Histórico Voltar para Lista
.

Os Gouras são criaturas meio-homem, meio-rã, que vivem na região litorânea dos Mangues. Apresentam constituição humanoide, mas a pele é esverdeada e fina, parecendo uma membrana; as pernas são longas e fortes.

A cabeça de um Goura mais parece uma continuação de seu tronco, seus olhos são grandes, redondos e totalmente negros, sua boca é grande, desprovida de lábios e aparelhada com pequenos dentes em forma de serra, os quais ficam à mostra quando fecha a bocarra. Seus dedos das mãos e pés, que por sinal são pouco diferentes entre si são unidos por uma membrana que lhes dá a aparência de nadadeiras, além disso, ambos possuem a capacidade de pegar. Os Gouras diferem uns dos outros em peso, altura e na disposição e cores das manchas (vermelho escuro, amarelo esbranquiçado e verde em tons claro) e listras (branco, chumbo e preto) pelo corpo.

Adoradores de um deus que tem a forma de um homem-sapo gigante e exageradamente obeso, chamado Cupaqui - apesar da aparência foi reconhecido como uma das formas de Selimom – são a raça mais pacífica dos mangues. No litoral da já citada área, no ponto que dá partida para a ilha Galpas, há uma estátua do deus medindo trinta metros. Ele está sentado sobre um trono de pedra em forma de ossos de grandes animais marinhos. Os Gouras dizem que não são os autores desse monumento, mas também não identificam quem o erigiu nem há quanto tempo, simplesmente já estava lá quando os primeiros Gouras chegaram.

Acredita-se que os Gouras surgiram devido a uma magia mística das águas podres do mangue. Aventureiros, na tentativa de arrancarem plantas aquáticas medicinais para suas cidades, foram tragados misteriosamente para o fundo da lama. Em desespero, ingeriram muita água podre. Minutos mais tarde, um ser, hoje chamado de Goura, surgia no leito da lama, esquecido completamente de sua vida anterior. Sob nova estrutura física, os Homens-Rãs, com o tempo, descobriram uma diferente forma de vida, procurando se adaptar ao meio em que vivem até hoje.

Os Gouras se organizam em tribos e se dedicam à caça e à religião. Sua doutrina pacifista não quer dizer que sejam inofensivos, muito pelo contrário, são extremamente agressivos com quem ousa invadir seu território, e em combate são frios e metódicos. Sua natureza pacífica seria mais bem definida como passiva.

Aparentemente, não têm emoções, seus olhos grandes e negros são inexpressivos e não há riso em seus rostos. Vivem de forma pragmática e analisam o mundo e as pessoas como resultado de um mecanismo maior e intrincado. Sua frieza e introspecção são lendárias entre os povos dos Mangues, sua capacidade de resolver problemas complexos e analisar situações de forma fria e eficaz também. Essa mesma característica os torna incapazes de mentir ou desenvolver ideias ou conceitos abstratos, os quais têm grande dificuldade de entender. Coisas como humor, amor, ódio etc. são uma incógnita para eles e dificílimos de serem “interpretados”.

Por se dedicarem sobretudo à caça, suas armas preferidas são o tridente, o arpão, o punhal, a lança, a funda e a rede. Seu governo é regido pelo Grande Goura, um indivíduo extremamente obeso – muitos deles foram incapazes de andar devido seu peso, podendo apenas ser carregados ou nadar – crê-se que são a encarnação de Cupaqui. São escolhidos pelo Grande Goura atual que segundo a crença popular pode ver a alma de seu Deus no coração de sua nova encarnação. Esse rei é o indivíduo que irá ser o Juiz, o Júri e o Executor de todas as contendas do povo, além de decidir sobre o rumo de suas tribos. Muitos Gouras têm sonhos e visões estranhas e que suas mentes pragmáticas têm grande dificuldade de entender. Sacerdotes acreditam que Selimom instrui dessa maneira aquele que conduzirá o povo e o habilitou para ser o representante do deus. De fato, está registrado que muitos Grandes Gouras foram capazes de realizar milagres através de seu deus. Pode ser esta a explicação para o fato de o Grande Goura ter acesso à magia, porém somente divina e também ser o único indivíduo dessa raça que desenvolve emoções. O líder Goura habita Rarumá, a maior aldeia do povo-rã.

Seus corpos os fazem exímios caçadores e nadadores. Sua capacidade de respirar debaixo d’água e seus membros adaptados os tornam também um inimigo formidável quando estão em bando. São apreciadores principalmente da carne de peixes e de crustáceos. Sendo essa uma das poucas “emoções” que manifestam.

Devido ao mangue ser uma região mística, suas plantas aquáticas tornam-se bastante fortes. Como é o caso das plantas aquáticas Hidrófitas. Plantas finas e compridas que vivem toda a vida permanentemente imersa em água. A resistência dessas plantas faz delas a preferida pelos Gouras para a construção de suas cabanas. As Hidrófitas são amarradas por algas e coladas, em seguida, com secreções advindas da boca, mais precisamente criadas sob a língua pegajosa dos Gouras. Cada cabana é construída sobre uma espécie de jangada, uma base flutuadora. No centro de cada jangada, geralmente há um buraco por onde o Goura pode entrar e sair nadando.

Canoas também são construídas pelos Gouras. Feitas com Vitórias-Régias gigantes e secreções da própria boca, da mesma forma como suas cabanas. Tais canoas são os transportes de carga da raça Goura. Conduzidas para o leito do rio e lama, cargas de grande quantidade e peso são colocadas sobre elas e guiadas por bambus, de volta para suas bases flutuadoras. Como são indivíduos práticos, os Gouras não criam obras de arte ou adornos de qualquer tipo; suas roupas, cabanas, armas, etc., são simples e práticas, servindo a um fim e pronto, nada mais que isso.

Essa mesma característica os torna praticamente incapazes de aprender coisas novas, a não ser que o novo conhecimento mostre-se extremamente essencial à sua vida.

Não há distinção entre machos ou fêmeas exceto no que diz respeito à reprodução. As fêmeas uma vez na vida depositam uma centena de ovos na água, semelhantes às ovas dos peixes, e o macho, encontrando-os, fertiliza os ovos. Dias depois os ovos eclodirão e darão origem a centenas de “girinos”. Dentro de 1 ano, os girinos que não tiverem sido comidos ou mortos abandonam a água e passam a procurar instintivamente por uma tribo Goura. Quando encontrarem-na serão admitidos ao berçário onde completarão seu desenvolvimento até atingir a fase adulta.

No entanto, os Gouras temem que sua raça, em pouco tempo, se torne extinta. Quando girinos, os Gouras são presas fáceis para diversos tipos de animais como aves, mamíferos, répteis, peixes e invertebrados. Até mesmo dos próprios Girinos (para crescerem, os mais fortes se alimentam dos mais fracos). Os Gouras, uma vez ou outra, olham juntos para o horizonte, procurando uma forma de se reproduzirem com segurança, onde não haja tantos predadores. Além disso, comenta-se que antes do anoitecer, os Gouras rezam para seu Deus Cupaqui para que sua raça não entre em extinção, pedindo-lhe muita proteção para seus girinos.

A mais impressionante capacidade Goura, certamente, é sua memória. Um Goura não esquece nada que vê, e é capaz de descrever nos mínimos detalhes uma cena, ainda que a tenha visto por um instante apenas. Os Gouras veem essa habilidade com naturalidade e não entendem como são as “mentes” dos outros seres e nem como conseguem conviver em sociedade se são tão díspares entre si.

Tipo de Criatura

Raças Selvagens

Organização e Habitat

Grupo Médio ou Grande / Mangues

Habilidades / Técnicas de Combate

  • Comum: Escalar Superfícies(3), Natação(3), Usar os Sentidos(5)
  • Fêmea: Trabalhos Manuais(2)
  • Sacerdote: Escalar Superfícies(3), Natação(3), Usar os Sentidos(5) / Esquiva(2), Imprevisibilidade(3), Resistência à Dor(1)
  • Ladrão: Ações Furtivas(8), Escalar Superfícies(5), Escapar(8), Furtar Objetos(8), Usar os Sentidos(7) / Ataque Oportuno(5), Esquiva(6)
  • Capitão: Ações Furtivas(7), Escalar Superfícies(8), Escapar(9), Natação(8), Usar os Sentidos(9)
  • Rastreador: Ações Furtivas(10), Escalar Superfícies(8), Manusear Armadilhas(10), Seguir Trilhas(10), Usar os Sentidos(10) / Ataque Oportuno(8), Esquiva(8), Imprevisibilidade(8)
  • Sumo Sacerdote: Escrita(6), Línguas(6), Misticismo(6), Natação(8), Usar os Sentidos(10) / Esquiva(7), Imprevisibilidade(8)
  • Comandante: Escalar Superfícies(10), Natação(9), Usar os Sentidos(10) / Ataque Oportuno(9), Esquiva(10), Imprevisibilidade(9), Voz de Comando(9)
  • Campeão: Escalar Superfícies(15), Natação(15), Usar os Sentidos(14) / Ataque Oportuno(12), Golpe Giratório(15), Luta às Cegas(12)
  • Mestre das Armas: Escalar Superfícies(15), Natação(14), Usar os Sentidos(14) / Ataque Oportuno(12), Golpe Giratório(14), Luta às Cegas(12)
  • O Grande: Escalar Superfícies(17), Liderança(15), Persuasão(15), Usar os Sentidos(16) / Ataque Oportuno(14), Golpe Giratório(14), Luta às Cegas(14)

Magias e Poderes Especiais

  • Sacerdote: Até 3 magias de nível 1 da lista Básica de Sacerdote (à escolha do Mestre).
  • Rastreador: Qualquer magia Básica de Rastreador (à escolha do Mestre) sendo 6 magias nível 1, 3 magias nível 3, 2 de nível 6.

Peso

  • Comum: 49 Kg
  • Fêmea: 25 Kg
  • Filhote: 5 Kg
  • Sacerdote: 42 Kg
  • Ladrão: 36 Kg
  • Capitão: 64 Kg
  • Rastreador: 55 Kg
  • Sumo Sacerdote: 42 Kg
  • Comandante: 64 Kg
  • Campeão: 81 Kg
  • Mestre das Armas: 81 Kg
  • O Grande: 100 Kg
Atributos

  • Comum: INT(-1), AUR(0), CAR(0), FOR(0), FIS(0), AGI(2), PER(2)
  • Fêmea: INT(0), AUR(0), CAR(0), FOR(0), FIS(0), AGI(1), PER(2)
  • Filhote: INT(0), AUR(0), CAR(0), FOR(-2), FIS(0), AGI(1), PER(2)
  • Sacerdote: INT(1), AUR(2), CAR(0), FOR(0), FIS(0), AGI(1), PER(2)
  • Ladrão: INT(0), AUR(0), CAR(0), FOR(0), FIS(0), AGI(3), PER(2)
  • Capitão: INT(0), AUR(0), CAR(0), FOR(1), FIS(1), AGI(2), PER(2)
  • Rastreador: INT(-1), AUR(2), CAR(0), FOR(0), FIS(0), AGI(2), PER(2)
  • Sumo Sacerdote: INT(1), AUR(2), CAR(1), FOR(1), FIS(0), AGI(1), PER(2)
  • Comandante: INT(0), AUR(0), CAR(1), FOR(2), FIS(1), AGI(3), PER(2)
  • Campeão: INT(1), AUR(0), CAR(0), FOR(3), FIS(3), AGI(5), PER(2)
  • Mestre das Armas: INT(0), AUR(0), CAR(0), FOR(3), FIS(2), AGI(4), PER(2)
  • O Grande: INT(2), AUR(2), CAR(2), FOR(4), FIS(5), AGI(3), PER(3)


NomeEstEFEHDefesaAtaqueLMP100%75%50%25%RFRMMoralKarmaVB
Goura Comum 114(17)5L2Lança leve62112963111 15
Goura Fêmea 1100L1Arpão43-112963111 15
Goura Filhote 140L1(não possui)///////111  
Goura Sacerdote 112(19)7M1Punhal50-18642131415
Goura Ladrão 312(15)21L3Punhal9438642333 15
Goura Capitão 517(22)40M2Rede   1111655 15
Tridente966171395
Goura Rastreador 614(18)42P2Punhal105486426861415
Rede   0000
Goura Sumo Sacerdote 612(22)42M1Lança leve9541310746861415
Punhal10549753
Goura Comandante 717(25)56M3Punhal127610864877 15
Tridente12991814106
Goura Campeão 1021(30)100P5Rede   3333131010 15
Tridente1714141915117
Goura Mestre das Armas 1020(30)90P4Funda/projétil de Pedra1212107654121010 15
Lança leve171312151296
Goura O Grande 1125(35)132P3Punhal181312121086161311 15
Tridente1714142016128