI(4), PER(4)
  • Líder: INT(2), AUR(6), CAR(2), FOR(4), FIS(2), AGI(3), PER(6)


NomeEstEFEHDefesaAtaqueLMP100%75%50%25%RFRMMoralKarmaVB
Pazuzu Comum 84072M4Garras1512925201510101283630 (em terra) e 60 (voando).
Lança leve15111025201510
Picada1311725201510
Pazuzu Líder 103990M3Garras16131024191491216186630 (em terra) e 60 (voando).
Maça de Armas11141428221610
Picada141282419149